publicidade

Blog do Milton Neves

Categoria : Corinthians

Tite segue tirando leite de pedra do “desmanchado” elenco corintiano e Timão vence a Ponte Preta no Itaquerão! Mas o Corinthians passou um sufoco danado com a Macaca, viu? Em casa, Figueirense bate o Goiás!
Comentários COMENTE

Milton Neves

chargeee

Corinthians 2 x 0 Figueirense

Milagre!

É exatamente isso que o técnico Tite tem operado no Corinthians nos últimos jogos.

Afinal, após o Timão “desmanchar” quase que por completo o seu time titular, todos esperavam que o Alvinegro rolasse ladeira e tabela abaixo, não é mesmo?

Mas não é bem isso que tem acontecido nas últimas rodadas.

E graças ao ótimo e rápido trabalho de Tite com os jogadores que lhe restaram.

A vítima de hoje do Timão foi a Ponte Preta, em jogo realizado no Itaquerão.

Mas, apesar do placar final em 2 a 0 (gols de Jadson e de Vagner Love), o Corinthians passou um sufoco danado diante da Macaca.

Não fosse o Cássio no segundo tempo…

Entretanto, para a Fiel, o que importa são os três pontos na tabela, que colocaram o Timão ainda mais próximo do G4.

Mas, vejamos quanto tempo dura o fôlego deste desfigurado elenco alvinegro.

Figueirense 3 x 1 Goiás

Ainda às 19h30, o Figueirense recebeu o Goiás na linda Florianópolis e se deu bem.

3 a 1 para o time da casa, que conseguiu se afastar da zona da degola.

Já o Esmeraldino está cada vez mais próximo do Z4.

Fluminense 2 x 1 Santos

Às 21h, Fluminense e Santos se enfrentaram no Maracanã.

Melhor para os cariocas, que venceram pelo placar de 2 a 1, com gols de Fred e de Lucas Gomes .

Ricardo Oliveira descontou para o Peixe.

O problema é que o a equipe da Baixada Santista está cada vez mais próxima do Z4.

E agora, sem Robinho definitivamente, a situação desanima, não é mesmo?

Opine!


Nas redes sociais, Timão cutuca Fla, que retruca chamando a Fiel de “segunda maior torcida do país”! Alvinegro não deixa barato e diz que, na prática, existem mais corintianos que flamenguistas no Brasil! Mas, afinal, quem tem razão e, consequentemente, a maior torcida? E você aprova essas provocações?
Comentários COMENTE

Milton Neves

Um troca de farpas entre o Corinthians e o Flamengo, via redes sociais, deu o que falar nas últimas horas.

Tudo começou com a seguinte postagem do Fla, logo após a derrota para o Vasco da Gama, por 1 a 0.

post 1

Horas mais tarde, o perfil oficial do Corinthians no Facebook publicou a seguinte resposta na página flamenguista, reivindicando a autoria da frase (a Fiel criou uma música com essa frase durante a passagem do Timão pela segundona, em 2008).

post 2

O Rubro-Negro não deixou barato e retrucou com uma foto de Guerrero com a camisa do clube e chamando a Fiel de “a segunda maior torcida do Brasil”.

post 3

Em seguida, o Timão fez questão de lembrar que a sua página no Facebook é a mais curtida dentre os clubes brasileiros, enquanto a do Fla ocupa a segunda colocação.

post 4

E para fechar a noite, o perfil do clube do Parque São Jorge postou: “As pesquisas e a teoria podem até falar que não, mas a prática mostra que a Fiel é a maior do Brasil! Boa noite a corinthianos e flamenguistas. ‪#‎AquiéCorinthians‬”.

Mas, afinal, quem tem razão nesta história toda e, consequentemente, a maior torcida?

E você acha válido esse tipo de provocação?

Ou acredita que essas atitudes possam provocar desentendimentos desnecessários entre torcedores?

Opine!


