publicidade

Blog do Milton Neves

Categoria : eleições


A hipocrisia radical contra a Adidas e o hit do Brasil: “Tô bem, tô zen, voltei do carnaval com um neném”!

pdt_img_100724

Escrevo de algum canto do Brasil.

Carnaval é coisa do capeta, mas tenho que dar minhas circuladas.

Mais pela obrigação profissional do que por satisfação pessoal.

Não gosto da “ferveção de Momo”.

E vendo de perto essa festa-bagunça toda fico pensando se vale a pena.

Bem, como é fato enraizado, que deixe rolar.

Fazer o quê?

Afinal, nosso futebol também não é a coisa mais importante dentre as menos importantes?

Aliás, a frase do italiano Arrigo Sacchi cada vez se consagra mais toda vez que vemos os campeonatos regionais do Brasil.
Joguei a toalha duas vezes.

Na desimportância dos regionais e na altíssima importância do mata-mata nos Brasileiros.

E terá sido importante a grita geral da “sociedade brasileira” contra as camisetas ditas “imorais e injustas” da Adidas estilizando a sexualidade das brasileiras nuas ou seminuas?

Ora, hipocrisia puritana, verde e amarela!

E as monumentais bundas brasileiras de nossas mulheres não representam 51,27% de nosso PIB?

Exagero à parte, como se indignar com as bem-humoradas e realistas camisetas da Adidas, se nós mesmos – governo, povo e empresas de turismo – vendemos lá fora há séculos o Brasil como o país da mulher bonita e… pelada?

Justamente o carnaval é por si mesmo o protagonista maior dessa enraizada campanha publicitária mundial.

E será que a Globeleza da TV samba de burca?

E por acaso no demoníaco carnaval todas as nossas mulheres viram beatas e se recolhem nos conventos cada vez mais raros?

Nada disso, centenas delas vão é cantar à exaustão a música que prega e reconhece: “Tô bem, tô zen, voltei do carnaval com um neném”!

E como nasce neném bom de bola na “Maternidade Vila Belmiro”, hein?

Pena que os pais deles encastelados no bunker da Rua Princesa Isabel sem número sejam tão relapsos ao longo da história, recente ou não.

Mas o negócio agora é Copa do Mundo.

Afinal o ano no Brasil não começa “depois do carnaval”?

Felipão, um sujeito “muito largo” que julguei ultrapassado e superado após enterrar o Palmeiras, pode ser campeão do mundo de novo.

Tomara, mas não acredito.

Argentina, Alemanha e Espanha são bem melhores.

Nosso time é nota 5,97.

Já foi 7,07, mas Neymar, um cabritinho que não sabe ainda que “cabrito bom não berra”, anda meio aéreo e até processando moças de vida… difícil.

E sem ele inteiro da cabeça aos pés, só como a Inglaterra em 66 e a Argentina em 78: no apito, na pressão, na marra… roubado.

Aguardemos.

Como também esperando impossíveis aeroportos dignos para a Copa, fortes times grandes e não comuns como hoje no Rio e em São Paulo e os surgimentos de pessoas como Joaquim Barbosa.

Mesmo tão duro e radical.

E xô, carnaval, essa coisa do capeta.

Eu também sou radical.

Foto: Reprodução


Quando um técnico é responsável por salvar um Gigante da zona de rebaixamento, tem algo errado. Abra o olho São Paulo! Paulo Autuori no Galo: ajuda ou atrapalha? Calma Lusa, ainda há esperança!

2173664326-torcedores-da-lusa-prostestam-contra-tapetao-na-av-paulista-3895524888

Foto: UOL

Como pode um time valer quase 400 milhões de reais em 2012 e no ano seguinte  ter seu valor reduzido para menos da metade? Efeito Lucas?

O Tricolor Paulista, campeão da Copa Libertadores e do Mundo em 2005,  e  Tricampeão Brasileiro em 2006, 2007 e 2008 não é o mesmo. O clube modelo em administração  está deixando a desejar.

Brigas internas e demissões consecutivas de treinadores, são alguns fatores que levaram o São Paulo a ficar um bom tempo na zona de rebaixamento.

Ah, se não fosse o salvador Muricy Ramalho…

Escapou dessa São Paulo, mas até quando, hein?

