publicidade

Blog do Milton Neves

Categoria : Neymar

Neymar precisa de uma fábrica de coroas
Comentários COMENTE

Milton Neves

Ah, ainda os 6 a 1 de Neymar e do árbitro no bundão do PSG!

Afinal, trata-se da decisão de maior repercussão da história do futebol.

Nunca será esquecida e esse jogo jamais terminará.

A era da internet e do satélite a tudo amplia de forma descomunal.

Pelé e Garrincha, coitados, foram divulgados quase que na base das máquinas de escrever, do telex, dos teletipos, do telefone, do rádio e do boca a boca.

Mané não teve TV e Pelé também não lá nos anos 60, seus momentos mais monumentais.

Os mágicos 5 a 2 do Santos no Benfica de Eusébio em Lisboa em 1962 teriam hoje até mais repercussão.

Mas deu Barça 6 a 1 e eu quebrei a cara.

Achava impossível, falei e escrevi mil vezes.

E não foi por vários motivos.

O sem carisma do goleiro do PSG é um frangueiro sem rosto.

O treinador Unai Emery é nota 1,17.

Escalou o fraco Lucas e não tirou o assustado brasileiro ainda no primeiro tempo.

O mesmo Lucas que andaram falando por aí que era melhor do que Neymar.

Só Cavani não fugiu do jogo.

Uruguaio, é claro.

Thiago Silva, o posudo, garboso e soberbo zagueiro, pensa que é Carlos Alberto Torres, Figueroa ou De Boer na área.

Deveria abrir uma rede de óticas porque nem piscou nos três gols em que a bola pintou em sua pequena área.

Depois, declarou que o PSG não teve “personalidade”.

Ora, exatamente o que ele não teve ou tem e era o… capitão do time!

Capitão calado, assustado e cabisbaixo é como um goleiro sem braços.

Com Zito, Carlos Alberto Torres ou Dunga em campo, o Thiago apanharia.

E o árbitro?

Grandão, alemão, pancudo e com olhar impoluto ao entrar em campo, foi uma tragédia.

Assaltou o PSG!

Merece ser banido do futebol.

Não deu dois pênaltis de Mascherano, inventou outros dois para o Barça e não expulsou Neymar no 3 a 1.

“Ah, o PSG já se classificou, o jogo acabou, para que enfurecer esse triste povão todo aqui”, deve ter pensado.

Aí, tudo mudou pela força do talento, da sorte, do imponderável, do jogo da vida do novo Rei Neymar e da magia desta invenção mais do que perfeita chamada futebol.

Nada é mais empolgante, mesmo com tanta gente atrapalhando ou urubuzando.

Obrigado, futebol, você é o Pelé de todas as modalidades!

Nunca joguei nada, mas você me deu 20 milhões por cento a mais do que esperava.

Em tudo!

Que obcecados, masoquistas e doloridos cotovelos não pesquisem a fundo sob pena da amargura fazer novas vítimas fatais.

E você, Neymar, exímio cobrador de faltas, dispensando a força no chute de Pepe, de Éder ou de Nelinho, já pode ir procurando uma fábrica de coroas e fazer logo um molde.

Vai ter que usar uma por um bom tempo.

OPINE!!!


Para Felipão, Neymar destronará Messi e C. Ronaldo em dois anos! Você concorda?
Comentários COMENTE

Milton Neves

neym cris

Meio que escondido no futebol chinês, Felipão-7 a 1 concedeu nesta semana uma interessante entrevista à agência de notícias EFE.

Nela, Scolari falou sobre como é trabalhar na China, analisou o atual momento do futebol mundial e fez uma previsão ousada.

Para o treinador, Neymar destronará Messi e Cristiano Ronaldo em apenas dois anos.

Mas, levando em consideração a atual fase dos três craques, você acha que isso é possível?

E, não querendo ser maldoso, mas em sua última previsão, Felipão-7 a 1 disse que o Brasil faria um duelo disputado contra a Alemanha.

E deu no que deu!

Opine!


Neymar só chegará ao topo longe de Messi
Comentários COMENTE

Milton Neves

FC Barcelona's Lionel Messi, left, and Neymar look on during the Spanish La Liga soccer match between FC Barcelona and Alaves at the Camp Nou in Barcelona, Spain, Saturday, Sept. 10, 2016. (AP Photo/Manu Fernandez)

Por Fábio Salgueiro
CLIQUE AQUI E CONHEÇA O BLOG SALGUEIRO FC

Cristiano Ronaldo foi eleito, de novo, o melhor do mundo pela Fifa. A escolha mantém o português no topo em seu duelo particular desde 2008 com o argentino Lionel Messi.