O Corinthians só virou grande em 1990! A opinião é do jornalista Fábio Sormani e tem causado grande repercussão nas redes sociais! Você concorda com ele?
Comentários COMENTE

Milton Neves

danielFoto: Daniel Augusto Jr.

Os comentaristas do canal Fox Sports andam afiados nos últimos dias…

Depois de Mário Sérgio afirmar que “Messi vive de lampejos”, Fábio Sormani, nesta semana, disse em um dos programas da emissora que o Corinthians só se tornou um time grande em 1990.

Para Sormani, o clube do Parque São Jorge só passou a ter expressão mesmo com os títulos conquistados naquela década.

A declaração, obviamente, causou extrema revolta nas redes sociais, principalmente por parte dos corintianos.

Até Carlos Cereto, editor-chefe do canal SporTV, concorrente da Fox Sports, rebateu o comentário de Fábio Sormani em seu Twitter:

“Um comentarista que diz que um gigante como o Corinthians só se transformou em time grande depois de 90 ou é palhaço ou não sabe de futebol. O que faz a grandeza de um time não são títulos, mas a sua história, aquilo que representa e a relevância de sua torcida”, publicou o jornalista.

Mas, afinal, você concorda com quem nesta discussão toda?

Com Fábio Sormani ou com Carlos Cereto?

Opine!


Bomba! Escutas telefônicas revelam indícios de irregularidade na escolha de Carlos Amarilla para o tão polêmico Corinthians 1 x 1 Boca Juniors, pela Libertadores de 2013! Se ficar comprovada a manobra ilegal, quem vai arcar com o prejuízo alvinegro? Pelo visto, Osmar de Oliveira, que morreu reclamando de Amarilla, tinha razão!
Comentários COMENTE

Milton Neves

amarilla

Foto: Nelson Antoine/AP/retirada do portal UOL

Escutas telefônicas, divulgadas no último domingo pela emissora argentina América TV, prometem abalar ainda mais as já tão combalidas estruturas do futebol sul-americano.

Dentre as 11 conversas reveladas entre dirigentes do continente, uma em especial está dando o que falar aqui no Brasil.

Nela, Julio Grondona, que por 35 anos foi presidente da AFA (Associação de Futebol da Argentina), conversa com Abel Gnecco, representante da AFA no Comissão de Arbitragem da Conmebol.

O teor da conversa leva a crer que houve influência da entidade argentina na escolha do árbitro Carlos Armarilla para partida entre Corinthians e Boca Juniors, válida pelas oitavas de final da Libertadores-2013, no Pacaembu.

“Saiu bem no fim. Ninguém queria a este louco de m…, e o maior reforço que o Boca teve no último ano foi Amarilla”, disse Grondona em um dos trechos revelados pela América TV.

“Gostam aí na Argentina do Amarilla? Olha, se não gostam dele, não sei. Eu gosto, bota ele e deixa de me encher o saco. Para Alarcón (provável referência a Carlos Alarcón, diretor da comissão), me bota o Amarilla e para de encher. Bom, assim foi, o pôs e bom… e saiu bem porque, bom, tem que ser assim…”, disse Gnecco em outro diálogo com Julio Grondona.

Para quem não se lembra, o Corinthians havia perdido a primeira partida, na Bombonera, pelo placar de 1 a 0.

No jogo de volta, no Pacaembu, foi eliminado com o empate em 1 a 1, sendo que Amarilla deixou de marcar dois escandalosos pênaltis para o Timão, além de ter anulado um gol legítimo da equipe da casa.

Agora, os indícios estão aí e a investigação tem que ir até o final, doa a quem doer!

Mas, a pergunta é: se ficar comprovado que houve irregularidade, o que deve acontecer?

Quem vai arcar com o prejuízo alvinegro?

E pensar que o querido Osmar de Oliveira morreu reclamando do árbitro paraguaio.