Abra os olhos e os cofres!!!

Já não era uma surpresa que o técnico Cuca deixaria o Galo no final dessa temporada. Assim, o presidente do Atlético-MG, Alexandre Kalil, anunciou na última de sexta-feira (20), que Paulo Autuori será o treinador atleticano em 2014. Espero que seja o Autuori de 2005 e não o de 2013.

Todos já davam como certa a queda da Portuguesa para a Série B e a permanência do Fluminense na Série A após a decisão do STJD (Superior

Tribunal de Justiça Desportiva). Porém, esse tapetão do time das Laranjeiras parece estar furado.

O famoso jurista, Carlos Eduardo Ambiel, mostrou que o julgamento que decretou o rebaixamento do time paulista não respeitou uma lei mais

importante, a do Estatuto do Torcedor.

O detalhe pode ser pequeno, mas faz com que o veredicto final possa ser a favor da Portuguesa. O Estatuto do Torcedor obriga a CBF a publicar as punições, como faz a Justiça Federal, para que a penalidade entre em vigor.

A própria CBF admitiu não ter publicado a punição do meio-campo Heverton.

Agora, as chances da Lusa em permanecer na primeira divisão nacional e a do Flu em  ir para a segunda são grandes. Ou seja, o tapetão não foi eficiente, o Fluminense terá sim,  de pagar a Série B!


Muito mais do que a leitura labial, o olhar maroto é o que mais estranha no diálogo entre Júlio Baptista e Cris! O STJD, que já disse que investigará o caso, deve punir o Cruzeiro? E pensar que tudo isso poderia ser evitado com um simples mata-mata…

faz_o_gol

Até pelo seu histórico no futebol, prefiro acreditar quando Júlio Baptista diz que seu diálogo com Cris foi mal interpretado.

Mas, revendo mil vezes o lance, o que me deixa mais “encucado” é a expressão facial e o olhar maroto do atleta do Cruzeiro.

Saibam que em muitas vezes na vida, o olhar e a expressão facial falam muito mais e até gritam o que você está pensando.

“O olhar é o ultrassom do cérebro”, como sempre diz o grande filósofo Mauro Alexandre Zioni Beting.

Mas esse caso do Cruzeiro e do sério Júlio Baptista é tudo suposição.

Comprovado mesmo foi a marmelada do Corinthians em Campinas, deixando o Flamengo ganhar para evitar o título são-paulino em 2009.

O próprio árbitro Evandro Rogério Roman me contou e eu divulguei que o Ronaldo Fenômeno passou o primeiro tempo inteirinho tentando provocar sua expulsão, xingando o apitador de todo jeito.

Roman disse rindo a Ronaldo, várias vezes, que ele sempre foi muito educado e que só havia um jeito de ele deixar o campo: sendo substituído.

Foi o que aconteceu, Ronaldo não foi punido, o Corinthians também não e qualquer punição ao Cruzeiro e ao Júlio Baptista seria uma coisa absolutamente hipócrita.

E pensar que um formato óbvio e simples como o mata-mata evitaria todo esse tipo de suspeita.

Confira o comunicado de Júlio Baptista sobre o caso:

Olá Pessoal,

Estou muito triste com o fato divulgado pela imprensa no dia ontem. Pegaram um trecho de uma conversa minha durante o jogo contra o Vasco dando a entender que estávamos entregando o jogo… Incrível!!! É um absurdo!!!! Por isso, gostaria de pedir um momento de vocês para poder explicar os fatos da maneira e forma como realmente aconteceram. Assistam o vídeo da partida e vão entender que se divulga não é legal comigo e muito menos com o Cruzeiro, Tri-Campeão Brasileiro!

Saí muito cedo do Brasil para jogar na Europa e sou muito agradecido a Deus por desde sempre ter conseguido estar nos melhores times do planeta como: São Paulo, Arsenal, Roma, Real Madrid, Sevilha, Málaga e agora no Cruzeiro o melhor time do campeonato Brasileiro e do Brasil na atualidade.

