Topo
Blog do Milton Neves

Blog do Milton Neves

Neymar perde recurso por três a zero e será julgado por fraudes na Espanha

Milton Neves

2002-02-20T19:11:06

02/02/2019 11h06

Foto: LLUIS GENE/AFP/Via UOL

Mais semana negra na vida de Neymar. Não bastasse a lesão no 5º metatarso, que vai tirá-lo de jogos importantes pelo PSG e a seleção brasileira por, no mínimo, dez semanas, agora é a vez da Justiça Espanhola acertar duro golpe no atacante brasileiro.

Em determinação desta sexta-feira, a "Sala de Lo Penal de La Audiencia Nacional", julgou improcedentes os recursos dos advogados do craque brasileiro, que tentava se ver livre dos tribunais locais.

A decisão em segunda instância confirma que a Justiça da Espanha tem, sim, jurisdição para julgar Neymar por corrupção e fraude. Assim, o jogador, o Barcelona, seu pai e suas empresas terão que esclarecer a famigerada transferência do Santos para o Barça de uma vez por todas.

O recurso do brasileiro foi julgado improcedente por três votos a zero. Ou seja, até na Justiça ele foi goleado e agora vai a julgamento.

Moral da historia: Ao que tudo indica, e não foi por falta de aviso, deve se confirmar aquele velho ditado espanhol: "O que começa mal, termina mal".

E esta notícia praticamente definidora deve render por volta de 45 milhões de euros aos cofres do Santos FC, DIS e TEISA porque, finalmente, serão apontados os reais valores da transferência de Neymar do Santos para o Barcelona.

E isso eu venho, aos quatro ventos, denunciando e/ou informando desde 2012.

Segundo o advogado Paulo Magalhães Nasser, representante da DIS e da FAAP, Federação das Associações de Atletas Profissionais, no processo "a Justiça Espanhola concluiu que Neymar deve ser julgado criminalmente pelas acusações de corrupção privada e fraude, cometidas quando de sua transferência ao Barcelona.

O Tribunal afastou as alegações de que Neymar não poderia ser julgado na Espanha. Isso agora permite que finalmente o jogador sente-se no banco dos réus. As penas pedidas pela DIS são de prisão, multa e inabilitação profissional.

Para a DIS e para a Federação das Associações de Atletas Profissionais, esse caso vai muito além de uma compensação financeira: é uma questão de justiça e moral".

Clique aqui e confira a notícia veiculada na Espanha:

OPINE!

Sobre o autor

Milton Neves é jornalista profissional diplomado, publicitário, empresário, apresentador esportivo de rádio e TV, pioneiro em site esportivo no Brasil, 1º âncora esportivo de mídia eletrônica do país, palestrante gratuito de Faculdades e Universidades, escrivão de polícia aposentado em classe especial, pecuarista, cafeicultor e é empresário também no ramo imobiliário.