Blog do Milton Neves

Ganha o Santos, coletiva de técnico é um saco e Neymar já enxerga como Pelé. Ou mais!

[455] Comentários

1

 

O Ituano não aguenta o Santos.

O Peixe mais uma vez é campeãozinho paulista mesmo tendo diretoria que não merece.

Que saiam todos que entraram com LAOR e que não voltem nunca mais nem para jogar tranca na Vila.

Meu amigo Nersão, o José Nelson Schincariol, que era a “Elisa” do Galo de Itu como torcedor-símbolo, vai ficar muito triste lá no céu.

O Juninho Paulista também.

Mas ele, seu time e sua cidade ituana são mais campeões do que o Santos.

Juninho que tem um filho de 10 anos, Lucas Giroldo, que é muito maior do que ele e que vai ser mais craque do que o pai campeão do mundo.

Mas fantástica e grande mesmo é a casa dos Giroldos que trava ferrenha “briga” com Rivaldo e Luciano do Zezé Di Camargo para se definir quem é o segundo colocado no placar imobiliário de Tamboré e Alphaville.

O primeiro lugar, garantido até o ano de 2099, é do dono da Rede TV!, Amilcare Dallevo.

No mais, viva o sergipano Geuvânio, bela canhotinha nordestina que lembra Rivaldo, o pernambucano.

É o segundo presente que Sergipe dá ao Santos.

O primeiro, é claro, é Clodoaldo, o maior santista do mundo de todos os tempos.

E uma das duas filhas de Clodoaldo, Simone, é a artista plástica que está pintando e embelezando os muros do aeroporto de Congonhas, estilizando rostos, imagens e jogadas de craques campeões mundiais de 58, 62, 70, 94 e 2002.

Ela e o marido, filho do ex-médico do Santos, Dr. Ítalo Consentino, fizeram o mesmo nos muros que cercam a reveladora maternidade de craques “CT Meninos da Vila”, em Santos.

Isso é coisa boa, mas agora, me respondam o que é pior: Fórmula 1 ou coletiva de 30 ou 40 minutos de nossos técnicos nos pós-jogos?

Aliás, a F1 virou turfe no Brasil e o Massa corre de Williams que virou Minardi ou Copersucar.

Já as coletivas dos treinadores viraram um horror.

Técnicos como Mano, Kleina e Oswaldo são lentos, professorais, “divagantes” e as perguntas são tão repetitivas a ponto que tem até repórter atrasado ou não que chega e diz: “professor, três em uma, por favor”!

Aí, a resposta dura uns quatro minutos e o técnico às vezes se perde e interrompe sua “dissertação” para perguntar “o que foi mesmo que você perguntou?”

Pode?

Gente, que os times soltem seus jogadores e a “reportaiada” que se vire para “catar” a melhor entrevista.

Os assessores de imprensa, pagos para exibir seus contratantes, escondem e engessam o vestiário.

Ou então que a modorrenta entrevista coletiva do técnico seja limitada a dez perguntas e até com entrevistado escolhendo o perguntador.

Ora, na Casa Branca não é assim?

Barack Obama, figura “um pouquinho mais importante” do que os técnicos brasileiros, ao concluir uma resposta não aponta aleatoriamente um jornalista no auditório para a pergunta seguinte?

Gente, além do “tubo”, as coletivas chatérrimas dos “professores” andam ferrando o rádio esportivo durante e após os jogos.

Bem fazem SporTV, “Terceiro Tempo” da Band e ESPN que cortam para o técnico e depois de três ou quatro perguntas “picam a mula” para outro assunto.

Certo, “Neymarzinho loiro”, André Plihal?

Aliás, “estive” com o Neymar na última quinta-feira à tarde e à noite quando da Feira Abióptica do Anhembi em São Paulo.

Contratado por quatro marcas, mesmo odiando propaganda porque sou comunista, passei por vários stands e o que mais deu ibope foi a do quarteirão dos óculos Police que Neymar representa, além de outras 9.321.844 empresas.

O moleque enxerga como Pelé que tem três corações e três olhos, um deles na nuca.

Neymar tem quatro, porque ganhou um também na testa, diante do cérebro.