Pergunto: quando Neymar chegará ao topo, ou seja, será eleito o melhor do mundo? Após um ano em que terminou com a inédita medalha de ouro olímpica, o brasileiro ficou de fora da lista final dos três melhores e não figurou nem na seleção considerada ideal pela Fifa.

Neymar é craque. Já teve ótimos momentos no Barcelona. No entanto, vejo o atacante como um eterno coadjuvante de Messi no time espanhol. Para chegar ao topo, defendo que Neymar torne-se protagonista e para isso acontecer necessariamente ele precisa se distanciar da sombra do argentino.

Pelo Barça, Neymar pode trocar o sonho de chegar à condição de melhor do mundo. Assim como aconteceu com Rubens Barrichello, quando optou por ser piloto da Ferrari e tendo ao seu lado, como número 1, Michael Schumacher.  Ali o brasileiro escolheu nunca ser campeão e trabalhar pelo sucesso alheio. São escolhas de cada um.

Neymar é novo e tem muito futebol pela frente, é fato. Mas existem coisas que não mudam, sobretudo no futebol europeu. Neymar pode jogar muita bola, como já fez com a camisa do Barcelona, mas nunca deixará de ser um parceiro de luxo de Messi.

Inclusive, vejo Neymar com uma enorme preocupação de ser um ótimo coadjuvante do argentino. Os jogos provam isso. Neymar atua para fazer Messi brilhar. O contrário não acontece.

Postura assim deixará o brasileiro entre os melhores, mas nunca no topo. Neymar precisa ter personalidade cavar seu espaço. É difícil fazer isso no Barça, por isso defendo que Neymar busque isso longe do clube espanhol. Com Messi, ele não vai conseguir. Lionel é uma herança que o Barcelona vai carregar por ainda longos anos.

Neymar não pode e nem deve esperar.

E você, amigo internauta, concorda com os argumentos do jornalista Fábio Salgueiro?

Opine!


Neymar, gênio da bola, segue sofrendo na Justiça espanhola!
Comentários COMENTE

Milton Neves

neymar-lamenta-em-jogo-contra-malaga-1479581894911_615x300

AFP PHOTO / LLUIS GENE

MP espanhol e DIS pedem a prisão de Neymar por corrupção

Do UOL, em São Paulo

O fundo de investimento DIS apresentou nesta quarta-feira à Justiça espanhola acusação contra Neymar e família, além de dirigentes e ex-dirigentes de Santos e Barcelona. Segundo os jornais Marca e Ás, a empresa quer que todos envolvidos fiquem inabilitados de prestarem serviços no futebol durante o processo, inclusive Neymar.

A DIS alega que a família Neymar agiu de forma corrupta, crime que estabeleceria cinco anos de prisão ao atleta.

A família de Neymar é acusada pelo fundo de investimentos de omitir o valor verdadeiro da transação do atleta para o time espanhol, ocorrida em 2013.

Oficialmente, a venda foi firmada em 17,1 milhões de euros. A DIS detinha 40% dos direitos do craque. O Santos possuía 55%, e Teísa possuía 5%.

Paralelamente ao acordo, o Barcelona pagou 40 milhões de euros diretamente para a empresa N&N, dos pais do jogador. No processo que tramita na Espanha, a DIS entende que essa quantia fazia parte da negociação e que, portanto, deveria ser repartida entre os então detentores dos direitos.

Neymar pai rebate, informando que esse valor se referia a “direito de preferência”, que em nada estaria atrelado ao acordo formalizado entre Barcelona e Santos. Neymar Júnior teria passe livre do Santos em 2014. O pai do craque justifica que vendeu a preferência de negociação ao Barça para quando o atacante ficasse livre e com os direitos em mãos.

O pai de Neymar diz que o Barça se antecipou e decidiu fazer acordo com o Santos um ano antes, em 2013, quando já havia pagado à N&N o “direito de preferência”.

E você, amigo internauta, o que pensa sobre o assunto?

Opine!!!


Não torça contra porque o mal reverte
Comentários COMENTE

Milton Neves

TORCIDA-UOL

Que semana, hein?

Futebol dos bons na terça, quarta e quinta-feiras.

A seleção renasceu e Palmeiras, Flamengo e Galo seguem na ponta da tabela, firmes.

