publicidade

Blog do Milton Neves

Categoria : Santos

O pênalti do André: culpa do Tite!
Comentários COMENTE

Milton Neves

Andre-Foto-UOLFoto: UOL

Maracanã, dia 16 de novembro de 1963!

O jogo estava em 0 a 0 entre Santos e Milan.

Era a “negra” da maior decisão de todos os Mundiais de Clubes.

Maior, disparada!

Em Milão deu Milan 4 a 2 com o árbitro anulando um gol legal de Coutinho quando estava só 3 a 2 para o time italiano.

“Era 3 a 3 e anularam o gol mais bonito que fiz em minha vida. Foi de puxeta, quase uma bicicleta”, contou-me outro dia o maior 9 da história na Rádio Bandeirantes.

E completou: “Foi igualzinho aquele gol legal da Espanha em 1962 contra nós na Copa do Chile. O gol deles foi supernormal. Eu era do elenco e estava lá no Estádio Nacional e vi claramente. O Brasil teria sido eliminado”.

Estão vendo como foi sim o Santos o grande prejudicado naquela épica decisão de três jogos contra a seleção do Milan?

Pois no Maracanã, na terceira partida, só se fala que o árbitro Juan Brozzi ajudou o Santos e inventou aquele pênalti do saudoso Maldini no igualmente falecido Almir Pernambuquinho.

Ora, o líbero italiano, pai do grande Paolo Maldini, com a perna no alto, quase arrancou a cabeça de Almir na área e o pênalti escandaloso teve precisa marcação!

Mas o mais importante de tudo foi a cobrança da chamada penalidade máxima.

Foi algo emblemático que treinadores e batedores de pênalti de hoje ainda não sacaram.

No gol estava Barluzzi, o terceiro goleiro italiano.

O primeiro, Ghezzi, já falecido, foi sacado pelo técnico Luis Carniglia após os 4 a 2 de virada e os dois canhões de Pepe.

O segundo, Balzarini, Almir quebrou numa dividida e foi substituído.

O próprio Barluzzi, o terceiro, também foi “chargeado” pelo irrequieto Almir e jogou o resto da decisão com uma atadura branca amarrada na cabeça.

Mas vamos à cobrança do pênalti com “200 milhões” de torcedores no Maracanã e TV em branco e preto pela TV Tupi, Canal 4.

Leia e aprenda, André!

Leiam e aprendam, treinadores!

Leiam e aprendam, batedores de pênaltis!

Leiam e tenham remorso todos vocês que tanto bateram pênaltis no maior adiantador do mundo, o Rogério Ceni.

Sabem o que fez o lateral Dalmo ao correr para a bola e chutar contra a meta italiana?

Simplesmente correu e… refugou!

Isso mesmo, refugou, “pulando” a bola!

É que o goleiro Barluzzi deu escandalosa adiantada e Dalmo, malandro, inteligente e experiente, não encostou na bola e sinalizou a infração ao árbitro.

Nascia ali o “rogerioceniamento do pênalti”.

E depois da “admoestação” de Juan Brozzi, na segunda cobrança, Barluzzi ficou quietinho no gol pisando na risca, Dalmo correu, bateu e converteu, mas com o italiano quase pegando, encostando na bola.

Moral da história, senhores Tite, Dunga, Dorival, Fernando Diniz, Guardiola, Cuca, Mourinho e Simeone: treinem, sim, cobranças de pênaltis, mas instruam seus cobradores que, se o goleiro muito se adiantar, basta refugar.

E cobrar de novo com o goleiro já “veiaco” que não poderá mais uma vez “rogerioceniar”.

É o que deveria ter feito o assustado corintiano André na última quarta-feira contra o Nacional.

Ele deu uma ridícula “paradona”, o goleirão Conde se adiantou “um quilometro” e André atrasou a bola para o uruguaio no canto errado porque olhava para o chão.

Aí, o Timão fez a quina sendo eliminado pela quinta vez em seu belo estádio, a Arena de maior pé frio do mundo!

Alô, Dalmo, aí no céu, desça e venha ensinar a esses batedores inseguros que pênalti não é um bicho de 1.910 cabeças.

Basta treinar, ter tranquilidade e saber que o goleiro tem só 0,87% de chances de defender.

Sem se adiantar, viu Tite?

OPINE!!!


Santos arranca empate em Osasco e coloca uma mão na taça do Paulistão
Comentários COMENTE

Milton Neves

1

Essa história do clube pequeno surpreender é muito bonita e tudo mais, mas no fim a camisa do Gigante pesa e faz a diferença.

