publicidade

Blog do Milton Neves

São Paulo paga o maior mico do Brasileirão-2018!

Milton Neves

Foto: Tarla Wolski/Futura Press/Estadão Conteúdo (via UOL)

Chapecoense 1 x 0 São Paulo

Após a incrível vitória diante do Flamengo, no primeiro jogo pós-Copa da Rússia, os jogadores do São Paulo, nos vestiários do Maracanã, se empolgaram e cantaram: “O campeão voltou!”.

Rodadas depois, o embalado Tricolor de Diego Aguirre conquistou o simbólico troféu de campeão do primeiro turno do Brasileirão.

A torcida, claro, criou enorme expectativa.

E tudo isso para ficar com uma vaguinha na… PRÉ-LIBERTADORES!?!?

Tenha dó, não é mesmo?

Por essas e outras, não é exagero algum dizer que o São Paulo foi o time que pagou o maior mico do Brasileirão-2018.

O Flamengo, é verdade, há anos fica só no cheirinho.

Mas, pelo menos, o Rubro-Negro conseguiu a vaga direta para a Libertadores, não é mesmo?

Ah, mas eu fiquei feliz pela Chapecoense, o último algoz do Tricolor neste Brasileirão.

Vale lembrar que o Verdão de Santa Catarina NUNCA CAIU!

E, merecidamente, ficará pelo menos mais um ano na Série-A.

Agora, que o São Paulo pense e repense o time para a temporada que vem.

O clube, que já foi o maior da América do Sul, não pode ficar tanto tempo sem ganhar um título.

Certo, Leco?

Certo, Raí?

Palmeiras 3 x 2 Vitória

E o campeão Palmeiras sofreu, mas conseguiu bater o já rebaixado Vitória no jogo em que recebeu o troféu de campão brasileiro.

E a taça foi entregue ao capitão Bruno Henrique por outro capitão: Jair Bolsonaro.

Antes de ir ao Allianz Parque, o presidente eleito, por telefone, “bateu bola” comigo no “Domingo Esportivo Bandeirantes”.

Ouça a entrevista na íntegra no player abaixo:

Grêmio 1 x 0 Corinthians

Gente, e o Corinthians, hein?

A impressão que dá é que se tivéssemos ainda mais 10 rodadas pela frente, o Timão perderia todas.

Como que a “máquina de vitórias” criada por Fábio Carille se transformou nisso?

E hoje, em Porto Alegre, perdeu de pouco do Grêmio.

Era para ter levado uma senhora goleada, mas acabou dando sorte.

Bom, e se o Carille realmente voltar, que a diretoria corra atrás de uns seis bons jogadores no mercado da bola.

Afinal, ninguém consegue fazer omelete sem ovos!

Fluminense 1 x 0 América-MG

E não deu para o América…

O valente Coelho parou na ótima atuação do goleiro Júlio César, que até pênalti defendeu no Maracanã.

Sem dúvidas, o arqueiro foi o grande herói da permanência do Tricolor das Laranjeiras na Série A.

Mas, bola para frente, Coelhão!

Ano que vem promete ser muito melhor!

Ceará 0 x 0 Vasco

E que sufoco, hein, torcedor vascaíno?

Ao empatar com o Ceará fora de casa, o Gigante da Colina fez o mínimo que precisava para se salvar do rebaixamento.

Mas, convenhamos, um time do tamanho do Vasco não pode ficar todo ano lutando contra o Z-4, não é verdade?

Passou da hora de o Cruzmaltino reencontrar o caminho das taças!

E viva o valente Vozão!

Sport 2 x 1 Santos

E que peninha do Sport…

Até conseguiu vencer o Santos na Ilha do Retiro, mas a combinação não colaborou e o Leão jogará a Série B em 2019.

Paciência…

E o Peixe que acorde e deixe de ser coadjuvante no cenário nacional!

Paraná 1 x 1 Internacional

Em jogo que não valia mais nada, o Internacional conseguiu a façanha de apenas empatar com o Paraná.

O tropeço impediu o Colorado de bater seu próprio recorde de pontos nos pontos corridos.

Bahia 0 x 0 Cruzeiro

Em outra partida que não mudaria nada na classificação, Bahia e Cruzeiro ficaram no 0 a 0.

Mas aposto que os torcedores dos dois lados estão muito satisfeitos com seus times.

Opine!