Opine!!!

Compartilhe:

[455] Comentários


O Oscar do futebol brasileiro vai para …….!

[197] Comentários

Redação do Portal Terceiro Tempooscar

Aproveitando o ensejo da premiação do Oscar, a Redação do TT, matutou, refletiu  e culminou na “transformação” de  fatos do futebol em filmes, nas seguites categorias: Filme esquisito, Ator principal que quis virar coadjuvante, Ator coadjuvante que quer virar o principal,  Roteiro Adaptado, Efeitos especiais e  Curta Metragem.

E pede aos seus fiéis internautas outras sugestões e que votem nos candidatos abaixo:

Filme Esquisto

tapetaoflu_200O Mágico do Rio – O “tapetão” que proporcionou a volta do Fluminense a primeira  divisão, preterindo a Portuguesa é digna de uma estatueta. E não seria inédito o Flu receber o prêmio máximo da “vergonha” do esporte nacional.

 

ganso_48x48Dança com o Ganso -  Desde 2010 é a mesma coisa, todos esperam que o meio-campista do São Paulo assuma a sua condição de camisa 10 e norteie os amantes da bola com o seu bailar, nos encante com a  arte dos passes, e também com lançamentos e gols. Mas a cada 15 jogos, apenas um lampejo, uma mísera contribuíção para o coração dos torcedores… Uma pena, Ganso!

 briganosestadio_48x48Gente como  a gente … nos estádios! - Dias, meses e anos, ouvimos as promessas das autoridades, da entidades e por fim dos clubes de futebol para que nos estádios de futebol,  pessoas comuns, apenas aquelas que gostam do esporte e que pagam por isso possam usufruir  e amenizar as duras penas do cotidiano. Mas o que cada vez mais encontramos são os “Torcedores profissionais”.

 

Ator principal que quis virar o Coadjuvante 

laor_48Luís Álvaro Ribeiro, o Laor, ex-presidente do Santos  pelo “O silêncio na Vila Belmiro” -  Sem dúvida Laor foi predominante nas conquistas do Santos Futebol Clube nos últimos anos.  Mas o caso da venda do atacante Neymar para o Barcelona ainda é muito esquisita e o ex-mandatário santista disse que não participou ativamente das negociações do craque para o Barça.

gobbiMário Gobbi, presidente do Corinthians, pelo filme “Casablanca, preta e derrubada” -  Após a invasão da “Torcida Profissional” ao centro de treinamento do Timão, chegando até a agredir jogadores, como afirmou o médico Joaquim Grava, todos esperavam uma atitude contundente do regente corintiano diante da situação de refém do time perante a torcida, mas o que aconteceu foi a promessa de mais diálogo.

marinJosé Maria Marin, presidente da CBF, pelo “O Discurso do Rei que ficou quieto” -  Neste imbróglio do final do Campeonato Brasileiro que ascendeu o Fluminense derrubado nos gramados e declinou a Lusa, que se manteve entre as quatro linhas, esperávamos uma posição oficial da Confederação Brasileira de Futebol, definitiva, a respeito da situação. Mas nunca ouvimos um “pio”.

 

Ator coadjuvante que quer virar o principal!

cicero48x48Cícero, meio-de-campo do Santos, pelo “Quem quer ser um Milionário? - Segundo publicações da imprensa na última semana, o ex-são-paulino e agora santista pediu um salário mensal de meio milhão de reais. Ele ainda não conquistou um título pelo Peixe, também não fez um gol decisivo e muito menos é o ídolo maior entre os torcedores alvinegros. Mas o salário, ó!

brigano-cetTorcida organizada do Corinthians pelo filme “Rebeldes sem causa” -  Certa parte de uma torcida organizada da agremiação do Parque São Jorge resolveu por si, parar de protestar nos estádios, de não usar as vias legais para reclamar e simplesmente impor a força como instrumento de intimidação aos jogadores e a diretoria. É o típico caso de coadjuvante querendo virar ator principal. Lembrando que há dois anos, os mesmos atletas e dirigentes levantaram a taça de campeão da Libertadores e do Mundial interclubes.

walterWalter, jogador do Fluminense, pelo “Touro indomável das Laranjeiras - O “gordinho” do Tricolor Carioca sofreu todo tipo de preconceito por causa do seu peso. Mas a resposta veio dentro de campo com muito gols, talvez ele já tenha mais tentos do que quilos.