Brasileirão muito bom, equilibrado e disputado, e eu triste.

Ora, assim não tenho como voltar com a minha ladainha pregando o retorno do emocionante mata-mata.

Ah, que pena!

O Corinthians ganhou a Libertadores e o Mundial e eu perdi estes dois antigos e belos motes para “perseguir” o Timão.

Só restou o “Palmeiras não tem Mundial”.

Pior é que tem.

E tem também um timaço, um grande treinador e o melhor presidente dos clubes brasileiros, ao lado do Eduardo Bandeira de Mello, do Flamengo.

Mas treinador bom mesmo é o Tite.

Aceitação de 100% e começou fulminante como Telê e Saldanha.

Mas só 99% da crônica esportiva está habilitada pela coerência a aplaudir, elogiar e a citar o atual treinador da seleção brasileira.

Quem bancou obstinadamente que Tite jamais trabalharia com Del Nero, um presidente caído que está comemorando finalmente dois meses bons “de vida”, tem que ficar de bico calado até o dia em que o gaúcho sair.

Que demore 30 anos!

E que venha o hexa, depois do ouro olímpico que teve, sim senhores, o dedo de Tite em suave intervenção branca após os trágicos empates contra os folclóricos times do Iraque e da África do Sul em nossa bela Olimpíada.

Olimpíada e Paraolimpíada que calaram com seus imensos sucessos os pessimistas e urubus de plantão.

O negócio, gente, na vida, é torcer a favor, é claro.

E sempre!

Como no caso de Temer.

O “Fora Temer” por enquanto é inócuo, só enche o saco e atrapalha um time ainda inseguro.

De um jeito ou de outro, o homem entrou e só sairá antes da hora se for igual ou pior que Dilma.

Se ele for mal só nos restará “chamar o Tiririca” e todos nós pagaremos um novo pato.

E o que ele herdou é dos mais indigestos.

FHC foi 9.5.

Lula foi 9.7.

Dilma foi em quatro anos 5.2.

No segundo mandato, oscilou entre 0.9 e 1.17 e andou “empatando” com Trump no mercado imobiliário.

Ele é o “Rei dos Edifícios” e ela foi a “Rainha do Aluga”, o que mais se lê hoje nas ruas do Brasil.

Assim, mesmo com ele não tendo carisma e sendo dono de um discurso não fluente, torcer contra Temer é dar tiro no pé, em todos os nossos pés.

É como torcida que vaia seu time antes e durante o jogo.

Estamos no buraco e no caso do novo presidente valem por enquanto o “vai que dá certo?” ou “niki o hômi acerta?”.

Mas o certo mesmo é o parlamentarismo.

Primeiro-ministro ruim cai e é substituído rapidinho.

Sem essa sangria toda de impeachment.

Chefe de Estado em má fase, ruim de bola e péssimo de serviço tem que sair mesmo, como treinador fraco, goleiro frangueiro ou atacante que não sabe fazer gol.

Vamos acreditar e apoiar o Tite, comemorar que Neymar não mais tem o fardo de capitão e torcer pelo marido da Marcela.

Que ele pelo menos equilibre este torto gigante verde e amarelo em boa base para que o próximo presidente erga um grande arranha-céu “do Oiapoque ao Chuí”.

Ou você também joga no time do “quanto pior, melhor”?

OPINE!!!


Tite brilha e Brasil vence a Colômbia. E ainda dizem que técnico não ganha jogo, hein?
Comentários COMENTE

Milton Neves

messi-comemora-gol-contra-o-betis-o-segundo-do-barcelona-1471713109147_615x300

O Brasil venceu a Colômbia por 2 a 1 e chegou ao G-4 das Eliminatórias para a Copa do Mundo da Rússia.

Miranda e Neymar marcaram os gols brasileiros, enquanto Marquinhos fez contra.

Gols à parte, quem brilhou mesmo foi Tite.

Com o jogo empatado, o gaúcho colocou Philippe Coutinho em campo, que em poucos minutos criou a jogada do segundo gol e mudou o rumo da partida.

Diferentemente do jogo contra o Equador, nesta noite o Brasil não esbanjou técnica, mas compensou com raça.

E o Neymar, hein? Eu avisei!

Sem a pesada braçadeira de capitão, o garoto subiu de produção “200%”.

Ainda não enfrentamos uma seleção de peso como Argentina ou Uruguai, mas, com Tite no banco, nossas chances são maiores.

Gaúcho, aqui vai uma dica, Philippe Coutinho PRECISA ser titular!

