publicidade

Blog do Milton Neves

Categoria : Palmeiras


Palmeiras vence o Grêmio e Corinthians já liga o sinal de alerta!

Palmeirense, aceite, não foi pênalti no Egídio!

O árbitro foi perfeito em marcar a falta, que aconteceu fora da área.

E antes que você reclame, saiba que o Palmeiras é muito grande pra ficar suplicando por um “pênaltizinho mequetrefe”.

Se fosse contra o Corinthians, aí sim, podiam chorar à vontade!

Deixando de lado as reclamações alviverdes, o time foi muito bem, resistiu ao jogo duro do rival.

Tá certo que o Grêmio poupou alguns titulares, por conta da Libertadores, mas é nesses momentos que vemos quem está em melhor condição de passar à frente do Timão.

O Tricolor Gaúcho até que levou perigo ao gol de Fernando Prass, mas não obteve sucesso nas poucas investidas.

Já o Verdão, pressionou e desperdiçou cada chance…

Esse Borja, viu? Vou te contar…

Tanto que o único gol da partida foi contra, uma infelicidade do zagueiro gremista.

Com a vitória, o Palmeiras dá mais um importante passo em sua reabilitação.

E você torcedor, acredita que Cuca vai repetir o feito de 2016?

Atlético-GO 1 x 1 Santos

Outra vez Vanderlei segurou as pontas para o Santos. Seleção pra ele já!

Se não fosse o azar em levar o gol, após cobrança de pênalti POLÊMICO defendido por ele, o Peixe sairia vitorioso.

E mesmo com o jogo nas mãos, o time da Vila Belmiro não soube criar, muito menos aproveitar a vantagem de um jogador a mais.

Porém, o gol de Thiago Maia acabou sendo uma salvação para o Alvinegro, que sentiu um gosto amargo com esse empate.

OPINE!!!


Levir estreia com o pé direito, enquanto Cuca continua com o pé esquerdo! E quem conseguirá parar o Timão?

Santos 1 x 0 Palmeiras

Que boa estreia do Levir Culpi no Santos, não é mesmo?

Afinal, uma vitória sobre o milionário Palmeiras é para encher o Peixe, que vinha em queda livre, de moral.

Mas, convenhamos, a vitória só foi possível graças ao goleiro Vanderlei.

Foram pelo menos seis defesas dificílimas do “Buffon da Vila”, que merece não apenas ser convocado para a seleção, como ser titular do time de Tite.

E também é preciso admitir que, no final do duelo, Edu Dracena sofreu claríssimo pênalti ao tentar igualar o marcador.

Mas, pela fase que vive, era bem provável que Vanderlei não deixasse a bola entrar na meta santista.

Ah, e o gol de Kayke foi completamente legal, viu?

Não houve falta!

Concordam?

E enquanto Levir começou com o pé direito na Vila, o supersticioso Cuca continua com o pé esquerdo no Palmeiras.

O que está acontecendo?

Vejamos se o Verdão conseguirá embalar pelo menos para a fase decisiva da Libertadores!

Corinthians 1 x 0 Cruzeiro

Mas o técnico que vive melhor fase hoje no futebol brasileiro é, sem sombra de dúvidas, Fábio Carille.

Com um elenco limitadíssimo, o jovem treinador está operando verdadeiros milagres com o Corinthians.

Nesta rodada, mais uma vitória do Timão, desta vez sobre o Cruzeiro, no Itaquerão.

Resultado que manteve a equipe do Parque São Jorge na liderança isolada do Brasileiro.

Incrível!

Mas, assim como na Vila, houve pênalti claríssimo para o Cruzeiro ignorado pela arbitragem no final do duelo.

Bom, fazer o que, né?

Mas e aí, quem vai conseguir parar o embaladíssimo Corinthians de Fábio Carille?

Chapecoense 2 x 1 Vasco

Mais uma importante vitória da brava Chapecoense.

E o Vasco, hein?

Vai “perigar” nesse ano de novo?

Flamengo 2 x 0 Ponte Preta

E o Flamengo se deu bem na inauguração da Ilha do Urubu: 2 a 0 na Ponte Preta, que faz boa campanha no Brasileirão.

Pode respirar, Zé Ricardo.

Mas, e agora, o Mengão vai engrenar?

Abaixo, os confrontos das oitavas de final da Libertadores, sorteados pela Conmebol nesta noite:

A – Guaraní x River Plate

H – Wilstermann x Atlético-MG

D – Emelec x San Lorenzo

E – Strongest x Lanús

Lado 2:

B – Atlético-PR x Santos

G – Barcelona x Palmeiras

C – Nacional-URU x Botafogo

F – Godoy Cruz x Grêmio

E aí, alguém terá vida fácil?

Opine!


Sheik, “pesadelo tricolor”, estreia e ajuda Ponte vencer o São Paulo; Palmeiras vacila e só empata com o Galo; e Grêmio bate o Vasco!

Mas que estrela tem esse Emerson Sheik, hein?

Sempre brilha contra o São Paulo, um incômodo pesadelo para o torcedor.

