publicidade

Blog do Milton Neves

São Paulo, Corinthians, o emocional, a matemática e os goleiros

Sim, ganhou, levou três pontos.

O São Paulo pode ganhar até seis.

Mas a matemática neste domingo perde para o fator psicológico de corintianos e tricolores.

Um está ameaçado de cair e pega “companheiro de infortúnio” que igualmente anda usando gravata na forma de corda no pescoço.

E o outro enfrenta um Vasco nota 4 de camisa nota 9.5.

Mas os dois grandões de São Paulo precisam mesmo é de duas vitórias para estancar a hemorragia técnica e psicológica que anda abalando os nervos de Itaquera e do Morumbi.

Nem sei quem está mais atormentado.

Se o São Paulo com a areia movediça quase batendo no queixo ou o Corinthians apavorado porque parou de ganhar, de jogar, de impressionar, de empolgar e de emocionar sua torcida, então em estado de graça.

Era um time comum jogando como Barcelona, PSG e Real Madrid.

Agora virou só comum jogando como um… Vasco.

E a Fiel anda cabreira e com sete pulgas atrás das orelhas.

“Se a gente perder este campeonato que estava e está ganho, será uma humilhação”, murmuram os fiéis.

E será mesmo!

Sorte que o adversário é só o Vasco, outrora dono de timaços.

Até na estreia do Garrincha, em 1966, com a camisa sete do Corinthians, no Pacaembu, o “quadro” cruzmaltino meteu 3 a 0 no Timão com dois de Célio Taveira e um do saudoso Maranhão.

Mas, além de sete e nove pontos de vantagem sobre os “perseguidores indiretos” Grêmio e Santos, o Timão tem na Libertadores um grande trunfo para se distanciar mais ainda dos times de Renato e Levir.

Sim, com a Libertadores em jogo e pegando fogo, porque tem mata-mata e não esta porcaria de turno e returno com pontos corridozzzzzzzzz, Santos e Grêmio vão se desfalcar bastante no Brasileirão.

Isto para a alegria de Renato Gaúcho, o mais “poupástico” técnico do futebol do mundo.

Mas, por ora, o inferno psicológico vai continuar.

Para mim, o São Paulo perde e o Corinthians empata.

E com Cássio não falhando, como não falhou quarta-feira.

Aprendam, críticos cruéis, que “goleiro, quando espalma uma bola não segurável direto em chute forte e muitas vezes à queima-roupa, não tem tempo hábil e humano de ainda ‘escolher’ um lado para direcionar a bola”, ensina Paulo Pingaiada, “célebre ex-guarda-valas” de Muzambinho-MG.

Yashin, Gylmar, Manga, Félix, Taffarel, Ado, Leão, Gordon Banks, Vanderlei, Cássio, Cabeção, Andrada, Castilho, Dida, Marcos, Barbosa, Waldir Peres, Carrizo, Cejas, Zetti, Rodolfo Rodríguez, Cláudio, Rogério Ceni e Fillol concordam.

Opine!

Compartilhe:

Bolão do Miltão: Timão, com o gás acabando, perde outra! E o São Paulo, em clima de desespero, se afunda ainda mais…

Bolao-GIF-600

CAMPEONATO BRASILEIRO

Botafogo 1 x 0 Santos. O Peixe perde boa chance de se aproximar dos líderes… Botafogo 2 x 0 Santos.

Ponte Preta 2 x 0 Atlético-GO. A Macaca piora o que já está muito ruim para o time goiano… Ponte Preta 1 x 3 Atlético-GO.

Avaí 1 x 2 Atlético-MG. O Galo passa pelo Avaí, de virada! Avaí 1 x 1 Atlético-MG.

Flamengo 0 x 1 Sport. No duelo de rubro-negros, melhor para o campeão de 87! Flamengo 2 x 0 Sport.

Corinthians 1 x 2 Vasco. Cadê o Timão do 1º turno? Hein? Desse jeito, o time de Carille conseguirá o milagre de perder um campeonato ganho! Corinthians 1 x 0 Vasco.