Pelo jeito, ele tinha razão…

Inclusive, veja abaixo a história que o saudoso Dr. Osmar contou após a eliminação do Corinthians sobre Carlos Amarilla:

E leia AQUI o que comentei, à época, sobre a atuação de Amarilla!

Opine!


Em dia de homenagem e freguesia, Santos vence o Corinthians e Atlético-MG bate o Flamengo
Comentários COMENTE

Milton Neves

1

Santos 1 x 0 Corinthians

Os jogadores do Santos entraram em campo com a imagem do ídolo Zito na camisa.

Com a garra do eterno capitão da Vila, o Peixe não deu espaço ao Corinthians.

Em bela assistência de Rafael Longuine, o artilheiro Ricardo Oliveira abriu o placar logo aos dez minutos de jogo.

O Corinthians não deu trabalho ao goleiro Vladimir na primeira etapa, enquanto o Peixe criou ótimas jogadas.

No segundo tempo, o Corinthians pressionou, mas não adiantou.

Com as expulsões de Rafael Longuine e Fagner, o jogo ficou pegado.

Com o resultado de hoje, o Santos respira na tabela e o Corinthians deixa o G4.

Com a saída de Elano e as possíveis vendas na janela europeia, o Peixe precisa recompor o elenco, pois o campeonato é longo.

Abra o olho Santos!

Flamengo 0 x 2 Atlético-MG

O Flamengo já virou freguês do Galo e no jogo de hoje não foi diferente.

Com gols de Samir (contra) e Lucas Pratto, o Atlético terminou o primeiro tempo vencendo por 2 x 0.

Na segunda etapa, o Galo apenas administrou a vitória.

#GaloCampeãoBrasileiro!

Sport 2 x 1 Vasco

O Leão abriu o placar com André, aquele que se destacou ao lado de Neymar.

Ainda sem vencer no Brasileirão, o Vasco empatou com Riascos.

No segundo tempo não teve jeito, Wendeu marcou o gol da vitória do Sport.

O Leão dorme na liderança, enquanto o Vasco amarga o rebaixamento.

Grêmio 1 x 0 Palmeiras

Dizem que em toda estreia de técnico o time vence.

Com Marcelo Oliveira no Palmeiras não deu certo, o Verdão perdeu para o Grêmio.

Com um belo gol do ex-paulino Maicon, o Tricolor venceu a partida.

Agora, o Grêmio volta a brigar por uma vaga no G4, enquanto o Palmeiras flerta com o rebaixamento.

Jogos do domingo

Pela manhã, às 11 horas:

Cruzeiro 0 x 1 Chapecoense – Eu já sabia, viu? O Cruzeiro este ano é sem dúvidas, o maior fogo de palha do campeonato! Perdeu para a Chapecoense em casa e Luxemburgo não escapou de seu primeiro revés no comando da Raposa. Camilo, ex-jogador do Cruzeiro marcou o gol da vitória e foi o responsável pelo vexame azul no Mineirão.

Nas partidas das 16:00:

São Paulo 1 x 1 Avaí – Mais um joguinho “mixuruca” do Tricolor, que cansou de fazer contra-ataques e desperdiçar o lance no arremate final. E mesmo atrás no placar, o bom Gilson Kleina não desistiu e mandou o time pra frente, conquistando o empate dentro do Morumbi. Mas também, que bobeada do zagueiro são-paulino Tolói, hein? Esse gol tirou o encanto da excepcional partida que fez Renan Ribeiro, provável goleiro substituto de Rogério Ceni.

Atlético-PR 2 x 2 Coritiba – O Furacão não tem mais 100% de aproveitamento na Arena da Baixada neste Brasileirão. E isso se deve ao rival Coritiba. Muito equilibrado, o Atlético-PR quase perdeu. Se não fosse por Edigar Junio aproveitar o vacilo de João Paulo dentro da área, o placar final do clássico Atletiba poderia ser diferente.