No primeiro jogo da final do Paulistão, o Santos arrancou um empate contra o modesto Audax e gora leva a decisão para a Vila mais famosa do mundo.

Na Vila, onde o Santos é imbatível, o Audax tem pouquíssimas chances de ficar com a taça.

O trabalho do técnico Fernando Diniz e seus comandados é maravilhoso, pois quando um time pequeno chega forte desta forma, chama a atenção dos amantes da bola.

O Audax jogou com coragem durante todo o torneio, mas pegou o Santos na final e não tem jeito.

A equipe de Osasco saiu na frente com Maike, mas Ronaldo Mendes empatou a partida.

Santos (quase campeão) e Audax (vice) estão de parabéns pelo futebol arte apresentado.

Precisamos de mais toque de bola desta forma, para deixarmos de ser a terra do 7 a 1.

Campeonatos pelo Brasil:

Mineiro: América  2 x 1 Atlético; o Galo Mais Lindo do Mundo tropeçou, mas vai dar a volta por cima no segundo jogo.

Carioca: Botafogo 0 x 1 Vasco; O Gigante da Colina mostra que time grande não tem divisão.

Gaúcho: Juventude 0 x 1 Internacional; Jogo apertado. A decisão fica para semana que vem.

Paranaense: Atlético 3 x 0 Coritiba; Zebra, mas semana que vem o Coxa vai reverter o placar.

Baiano: Vitória 2 x Bahia; Outra zebra. Mas o placar será revertido tranquilamente.

Catarinense: Chapecoense 1 x 0 Joinville; Com a vitória, o time da terra da linguiça deve ficar com o título.

Copa do Nordeste: Campinense 1 x 1 Santa Cruz; Após vencer o primeiro jogo, o Santinha segurou o empate e ficou com o título.

O Santa Cruz é maravilhoso e vai dar muito trabalho no Brasileirão.


Peixe segue como franco favorito ao título do Paulistão!
Comentários COMENTE

Milton Neves

dorival

XV de Piracicaba 0 x 1 Santos

O jogo, honestamente, não foi lá essas coisas…

Por conta da forte chuva que caiu em Piracicaba nesta noite, XV e Santos fizeram uma partida morna no Barão de Serra Negra.

Mas, para o Peixe, o resultado foi importantíssimo.

E por dois motivos:

– O primeiro, pelo belo gol marcado pelo jovem zagueiro Gustavo Henrique, após boa jogada trabalhada pela equipe da Baixada.

O tento deve dar ainda mais confiança ao defensor, que tem um futuro incrível pela frente.

– O segundo, porque com o triunfo, o Santos voltou a ser líder geral do Paulista, provando que mais uma vez é o favorito ao título da competição.

E digo “mais uma vez” pelo fato de nos últimos 10 Estaduais, o Peixe ter ficado com o caneco em seis oportunidades.

Muita coisa, não é mesmo?

Daqui a pouco a equipe santista ultrapassa em número de conquistas o Corinthians, time com mais títulos.

Só faltam seis…

Opine!


Irreconhecível, Corinthians perde para o Santos na Vila e não é mais 100% no Paulistão; Palmeiras goleia o Capivariano; Rio Claro vacila e Linense vence; Red Bull Brasil bate o São Bento; e Ferroviária-SP sofre derrota em casa para o Novorizontino!
Comentários COMENTE

Milton Neves

Site Oficial do Santos

Foto: Site oficial do Santos

Cordialíssimo o primeiro tempo do Corinthians.

Eu nunca vi uma equipe fazer ZERO faltas!

Aliás, não foi somente faltas que o Timão não fez.

Enquanto Lucas Lima incendiava a partida, e que partida do “camisa 20”, o time do Parque São Jorge mendigava em campo.

Só deu Peixe, “uai”!

Tanto que o gol de Ricardo Oliveira foi majestoso, uma jogada característica dos Meninos da Vila convertida com eficiência.

E o placar só permaneceu estático, porque o Santos desacelerou totalmente. Dava para ter feito até uns quatro antes mesmo do apito do árbitro, aos 46 minutos.

Na volta do intervalo, continuou a mesma pressão santista e o irreconhecível Corinthians se defendia como podia.

Para não ser injusto, teve uma bola ou outra que o ataque corintiano funcionou.

Mas cá entre nós, não era o que o técnico Tite esperava de seus jogadores e do desenrolar do clássico.