Atlético-PR 1 x 0 Fluminense. O Furacão não é nenhum “Irma”, mas faz passa assobiando pelo Flu! Atlético-PR 3 x 1 Fluminense.

Grêmio 2 x 0 Chapecoense. O Imortal, que está completando 114 anos, comemora mais uma vitória e, quem sabe, se anima para buscar o Timão! Grêmio 0 x 1 Chapecoense.

Vitória 1 x 0 São Paulo. Esqueçam para o caso do São Paulo, a primeira parte daquele ditado que diz: “Não há mal que sempre dure, nem bem que se não acabe”. Vitória 1 x 2 São Paulo.

Cruzeiro 1 x 1 Bahia. Um enorme cheiro de empate no confronto que acontece no Mineirão. Cruzeiro 1 x 0 Bahia.

Palmeiras 0 x 1 Coritiba. E o Verdão não consegue fazer sua “lição de casa”… Falando no confronto, um camisa 10 dos bons, craque mesmo, foi ídolo no Verdão e no Coxa. Clique aqui e veja sua página na seção “Que Fim Levou?”. Palmeiras 1 x 0 Coritiba.

SÉRIE B

Internacional 1 x 0 Figueirense. O Colorado se recupera da derrota para o Juventude e segue firme para voltar à elite em 2018. Internacional 3 x 0 Figueirense.

Paysandu 2 x 1 ABC. O Papão papa o ABC! Paysandu 2 x 0 ABC.

Paraná 0 x 1 Londrina. O Tubarão volta com três importantes pontos da capital paranaense! Paraná 2 x 1 Londrina.

COLOQUE SEU E-MAIL NA MENSAGEM PARA CONTATO, OK? SOMENTE SERÃO VÁLIDOS PALPITES COM O E-MAIL, POIS DO CONTRÁRIO NÃO TEREMOS COMO NOS COMUNICAR COM O VENCEDOR.

Os palpites postados serão válidos até às 19h (horário de Brasília) deste sábado (16.09.2017). 

ATENÇÃO: Apenas um prognóstico (com os respectivos placares completos) por participante, um único IP, ok?. Aqueles que enviarem mais de um prognóstico não serão considerados. Favor escrever os nomes dos times do jeito que eu fiz, pois fica fácil na hora de conferir. Portanto, não valerão palpites com abreviaturas, apelidos e sem acentos. Também só serão considerados palpites em uma única mensagem, ou seja, não valem palpites em duas mensagens (uma com alguns jogos e outra com outros). Vencerá aquele (a) que acertar mais jogos, mas em caso de empate, o ganhador será definido por sorteio.

E o felizardo (ou felizarda) vai receber em casa um par de calçado Rafarillo (não necessariamente igual ao das fotos abaixo), pois a remessa depende dos modelos disponíveis no estoque do fabricante

CLIQUE AQUI E ACESSE O SITE DA RAFARILLO

Milton Rafarillo red

O jornalista Nivaldo de Cillo, elegante com seu novíssimo Rafarillo

Mário Frungillo (à esquerda), da capital paulista, venceu duas vezes o “Bolão” em 2017 e ganhou dois pares da Rafarillo. Ele posou ao lado do filho Marcelo Frungillo (que ganhou um de presente dele) e dos netos, todos palmeirenses!

Gilberto Camargo Ribeiro, de Valinhos-SP, vencedor de Bolão em junho de 2017

Wellington de Oliveira (de São Paulo), Cláudio Portugal (de Limeira) e João Batista Benetti (o João Mula, de Cuiabá), em junho de 2017

Letícia Zavaglia, de Ribeirão Preto, foi a melhor no Bolão dos dias 22 e 23 de abril de 2017. Ela deu o Rafarillo para o seu namorado, o Guilherme Andrade de Britto, ao seu lado na foto, e mandou a seguinte mensagem: “Acabei de receber o meu Rafarillo, belíssimo e estiloso, ganhei na minha primeira tentativa e agora vou presentear meu namorado, o qual já tentou vários palpites aqui no site e não ganhou, rs. Isso prova que mulher também entende de futebol, kkkkk.”