 

Roteiro adaptado

fred
À espera de Fred -
  Felipão , o treinador da Seleção Brasileira, utilizou de todos os recursos possíveis para poder convocar o Fred, do Fluminense, para o último amistoso do Brasil. Dividiu os dias da convocação, esperou o centroavante marcar gols e até perder penalidades máximas.

adrianoA última do Imperador – E o Adriano, aquele que já ostentou a alcunha de Imperador, voltou aos campos de futebol e desta vez pelo Atlético Paranaense. Infelizmente o final deste filme já sabemos, não queríamos, mas não tardará. Agora é só esperar o primeiro gol pelo Furacão para ouvir do experiente jogador “Não preciso provar nada para ninguém”.

juliocesarA mão que balança a trave - Não importa onde jogará e muito menos quantos gols sofrerá, Júlio César, o arqueiro preferido de Scolari, parece que nunca perderá o seu lugar cativo na meta do selecionado canarinho.

 

 

Efeitos especiais

morumbiCobertura do Estádio do Morumbi – Foi alardeado por toda capital paulista a cobertura do estádio Cícero Pompeu de Toledo e a construção do estacionamento e duas torres que seriam hotéis. Mas ficou apenas como promessa do presidente Juvenal Juvêncio que utilizou a “obra” como plataforma de campanha para ser eleito no São Paulo.

palmeirasInauguração da Arena Palmeiras - A primeira promessa foi para 2013, depois no ano do centenário e agora em 2015. A construtora W/Torre e o Palmeiras se digladiam para saber quem  manda e  obedece nas alamedas do Parque Antártica, enquanto isso a inauguração é postergarda.

 

estadiosSaltos orçamentais dos Estádios da Copa – Se tivesse uma categoria chamada “contos da carochinha”,  este item seria imbátivel. O primeiro orçamento para os complexos esportivos do mundial no Brasil era aceitável, sem dinheiro público e com um legado em torno das arenas admirável. Hoje, aquele orçamento triplicou, o dinheiro e os beneficios públicos são essenciais para os términos das obras e o espólio…. você sabe!

 

Curta metragem

58x48_pato“Os Pássaros”, com Alexandre Pato - a passagem de Pato pelo Corinthians foi tão triste e sem apelo, que apenas as suas inconstantes entrevistas e o seus ganhos eram comentados.

 

lucio“Os brutos também amam”, com Lúcio - o zagueirão campeão do mundo pela Seleção Brasileira em 2002, não foi “amado” no São Paulo e sua passagem foi inexpressiva, no que difere e muito, da sua atual condição no Palmeiras.

 

vargas” Tempos Modernos”, com Vargas - O chileno saiu do seu país para jogar no Napoli, onde não se adaptou e veio para o Grêmio e nada fez, flertou com Santos e São Paulo e fechou com o Valencia, da Espanha.

 

E agora,  torcedor?  Chegou a hora do seu voto!

 

Compartilhe:

[197] Comentários


A hipocrisia radical contra a Adidas e o hit do Brasil: “Tô bem, tô zen, voltei do carnaval com um neném”!

[221] Comentários

pdt_img_100724

Escrevo de algum canto do Brasil.

Carnaval é coisa do capeta, mas tenho que dar minhas circuladas.

Mais pela obrigação profissional do que por satisfação pessoal.

Não gosto da “ferveção de Momo”.

E vendo de perto essa festa-bagunça toda fico pensando se vale a pena.

Bem, como é fato enraizado, que deixe rolar.

Fazer o quê?

Afinal, nosso futebol também não é a coisa mais importante dentre as menos importantes?

Aliás, a frase do italiano Arrigo Sacchi cada vez se consagra mais toda vez que vemos os campeonatos regionais do Brasil.
Joguei a toalha duas vezes.

Na desimportância dos regionais e na altíssima importância do mata-mata nos Brasileiros.