Minha vida, assim como a vida de todos vocês não é fácil. Tive e tenho de lutar muito de onde eu saí para atingir a excelência em minha profissão e com muita humildade conseguir um lugar de destaque. Abdiquei de muitas coisas em minha vida e sempre soube que para dar uma vida melhor à minha família e atingir os objetivos não teria outra forma; não existe mágica! Pesquisem o meu passado… Nunca fui envolvido em nenhuma polemica que pudesse ferir o meu caráter, honra e ética. O único caminho utilizado sempre foi trabalhar, trabalhar e trabalhar muito, respeitar a torcida, clube e saber esperar com muita fé e determinação o meu momento.

Vivo hoje um momento que qualquer jogador do mundo gostaria de viver. Voltar ao Brasil, ser recebido com o carinho que a torcida do Cruzeiro me recebeu e abraçou! Com toda sinceridade não esperava tamanha sintonia com o torcedor do Cruzeiro que é incrível!! Uma torcida que joga junto com a gente e sempre incentiva nos dando muita força.

Já tive momentos difíceis em minha vida que tive de superar com muita força de vontade. Mas nenhum foi triste como este, pois acima de tudo envolve uma exposição de valores pessoais, filosofia de vida, que sempre vou Lutar para que sejam preservados com Ética, Respeito ao trabalho, Respeito à Minha Família, Seriedade, Foco, Caráter, Lealdade e Justiça! Pensem, como eu poderia chegar em casa olhar minha esposa e filha se isso que falam fosse verdade???

Peço que assistam o vídeo novamente e o que vão ver é que, infelizmente, o Cruzeiro já vinha perdendo o jogo de 2 a 0 e aos4:38 minutos do segundo tempo em um escanteio onde talvez eu ou um companheiro poderíamos fazer um gol no Vasco e o Cris, utiliza de sua experiência de anos a frente de grandes clubes para fazer comigo, uma espécie de guerra psicológica (muito comum no futebol) dizendo para eu “Amaciar”. Como estava muito focado falei duro com ele para ir lá e “Fazer um Gol, P….” (desculpem o palavrão, mas dentro de campo não tem como). Tenho um grande clube a defender que é Tri-Campeão Brasileiro, uma história de vida a honrar, uma linda família para criar e passar adiante valores de caráter e ordem moral (minha verdadeira base do que realmente considero como legado). Disse que estava muito triste, por isso. Pois estou trabalhando e isso pra mim é sagrado!!

O Cruzeiro, não levou nenhum gol no segundo tempo e após este fato. Na verdade fizemos dois gols, sendo um anulado. Por isso, não faz sentido nada do está que sendo, infelizmente, divulgado! Como pode??

Estou triste… Tal sentimento, infeliz, vem acompanhado de uma forte impotência, pois estão falando muito principalmente na internet sobre o fato; e não posso ir a cada um e explicar olho no olho. Por isso, gostaria solicitar a cumplicidade de vcs para divulgar a verdade.

Leio aqui na rede várias frases de incentivo e quero contar com o Apoio de Vocês para superar com a devida honra uma tamanha injustiça!

Opine!


Flu, Vasco, Pato, Kleina, Tite, Renato Gaúcho ou pontos corridos: quem hoje corre mais risco na corda bamba do futebol? E Vanderlei Luxemburgo não é mais técnico do Fluminense!!! A direção tricolor acertou ao demiti-lo?

art_post_cordabamba

Na reta final deste agitado 2013, tem muita gente no mundo do futebol que não sabe o que será de sua vida no ano que vem.

Sendo assim, confira a lista abaixo e deixe um comentário respondendo a seguinte pergunta: quem hoje corre mais risco na corda bamba do futebol?

E, claro, deixe também suas sugestões!

Fluminense – O Tricolor carioca entrou em queda livre nas últimas rodadas e agora já figura na zona de rebaixamento. Com os jogadores completamente abalados psicologicamente, não é loucura apostar que o Flu pagará a Série B que deve há tempos em 2014.

Vasco – Embora tenha deixado a zona de degola após o empate com o Santos, o Cruzmaltino ainda corre sério risco. Isso pelo fato de ter partidas mais difíceis daqui para frente do que seus concorrentes diretos.

Pato – Mesmo com o gol de pênalti marcado diante do Fluminense, Alexandre Pato ainda não conseguiu convencer a exigente torcida corintiana. Será que ele seguirá no Timão para ainda tentar beliscar uma vaguinha na seleção para a Copa?