Este é o Dr. Jeferson Luiz Mezzomo, de Caxias do Sul, com seu belo Rafarillo em seu consultório na Serra Gaúcha!

Este é o colorado Guilherme Schenkel com seu Rafarillo. Ele mora em Campo Novo do Parecis-MT. Ele foi o vencedor na rodada de 18 e 19 de março de 2017. “Recebi meu Rafarillo, belíssimo por sinal. Parabéns pelo blog e pelo comprometimento com quem o acompanha”, escreveu o Guilherme.

O sorridente e competente jornalista Fernando Fernandes

O Diretor da Mondial (líder em eletroportáteis no Brasil), Giovanni Marins Cardoso

O são-paulino Flavio Calderon, vencedor de um Bolão no Blog do Terceiro Tempo

Acima o belo Rafarillo recebido por Jefferson Jean Silva de Oliveira

Este é Adnilson Silva, da Nicom, feliz da vida ao receber seu Rafarillo! E, à direita, já calçando o seu “pisante”!

Marcelo Teixeira com seu Rafarillo, ao lado de Waldir Santos

Este é o ex-goleiro Tomires, de Ribeirão Preto-SP

Compartilhe:

Corinthians + Itaquerão + mata-mata = decepção!

Corinthians 1 x 1 Racing-ARG

É simplesmente inacreditável o que está acontecendo com o Corinthians.

O time, que não perdia de ninguém, ultimamente não está conseguindo nem empurrar bêbado de ladeira.

Será que enterraram um sapo no Itaquerão?

(A imagem acima é meramente ilustrativa).

A decepção da vez foi diante do Racing, da Argentina, em partida válida pelas oitavas de final da Copa Sul-Americana.

E o pior é que o Timão foi muito bem no primeiro tempo.

Inclusive, merecia ter marcado mais gols.

Só que a equipe de Carille simplesmente “não voltou dos vestiários” após o intervalo.

Aí, os argentinos se aproveitaram, empataram o duelo e colocaram um pé nas quartas de final do torneio continental.

Agora, só falta o Timão perder para o Vasco…

Aí a coisa vai complicar de vez, hein?

Barcelona-EQU 1 x 1 Santos

Alô, Palmeiras!

Aprendeu como se enfrenta o Barcelona-EQU em Guaiaquil?

É, meus amigos, o Santos sofreu e, como sempre, teve que contar com uma noite inspirada do goleirão Vanderlei.

Mas, pelo menos, conseguiu um empatezinho que garante certa tranquilidade ao time de Levir Culpi na Vila Belmiro.

Ninguém apostava, mas o Peixe está chegando!

E está chegando também no Brasileiro, hein?

Botafogo 0 x 0 Grêmio

Também pelas quartas de final da Libertadores, Botafogo e o “poupástico” Grêmio ficaram no empate sem gols no Estádio Nilton Santos.

E acho que o placar se repetirá em Porto Alegre, com o Glorioso garantindo a classificação nas penalidades.

É que o Tricolor gaúcho não merece avançar na competição.

Castigo por ter jogado o troféu do Brasileirão no colo do Corinthians!

19h15

Chapecoense 0 x 0 Flamengo

Na Arena Condá, um joguinho bem fraco entre Chapecoense e Flamengo, que não tiraram o zero do placar.

Mas, mesmo com o empate em casa, estou achando que a querida Chape seguirá firme e forte na busca pelo bi da Sul-Americana.

É que o Mengão está muito preocupado com a final da Copa do Brasil…

Sport 3 x 1 Ponte Preta

Na Ilha do Retiro, o Sport do professor Luxemburgo voltou a vencer após seis jogos de jejum.

Quem pagou o pato foi a Ponte Preta, que terá que reverter os 3 a 1 no Moisés Lucarelli.

A Macaca conseguirá?

Opine!

Compartilhe:

Bolão do Miltão: Santos perde no Equador pela Libertadores. Na Sul-Americana, ufa! O Timão volta a vencer!