E terá sido importante a grita geral da “sociedade brasileira” contra as camisetas ditas “imorais e injustas” da Adidas estilizando a sexualidade das brasileiras nuas ou seminuas?

Ora, hipocrisia puritana, verde e amarela!

E as monumentais bundas brasileiras de nossas mulheres não representam 51,27% de nosso PIB?

Exagero à parte, como se indignar com as bem-humoradas e realistas camisetas da Adidas, se nós mesmos – governo, povo e empresas de turismo – vendemos lá fora há séculos o Brasil como o país da mulher bonita e… pelada?

Justamente o carnaval é por si mesmo o protagonista maior dessa enraizada campanha publicitária mundial.

E será que a Globeleza da TV samba de burca?

E por acaso no demoníaco carnaval todas as nossas mulheres viram beatas e se recolhem nos conventos cada vez mais raros?

Nada disso, centenas delas vão é cantar à exaustão a música que prega e reconhece: “Tô bem, tô zen, voltei do carnaval com um neném”!

E como nasce neném bom de bola na “Maternidade Vila Belmiro”, hein?

Pena que os pais deles encastelados no bunker da Rua Princesa Isabel sem número sejam tão relapsos ao longo da história, recente ou não.

Mas o negócio agora é Copa do Mundo.

Afinal o ano no Brasil não começa “depois do carnaval”?

Felipão, um sujeito “muito largo” que julguei ultrapassado e superado após enterrar o Palmeiras, pode ser campeão do mundo de novo.

Tomara, mas não acredito.

Argentina, Alemanha e Espanha são bem melhores.

Nosso time é nota 5,97.

Já foi 7,07, mas Neymar, um cabritinho que não sabe ainda que “cabrito bom não berra”, anda meio aéreo e até processando moças de vida… difícil.

E sem ele inteiro da cabeça aos pés, só como a Inglaterra em 66 e a Argentina em 78: no apito, na pressão, na marra… roubado.

Aguardemos.

Como também esperando impossíveis aeroportos dignos para a Copa, fortes times grandes e não comuns como hoje no Rio e em São Paulo e os surgimentos de pessoas como Joaquim Barbosa.

Mesmo tão duro e radical.

E xô, carnaval, essa coisa do capeta.

Eu também sou radical.

Foto: Reprodução

Compartilhe:

[221] Comentários


Noite viva do futebol brasileiro pela força do mata-mata! Só o mata-mata mesmo para salvar os modorrentos campeonatos dos pontos mais parados do que corridos no Brasil! E alô, Paulo André, não tem Bom Senso FC para os jogadores de ontem e só tem para vocês, milionários de hoje? Por quê?

[625] Comentários

Para quem estava e está com saudades dos emocionantes mata-matas como eu, foi mais uma noite inolvidável, como diria o “bíblico” Fiori Giglioti.

Estádios cheios como no 1 a 1 de Curitiba entre Furacão e Mengão e ontem no espetacular Maracanã rubro-negro que estava lotadíssimo como que a reverenciar Nilton Santos.

Festa humilde e apertada só em Mogi Mirim porque o mesquinho São Paulo trabalhou forte para não jogar em Campinas.

E aí o São Paulo se ferrou.

Bem feito!

E o bom Bom Senso FC?

Assustar o quase aposentado José Maria Marin é fácil.

E por que é tão difícil colocar um “artiguinho” na lista de exigências dos ricos e consagrados jogadores de hoje em prol dos abandonados craques de ontem?

E por que o Bom Senso FC não abraça a minha ideia de EXIGIR da CBF de 1.5% a 2% da cota de TODO amistoso da seleção em qualquer parte do mundo?

Ora, a seleção brasileira só recebe por volta de U$ 2 milhões por jogo porque a seleção BRASILEIRA de futebol ganhou cinco Copas do Mundo.

Fosse uma Noruega, Romênia, Bulgária ou Coréia do Sul, jogaria pelo que custam Peru, Equador e Paraguai.

Ou seja, seleções de série B ou C, sem grife.

E os jogadores de ontem que contribuíram para isso – jogando pela seleção ou não -, são completamente esquecidos?

