publicidade

Blog do Milton Neves

Categoria : Seleção


Um empate preocupante em Wembley!

Foto: Lucas Figueiredo/CBF

Inglaterra 0 x 0 Brasil

No histórico estádio de Wembley, Inglaterra e Brasil fizeram um amistoso tão emocionante quanto dançar de rosto colado com a mãe ao som de “Sentimental Demais” na voz do saudoso Altemar Dutra.

A sensação era de que o jogo poderia ter mais uns 300 minutos que ninguém conseguiria nem acertar um chute no gol.

Tá louco, sô!

Mas, honestamente, por mais que tenha sido um amistoso, esse duelo me deixou com a pulga atrás da orelha.

Afinal, a Inglaterra foi a primeira seleção europeia que o Brasil de Tite enfrentou.

E, logo neste primeiro grande teste, chamou a atenção a dificuldade que o escrete canarinho teve para criar jogadas no ataque.

Agora, se sofremos tanto diante dos ingleses, como será quando enfrentarmos os alemães em março do ano que vem?

Quero nem pensar!

Opine!


Goleirão Lampe e altitude seguraram o Brasil em La Paz!

Foto: Leo Correa/AP (Retirada do Portal UOL)

Bolívia 0 x 0 Brasil

Com Bolívia sem chances de classificação e o Brasil com o primeiro lugar já garantido nas Eliminatórias, tivemos na tarde desta quinta-feira em La Paz um verdadeiro amistoso de luxo.

O único ponto, e que eu implico mesmo, é a questão da altitude.

Um dia ainda vai morrer um jogador visitante nas alturas da Bolívia.

E só assim alguém tomará algum tipo de providência!

Uma pena…

Sobre o jogo, apesar do 0 a 0, muitas chances claras de gol para os dois lados.

Mais para o Brasil, é claro, que esbarrou “trocentas” vezes no bom goleiro Carlos Lampe.

Ele fez defesas de tudo quanto é jeito, até mesmo de nariz!

Mas, para um amistoso de luxo, como disse no começo, até que não foi tão ruim.

Agora, o próximo adversário, terça-feira, é o Chile.

E no Allianz Parque, a arena mais bonita do Brasil (goleia até o meu querido Itaquerão).

E aí, diante dos chilenos, será que o escrete canarinho entrará em campo “para valer”?

Ou seguirá fazendo “amistosos de luxo”?

Argentina 0 x 0 Peru

E a Argentina, hein?

Precisava desesperadamente vencer o Peru em plena La Bombonera e… ficou no 0 a 0!

Xiiiii…

Sei não, hein, Messi?

Agora, os hermanos terão que torcer para o Brasil vencer o Chile na última rodada.

O grande problema é que eles terão que bater o Equador fora de casa.

Vão conseguir?

E você, torce para que a Argentina se classifique ou para que ela fique fora da Copa?

Opine!


Tite não está sentindo “firmeza” em Gabriel Jesus?

Foto: Lucas Figueiredo/CBF

Quando debutou no futebol profissional, no Palmeiras, muitos chamavam Gabriel Jesus de “Novo Neymar”.

Outros, diziam que ele era um “Neymar melhorado”.

Um exagero e tanto, até porque vai demorar muito para surgir um jogador do nível do craque do PSG em nosso futebol.

Mas, de fato, ele arrebentou no Palmeiras campeão brasileiro de 2016.

E teve um começo avassalador no Manchester City.

Atualmente, ele segue cumprindo muito bem o seu papel na equipe comandada por Guardiola.

Mas sem o mesmo protagonismo de seu início na “Terra da Rainha”.

No último jogo pela seleção, contra o Equador, ele esteve um pouco apagado, mesmo tendo participado da jogada genial que resultou no gol de Coutinho.

Agora, para a partida de logo mais, contra a Colômbia, o técnico Tite realizou algumas alterações na equipe, e Firmino assumirá o lugar de Jesus.

Será que o treinador tomou essa decisão apenas para fazer um rodízio no ataque brasileiro?

Ou ele está sentindo mais “firmeza” em Firmino do que em Gabriel Jesus?

Opine!


Tite merece, pelo menos, estar entre os três melhores técnicos do mundo!

Foto: CBF

Foram anunciados na manhã desta quinta-feira (17) os indicados aos prêmios oferecidos anualmente pela Fifa (melhor jogador, melhor jogadora, melhor treinador/treinadora, etc…).

Bom, entre os jogadores, dois brasileiros: Neymar, claro, e Marcelo.

Mas, sejamos honestos, nem o agora craque do PSG tem chances de bater Cristiano Ronaldo.

No entanto, na disputa pelo prêmio de melhor técnico, temos um brasileiro entre os favoritos, sim!

Tite, indicado com outros 11 nomes, merece, PELO MENOS, estar entre os três finalistas!

Pode ser que não ganhe de Zinédine Zidane, que está com a bola cheia no comando do Real Madrid.