E após o sonolento primeiro tempo, o ex-corintiano entrou e sua presença foi o suficiente para apimentar o duelo.

Além de participar no lance do gol de Lucca, outro ex-corintiano, ele deixou o time de Rogério Ceni atormentado.

Talvez o problema do São Paulo seja o Corinthians, não é mesmo?

E eu que cheguei a pensar que não daria para a Ponte Preta, porque o time estava “apagadinho”.

No entanto, a Macaca reagiu e pôs água no chope do rival, que “morreu” na segunda etapa e inverteu os papéis no duelo dando outro desfecho.

Boa vitória da Ponte, com certeza vai brigar pela ponta da tabela.

Quanto ao Tricolor, liguem o sinal amarelo, as coisas não estão tão boas por lá!

Ou você ainda acha que o São Paulo tem alguma chance neste Brasileirão?

Palmeiras 0 x 0 Atlético-MG

É muito difícil jogar contra Palmeiras no Allianz Parque.

O Galo deu conta do recado, jogou para o gasto e não fez um mau negócio.

Mas reconheço, o Verdão foi superior, mas no Brasileirão é assim, não pode vacilar!

Principalmente se no gol estiver um “São Victor”.

Além de defender o pênalti de Willian Bigode, o goleiro mineiro foi o nome do jogo.

Grêmio 2 x 0 Vasco

A tarefa do Vasco de vencer o Grêmio, em Porto Alegre, estava mais para “missão impossível”.

O Tricolor vem embalado e não deu chances para o Cruzmaltino, que pecou infantilmente no lance do pênalti.

E que coisa esse Lucas Barrios, hein? Caiu como uma luva no time!

Péssimo negócio fez o Palmeiras, sorte dos gaúchos.

Cruzeiro 0 x 2 Chapecoense

Estava na cara, né? O Cruzeiro não era páreo para a Chape.

Em pleno Mineirão, os catarinenses deram um baile na Raposa e conquistaram uma vitória importante, principalmente porque passaram o Corinthians na tabela e agora ocupam o topo.

OPINE!!!


“Mistão” do Palmeiras sofre e perde para a Chape; Fla atropela o Atlético-GO; e “monstro” no gol, Vanderlei merece Seleção!

A partida foi um tanto quanto morna, mas com lampejos apimentados.

Mesmo melhor no duelo, a Chapecoense suou para vencer o “mistão” palmeirense.

Mas se engana quem pensa que o time escalado por Cuca era fraco.

Pois até o reserva do reserva, tem condições de jogar e ser titular em qualquer clube.

Por isso que foi difícil para a Chape bater o Palmeiras, que veio com outra proposta.

Apostou apenas nos contra-ataques, todos sem sucesso…

A falta de entrosamento pode servir como justificativa. Não para o torcedor!

Com um maior domínio, os donos da casa cresceram e só não ampliaram, porque Fernando Prass estava inspiradíssimo.

E essa derrota pode fazer falta lá na frente para o Palmeiras, hein, Cuca?

Foi uma boa ideia poupar alguns titulares?

E se o time for eliminado na Libertadores, a culpa cai sobre quem?

Atlético-GO 0 x 3 Flamengo

Decepcionar na Libertadores, era algo que ninguém esperava, mas aconteceu!

Restou ao Flamengo, encarar o Brasileirão de cabeça erguida e jogar muita bola.

Quis o destino colocar o Atlético-GO no caminho do Fla, que atropelou o rival fora de casa.

O Rubro-Negro carioca dominou a partida e provou ao torcedor que dias melhores virão.

Santos 1 x 0 Coritiba (mais cedo, às 16 horas)

O Santos jogou para o gasto e alcançou seus objetivos na Vila Belmiro.

David Braz fez o tento salvador, um pouco questionável, mas o lance foi tudo normal.

Após isso, só deu Vanderlei!

O goleiro santista, que merece Seleção, salvou o Peixe de uma goleada catastrófica.

E mais, até pênalti ele defendeu, evitando o empate no finzinho do segundo tempo.

OPINE!!!


Eduardo Baptista caiu e Cuca vem aí! Justo?

A informação pegou a todos de surpresa na noite desta quinta-feira.

Eduardo Baptista não é mais técnico do Palmeiras.

A derrota para o Jorge Wilstermann-BOL custou caro ao treinador.

Ou será que foi o vexame diante da Ponte Preta?

Mas, e aí, foi justa a demissão, levando em conta que o Verdão é o líder de seu grupo na Libertadores?

Agora, a volta de Cuca é quase certa.

E a verdade é que ele nem deveria ter saído.

Não é mesmo?

Santos 3 x 2 Santa Fé

Não foi fácil, mas o Santos conseguiu bater o Santa Fé na noite desta quinta-feira, em um Pacaembu quase lotado, e manteve a liderança do Grupo 2 da Libertadores.

Olha, e o Peixe, que está comendo pelas beiradas, pode chegar longe, hein?

Aguardem…

Opine!


Palmeiras dá sopa para o azar e corre o risco de não se classificar!

Jorge Wilstermann 3 x 2 Palmeiras

Neste ano, o Palmeiras não conseguirá igualar o feito do Corinthians em 2012.