Bolao-GIF-600

LIBERTADORES

Barcelona (Equador) 1 x 0 Santos. No Momumental de Guayaquil, vitória do genérico catalão. Mas tem o jogo da volta, calma! Barcelona (Equador 1 x 1 Santos.

Botafogo 1 x 2 Grêmio. Bom o Imortal já morreu na Copa do Brasil e está brincando no Brasileirão. Resta a Libertadores. Ganha de virada. Falando no confronto… Um ótimo meia catarinense começou sua carreira pelo Grêmio e encerrou justamente pelo Botafogo. Ele também atuou na Europa, por Benfica e Paris Saint-Germain. Clique aqui e veja sua página na seção “Que Fim Levou?”.  Botafogo 0 x 0 Grêmio.

San Lorenzo 1 x 1 Lanús. O time do Papa sai na frente mas leva o empate no final. Minha nossa! San Lorenzo 2 x 0 Lanús.

Jorge Wilstermann 0 x 1 River Plate. Favorito, o River praticamente garante sua classificação vencendo na Bolívia. Jorge Wilstermann 3 x 0 River Plate.

SUL-AMERICANA

Sport 2 x 1 Ponte Preta. O time de Luxemburgo ganha mas esse gol da Ponte deixa tudo indefinido… Sport 3 x 1 Ponte Preta.

Chapecoense 0 x 2 Flamengo. Está tão na cara que o Flamengo vai ganhar, mas tão na cara, que vai ganhar mesmo! Chapecoense 0 x 0 Flamengo.

Corinthians 2 x 0 Racing Club. O Timão se reencontra com a vitória. Pode ser bom para uma recuperação psicológica no Brasileiro… Corinthians 1 x 1 Racing Club.

Fluminense 2 x 1 LDU. Assim como o Sport, o Flu também leva um gol que pode complicar o jogo da volta. Fluminense 1 x 0 LDU.

COLOQUE SEU E-MAIL NA MENSAGEM PARA CONTATO, OK? SOMENTE SERÃO VÁLIDOS PALPITES COM O E-MAIL, POIS DO CONTRÁRIO NÃO TEREMOS COMO NOS COMUNICAR COM O VENCEDOR.

Os palpites postados serão válidos até às 19h15 (horário de Brasília) desta quarta-feira (12.09.2017). Apenas um prognóstico (com os respectivos placares completos) por participante, um único IP, ok?. Aqueles que enviarem mais de um prognóstico não serão considerados. Favor escrever os nomes dos times do jeito que eu fiz, pois fica fácil na hora de conferir. Portanto, não valerão palpites com abreviaturas, apelidos e sem acentos. Também só serão considerados palpites em uma única mensagem, ou seja, não valem palpites em duas mensagens (uma com alguns jogos e outra com outros). Vencerá aquele (a) que acertar mais jogos, mas em caso de empate, o ganhador será definido por sorteio.

E o felizardo (ou felizarda) vai receber em casa um par de calçado Rafarillo (não necessariamente igual ao das fotos abaixo), pois a remessa depende dos modelos disponíveis no estoque do fabricante

CLIQUE AQUI E ACESSE O SITE DA RAFARILLO

Milton Rafarillo red

O jornalista Nivaldo de Cillo, elegante com seu novíssimo Rafarillo

Mário Frungillo (à esquerda), da capital paulista, venceu duas vezes o “Bolão” em 2017 e ganhou dois pares da Rafarillo. Ele posou ao lado do filho Marcelo Frungillo (que ganhou um de presente dele) e dos netos, todos palmeirenses!

Gilberto Camargo Ribeiro, de Valinhos-SP, vencedor de Bolão em junho de 2017

Wellington de Oliveira (de São Paulo), Cláudio Portugal (de Limeira) e João Batista Benetti (o João Mula, de Cuiabá), em junho de 2017

Letícia Zavaglia, de Ribeirão Preto, foi a melhor no Bolão dos dias 22 e 23 de abril de 2017. Ela deu o Rafarillo para o seu namorado, o Guilherme Andrade de Britto, ao seu lado na foto, e mandou a seguinte mensagem: “Acabei de receber o meu Rafarillo, belíssimo e estiloso, ganhei na minha primeira tentativa e agora vou presentear meu namorado, o qual já tentou vários palpites aqui no site e não ganhou, rs. Isso prova que mulher também entende de futebol, kkkkk.”