Mas, repito, ele TEM que estar entre os três finalistas!

Afinal, a mudança que ele causou na nossa desbotada seleção brasileira foi algo de outro mundo.

Não é verdade?

Abaixo, confira os nomes indicados pela Fifa ao prêmio de melhor técnico do ano:

– Massimiliano Allegri (ITA) – Juventus
– Carlo Ancelotti (ITA) – Bayern de Munique
– Antonio Conte (ITA) – Chelse
– Luis Enrique (ESP) – Barcelona
– Pep Guardiola (ESP) – Manchester City
– Leonardo Jardim (POR) – Monaco
– Joachim Low (ALE) – seleção alemã
– Jose Mourinho (POR) – Manchester United
– Mauricio Pochettino (ARG) Tottenham Hotspur
– Diego Simeone (ARG) Atlético Madrid
– Tite (BRA) – seleção brasileira
– Zinedine Zidane (FRA) – Real Madrid

Opine!


Brasil não faz mais do que a sua obrigação e goleia a Austrália

Foto: Divulgação/CBF

Austrália 0 x 4 Brasil

No primeiro tempo, a seleção brasileira não ajudou a espantar o sono do torcedor que acordou bem cedinho para acompanhar o amistoso contra a Austrália.

Aliás, muita gente deve ter embalado um belo cochilo durante a primeira etapa do duelo, realizado em Melbourne.

Mas, pelo menos no começo, a sensação era de que muitos gols sairiam logo no primeiro tempo.

Afinal, Diego Souza abriu o placar logo aos 10 segundos de jogo.

Isso mesmo, 10 segundos, o gol mais rápido da história da seleção brasileira!

Depois disso, a partida ficou para lá de sonolenta, com poucos ataques do Brasil e quase nenhuma investida dos australianos.

Na etapa complementar, o jogo teve uma considerável melhora.

O gol de Thiago Silva, é verdade, saiu em uma jogada lotérica, após um escanteio.

Mas o tento anotado por Taison aconteceu após uma linda troca de passes dentro da área do time local.

E, nos acréscimos, ainda deu tempo de Diego Souza marcar o seu segundo gol no amistoso.

No fim das contas, pelo que o time brasileiro apresentou e diante da fragilidade do adversário, 4 a 0 ficou de bom tamanho.

E quem melhor aproveitou este teste diante da Austrália?

Para mim, Diego Souza, autor de dois dos quatro gols do Brasil.

Thiago Silva também foi muito bem e já pode voltar a sonhar com a titularidade.

Basta manter a humildade, não é mesmo?

Mas e aí, o que você achou do amistoso contra a Austrália?

Opine!


Show de Neymar diante do Paraguai acaba com qualquer dúvida: ele é o melhor do mundo!

Brasil 3 x 0 Paraguai

Ele marcou um GOLAÇO, teve um gol (bem) anulado, perdeu um pênalti após fazer uma jogada antológica, correu “mais que o Bolt”, driblou como Garrincha, apanhou mais do que tapete em dia de faxina…

Parecia até que tinham 11 Neymares no gramado do Itaquerão no duelo entre Brasil e Paraguai.

E a já esperada vitória brasileira diante dos paraguaios serviu para acabar com qualquer dúvida: o craque do Barcelona é hoje o melhor jogador do mundo!

E disparado!

Lembrar que teve muita gente dizendo que a cria do Santos sumiria na Europa…

Que mordam suas línguas!

Bom, e a vitória brasileira, já esperada por todos, acabou acontecendo mesmo.

Com certa dificuldade no primeiro tempo, quando o time de Tite abriu o placar com um golaço de Coutinho, após belíssima tabela com Paulinho.

Por falar em Paulinho, o ex-volante do Timão está jogando uma BARBARIDADE, não é verdade?

Aí, na etapa complementar, o Paraguai tentou buscar o empate e acabou dando espaços demais para o Brasil.

Primeiro, para uma espetacular arrancada de Neymar, que acabou derrubado na área.

Não foi absolutamente nada, mas, vocês sabem, no Itaquerão a arbitragem sempre dá um jeitinho de arrumar uma penalidade para a equipe mandante…

O craque do Barça perdeu, mas, 10 minutos mais tarde, deu outra arrancada antologia para, enfim, deixar a sua marca.

Ney seguiu deitando e rolando para cima da defesa do Paraguai e até teve um gol corretamente anulado.

E o último tento do jogo saiu dos pés de Marcelo, após linda jogada trabalhada por quase toda equipe de Tite.

Ah, Tite…

Olha, todo mundo imaginava que a seleção fosse melhorar com você no comando.

Mas o que você está conseguindo realizar neste time é simplesmente uma das coisas mais incríveis da história do futebol mundial.

Agora, é torcer para que o escrete canarinho não perca o embalo e chegue motivado demais para a Copa da Rússia.