Esse garoto do Liverpool, ao lado de Neymar e de Gabriel Jesus, formam um trio que pode mudar o rumo de nosso futebol.

Outros resultados:

Uruguai 4 x 0 Paraguai: resultado normal.

Chile 0 x 0 Bolívia: tropeço dos atuais campeões da América.

Venezuela 2 x 2 Argentina: zebra.

VOTE-MN-COMUNIQUE-SE


Para Neymar pai, Comitê Gestor do Santos agiu contra DIS
Comentários COMENTE

Milton Neves

Ontem fiquei no restaurante “Rancho Português” em São Paulo por nove horas, entre às quatro da tarde e uma da manhã desta sexta-feira.

Foram reuniões em separado, com os advogados Sergei Cobra Arbex e Carlos Fernando Neves Amorim e com a diretoria do UOL.

Entre a segunda e terceira reunião recebi uma ligação de Neymar pai pedindo: “se possível preciso falar com você só por uns 30 minutos sobre um envelope-bomba que recebi envolvendo a vida de meu filho no Santos FC, você vai se surpreender”, garantiu.

Disse que era só subir a serra e ele chegou quase que ao mesmo tempo dos executivos Ricardo Dutra, Rodrigo Flores, André Vinícius e Régis Andaku da alta direção do UOL.

E Neymar pai chegou “empunhando” um envelope contendo entre 80 e 100 páginas, que você vê abaixo:

Vejam que o “remetente fictício”, de um anônimo bem informado do Peixe, é um misto de “Laor e OdÍlio”, ex-presidentes do Santos FC.

Juntamente com insistentes reclamações que ” eu e meu filho somos perseguidos por todos os lados”, Neymar pai foi abrindo o envelope e, emocionado, bradava que os documentos recebidos de um anônimo eram as provas de que “o Santos FC e seu Comitê Gestor é que articularam para levar meu filho para o Real Madrid e dar um chega pra lá na DIS”, falava, comovido.

Neymar pai exibiu para todos o documento do Dr. Gustavo C. Vieira de Oliveira, que foi no caso, apenas um parecerista profissional.

Mesmo pedindo umas 10 vezes para “xerocar” todo o conteúdo do que ele chama de “a vida íntima do Comitê Gestor do Santos articulando para levar meu filho para o Real Madrid (identificado também nos documentos pela sigla RM)”, Neymar pai só concordava, que as páginas que ele manuseava fossem fotografas por celular.

Assim, com permissão formal de Neymar pai e de seu assessor, o empresário André Cury, fotografei o possível pelo meu celular.

Do meio para o final, os diretores do UOL também participaram da “Mesa Redonda” de quatro horas que era para ter sido de “30 minutos”.

E lá se foi Neymar pai de volta para a Baixada feliz com o “programa” e com o envelope-revelação que, segundo ele, recebeu de alguém participante da vida íntima do Comitê Gestor do Santos “indignado com as injustiças que a família Neymar vem sofrendo”.

Mesmo insistindo várias vezes para falar com seu filho Neymar, com o pai ligando seguidamente, não consegui porque o craque não quis me atender. Disse-me o pai: “ele está ressentido com você e com outros”, e não pude falar com Neymar Jr. pelo seu número XXX XXXXX-7777.

Paciência, mas leiam acima o que deu para captar e sempre repito: “contou pra mim, eu conto mesmo”!

OPINE!!!


Colômbia erra de modalidade, pratica judô, e Brasil elimina rival em noite de “Apito Amigo” olímpico!
Comentários COMENTE

Milton Neves

Neymar-Tulio-Ippon-2

O Brasil parece ter enfim, acordado.

Quem diria que o nosso então, apagado capitão, pediria calma aos companheiros e chamaria a responsabilidade para si mais uma vez?

Prova disso, foi o golaço de falta.

Precisava levar uma “surra” de críticas da torcida brasileira, que nessa Olimpíada já garantiu a medalha de ouro?

A bem da verdade, nossa seleção entrou em campo para jogar futebol, enquanto que, os colombianos, judô.

Neymar por exemplo, levou um “ippon” atrás do outro.

Mas se alguém teve culpa em deixar a partida extremamente violenta, esse alguém foi o senhor Cuneyt Cakir.

Árbitro que detém o título de um dos melhores do mundo, não poderia apitar de maneira alguma esse disputado clássico sul-americano.