Este é o Dr. Jeferson Luiz Mezzomo, de Caxias do Sul, com seu belo Rafarillo em seu consultório na Serra Gaúcha!

Este é o colorado Guilherme Schenkel com seu Rafarillo. Ele mora em Campo Novo do Parecis-MT. Ele foi o vencedor na rodada de 18 e 19 de março de 2017. “Recebi meu Rafarillo, belíssimo por sinal. Parabéns pelo blog e pelo comprometimento com quem o acompanha”, escreveu o Guilherme.

O sorridente e competente jornalista Fernando Fernandes

O Diretor da Mondial (líder em eletroportáteis no Brasil), Giovanni Marins Cardoso

O são-paulino Flavio Calderon, vencedor de um Bolão no Blog do Terceiro Tempo

Acima o belo Rafarillo recebido por Jefferson Jean Silva de Oliveira

Este é Adnilson Silva, da Nicom, feliz da vida ao receber seu Rafarillo! E, à direita, já calçando o seu “pisante”!

Marcelo Teixeira com seu Rafarillo, ao lado de Waldir Santos

Este é o ex-goleiro Tomires, de Ribeirão Preto-SP

Compartilhe:

O que o São Paulo está esperando para aceitar a ajuda de Muricy?

Foto: Reinaldo Canato/UOL

Nesta altura do campeonato, não adianta nada o São Paulo trocar de técnico.

Até porque não existe no mercado um comandante melhor do que o competente Dorival Júnior.

Mas, na situação em que o Tricolor se encontra, todo tipo de ajuda é bem-vinda, claro!

Ainda mais quando ela vem de um cara que sabe “um pouquinho” de futebol.

É que na noite da última segunda-feira, durante o programa “Bem, Amigos”, do SporTV, Muricy Ramalho (!!!) se colocou à disposição do São Paulo.

E sem contrapartida!

“Gostaria de ajudar sem ganhar nada. Eu queria ajudar de alguma maneira, dando uma palavra ao time, ou para o próprio (Dorival) Júnior. Ajudar de alguma maneira. Eu nasci no São Paulo, eu fui criado lá dentro. Fui criado também como treinador da base e depois do profissional. Eu tive todas as chances nesse clube. Então, eu sou muito grato e tenho um carinho enorme da torcida”, explicou o corretíssimo ex-treinador.

Alô, Leco!

Está esperando o quê?

O São Paulo assumir a lanterna do Brasileiro?

Ligue urgentemente para Muricy, aceite a sua ajuda e tire o São Paulo desta constrangedora situação!

E palmas para Muricy Ramalho, que sabe muito bem que a gratidão é a primeira virtude do homem e base de todas as demais.

Atualização:

Em contato com o jornalista Roberto Gozzi, do Portal Terceiro Tempo, Dorival Júnior afirmou que aceita a ajuda de Muricy.

“Sem problema algum”, disse o comandante tricolor.

No CT da Barra Funda, o diretor-executivo de futebol Vinicius Pinotti também falou sobre a possibilidade.

“Tomamos conhecimento das declarações do Muricy, inclusive já tínhamos tido algumas conversas. Então, a gente sabe que ele tem um contrato (comentarista do SporTV) e é um cara honesto e que cumpre os seus compromissos. Muito difícil de vir oficialmente, mas nada impede que nos ajude informalmente com a são-paulinidade dele, a bagagem dele, que são muito importantes para o São Paulo”, comentou Pinotti.

Agora é com você, Leco!

Opine!

Compartilhe:

Números: Timão ainda precisa se esforçar muito para perder o título!

As três derrotas em quatro jogos do segundo turno deixaram a Fiel com a pulga atrás da orelha, é verdade.

Mas, honestamente, o Timão ainda precisa se esforçar muito para deixar escapar o título do Brasileirão.

E os números provam isso.