Mas, francamente, se jogar 80% do que está jogando no momento, já dá para trazer o hexa!

E com facilidade!

Opine!


Tem muita gente querendo Tite como presidente do Brasil!

O Blog Bastidores FC, do Globoesporte.com, destacou na manhã desta terça-feira uma pesquisa interessantíssima.

Segundo levantamento realizado pelo Instituto Paraná Pesquisas, 14,8% dos brasileiros votariam em Tite para… presidente!

Pode até parecer pouco, mas vale lembrar que o técnico conseguiu este número sem fazer campanha alguma!

Bom, é bem provável que Tite não tenha a mínima intenção de se candidatar a qualquer cargo público.

Mas, convenhamos, seria incrível se alguém conseguisse alavancar o Brasil como o “Águia de Haia dos Pampas” alavancou a nossa seleção.

Não é verdade?

Opine!


A CBF foi ingrata com Micale?

Rogério Micale não comanda mais as categorias de base da seleção brasileira.

O anúncio oficial foi aconteceu na tarde desta segunda-feira.

Claro, o que determinou a demissão do técnico foi a pífia campanha do escrete canarinho no Sul-Americano Sub-20.

Mas, quero saber de você, amigo internauta: a CBF foi ingrata com o técnico que conquistou o inédito ouro olímpico com a seleção brasileira?

Ou você também acha que quem arrumou o time da Olimpíada foi o Tite?

Opine!


O Oceano Tite 5 a 0 e a cabeça torta de Neymar

tite comemorando       Foto: Lucas Figueiredo/CBF

Trump no mundo.

Tite no Brasil.

Não se fala em outra coisa, em todas as mídias.

E falar bem de Tite é chover no molhado.

Choveu tanto que o gaúcho virou lagoa, açude, represa, Itaipu, Cataratas do Iguaçu, Oceano Atlântico, todos os oceanos e todos os reservatórios de Alckmin.

Mas ficaram na seca e com a cara de pau os azedos crônicos que garantiram que Tite jamais trabalharia com Del Nero.

Era só pano de fundo para atacar ainda mais o cambaleante Del Nero, o saível e caível.

Remei firme no sentido contrário em minhas águas tão tranquilas de 45 anos de cartas náuticas impecáveis e tão gratificantes e raras em tudo.

“Conheço bem o Tite, que já tinha me falado que aceitaria o cargo de treinador da seleção assim que o chamassem. Desde que o cargo de treinador estivesse vago”, falei e escrevi mil vezes.

Bastou Dunga ser demitido e ele assumiu, graças a Deus.

Ético, jamais faria com Dunga o que Felipão teria feito com Mano, suspeita e resmunga o hoje cruzeirense.

E Tite assumiu com um atraso de mais ou menos oito anos.

Quanto tempo e quanta Copa perdemos apostando no Dunga 5.9 na primeira passagem, no superado Felipão 7 a 1, 10 a 1 e nota -0.71 em 2014, e no Dunga 1.82, em seu retorno.

Mano, com 6.01, foi o melhor dos três e não merecia ter sido trocado burra e soturnamente por Felipão 7 a 1.

Azar nosso!

Mas bola para frente e parabéns e obrigado para o “Águia de Haia dos Pampas” (“SuperTécnico”, da Band, em 2000, na estreia do gaúcho em rede nacional)!

Tite, cidadão de cabeça reta!

“Cabeça reta”, coisa que o Neymar “não fez” e “não teve” contra a Argentina.

No gol dele, na cara do goleiro, lembrou do mestre Coutinho, olhou Romero com a cabeça levantada e um pouquinho torta, mas o suficiente para sacar, no reflexo de craque, o posicionamento do pé-base do argentino.

“Frente a frente com o goleiro não é força e não é apenas jeito, mas é preciso olhar para as canelas do adversário. Quando ele fica com as pernas ‘fincadas’ no gramado na clássica posição de defesa, tem que sair um chute rasteiro do ladinho do pé-base do goleiro que é rede na certa, ele não chega nunca. O Pelé fazia isso com os beques, eu fazia com os goleiros”, ensina o maior 9 da história.

E acrescenta: “Chegar na cara do goleiro e dar uma cacetada é prejuízo até para os narradores de rádio e TV que berram: ‘Espaaaaaalma, fulano de tal’. Ora, o cara não espalmou nada, foi carimbado. E aí desligo a TV na hora”, diz Coutinho.

Chico Formiga (1930 – 2012) também fazia isso toda vez que Arnaldo Cezar Coelho aparecia na TV.

“Como pode comentar arbitragem alguém que não deu aquele pênalti escandaloso do Marinho no Pita na final do Brasileiro de 1983? O título seria do Santos”, sempre reclamava o saudoso ex-zagueiro e ex-treinador.

Isso foi ontem, mas hoje que Tite 5 a 0 e Neymar 8.8 continuem crescendo e que virem “ex” só daqui 100 anos.

Opine!