Joinville 2 x 1 Goiás – O Joinville venceu sua primeira partida no Brasileirão. E os três pontos somados, jogaram o Vasco para a lanterna do torneio. O nome do jogo foi Kempes, que anotou dois gols virando o jogo que teve o Goiás saindo na frente com gol de Wesley. Embora o tenha perdido, o Esmeraldino merecia ter ganho, pois chegou muito mais ao ataque, mas desperdiçou as oportunidades.

Opine!!!


Prejuízo corintiano com Pato consome toda a grana das vendas de Paulinho e Marquinhos! Que mico, né? E quem perdeu mais: o Timão com Pato ou o Santos com Damião?
Comentários COMENTE

Milton Neves

pato mico

Do Blog do Marcondes Brito

Se Alexandre Pato ganhar a ação que moveu contra o Corinthians, o clube pode acumular um prejuízo total de R$ 90 milhões, é o que informa a ótima reportagem de Dassler Marques, no UOL (veja os cálculos a seguir).

Na ponta do lápis, isso significa que o Corinthians jogou fora, por exemplo, todo o dinheiro arrecadado com as vendas de Paulinho e de Marquinhos – só pra citar dois jogadores que chegaram à seleção brasileira.

Paulinho foi vendido ao Totteham por € 18 milhões (R$ 63,3 milhões). Ressalte-se que os corintianos ficaram com a metade deste valor, já que detinham somente 50% dos direitos econômicos. O restante foi para o Audax-SP.

Marquinhos foi emprestado à Roma-ITA por € 1,5 milhão (R$ 5,2 milhões), com o preço total fixado em mais € 3,5 milhões (R$ 12,3 milhões). Somando tudo – ainda que boa parte da grana não tenha entrado nos cofres do Timão – daria aproximadamente R$ 80 milhões.

Ou seja, a contratação de Alexandre Pato, anunciada com pompas e circunstâncias no dia 3 de janeiro de 2013, foi o pior negócio de toda a história centenária do Sport Club Corinthians Paulista.

O PREJUÍZO NA PONTA DO LÁPIS

> R$ 40 milhões – para o Milan na compra de 60% de direitos econômicos

> R$ 4 milhões – impostos pela transferência para o Milan*

> R$ 9,6 milhões em 2013 – salários e direitos de imagem do primeiro ano de contrato

> R$ 5,6 milhões em 2014 – dois salários e 12 meses de direitos de imagem do segundo ano de contrato

> R$ 4,8 milhões em 2015 – direitos de imagem do terceiro ano de contrato

> R$ 9,6 milhões em 2016 – salários e direitos de imagem do quarto ano de contrato

> R$ 4,160 milhões – comissões de 10% sobre salários e direitos de imagem ao empresário Gilmar Veloz

> R$ 10,080 milhões – férias, 13º salário e impostos sobre salários referentes aos quatro anos de contrato

> R$ 2,469 milhões – encargos trabalhistas solicitados por Pato em processo

> Valor total: R$ 90,180 milhões

Obs.: Dois terços dos impostos foram pagos pelo Tottenham na compra de Paulinho. No acordo firmado entre Corinthians e Milan, coube ao clube inglês repassar cerca de R$ 26 milhões da compra do volante diretamente ao clube italiano, além dos impostos respectivos.

E quem será que perdeu mais: o Timão com Pato ou o Santos com Damião?

Opine!


Estudo aponta que o SPFC superou o Corinthians entre os clubes mais valiosos do mundo! Você concorda?
Comentários COMENTE

Milton Neves

charge spfc

Um estudo realizado pela consultoria Brand Finance e divulgado pela CNN apontou que o Corinthians já não é o clube mais valioso do Brasil.

Na lista dos 50 clubes com maior valor de mercado do mundo, o Timão, agora o 48º, foi ultrapassado pelo rival São Paulo, que ocupa o 43º lugar.

Na edição passada, o Alvinegro aparecia em 36º, enquanto o Tricolor era o 48º.

