Topo
Blog do Milton Neves

Blog do Milton Neves

Ao contrário de 2014, dessa vez Felipão poderia ter perdido por um pênalti

Milton Neves

2023-02-20T19:21:07

23/02/2019 21h07

Ale Cabral/AGIF

Foto: Ale Cabral/AGIF

Palmeiras 0 x 0 Santos

Em 2014, no Mineirão, pela Copa do Mundo, deu Felipão, sofrido, nos pênaltis, mas deu.

Nesse sábado, em outra Arena, aconteceu o esperado reencontro entre eles.

E Felipão só não levou a pior por causa de mais uma lambança da arbitragem.

Flávio Rodrigues de Souza não marcou um pênalti de Gómez, que poderia mudar o resultado.

Além de ter deixado o jogo com muitos lances violento e reclamações no primeiro tempo.

Parece que a Federação Paulista não aprende né?

Na semana passada outro clássico foi estragado pelas lambanças de Lucas Belotte.

O primeiro tempo decepcionou quem esperava um jogo de muitos gols.

Foi um jogo de muita marcação e poucas oportunidades.

A mais clara foi perdida por Borja, que consegue irritar até o mais calmo monge budista.

No segundo tempo o Palmeiras tentou pressionar.

Mas novamente apareceu a arbitragem, e agora em lance capital.

Goméz esticou o braço no chute de Jean Lucas.

Éverson depois salvou o time e o árbitro, ao fazer duas grandes defesas.

Não foi o jogo que todos esperavam, mas se não fosse aquele erro eu poderia até acertar o placar.

E depois falam que não acerto uma, também né seu Flávio????

Vasco 1 x 1 Botafogo

No clássico que abriu a Taça Rio ficou tudo igual.

Pikachu abriu o marcador e Benevenuto empatou.

O Vasco ganhou a Taça Guanabara e o Botafogo ainda corre atrás.

E também na briga está o Flu de Ganso e Diniz.

Será que o super Flamengo não vai sair do cheirinho mesmo contra times tão fracos???

OPINE!

Sobre o autor

Milton Neves é jornalista profissional diplomado, publicitário, empresário, apresentador esportivo de rádio e TV, pioneiro em site esportivo no Brasil, 1º âncora esportivo de mídia eletrônica do país, palestrante gratuito de Faculdades e Universidades, escrivão de polícia aposentado em classe especial, pecuarista, cafeicultor e é empresário também no ramo imobiliário.