Que convenhamos, essa vitória do Santos foi excelente para derrubar o último invicto do campeonato.

É que com a “bola redonda” que Renato, Lucas Lima e companhia jogaram, nem se o “Apito Amigo” desses as caras o Peixe perderia.

E digo mais, com a cabeça longe da China, era óbvio que Ricardo Oliveira brilharia, assim como seu segundo tento. Um golaço!

Pode não rimar, mas caiu na Vila, o Timão afina!

Palmeiras 4 x 1 Capivariano

O Palmeiras começou dominando o Capivariano, que parecia estar recuperado do último revés.

Com maior posse de bola e com um gol na conta, o Verdão chegou a dar aquela velha relaxada e acabou sofrendo o empate.

No entanto, o gol do ótimo zagueiro de Muzambinho Thiago Martins devolveu a esperança e liderança ainda antes do intervalo ao Alviverde.

Já no início do segundo tempo, as coisas ficaram mais fáceis para o Palmeiras após o pênalti convertido por Cristaldo.

O rival sentiu o golpe e não conseguiu mais ameaçar o gol de Fernando Prass, que ainda assistiu Alecsandro fechar a goleada.

Mais tarde, pelo Paulistão e às 18:30:

Rio Claro 0 x 1 Linense

Red Bull Brasil 2 x 0 São Bento

Ferroviária-SP 1 x 2 Novorizontino

Outros campeonatos:

Atlético-MG 3 x 1 Tombense (Camp. Mineiro, às 16 horas)

Caldense-MG 0 x 1 Cruzeiro (Camp. Mineiro, às 18:30)

Fluminense 1 x 0 América-RJ (Camp. Carioca, às 16 horas)

Boavista 0 x 1 Botafogo (Camp. Carioca, às 16 horas)

Náutico 1 x 1 Sport (Camp. Pernambucano, às 16 horas)

Grêmio 0 x 0 Internacional (Camp. Gaúcho e Primeira Liga, às 18:30)

OPINE!!!


Mais criativo, Santos “tropeça” frente ao Palmeiras, mas segue firme rumo ao título do Paulistão
Comentários COMENTE

Milton Neves

360

Nem todo 0 a 0 é chato. Palmeiras e Santos protagonizaram um grande jogo pelo Paulistão.

Mais criativo, o Peixe somou apenas um ponto no Allianz Parque.

O empate não atrapalha a ótima campanha do Santos, que segue forte em busca de mais um título do Paulistão.

Fora da Libertadores, o Santos está totalmente focado no Paulistão.

Esse título está no papo, mas espero ver essa força nos campeonatos nacionais deste ano.

Outros jogos do Campeonato Paulista:

São Bernardo 1 x 1 Linense

Capivariano 1 x 2 Mogi Mirim

Campeonato Gaúcho:

Internacional 4 x 0 Cruzeiro-RS: também, com este nome, o time não tem como vencer…

Juventude 3 x 1 Passo Fundo


São Paulo sofre para arrancar empate contra o fraco time do César Vallejo. No Paulistão, Santos vence e segue rumo ao título
Comentários COMENTE

Milton Neves

1603171

O São Paulo começou bem, atacando e pressionando o César Vallejo, mas não é que o “time de bairro” achou um golaço?

Com um gol legítimo não marcado, o São Paulo terminou o primeiro tempo perdendo o jogo.

Na segunda etapa, o técnico Bauza colocou o argentino Calleri em campo e a mudança deu certo.

Em sua estreia, o camisa 12 marcou um belo gol por cobertura.

O São Paulo deve conseguir a classificação no Pacaembu, pois não é possível jogar pior do que hoje.

Basta não levar nenhum gol em São Paulo, e a classificação estará garantida.

Se quiser sonhar com o título da Libertadores, o Tricolor precisa melhorar e muito!

Campeonato Paulista

Ponte 0 x 2 Santos: O Peixe mostra sua força e segue forte rumo ao título do Paulistão.

Capivariano 0 x 2 RB Brasil

Ituano 1 x 1 Linense

Campeonato Carioca

Fluminense 4 x 0 Bonsucesso: Bela goleada no Fluminense, que venceu o primeiro jogo no campeonato.

Macaé 0 x 2 Flamengo: Cada vez mais o time tem a cara do Muricy.

Madureira 4 x 2 Cabofriense

Resende 1 x 1 Volta Redonda

Boavista 4 x 0 Friburguense

Campeonato Mineiro

Tombense 1 x 2 Cruzeiro: Deu zebra, o Cruzeiro venceu fora de casa.