Viu, Paulo André, peite os caras… também pelo craque de ontem!

E desde já escalo o “ministro” Badeco, o Dr. Ivan Manoel de Oliveira, delegado aposentado da Polícia Federal, para gerir este dinheiro em pasta a ser criada pela CBF!

Gente, isso é o ovo de Colombo da bola e da gratidão!

E alô também “coerente” crônica esportiva brasileira: quando vocês vão parar de falar de jogador aposentado só quando ele morre?

Façam homenagens – e ajudem – em vida ou ignorem a morte deles também.

Hipócritas!

Opine!

Compartilhe:

[625] Comentários


Muito mais do que a leitura labial, o olhar maroto é o que mais estranha no diálogo entre Júlio Baptista e Cris! O STJD, que já disse que investigará o caso, deve punir o Cruzeiro? E pensar que tudo isso poderia ser evitado com um simples mata-mata…

[1048] Comentários

faz_o_gol

Até pelo seu histórico no futebol, prefiro acreditar quando Júlio Baptista diz que seu diálogo com Cris foi mal interpretado.

Mas, revendo mil vezes o lance, o que me deixa mais “encucado” é a expressão facial e o olhar maroto do atleta do Cruzeiro.

Saibam que em muitas vezes na vida, o olhar e a expressão facial falam muito mais e até gritam o que você está pensando.

“O olhar é o ultrassom do cérebro”, como sempre diz o grande filósofo Mauro Alexandre Zioni Beting.

Mas esse caso do Cruzeiro e do sério Júlio Baptista é tudo suposição.

Comprovado mesmo foi a marmelada do Corinthians em Campinas, deixando o Flamengo ganhar para evitar o título são-paulino em 2009.

O próprio árbitro Evandro Rogério Roman me contou e eu divulguei que o Ronaldo Fenômeno passou o primeiro tempo inteirinho tentando provocar sua expulsão, xingando o apitador de todo jeito.

Roman disse rindo a Ronaldo, várias vezes, que ele sempre foi muito educado e que só havia um jeito de ele deixar o campo: sendo substituído.

Foi o que aconteceu, Ronaldo não foi punido, o Corinthians também não e qualquer punição ao Cruzeiro e ao Júlio Baptista seria uma coisa absolutamente hipócrita.

E pensar que um formato óbvio e simples como o mata-mata evitaria todo esse tipo de suspeita.

Confira o comunicado de Júlio Baptista sobre o caso:

Olá Pessoal,

Estou muito triste com o fato divulgado pela imprensa no dia ontem. Pegaram um trecho de uma conversa minha durante o jogo contra o Vasco dando a entender que estávamos entregando o jogo… Incrível!!! É um absurdo!!!! Por isso, gostaria de pedir um momento de vocês para poder explicar os fatos da maneira e forma como realmente aconteceram. Assistam o vídeo da partida e vão entender que se divulga não é legal comigo e muito menos com o Cruzeiro, Tri-Campeão Brasileiro!

Saí muito cedo do Brasil para jogar na Europa e sou muito agradecido a Deus por desde sempre ter conseguido estar nos melhores times do planeta como: São Paulo, Arsenal, Roma, Real Madrid, Sevilha, Málaga e agora no Cruzeiro o melhor time do campeonato Brasileiro e do Brasil na atualidade.

Minha vida, assim como a vida de todos vocês não é fácil. Tive e tenho de lutar muito de onde eu saí para atingir a excelência em minha profissão e com muita humildade conseguir um lugar de destaque. Abdiquei de muitas coisas em minha vida e sempre soube que para dar uma vida melhor à minha família e atingir os objetivos não teria outra forma; não existe mágica! Pesquisem o meu passado… Nunca fui envolvido em nenhuma polemica que pudesse ferir o meu caráter, honra e ética. O único caminho utilizado sempre foi trabalhar, trabalhar e trabalhar muito, respeitar a torcida, clube e saber esperar com muita fé e determinação o meu momento.