Gilson Kleina – Mesmo nadando de braçadas na Série B, pelo visto, o técnico será mesmo substituído para o centenário palmeirense. E isso, creiam, por não ter “grife”.

Tite – Com o contrato prestes a acabar, o técnico ainda não tem ideia se seguirá no Parque São Jorge no ano que vem. Se ele realmente sair, será uma das maiores injustiças da história do Sport Club Corinthians Paulista!

Renato Gaúcho – Com um elenco fortíssimo nas mãos, o treinador não tem conseguido engrenar o time do Grêmio, que já caiu na Copa do Brasil e ainda pode ficar sem uma vaga na Libertadores pelo Brasileiro. Tá difícil te defender, hein, Portalupi!

Pontos corridos – O sistema de disputa do Brasileirão foi um grande mico em 2013. É inadmissível que tenhamos o campeão no início de novembro. Por isso venho sugerindo a volta de um mata-mata remodelado, que colocaria em confronto direto os oito primeiros pelo título, os oito últimos contra o rebaixamento e os intermediários pela Sul-Americana. Seria a solução, não?

E o primeiro a cair foi Vanderlei Luxemburgo!

Na tarde desta segunda-feira, a diretoria tricolor anunciou a saída do treinador.

Após péssimos trabalhos em 2013, o técnico que mais vezes venceu o Brasileirão escapou de um rebaixamento?

Ou o Fluminense acertou ao demitir Luxa?

Ah, Gilson Kleina, abre o olho!

O Palmeiras adora o “profexô” e o centenário está aí!

Opine!


Virtual campeão da Copa do Brasil goleia o SPFC e adia o título cruzeirense no Brasileirão mais sem graça da história; Inter bate o Botafogo; Vitória humilha a Macaca em Campinas; Vasco busca empate com o Santos; e parece que o Flu vai pagar a Série B!

placar_10_11

Atlético-PR 3 x 0 São Paulo

Não tem jeito: fora de Minas Gerais, só o Atlético-PR se salva hoje no futebol brasileiro.

Nesta rodada do Brasileirão, o virtual campeão da Copa do Brasil conseguiu mais uma belíssima vitória, desta vez diante do embalado São Paulo de Muricy.

E olha que foi de goleada, hein? 3 a 0 com gols de Marcelo, Luiz Alberto (aquele mesmo, ex-Flu) e Éderson.

Agora, para a decisão da Copa do Brasil, pelo que vem voando o Furacão, é bom o flamenguista já ir arrumando desculpa, viu…

Enquanto para o São Paulo, em 2013, só resta mesmo a Sul-Americana.

charge_sp

Cruzeiro 3 x 0 Grêmio

E a vitória do Furacão para cima do São Paulo colocou água no chope do Cruzeiro, que mesmo com o triunfo por 3 a 0 sobre o cambaleante Grêmio, não pôde levantar a taça nesta rodada.

Mas, sejamos sinceros: que Brasileirão mais sem sal esse que a Raposa já ganhou, né?

Por isso venho sugerindo a volta de um mata-mata remodelado, que colocaria em confronto direto os oito primeiros pelo título, os oito últimos contra o rebaixamento e os intermediários pela Sul-Americana.

Seria a solução, não?

Internacional 2 x 1 Botafogo

No Sul, o desanimado Internacional complicou ainda mais a vida do Botafogo.

2 a 0 para a equipe colorada, que segue sem querer nada neste campeonato, enquanto o Botafogo parece que nem para a Libertadores vai mesmo…

Ponte Preta 0 x 3 Vitória

Em Campinas, um maiúsculo triunfo do Vitória para cima da Ponte Preta, que é semifinalista da Sul-Americana.

Agora, para você, a Macaca deveria apostar tudo na competição internacional e se entregar ao rebaixamento?

Vasco 2 x 2 Santos

Que grande vacilo do Peixe…

Vencendo o Vasco por 2 a 0 no Maracanã, a equipe comandada por Claudinei Oliveira cochilou e deixou que o Cruzmaltino igualasse o marcador.

Com o resultado, enfim, o time da colina deixa a zona de rebaixamento…

Corinthians 1 x 0 Fluminense

… isso porque o Corinthians, no apagar das luzes, conseguiu uma sofrida vitória sobre o Fluminense, que, aparentemente, pagará a Série B no ano que vem!