Campeonato Gaúcho

São José 0 x 0 Internacional: Uma fraca atuação do Colorado.

São Paulo 2 x 1 Glória

Ypiranga 4 x 0 Passo Fundo

Veranópolis 0 x 0 Novo Hamburgo

Lajeadense 1 x 3 Juventude

Foto: UOL


São Paulo e Santos tropeçam na estreia do Paulistão. No Rio, Botafogo vence e Flamengo deixa escapar vitória
Comentários COMENTE

Milton Neves

raul-e-tietado-por-garotos-do-barca-1451233477341_615x300

O São Paulo visitou o RB Brasil, em Campinas, e ficou no empate de 1 x 1.

Apesar de não ter vencido, o Tricolor mostra uma postura diferente em relação ao ano passado.

Ganso e Michel Bastos assumiram a liderança do time.

O São Paulo abriu o placar com seu camisa 10, mas viu o atacante Roger empatar o jogo.

Na segunda etapa, ficou claro que o time do interior está melhor preparado fisicamente.

Agora, o time do argentino Bauza se volta para a disputa de uma vaga na fase de grupos da Libertadores.

Na próxima quarta-feira, o São Paulo visita o César Vallejo.

Santos 1 x 1 São Bernardo: O time do ABC mostrou mais vontade e logo abriu o placar na Vila Belmiro.

Mesmo com o time apagado, Lucas Lima e Gabigol mostraram talento e o Peixe empatou a partida.

Tropeços acontecem e logo o Santos volta a vencer, afinal, será o Campeão novamente!

Outros resultados:

Água Santa 1 x 0 Ferroviária

São Bento 1 x 1 Ituano

Oeste 3  x 1 Ponte Preta

Rio Claro 2 x 2 Capivariano

Campeonato Carioca:

Flamengo 1 x 1 Boavista: Com um belo Gol no primeiro tempo, Guerrero abriu o placar para o Mengão, mas o time perdeu força na segunda etapa e sofreu o empate.

Bangu 0 x 2 Botafogo: Vitória tranquila do Fogão, que sempre é um dos favoritos ao título estadual.

Portuguesa-RJ 3 x 2 Tigres-RJ

Friburguense 1 x 0 Macaé

Cabofriense 0 x 0 América-RJ

Campeonato Paranaense:

Coritiba 4 x 0 Cascavel

Campeonato Catarinense:

Chapecoense 2 x 1 Inter de Lages

Guarani de Palhoça 0 x 1 Joinville

Foto: UOL


Futebol chinês é tão indispensável quanto cinzeiro na moto
Comentários COMENTE

Milton Neves

Jadson-Renato-Augusto-UOL

Foto: UOL

Sim, é o tal “pé de meia”.

“Vou para a China que nunca mais fico pobre”, é o lema dos boleiros de hoje.

Sei disso.

Mas sei não.

Tecnicamente correm sério risco de empobrecimento.

A China é boa para os treinadores, aqueles que são como dono de sauna: “vivem do suor alheio”.

Com ou sem mercado por aqui, eles também descobriram o novo Eldorado.

Só que alguns boleiros voltarão mais cedo “porque a família não se adaptou”.

Um retorno tipo brasileiro devolvendo casa e apartamento em Orlando e Miami pela força da atual goleada do dólar no real.

Lá nos EUA, o país líder também no crédito, tudo parece tão simples e fácil de comprar.

Mas você precisa em seu país ter base, estrutura e disponibilidade financeiras para se precaver.

Sem isso, tem muito “brazuca” atualmente perdendo a entrada e devolvendo o seu imóvel comprado na planta na Flórida.

Sugiro, mais uma vez quando de compras, o lema-padrão de meus amigos judeus: “Nada de prazo, prazo não presta porque prazo vence! Exija desconto!”.

Mas está rolando sim muito dinheiro na rica China.

Só que a bola dos chineses sempre será murcha.

Se mudar, será lá pelos anos 2.824 ou 2.917.

Jogasse ou treinasse, também iria, deixemos de hipocrisia.

Mas, talvez, numa daquela do sujeito que tinha uma espingarda de cano torto “para matar veado além da curva”, no velho jargão do mato, tenho um outro prisma de olhar para este tsunami chinês no futebol brasileiro.

Jogadores e treinadores ricos de repente e dirigentes esportivos brasileiros tão pobres na competência!