O homem teimou em tirar o cartão vermelho do bolso. Deve ter esquecido no vestiário…

Deixou também de assinalar pênalti claríssimo para o Brasil, em um toque absurdo de mão do jogador adversário evitando o arremate “canarinho” ao gol.

“Apito Amigo” olímpico!

Definitivamente, a Colômbia praticou todos os esportes, vôlei, salto em distância, boxe, entre outros, menos futebol!

A “catimba” perdurou até o último minuto, porém, foi incrível como o Brasil se comportou bem e conseguiu a classificação.

Porque ainda deu tempo de Luan ampliar o placar, para o delírio de quem compareceu ao Itaquerão.

E você torcedor brasileiro, gostou da Seleção?

Será que com essa boa vitória dá para voltar a sonhar com o inédito ouro?

OPINE!!!


Com uma atuação pífia, sem vontade e de forma desordenada, Seleção Brasileira volta a tropeçar na Olimpíada
Comentários COMENTE

Milton Neves

pdt_img_134213

O Brasil volta a empatar sem gols contra uma fraca seleção, desta vez foi contra o Iraque.

De forma desordenada, onde cada jogador faz o que quer, a seleção não conseguiu criar jogadas e quase perdeu o jogo.

O “capitão” Neymar não fez nada em campo, além de se irritar e se esconder.

Gabriel Jesus, de forma egoísta, tentou carregar o mundo nas costas.

Gabigol, como um juvenil, nada fez a não ser provocar os adversários.

E o gol que o Renato Augusto perdeu?

Amigos jogadores, assistam a uma partida do basquete americano e aprendam o que é amor à camisa.

Capitão, jogue mais bola, seja mais Marta e menos Neymar!

Temos um catadão de bons jogadores, que fazem o que bem entendem.

Onde está o espírito olímpico?

Se o Brasil não vencer o próximo jogo, a chance de ser eliminado da Olimpíada, logo na primeira fase, é grande.

E tem mais, existe algo mais imbecil do que esse grito de “bicha”?

Ainda mais contra os pobres coitados do Iraque.

 


Jogador de futebol na balada? Ninguém tem nada a ver com isso!
Comentários COMENTE

Milton Neves

neymar

Por Marcondes Brito
Clique aqui e conheça o Blog do Marcondes Brito

Da longa entrevista coletiva de Neymar, ontem, na Granja Comary, o único assunto que ganhou realmente destaque na mídia foi a questão das suas baladas.

Desde que o samba é samba é assim.

As pessoas se interessam muito pela vida privada das celebridades.

A grande diferença, hoje em dia, é a instantaneidade da internet.

Garrincha engravidou uma namoradinha sueca, em 1958, lembram disso?

Deve ter sido num raro momento de folga durante a Copa do Mundo.

E, além de ninguém ter nada a ver com isso, não impediu que o nosso gênio das pernas tortas arrebentasse com os gringos dentro de campo.

Lembro que, na Copa de 1990 – eu estava lá, ninguém me contou – um episódio fortuito quase gerou uma crise na seleção.

Estávamos, nós jornalistas, numa boate de Gubbio, nas proximidades de Turim, quando entrou um dos craques de Lazaroni.

Não vou revelar o nome para evitar maiores consequências.

Mas esse craque era conhecido como “goleador” dentro e fora de campo, e logo se aboletou com uma polaca.

Então percebemos que alguém o havia fotografado aos beijos com a loira.

Recorde-se que nem tinha internet naquela época, mas a foto, se fosse publicada no jornal, criaria enormes problemas.

Foi então que o corporativismo falou mais alto.

Convencemos o fotógrafo a inutilizar o filme de sua máquina.

E o jogo seguiu normalmente.

Hoje teria sido diferente.

Ao invés de uma foto, provavelmente seriam 20 ou 30 flagrantes pelos celulares, que logo, logo estariam circulando pelo WhatsApp.

O que quero dizer é o seguinte: Neymar faz hoje, aos 24 anos de idade, o que muitos jogadores de futebol fizeram a vida inteira.

Pelé, Garrincha, Renato Gaúcho, Adriano, Ronaldo, Romário, Ronaldinho… observe que só estou falando de craques.

E a lista é imensa.

Nem o recatado Lionel Messi escapou dessa tentação.

Outro dia ele foi capa de uma revista de fofocas ao lado de uma loira suspeita.

Pior ainda é Cristiano Ronaldo, cuja masculinidade tem sido questionada por causa de um amigo marroquino com quem costuma trocar carinhos publicamente.

ronaldo

Opine!