O gol da partida foi marcado por… Alexandre Pato!!!

E… De pênalti!!!

Não é gozação!

Mas até aí, não teria motivo para o atacante comemorar do jeito que comemorou, né?

Menos, Pato! Bem menos…

Náutico 0 x 1 Criciúma

Em Pernambuco, o Criciúma bateu o lanterna Náutico por 1 a 0.

Com o resultado, os catarinenses também ultrapassaram o tricolor carioca.

Opine!


Alexandre Pato ou Luis Fabiano: qual foi a pior contratação? Entre os “sem grife”, Éverton Ribeiro é o melhor jogador do Brasileirão e Aloísio, o “Boi Bandido”, pode deixar o Fabuloso no banco de reservas!!!

Alexandre Pato ou Luis Fabiano: qual foi a pior contratação?

O são-paulino faz gols, mas nunca está à disposição nas partidas de real importância.

Ora por causa das lesões, ora pelas expulsões burras.

Já o jovem Pato custou quase o dobro do Fabuloso e não rendeu nem a metade.

Porém, o atacante do Timão ainda tem mais mercado que o “trintão” do Tricolor.

E por falar no clube do Morumbi, que grata surpresa com o tal Aloísio, hein?

O “Boi Bandido” marcou cinco gols nos últimos dois jogos e já ultrapassou a marca de Luis Fabiano na temporada.

Sem grife, Aloísio pode até deixar o ídolo de outrora amargando o banco de reservas!

Outro que deu certo foi Éverton Ribeiro.

No sábado fez partida excepcional com o Cruzeiro e, além de marcar seu tento, deu passe genial para Dagoberto anotar um golaço.

Aliás, a Raposa foi cirúrgica nas contratações em 2013.

Mais da metade do time é de “refugos” que deram certo nas mãos de Marcelo Oliveira.

E para você, amigo internauta, qual foi a pior contratação: Pato ou Fabuloso?

E quem é o craque do Brasileirão?

OPINE!!!


Corintiano monta torcida organizada gay e tenta afastar o preconceito da arquibancada e do futebol! Veja outros gigantes do país, que também têm seus representantes na internet!!!

O futebol segue incansavelmente sua luta contra todo tipo de preconceito.

Além do racismo, a homofobia também insiste em permanecer dentro e fora do campo de jogo.

Nas arquibancadas, o surgimento natural de torcidas organizadas com a bandeira LGBT ganha força.

Nesta semana, o corintiano Felipeh Campos teve espaço na mídia com a divulgação da “Gaivotas Fiéis”, que o próprio denomina como primeira uniformizada gay do mundo.

Mas tal feito não é exclusividade do Timão.

Páginas na internet reúnem torcedores homossexuais há tempos, sempre alimentando a paixão pelo clube de coração.

O São Paulo tem o grupo “Bambi Tricolor”.

O Verdão é representado pelo “Palmeiras Livre”.

O Atlético-MG tem a “Galo Queer”.

Rival em Minas, o Cruzeiro ostenta a “Cruzeiro Maria”.

E o Flamengo possuiu a “Flagay”.

E na década de 70, o Grêmio teve a “Coligay”, grupo de torcedores gays que não chegou a ser denominado torcida uniformizada.

Exemplos não faltam para essa parcela importante das torcidas.

Agora, precisamos estimular o “Fair Play” dentro e fora das quatro linhas.

Com a criação da “Gaivotas Fiéis”, outras torcidas também nascerão?

OPINE!!!


Empatezinho suado diante do Ceará garante respiro de Kleina no comando técnico do Palmeiras; Santos afunda o Flu, que pagará aquela passagem pela Série B em 2014; Grêmio entra na briga pelo título; Galo segue sonolento; e Lusa e Furacão surpreendem!

Ufa! Quase que a batata de Gilson Kleina no comando técnico do Palmeiras assa de vez!

É que o Palmeiras por pouco não perdeu do Ceará nesta rodada da Série B.

O gol de Leandro (sempre ele) na metade do segundo tempo de partida garantiu o empate em 2 a 2 entre as equipes, que acabou dando certo respiro ao treinador do Alviverde.