Em 2013, em estudo realizado após a conquista do Mundial corintiano, o clube do Parque São Jorge apareceu na 19ª colocação.

Corinthians e São Paulo são os únicos sul-americanos da lista, que tem o Manchester United como o primeiro colocado, seguido pelo Bayern de Munique, pelo Real Madrid, pelo Manchester City, pelo Chelsea e pelo Barcelona.

Confira abaixo o ranking da consultoria Brand Finance:

1 Manchester United – US$ 1,2 bi (R$ 3,7 bi)

2 Bayern de Munique – US$ 933 milhões (R$ 2,9 bi)

3 Real Madrid – US$ 873 milhões (R$ 2,7 bi)

4 Manchester City – US$ 800 milhões (R$ 2,5 bi)

5 Chelsea – US$ 795 milhões ( R$ 2,4 bi)

6 Barcelona – US$ 773 milhões (R$ 2,4 bi)

7 Arsenal – US$ 703 milhões (R$ 2,2 bi)

8 Liverpool – US$ 577 milhões (R$ 1,8 bi)

9 PSG – US$ 541 milhões (R$ 1,7 bi)

10 Tottenham – US$ 360 milhões (R$ 1,12 bi)

11 Juventus – US$ 350 milhões (R$ 1,09 bi)

12 Borussia – US$ 326 milhões (R$ 1,02 bi)

13 Schalke 04 – US$ 302 milhões (R$ 944 mi)

14 Milan – US$ 244 milhões (R$ 763 mi)

15 Everton – US$ 228 milhões (R$ 713 mi)

43 São Paulo – US$ 95 milhões (R$ 296 mi)

48 Corinthians – US$ 79 milhões (R$ 247 mi)

Opine!


Com dificuldade, Corinthians derrota o lanterna Joinville. São Paulo vence e Osório estreia com pé direito
Comentários COMENTE

Milton Neves

622_a0231755-2a16-3f89-ada2-62df63dfcccf

O Joinville começou melhor, teve algumas chances, mas não aproveitou.

Quem não faz, toma. Com um lindo chute do meio-campista Jadson, o Corinthians abriu o placar.

Após o gol, o Timão se soltou e mostrou um melhor futebol.

Já o time de Santa Catarina, que ainda não venceu no campeonato, teve que se expor.

Na segunda etapa o Joinville teve algumas chances, principalmente com o veterano Marcelinho Paraíba, mas não aproveitou.

Vitória sofrida do Timão!

Corinthians, é preciso recompor o elenco, o campeonato é longo!

 São Paulo 2 x 0 Grêmio: o colombiano Osorio estreou no São Paulo com o pé direito.

O técnico foi a campo com Luis Fabio no lugar de Pato e deu certo, o camisa 9 marcou um gol.

Na segunda etapa, o capitão Rogério Ceni, de pênalti, também deixou o seu.

O São Paulo dorme na vice-liderança do campeonato e torce por um tropeço do Sport, para permanecer atrás do Atlético-PR.

Atlético-PR 2 x 0 Vasco: Que fase, hein Vasco?

O Gigante da Colina visitou o líder do campeonato e perdeu mais um jogo.

De pênalti, Nikão marcou o primeiro gol e Ytalo definiu o placar.

O Furacão está com a corda toda!

Atlético-MG 1 x 3 Cruzeiro: a rodada nem acabou e já tem a sua maior zebra.

O Galo começou vencendo, como de costume, mas levou uma virada atípica de seu rival.

Esta derrota não atrapalha o caminho do Galo rumo ao título do Brasileirão.

Santos 2 x 2 Ponte Preta: que falta faz o Robinho hein?

O Peixe voltou a tropeçar, só venceu um jogo no campeonato.

Abre o olho Marcelo Fernandes!

Flamengo 1 x 0 Chapecoense: o Mengão venceu a primeira partida no campeonato.

Agora vai? O time do Rio Janeiro segue na busca de um camisa 10.