Vivo hoje um momento que qualquer jogador do mundo gostaria de viver. Voltar ao Brasil, ser recebido com o carinho que a torcida do Cruzeiro me recebeu e abraçou! Com toda sinceridade não esperava tamanha sintonia com o torcedor do Cruzeiro que é incrível!! Uma torcida que joga junto com a gente e sempre incentiva nos dando muita força.

Já tive momentos difíceis em minha vida que tive de superar com muita força de vontade. Mas nenhum foi triste como este, pois acima de tudo envolve uma exposição de valores pessoais, filosofia de vida, que sempre vou Lutar para que sejam preservados com Ética, Respeito ao trabalho, Respeito à Minha Família, Seriedade, Foco, Caráter, Lealdade e Justiça! Pensem, como eu poderia chegar em casa olhar minha esposa e filha se isso que falam fosse verdade???

Peço que assistam o vídeo novamente e o que vão ver é que, infelizmente, o Cruzeiro já vinha perdendo o jogo de 2 a 0 e aos4:38 minutos do segundo tempo em um escanteio onde talvez eu ou um companheiro poderíamos fazer um gol no Vasco e o Cris, utiliza de sua experiência de anos a frente de grandes clubes para fazer comigo, uma espécie de guerra psicológica (muito comum no futebol) dizendo para eu “Amaciar”. Como estava muito focado falei duro com ele para ir lá e “Fazer um Gol, P….” (desculpem o palavrão, mas dentro de campo não tem como). Tenho um grande clube a defender que é Tri-Campeão Brasileiro, uma história de vida a honrar, uma linda família para criar e passar adiante valores de caráter e ordem moral (minha verdadeira base do que realmente considero como legado). Disse que estava muito triste, por isso. Pois estou trabalhando e isso pra mim é sagrado!!

O Cruzeiro, não levou nenhum gol no segundo tempo e após este fato. Na verdade fizemos dois gols, sendo um anulado. Por isso, não faz sentido nada do está que sendo, infelizmente, divulgado! Como pode??

Estou triste… Tal sentimento, infeliz, vem acompanhado de uma forte impotência, pois estão falando muito principalmente na internet sobre o fato; e não posso ir a cada um e explicar olho no olho. Por isso, gostaria solicitar a cumplicidade de vcs para divulgar a verdade.

Leio aqui na rede várias frases de incentivo e quero contar com o Apoio de Vocês para superar com a devida honra uma tamanha injustiça!

Opine!

Compartilhe:

[1048] Comentários


Virtual campeão da Copa do Brasil goleia o SPFC e adia o título cruzeirense no Brasileirão mais sem graça da história; Inter bate o Botafogo; Vitória humilha a Macaca em Campinas; Vasco busca empate com o Santos; e parece que o Flu vai pagar a Série B!

[820] Comentários

placar_10_11

Atlético-PR 3 x 0 São Paulo

Não tem jeito: fora de Minas Gerais, só o Atlético-PR se salva hoje no futebol brasileiro.

Nesta rodada do Brasileirão, o virtual campeão da Copa do Brasil conseguiu mais uma belíssima vitória, desta vez diante do embalado São Paulo de Muricy.

E olha que foi de goleada, hein? 3 a 0 com gols de Marcelo, Luiz Alberto (aquele mesmo, ex-Flu) e Éderson.

Agora, para a decisão da Copa do Brasil, pelo que vem voando o Furacão, é bom o flamenguista já ir arrumando desculpa, viu…

Enquanto para o São Paulo, em 2013, só resta mesmo a Sul-Americana.

charge_sp

Cruzeiro 3 x 0 Grêmio

E a vitória do Furacão para cima do São Paulo colocou água no chope do Cruzeiro, que mesmo com o triunfo por 3 a 0 sobre o cambaleante Grêmio, não pôde levantar a taça nesta rodada.

Mas, sejamos sinceros: que Brasileirão mais sem sal esse que a Raposa já ganhou, né?

Por isso venho sugerindo a volta de um mata-mata remodelado, que colocaria em confronto direto os oito primeiros pelo título, os oito últimos contra o rebaixamento e os intermediários pela Sul-Americana.

Seria a solução, não?

Internacional 2 x 1 Botafogo

No Sul, o desanimado Internacional complicou ainda mais a vida do Botafogo.