Sim, esse é o legado chinês que escancarou a verdade de nosso futebol: bom no campo e arcaico na direção.

Ficou claro, na prática, o tanto que o cartola brasileiro está desantenado com o futebol moderno e profissional mundo afora.

Com multas contratuais baixas, talvez por força do pagamento de salários proporcionais, dirigentes como Roberto de Andrade do Corinthians foram pegos no contrapé.

Desde Pedro Álvares Cabral que a imprensa critica os políticos de todos os cleros e os cartolas esportivos.

Mas agora, com os chineses invadindo o Brasil, eles estão a descoberto e sendo fulminados pelo lema dos “comunistas financeiros” de Pequim: “Se a multa é baixa, a gente leva!”.

Acordem, cartolas!

Vamos fazer Madureza, Mobral Esportivo ou aprendizado a distância, cartolas brasileiros!

Fossem profissionais e não simplórios ou deslumbrados, mesmo apaixonados, Dinamite, Eurico, Laor, Odílio, Patrícia Amorim, Mário Gobbi, Carlos Miguel Aidar e outros teriam produzido muito mais à frente de seus clubes de coração.

Agora é se reciclar e não ser pego mais de calças curtas.

Afinal, não é todo mundo que tem a grana verde de Paulo Nobre, que compra quem quer e não vende ninguém.

Nem para a China, o cemitério da bola!

Mas, quando a bolha chinesa passar, não fará falta.

Como cinzeiro a bordo nas motocicletas do mundo.

OPINE!!!


O São Paulo deve terminar o ano sem nenhuma contratação. Será que o Tricolor vai conseguir alcançar os rivais em 2016?
Comentários COMENTE

Milton Neves

Paulo-Atletico-MG-Fabiano-Eduardo-VianaLANCEPress_LANIMA20140531_0184_25

Diferentemente de seus rivais, o São Paulo termina o ano de 2015 com grandes desfalques e sem contratações.

O Corinthians perdeu o Jadson, mas contratou o ótimo jogador Marlone.

Na Vila Belmiro, o Peixe pode perder Marquinhos Gabriel, mas conta com peça de reposição.

Pelos lados da Barra Funda, o Palmeiras se desfez de alguns jogadores, mas contratou outros melhores ainda.

No Morumbi, Pato e Luis Fabiano foram embora, enquanto Rogério Ceni se aposentou.

A diretoria diz que trabalha em silêncio, mas ainda não anunciou nenhuma contratação para preencher o elenco.

O São Paulo vai conseguir ter um começo de ano avassalador e alcançar seus rivais?

Ou vai passar vergonha?

Opine!

Foto: UOL


Viva o mata-mata! Em decisão ELETRIZANTE, Palmeiras vence o Santos nos pênaltis e fatura o título do campeonato mais charmoso do Brasil!
Comentários COMENTE

Milton Neves

palmeiras campeao

Palmeiras 2 (4) x (3) 1 Santos

Eu não sei se foi o infeliz pôster da Editora Escala, ou então se foi a rivalidade entre Fernando Prass e Ricardo Oliveira.

Só sei que, pela motivação que apresentou em campo, o Palmeiras mereceu – e MUITO – o título da Copa do Brasil.

No Allianz Parque, o Verdão esteve muito mais ligado na partida do que o Santos, que só soube se defender e achou um golzinho aos 41 minutos do segundo tempo, com Ricardo Oliveira, que acabou garantindo a decisão por pênaltis (os dois tentos palmeirenses foram anotados por Dudu).

Por falar em Ricardo Oliveira, apesar do gol, o atacante da Seleção Brasileira ficou devendo futebol nesta final!

Lucas Lima também…

Aí, nos pênaltis, os deuses da bola fizeram justiça.

Apenas Rafael Marques não converteu pelo lado palmeirense, enquanto pelo lado santista Marquinhos Gabriel e Gustavo Henrique desperdiçaram suas cobranças.

E o pênalti derradeiro foi cobrado pelo goleirão Fernando Prass, que está fazendo com que o palmeirense se esqueça de vez do São Marcos.

Mas, é isso aí, Parabéns ao Palmeiras, que além de faturar a taça do campeonato mais charmoso do Brasil, jogará a Libertadores em 2016.

Já o Santos, que tinha tudo para conquistar uma vaga para o torneio sul-americano pelo Brasileirão, mas acabou escalando reservas nas últimas partidas, ficará chupando o dedo.

Bem feito!

E viva o MATA-MATA, o futebol em sua essência!

Opine!