Foto: UOL


Com viradas incríveis, São Paulo vence Santos no Morumbi. No Rio, Ponte Preta atropela Vasco da Gama. No Sul, Grêmio afunda Corinthians na crise!
Comentários COMENTE

Milton Neves

6c8d52f5-5684-3d56-b497-ab907ecd12c7

O clássico no Morumbi dava um ar de modorrento, mas as falhas dos goleiros mudaram a história da partida.

Michel Bastos abriu o placar em uma forte batida de falta rasteira, que o goleiro Vladimir facilmente aceitou em seu canto.

Já nos acréscimos, Ricardo Oliveira bateu um pênalti contra Rogério Ceni (que se adiantou cinco metros) o goleiro defendeu, mas no rebote o matador marcou o gol.

No segundo tempo, em belo lançamento de Lucas Lima, Ricardo Oliveira virou o jogo em uma grande falha de Rogério Ceni.

Sem tempo para comemorar, o Santos cedeu o empate.

Paulo Miranda subiu no terceiro andar e marcou de cabeça.

Daniel Guedes derrubou Carlinhos na área e o árbitro marcou pênalti para o São Paulo. Rogério bateu e marcou.

Com a vitória, o Tricolor dorme no G4, já o Peixe continua no meio da tabela.

Santos, não adianta só renovar com o Robinho, para almejar glórias no Brasileirão é preciso ter um elenco competitivo!

Grêmio 3 x 1 Corinthians: o Tricolor incorporou a avalanche da torcida e atropelou o Corinthians. Com quatro minutos do primeiro tempo estava 2 x 0 para os gaúchos.

Giuliano e Marcelo Oliveira marcaram para o Grêmio, Mendoza até diminuiu para o Timão, mas Luan sacramentou a vitória do Tricolor e a crise no Corinthians.

E agora, Timão?

Com todo mundo indo embora, como o Tite vai ter uma equipe?

Cruzeiro 1 x 0 Flamengo: Vanderlei Luxemburgo se vingou do Flamengo, clube que ele conhece como ninguém. O zagueiro Manoel marcou o único gol da partida em uma cabeçada certeira.

Avaí 1 x 4 Atlético-MG: o Galo visitou o Avaí e mostrou que vai brigar pelo título. Com gols de Carlos (2), Antônio Carlos (contra) e Lucas Pratto, o Atlético venceu a partida. André Lima descontou para o time de Santa Catarina.

Vasco 0 x 3 Ponte Preta: a Ponte não tomou conhecimento do Vasco e marcou apenas três gols por milagre. Com Diego Oliveira, Tiago Alves e Borges, a Macaca venceu e convenceu no Rio de Janeiro.

Atlético-PR 1 x 0 Figueirense: com belo passe do atacante Walter, Nikão marcou o único gol da partida. Que fase hein Fucarão?

Chapecoense 2 x 0 Joinville: na Arena Condá, a Chapecoense fez 2 a 0 no Joinville – gols de Ananias e Bruno Silva. Tricolor, cuidado com o rebaixamento!


Palmeiras passeia na Arena Corinthians e derrota Timão; Inter não sai do zero contra o São Paulo; Galo goleia o Vasco; Goiás empata com o Grêmio; Flu vence e afunda Fla; e Figueirense derrota o Cruzeiro!
Comentários COMENTE

Milton Neves

1

O primeiro tempo de Corinthians e Palmeiras, na Arena Corinthians, foi marcado pela superioridade alviverde.

Foi nítida a falta que Elias, fora do clássico devido convocação à Seleção, fez ao time do Parque São Jorge.

Enfraquecido e vulnerável, o Timão perdeu controle do seu meio-campo e viu o Verdão passear pelo setor, o que facilitou os dois gols anotados mesmo sem ter um “homem-gol” no ataque.

Se engana quem pense, que as coisas mudariam após o intervalo. Sem deixar o ritmo cair, o Palmeiras pressionou o rival exigindo que Cássio trabalhasse bastante.