2 a 0 para a equipe colorada, que segue sem querer nada neste campeonato, enquanto o Botafogo parece que nem para a Libertadores vai mesmo…

Ponte Preta 0 x 3 Vitória

Em Campinas, um maiúsculo triunfo do Vitória para cima da Ponte Preta, que é semifinalista da Sul-Americana.

Agora, para você, a Macaca deveria apostar tudo na competição internacional e se entregar ao rebaixamento?

Vasco 2 x 2 Santos

Que grande vacilo do Peixe…

Vencendo o Vasco por 2 a 0 no Maracanã, a equipe comandada por Claudinei Oliveira cochilou e deixou que o Cruzmaltino igualasse o marcador.

Com o resultado, enfim, o time da colina deixa a zona de rebaixamento…

Corinthians 1 x 0 Fluminense

… isso porque o Corinthians, no apagar das luzes, conseguiu uma sofrida vitória sobre o Fluminense, que, aparentemente, pagará a Série B no ano que vem!

O gol da partida foi marcado por… Alexandre Pato!!!

E… De pênalti!!!

Não é gozação!

Mas até aí, não teria motivo para o atacante comemorar do jeito que comemorou, né?

Menos, Pato! Bem menos…

Náutico 0 x 1 Criciúma

Em Pernambuco, o Criciúma bateu o lanterna Náutico por 1 a 0.

Com o resultado, os catarinenses também ultrapassaram o tricolor carioca.

Opine!

Compartilhe:

[820] Comentários


Hoje no Brasil é assim: Brasília tem o poder, São Paulo o dinheiro, Rio de Janeiro a paisagem e Belo Horizonte tem o melhor futebol! Por que Minas Gerais hoje é líder do futebol brasileiro? Qual o segredo de Galo e Cruzeiro?

[759] Comentários

post_minas

Não adianta o pessoal do eixo Rio-SP vir aqui chorar…

Pois, com o os títulos da Libertadores e do Brasileirão garantidos, é inegável que hoje a capital do futebol brasileiro é Belo Horizonte!

Afinal, na sua opinião, além da estrutura de primeiro mundo que os clubes dão aos seus jogadores e das duas moderníssimas arenas da cidade de BH, quais são os outros segredos do sucesso de Atlético-MG e Cruzeiro?

Por que os clubes do Rio e de São Paulo, que sempre remam a favor da maré, não conseguiram copiar os exemplos mineiros e naufragaram neste ano?

Ah, e só para lembrar, faltam ainda duas cerejas para que este típico bolo mineiro fique completo:

A primeira, é o acesso do América-MG, que, na Série B, está a apenas dois pontos da zona de classificação para a primeira divisão.

E, claro, o título mundial do Galo!

Este último, anotem, virá com certeza!

Afinal, segundo já comentam alguns amigos jornalistas alemães, os jogadores do Bayern já estão tremendo de medo do verdadeiro nó tático que Cuca prepara para cima de Guardiola há meses!

Opine!

Compartilhe:

[759] Comentários


Vivendo péssima fase, Corinthians tem apenas a quarta média de público entre as quatro divisões do Brasileirão! Ué, mas cadê aquela “Fiel” que apoiava o time em qualquer situação? Torcida diferenciada mesmo é a do Santa Cruz!

[555] Comentários

Pacaembu

Eu nunca engoli essas conversinhas de que a torcida do Corinthians é diferenciada, que não abandona nunca o time ou que é capaz de ganhar um jogo sozinha.

E, ultimamente, os corintianos estavam fazendo questão de reforçar este mito, citando as médias de público dos últimos Brasileiros e o número de torcedores que foram ao Japão para o Mundial.

Mas, convenhamos: uma coisa é apoiar o time em boa fase. Outra é estar presente quando a equipe está na pior.

Pois é, e o que aconteceu neste ano, quando o “Timão” ocupa atualmente apenas a 12ª colocação na tabela do Brasileirão?

Sua média de público caiu para o QUARTO LUGAR (!!!) entre as quatro divisões do Brasileirão! Isso mesmo: QUARTO LUGAR!