Desde que o Campeonato Brasileiro passou a contar com 20 equipes, em 2006, os vice-líderes com melhores aproveitamentos foram Grêmio, em 2008, e Atlético-MG, em 2012, ambos com 72 pontos.

Assim, é correto afirmar que o time que chega aos 73 pontos praticamente garante a taça do Brasileirão.

E, para alcançar esta marca, o Corinthians precisa somar 23 dos 45 pontos que ainda serão disputados (aproveitamento de 51.1%).

Ou seja, dos 15 jogos restantes, o Timão tem que vencer sete vezes, empatar duas e ainda pode perder em seis oportunidades.

E mais: para o Departamento de Matemática da UFMG, a equipe de Carille tem ainda, apesar dos tropeços, 79% de chances de título!

Ou seja, ainda está muito complicado para o “poupástico” Grêmio, para o Santos e para o Palmeiras.

Mas…

Opine!

Compartilhe:

Campeonato fraco é assim, segue sem graça mesmo com derrota do líder

O Santos colocou o Corinthians na roda, mas venceu por apenas 2 a 0 (gols de Lucas Lima e Ricardo Oliveira) graças ao excelente Cássio.

Esse belo clássico tinha tudo para ser emocionante, mas como o Campeonato Brasileiro de Amistosos é bem fraquinho, a vitória do Peixe não muda em nada o “Modorrentão”.

Meu Timão segue campeão, com o Santos focado na Libertadores e o Grêmio “perdido” em todos os campeonatos.

O lado bom da vitória do Peixe é que mostramos para o Corinthians que eles não são tudo isso.

Aliás, seu time faz um returno horrível, hein, Carille?

E ainda teve Apito Amigo, né?

O primeiro gol do Ricardo Oliveira foi legal.

Enfim, é mesmo uma pena a gente presenciar um campeonato tão fraco.

Já pensou se o Brasileirão fosse no sistema mata-mata?

Alô, Tite: Cássio e Vanderlei seguem mostrando que são goleiros de Copa do Mundo!

Atlético-PR 1 x 1 Coritiba: o jogo estava quase ganho, hein, Coxa?

Sport 0 x 1 Avaí: grande vitória do time de Santa Catarina, que complica a vida do São Paulo.

Vitória 2 x 2 Fluminense: para quem quer deixar a zona da degola, não pode perder pontos em casa.

Botafogo 2 x 0 Flamengo: bela vitória do Fogão, que vai fazer bonito na quarta-feira ao vencer o “perdido” time do Grêmio.

Chapecoense 1 x 2 Cruzeiro: em queda livre, minha querida Chape perdeu até para o time mais fraco de Minas Gerais. Muito triste!

Opine!

Compartilhe:

São Paulo segue na lama! Parece que está se esforçando para cair! E, assim, cai mesmo!

São Paulo 2 x 2 Ponte Preta.

E o Tricolor segue seu calvário, na zona da degola… Em penúltimo…

A missão do São Paulo, jogando em casa, mais uma vez com o apoio de sua torcida, era vencer ou vencer.

E tudo parecia que estava se encaminhando para isso, mas…

Hernanes (de falta) no primeiro tempo e Bruno (na etapa final) marcaram os gols tricolores.

Fatura liquidada com 2 a 0? Não…

A Ponte descontou no 2º tempo de pênalti, com Danilo Barcelos, afinal é quase impossível esse fraco São Paulo passar um jogo sem tomar pelo menos um golzinho…

Mas não foi apenas um golzinho. Tinha mais…

Leo Gamalho, aos 30 minutos, fez o segundo gol do time campineiro. Ele escorou de cabeça, após cobrança de escanteio. A defesa do São Paulo é um verdadeiro queijo suíço.

Para que as coisas não fiquem ainda piores para o São Paulo nesta rodada, é bom torcer (muito) contra Coritiba, Vitória, Chapecoense e Avaí.

Ah, e também contra o lanterna Atlético-GO, que está encostando…

O São Paulo está com 24 pontos e os goianos podem chegar a 21 se vencerem o Bahia na segunda-feira.

Eu venho dizendo que acho que o São Paulo não cai.