Mas, afinal, as cobranças de Paulo Nobre no meio de semana, após a eliminação do Palestra da Copa do Brasil, não foram um tanto quanto desproporcionais?

Pegou pesado, Nobre!

Deixe o homem trabalhar!

E por falar em Série B…

Parece que do ano que vem não escapa: o Fluminense pagará a passagem pela segunda divisão que está devendo.

Neste sábado à noite, a equipe comandada por Luxemburgo perdeu do Santos, mesmo jogando em casa, pelo placar de 2 a 0.

Com o resultado, o Tricolor segue beirando a zona de rebaixamento, enquanto o Santos, do surpreendente Claudinei Oliveira, já começa até a sonhar com uma vaga no G-4.

E a situação do Luxa, hein?

No Canindé, uma maiúscula vitória da Portuguesa para cima do Bahia.

Placar de 4 a 2 para a equipe da casa, sendo que os três primeiros gols saíram antes dos dez minutos de partida.

Se seguir assim, a Lusinha, do competente Guto Ferreira, parece que até pode se livrar da Série B em 2014.

E o que será que está acontecendo com o Galo, hein?

Após a Libertadores, a equipe que encantou o mundo parece ter perdido o interesse em todo o resto.

Desta vez, o Atlético fez um jogo bem meia-boca com o Goiás, que terminou empatado em 0 a 0.

Espero, de coração, que Ronaldinho e companhia estejam guardando chumbo grosso para usar no final do ano contra o poderoso Bayern de Munique.

Já na Arena, o Grêmio deu mais uma prova de que agora, de fato, entrou na briga pelo título.

Em um jogo difícil contra a competitiva Ponte Preta, a equipe gaúcha conseguiu um gol chorado com Kleber, após falha do ex-corintiano Betão, que lhe garantiu os três pontos.

Com o resultado, o time de Renato Gaúcho empatou em pontos com o líder Cruzeiro, mas, no critério de desempate, perde no saldo de gols.

Mas a surpresa mesmo deste Brasileirão é a campanha do Atlético-PR, do respeitável artilheiro Éderson.

Nesta rodada, goleada sobre o Náutico, por 4 a 1, mesmo jogando em Recife, que garantiu o terceiro lugar na tabela para o Furacão.

Será que a pré-temporada da equipe paranaense, tão criticada por muitos, acabou dando tão certo assim?

Opine!


O maior filme de Pelé

Aos quase 73 anos vem aí mais um filme sobre Pelé.

Só que será um filme-filme mesmo, o primeiro deste naipe.

Nada das esforçadas películas envolvendo a pessoa melhor dotada por Deus para uma especifica atividade profissional no mundo em todos os tempos.

Tudo já foi falado e mostrado sobre Pelé.

Nada disso.

E eu assim pensava até ser procurado por Álvaro de Lapuerta Montoya, advogado espanhol que está no Brasil documentando com ex-jogadores, dirigentes e suas famílias a competente autorização do uso de imagem daquele que contracenou na vida com Pelé até 1958, desde Três Corações-MG.

Sim, o filme acaba após a Copa da Suécia e não é documentário ou coisa parecida.

Produção de Hollywood, diretores de Los Angeles, locações no Rio, Santos, Bauru, Suécia, Três Corações e São Paulo e dinheiro americano, peruano e espanhol.

Trata-se de um longa dramatizado por atores que “serão” o Feola, Zagallo, Mauro, Bellini, Lula, Pepe, Zito, Garrincha, Waldemar de Brito, Athiê Jorge Cury, Mário Americo e etc…

Mesmo já com as filmagens marcadas para serem iniciadas dia 23 de setembro, a tarefa de Álvaro de Lapuerta Montoya, impressionado com o nosso “Que Fim Levou” do portal terceirotempo.com.br, não é das mais fáceis.

É que tem ex-jogador e viúva ou filho de personagem contemporânea do Rei que coloca mágoa recolhida de Pelé acima da remuneração a ser negociada e até mesmo da eternização de seu ente querido em produção hollywoodiana para a posterioridade.

Fico triste com isso quando tanto se luta para defender a memória esportiva do país e tanto se clama por ajuda financeira ao ex-jogador.

No sepultamento de Gylmar falei com José Maria Marin pela segunda vez em minha vida, pessoalmente.