Afinal, na Bolívia, diante do Jorge Wilstermann, o time de Eduardo Baptista perdeu a invencibilidade na Libertadores.

E derrota merecida, já que o Verdão não jogou absolutamente nada na noite desta quarta-feira.

Achou um golzinho no final do primeiro tempo, com Guerra, e “ganhou” outro do zagueiro adversário Luis Cabezas.

De resto…

Mas, afinal, o Palmeiras se acomodou ou a dura eliminação do Paulista ainda não “cicatrizou”?

E vale lembrar que, com o resultado, o Verdão ainda não garantiu a sua classificação para a próxima fase.

Era só o que faltava…

Acorda, Eduardo Bapstista!

Flamengo 3 x 1 Universidad Católica

No Maracanã, uma vitória maiúscula do Flamengo sobre o Universidad Católica.

E o triunfo colocou o Mengão na liderança do “Grupo da Morte” desta Libertadores.

Agora, o Fla vai embalado para a última rodada e tem tudo para se garantir na próxima fase.

Atlético-PR 0 x 3 San Lorenzo

E, depois da vitória sobre o Flamengo na última rodada, todo mundo esperava mais um belo triunfo do Atlético-PR diante do San Lorenzo.

Mas, para a surpresa de todos, o time argentino conseguiu aplicar uma verdadeira goleada sobre o Furacão.

Inacreditável.

Agora, a classificação, que parecia muito próxima, começa a se complicar!

Sport Boys 1 x 5 Atlético-MG

Um verdadeiro passeio do Galo, que deixou a sua classificação muito bem encaminhada.

E a goleada vai servir também para embalar o Atlético para a final do Mineiro, contra o Cruzeiro.

Palpite: o Galo leva a taça sem sustos.

Deportes Iquique 2 x 1 Grêmio

E o Grêmio, hein?

Conseguiu se complicar mesmo integrando o grupo mais fácil desta Libertadores.

Bom, o Tricolor vai conseguir se classificar, mas não vai muito longe, não…

Opine!


Borja é o novo Pato?

Foto: Cesar Greco/Ag. Palmeiras

Miguel Borja, reforço mais caro do Palmeiras para a temporada – custou R$ 35 milhões aos cofres alviverdes -, definitivamente ainda não mostrou a que veio.

Afinal, quatro gols em 12 jogos é muito pouco para um atacante tão caro e tão badalado, não é mesmo?

Mas sabem o que me chama a atenção?

O Palmeiras já é o décimo time da carreira de Borja, que fez 24 anos em janeiro.

Ora, se fosse tão fora de série como dizem, ele já não teria conseguido se destacar nas equipes que defendeu antes do Atlético Nacional?

Bom, mas é claro que ainda é muito cedo para cravar que a contratação de Borja pelo Palmeiras foi um mico.

Mas saibam que muitos maldosos já estão dizendo por aí que Borja é o novo… Pato!

Você concorda?

Opine!


Sem Mundial e agora sem o Paulistão: Ponte elimina o Verdão!

A tarefa palmeirense realmente era muito difícil.

Apesar de mandar no jogo e dominar praticamente todas as ações, o Palmeiras só furou o bloqueio pontepretano com a ajuda do goleiro Aranha.

Gilson Kleina, mais uma vez, deu uma aula tática em seu rival.

E mesmo a Macaca tendo jogado simples, porém, toda na defesa, a derrota magra de 1 a 0 só confirma a força do time para a final.

Agora, que decepcionante o Verdão, hein?

Com este elenco recheado de estrelas, era obrigação, no mínimo, uma vitória mais convincente.

Borja não jogou absolutamente nada, era questão de tempo ele ser vaiado.

Então torcedor, eu lhe pergunto:

Se no “humilde” Paulistão o “favorito” Palmeiras foi eliminado, o que será na Libertadores?

E o primeiro Mundial, vem ou não vem?

Porque Mundial, só com Libertadores, não é mesmo Corinthians?

OPINE!!!


Por que o “inglês” e “chinês” Palmeiras anda jogando tão pouco?

Sejamos honestos, em campo, o Palmeiras não tem justificado o investimento “inglês” ou “chinês” que foi feito para a temporada 2017.

Afinal, precisou da sorte (e do relógio-amigo) para vencer em casa os fracos Jorge Wilstermann e Peñarol, pela Libertadores.

E contra Ponte Preta, no primeiro jogo “para valer” do ano, tomou 3 a 0 sem ver a cor da bola em Campinas.

O pior é que o “placar moral” foi de 5 a 0, já que a Macaca teve dois pênaltis claros não marcados pela arbitragem.

Ora, para quem quer vencer a Libertadores e ir para Dubai no final do ano é muito pouco, não é mesmo?

Mas, e então, de quem é a culpa pelo baixo rendimento do Verdão?

Do técnico, que não consegue aproveitar 100% do ótimo elenco que tem nas mãos?

Dos jogadores, que acabam se complicando em partidas teoricamente fáceis?

Ou da diretoria, que contratou muitos jogadores por impulso?

Opine!

Foto: Divulgação