Nesta temporada, a “Fiel” foi superada pelas torcidas do Cruzeiro (que disputa o título), do São Paulo (que teve bela arrancada recentemente) e do… SANTA CRUZ!!!

Isso mesmo, a do Santa Cruz, que até ontem estava na Série C do Nacional.

Confira os números abaixo:

1º – Cruzeiro – Média de 26.995

2º – Santa Cruz – Média de 26.308

3º – São Paulo – Média de 25.103

4º – Corinthians – Média de 24.846

5º – Flamengo – 23.615

Por isso que eu digo: torcida DIFERENCIADA mesmo é a do Santa Cruz!

Empatada tecnicamente, claro, com as do Galo e do Paysandu.

Opine!

Compartilhe:

[555] Comentários


Em partida horrorosa da Seleção Brasileira, vitória magra esconde falta de brilho da equipe de Felipão! Até que ponto amistosos contra equipes muito inferiores ajudam na preparação para a Copa do Mundo??? E qual jogador ainda merece ser observado na Seleção?

[564] Comentários

Que joguinho, hein, Felipão!

Diante da “poderosa” Zâmbia, um primeiro tempo sem brilho e dois gols que não retratam o que foi a partida.

O empate entre sul-americanos e africanos seria mais justo pelo que se viu em campo.

É claro que a diferença entre as equipes é abissal, e por isso mesmo esperava-se mais do grupo verde-amarelo.

Amistosos assim não dão ritmo à equipe.

Bater em bêbado é fácil, o Brasil precisava de maiores desafios para chegar ainda mais entrosado na Copa do Mundo.

E o duelo de hoje serviu para dar oportunidade para alguns nomes.

Lucas entrou, mas não convenceu.

Pato passou em branco e reflete seu péssimo momento no Corinthians.

Em contrapartida, Maxwell foi seguro e já cava sua vaga na reserva de Marcelo.

E Dedé marcou seu gol e tenta a quarta vaga, disputada também por Gil e Henrique.

Adversários como a Zâmbia ajudam na preparação para o Mundial?

Qual jogador ainda merece ser avaliado na Seleção?

OPINE!!!

Compartilhe:

[564] Comentários


Pode fechar o caixão? Com direito a pênalti perdido por Ceni, São Paulo dá mais um vexame, perde para o Criciúma e se aproxima ainda mais da Série B! Botafogo faz as pazes com a sua torcida e Vasco bate o lanterna Náutico!

[496] Comentários

 

Que situação, hein, são-paulino!

Você, sempre tão acostumado a se gabar de seus importantíssimos títulos, agora está correndo sério risco de cair para a… SÉRIE B!

E olha que as coisas ficaram ainda mais complicadas, hein?

Com a vergonhosa derrota para o Criciúma, nesta quinta-feira, no Morumbi, pelo placar de 2 a 1, a equipe tricolor se manteve na 18ª colocação, faltando apenas uma rodada para acabar o primeiro turno do Brasileirão.

E para piorar tudo, o ídolo Rogério Ceni, sempre excelente em bolas paradas, agora nem gol de pênalti consegue mais fazer. Perdeu mais uma cobrança na partida diante da equipe catarinense, que poderia ter determinado o empate são-paulino.

Pois é! Parece que, no ano que vem, os já rebaixados corintianos e palmeirenses não precisarão mais apelar nas discussões de boteco para a queda do São Paulo no Paulista de 1990.

Pelo visto, o sonho dos rivais em ver o Tricolor no Série B, em 2014, será uma realidade!

E por falar em Série B, quem parece que já está com os dois pés lá é a equipe do Náutico.

Mais uma derrota nesta rodada, desta vez para o Vasco, pelo placar de 3 a 0.

E para piorar, o Timbu demitiu Jorginho do cargo de treinador.

Já no Maracanã, o Botafogo fez as pazes com a sua torcida.

Vitória por 3 a 1 sobre o Coritiba, com direito a dois gols do jovem Hyuri, substituto de Vitinho, sendo um deles uma verdadeira pintura!

Será que o Fogão ainda terá fôlego pra alcançar os líderes?

Opine!

Compartilhe:

[496] Comentários