A primeira foi em 1984 quando sua então Federação Paulista de Futebol homenageou um membro de cada equipe esportiva de rádio e TV de São Paulo.

Ponderei (a pedido de um célebre ex-jogador também presente), aquilo que defendo há anos em minhas tribunas.

Ou seja, um percentual de 1% ou 0,5% de cada milionário valor obtido pela CBF em amistosos da seleção para as fundações de auxílio aos que construíram a grandeza de nosso futebol.

E escalei até o “ministro” dessa sonhada nova pasta na CBF para gerenciar o dinheiro: o ex-craque e líder dos velhos, o Badeco.

Ele ficou de estudar “pois existem entraves jurídicos”.

Ora, é só destravar numa canetada, afinal a CBF não é “entidade privada”?

Mas, aí, na outra ponta da história, pinta essa grande chance, através do filme de hollywood “O Nascimento de Um Gênio”.

Oportunidade de ouro para que carentes do passado ou descendentes deles possam se eternizar e se remunerar e alguns dificultam crescendo os olhos ou demonstrando e reclamando que o “Pelé sempre pensou só nele”.

Uma pena, é a vida, mas o filme não apenas sairá, como já saiu, mesmo sem a “presença” deste ou daquele que se prejudica, à sua família e a imagem daquele que, do céu, não poderá mais voltar a jogar nas telas do mundo.

E ouçam abaixo o advogado Álvaro de Lapuerta Montoya falando do filme sobre Pelé


Corinthians espanta a zebra, elimina o Luverdense da Copa do Brasil e frustra seus secadores! Mas também não era mais do que a obrigação, né? Furacão devasta o Palmeiras; Bota sobrevive ao Horto; Fla supera o Cruzeiro; Grêmio afunda o Santos; e Flu cai diante do Goiás!

Corinthians 2 x 0 Luverdense

Pois é, amigos da maior torcida do Brasil, a dos secadores do Corinthians…

Não deu para o valente Luverdense!

No Pacaembu lotado, o Timão colocou a zebra para correr e venceu bem a equipe do Mato Grosso pelo placar de 2 a 0 (o primeiro jogo foi 1 a 0 para o Luverdense).

Os gols da partida foram marcados por Pato, de falta, e por Fábio Santos.

Mas, amigos secadores, não era mais do que a obrigação do atual campeão do mundo, não é mesmo?

Garanto para vocês que do Grêmio não passa, viu! Anotem!

Grêmio 2 x 0 Santos

E por falar no Tricolor gaúcho…

A equipe comandada por Renato Portaluppi conseguiu reverter vantagem santista, de 1 a 0, conquistada na Vila Belmiro, e também avançou na Copa do Brasil.

Os gols do time gaúcho foram marcados por Souza e Werley.

Quanto ao Santos, será que preciso comentar alguma coisa?

Que “nhaca”…

Atlético-PR 3 x 0 Palmeiras

E o Palmeiras, hein?

O time de Gilson Kleina também tinha uma vantagem de 1 a 0 conquistada em casa, mas foi verdadeiramente devastado pelo Furacão em Curitiba: 3 a 0.

Agora, palmeirense, paciência… Só sobrou a Série B, mesmo!

Flamengo 1 x 0 Cruzeiro

Já no Maracanã, Flamengo e Cruzeiro fizeram o duelo mais quente da noite.

Melhor para os Rubro-Negros, que contaram com o iluminado Elias, que anda carregando o piano da equipe nas costas, para avançar na competição.

Atlético-MG 2 x 2 Botafogo

E não é que um time incrivelmente conseguiu sobreviver ao Horto.

Foi o Botafogo, que empatou com o Atlético no estádio Independência por 2 a 2 e garantiu a sua classificação graças ao 4 a 2 aplicado na semana passada.

A verdade é que o excelente time do Galo segue ainda anestesiado pelo título da Libertadores.

Mas olha que o Mundial já está chegando, hein, Cuca?

Goiás 2 x 0 Fluminense

E no Serra Doura, o Goiás, embalado pelo gordinho Walter, bateu o Flu por 2 a 0 e conseguiu avançar na Copa do Brasil.

Essa foi a primeira decepção do Tricolor carioca com Vanderlei Luxemburgo.

Será que o “pofexô” aguenta muito tempo no cargo?

Opine!