Mas já não estou mais tão convicto assim…

OPINE!

Compartilhe:

Palmeiras, com dois a menos, consegue empate heroico contra o Galo. Mas, pode esquecer o título!

Atlético-MG 1 x 1 Palmeiras.

O Galo poderia ter vencido.

Fred desperdiçou um pênalti quando o jogo estava 0 a 0. Bateu mal e Prass defendeu.

Aí, em jogada rápida, Deyverson abriu o placar para o Verdão.

Mas a alegria dos visitantes durou pouco. Nova penalidade máxima para o Galo.

Luan segurou a camisa de Leonardo Silva.

O zagueiro palmeirense reclamou tanto da marcação do árbitro que acabou expulso.

Fábio Santos foi o incumbido desta vez e nenhuma chance para Fernando Prass.

Esse foi o placar do 1º tempo: um pra lá, um pra cá, mas o time mineiro foi superior…

No 2º tempo, mesmo com um homem a menos, o Palmeiras poderia voltar à comandar o placar.

Leonardo Silva tocou com a mão na bola dentro da área. Mais um pênalti marcado e o segundo não convertido: Deyverson bateu mal demais… Cobrança rasteira que Victor pegou.

Aos 37, mais um expulso. E, do Palmeiras!

Willian, que chutou Valdívia após receber falta duríssima do atleticano, que também merecia expulsão de Vuaden.

A caça do Galo ao Porco ficou evidente, mas o Palmeiras resistiu bravamente para voltar de Minas com um pontinho na bagagem.

E o Verdão até poderia ter voltado com três pontos, pois, no final, em contra-ataques, teve chances e um pênalti sobre Moisés reclamado por todos esmeraldinos.

Apito contra o Verdão!

Nossa, isso não é muito comum!

Bom, pelas contingências da partida, resultado bom para o time de Cuca.

Mas, em termos de luta por título, péssimo resultado para o Alviverde.

Se ainda havia alguma esperança, podem esquecer!

Vasco 1 x 0 Grêmio.

Pois é, o Timão, mesmo sem jogar, saiu no lucro…

O Vasco marcou com Matheus Vital no final do 1º tempo e cozinhou o jogo para derrotar o Imortal, que não consegue se aproximar do Alvinegro que perderá amanhã para o Santos.

Ainda assim, o que estava desenhado no 1º turno, vai se arrastar até dezembro nesse interminável campeonato por pontozzzzzz corridozzzzzzz… (Salve, Vitor Guedes, grande jornalista, que cunhou esta!).

Basta o Corinthians se reequilibrar psicologicamente depois das derrotas improváveis para Atlético-GO e Vitória que levanta o caneco, principalmente porque a concorrência parece mesmo que não está nem aí para o Brasileirão!

Por isso mesmo, hoje e sempre: volta, mata-mata!

OPINE!

Compartilhe:

Minas, Muralha e aula anti-patrulha

Escrevo de Guaxupé, Sul de Minas Gerais.

Tudo seco por aqui.

Parece o Nordeste.

Não chove “há séculos” e o café para a safra de 2018 terá quebra de uns 30%.

Mas a região reage com belos eventos.

Juruaia fez na semana sua consagrada Expo-Lingerie.

Caxambu, terra do grande e saudoso narrador Jorge Cury, da Rádio Nacional do Rio, recebeu mais um Festival do Cavalo Mangalarga e grande feira de equipamentos agrícolas.

Muzambinho realizou a sua 1ª Feira do Café.

E São João da Boa Vista, já em São Paulo, mas perto daqui, prepara sua 39ª Expo Nacional 2017 também do Cavalo Mangalarga, uma paixão.

Sou padrinho dos dois últimos eventos citados acima.

E quem foi o padrinho da sacanagem que fizeram com o Alex Muralha, do Flamengo?

São muitos os padrinhos e pais da injustiça que humilhou o goleiro.

Desde jornal carioca até milhares de torcedores do Mengão, enfurecidos nas redes sociais.

O resultado foi um belo “Bem Feito”!