Que dia para o time corintiano, hein?

Tudo desorganizado!

O estrategista Tite foi “engolido” e “anulado” pelo surpreendente Oswaldo. Pois foram raras as chances de gol do Corinthians, que já sofre com as ausências de Guerrero e Sheik.

Nem o “carrasco” Danilo afastou a péssima fase corintiana.

E eu que pensava que o Timão reeditaria a virada histórica de 1971, quando bateu por 4 a 3 o rival em uma tarde fria no Morumbi.

Desse jeito e com essa “bolinha”, o Corinthians vai acabar sendo rebaixado!

Oswaldo de Oliveira ganhou sobrevida no Palmeiras e deve isto a Valdivia, que jogou muito.

Já Tite, pode estar correndo algum risco de cair?

Estaria o Alvinegro entrando em uma crise?

Internacional 0 x 0 São Paulo

Na despedida de Milton Cruz, Inter e São Paulo fizeram um primeiro tempo de boa movimentação, mas de poucas chances.

Na volta do intervalo, o Tricolor caiu de produção e assistiu Rogério Ceni fazer inúmeras defesas, salvando a equipe da derrota.

Luis Fabiano mais uma vez não brilhou. Mostrou pouca disposição em campo e deixou a desejar.

Será que o Fabuloso está com a cabeça no Orlando City?

Atlético-MG 3 x 0 Vasco da Gama

Dessa vez não deu para o bom técnico Doriva.

A ideia de marcar o Atlético-MG no campo de ataque foi boa, mas não deu muito certo.

Com apenas um volante em campo, os mineiros abusaram dos contra-ataques velozes e descidas com muita movimentação, colocando os cariocas na roda.

Em apenas 45 minutos, o meu “Galo Mais Lindo do Mundo” matou o jogo e goleou o Vasco.

Goiás 1 x 1 Grêmio

Compacto, ofensivo e diferente do que até então havia sido apresentado no Brasileirão com Felipão, o Grêmio foi outro time contra o Goiás.

Foram inúmeras as chances de gol do time gaúcho, que viu secar as oportunidades no segundo tempo.

Convicto de que poderia mudar o resultado final, o técnico Hélio dos Anjos mudou o esquema do Goiás e chegou ao empate. Por pouco, não conseguiu a vitória.

Nas partidas das 18:30:

Flamengo 2 x 3 Fluminense

Com um início de jogo truncado e de pouca inspiração, o único lance que empolgou foi um pênalti polêmico marcado pelo árbitro Sandro Meira Ricci à favor do Flu.

A penalidade convertida desestabilizou o Mengão, que segue sem vencer no Campeonato Brasileiro e agora está na Zona de Rebaixamento.

O Tricolor Carioca não teve vida fácil e segurou a pressão do Rubro-Negro, que acordou tarde demais.

Com a torcida empolgada pela contratação de Guerrero e estreia do técnico Cristóvão Borges, foi Fred quem deu as cartas.

Após seu segundo gol, ele virou o maior artilheiro da competição e superou o veterano Paulo Baier com ótima vitória sobre o rival.

Figueirense 2 x 1 Cruzeiro – A má fase do Cruzeiro parece não ter fim, porque mesmo superior ao Figueirense e com chances reais de gol, foi o adversário quem abriu o marcador e sacramentou a derrota celeste. O atual bicampeão brasileiro chegou a diminuir, mas o tento foi insuficiente.

Pela manhã, às 11 horas:

Santos 2 x 2 Sport – De tanto o Santos abusar das oportunidades, com a falta de pontaria de seus homens de frente, o Sport cresceu e equilibrou o duelo. O golaço de Robinho que abriu o placar, após rebote do impedimento não marcado de Ricardo Oliveira, foi insuficiente para dar a vitória ao Peixe, que ainda pecou no último lance contra os inspirados pernambucanos.

Opine!!!