Rifaram o pobre Muralha e escalaram o jovem Thiago, que frangou bonito no gol do Cruzeiro na última quinta-feira.

E me ajudem, por favor, quanto à escalação de Thiago.

Ele entrou numa fogueira ou numa gelada?

É uma eterna dúvida.

Mas quem não deixou nenhuma dúvida em seu texto foi o jornalista-professor Anderson Scardoelli em belo, atual e lúcido artigo anti-patrulha.

Ele retratou bem as evoluções naturais do jornalismo e da vida escrevendo simplesmente em “Comunique-se”, dono hoje do mais importante prêmio do jornalismo brasileiro.

Leiam e aprendam:

“Jornalismo X comercial: vender não deve ser considerado pecado

Jornalista e… vendedor. Nesta semana, fiz algo considerado (infelizmente) como crime por alguns colegas de profissão: fechei a comercialização de espaço publicitário no Portal Comunique-se, veículo em que sou o editor responsável. A negociação, relacionada a uma premiação de jornalismo, me fez concluir o que já vinha há algum tempo na minha mente, de que a parte de redação e o comercial de uma empresa não podem ser rivais. Elas devem atuar de modo conjunto.

Mais do que trabalhar em parceria com a equipe comercial de uma grande empresa, um jornalista precisa ser um bom vendedor para conseguir empreender, por exemplo. Para colocar um negócio de comunicação no mercado, ele por muitas vezes estará sozinho em negociações com possíveis investidores e anunciantes. Ou alguém acha que, no começo de suas atividades, grandes empreendedores contavam com times de vendedores para tocarem essa parte?

Sites segmentados como Administradores.com e WebInsider já abordaram a vertente de que ao decorrer dos próximos anos o profissional a ser considerado um bom vendedor será o chamado “consultivo” – termo a designar quem se especializa em comercializar um determinado tipo de produto ou serviço. E, convenhamos, não há no mercado um “vendedor consultivo” melhor do que um jornalista quando o negócio em questão for compra de mídia e investimentos diversos em projetos da imprensa.

Foi com isso em mente que levei adiante a negociação de espaço publicitário no Portal Comunique-se. O representante da agência de publicidade entrou em contato e, de forma até natural, toquei as conversas. Afinal, ninguém melhor do que eu, editor responsável pelo site, para explicar detalhadamente os espaços disponíveis para divulgação, o perfil do público que costuma acessar a página e a audiência média do domínio. Além disso, como “consultor”, sugeri o melhor formato e período a ser comercializado.

Vender vai além do dinheiro

A minha primeira venda foi realizada nesta semana, momento em que fechei parcerias de conteúdo com o Talk TV e com a jornalista Krishna Mahon, que desde o ano passado comanda o canal “Imprensa Mahon”, no YouTube. O que isso tem a ver com venda? Tudo! Pois tive que ser um bom vendedor para mostrar as vantagens de se ter reportagens e vídeos divulgados por meio do Portal Comunique-se. Pensando nos colegas de forma geral, um bom jornalista tem que saber “vender” suas ideias de reportagens para a chefia e para possíveis entrevistados. Soma-se a isso, o fato de o canal de Krishna ser voltado a dicas de negócios para profissionais da comunicação social.

Também nesta semana, o Comunique-se conquistou o prêmio de melhor empresa de pequeno porte para se trabalhar no estado do Rio de Janeiro. Aqui, ressalta-se que assim com qualquer outra corporação, o Comunique-se só saiu do papel porque um empreendedor – no caso, o nosso CEO Rodrigo Azevedo – não teve receio algum em vender a sua ideia de negócio para investidores e parceiros e, consequentemente, sair vendendo as soluções e os serviços da marca. Se não fosse isso, o Comunique-se não existiria e eu, certamente, não teria fechado a minha primeira venda de publicidade.

Não é a minha opinião. É fato. Vender não deve ser considerado pecado, mesmo se o vendedor for um jornalista!”.

Aula dada, anotem: Santos e Corinthians na Vila será 1 a 1.

OPINE!

Foto: Gilvan de Souza/Flamengo

Compartilhe: