publicidade

Blog do Milton Neves

Categoria : Corinthians

Com mais uma vitória suada, Corinthians segue 100% no Paulistão! Com apito e sorte, Palmeiras arranca empate do São Bento nos acréscimos!
Comentários COMENTE

Milton Neves

uendel-abre-o-placar-para-o-corinthians-contra-o-audax-no-campeoanto-paulista-1454624833868_615x300

Audax 0 x 1 Corinthians

Mesmo com todo o desmanche, com todo o desânimo, com toda desconfiança, o Corinthians vai levando.

Mais uma vitória para o Timão nesta quente noite de quinta-feira, desta vez contra o Audax, em Osasco.

E, como contra o XV, mais um triunfo em 1 a 0 sem nenhum brilho.

Mas até que é normal, não é verdade?

Afinal, Tite está tendo que matar um leão por dia para organizar os poucos jogadores que sobraram e também as pouquíssimas peças de reposição que a diretoria tem contratado.

Pelo menos, até agora, a equipe do Parque São Jorge não perdeu em partidas oficiais, o que já é grande coisa!

O único gol do duelo diante do time de Osasco foi marcado por Uendel, lateral que em algumas partidas do ano passado também se aventurou como goleiro, lembram?

Mas, vamos aguardar, porque para pelo menos passar pela fase de grupos o Timão vai ter que evoluir MUITO!

Concordam?

Palmeiras 2 x 2 São Bento

Xiiii…

E não é que o Palmeiras, em casa, já ia pagando o primeiro mico do ano diante do São Bento?

Se cuida, Marcelo Oliveira, porque se o time não engrenar, não vão pensar duas vezes em te mandar embora, hein?

No Pacaembu, o Verdão buscou o empate diante da equipe de Sorocaba nos acréscimos, com Vitor Hugo.

Mas, verdade seja dita, o São Bento foi garfado pela arbitragem.

Afinal, o time do interior balançou as redes de maneira legal por três vezes, mas só teve dois gols validados.

Até quando os “homens de preto” seguirão protegendo os grandes?

Uma vergonha!

Opine!


Para crítico de TV, audiência da final da Copinha dá mais força contra as cotas iguais na TV! Você concorda?
Comentários COMENTE

Milton Neves

torcidas

Crítico do UOL e colunista da Folha de S.Paulo, o carioca Mauricio Stycer publicou na manhã desta quarta-feira um interessante artigo sobre a desigualdade nas cotas de TV no futebol brasileiro.

Para ele, a ótima audiência registrada na decisão da Copa São Paulo, entre Corinthians e Flamengo, dá força para que para que os clubes mais populares do País sigam brigando por valores superiores aos dos rivais.

Leia abaixo a análise de Stycer:

Audiência da decisão da Copinha dá mais força contra as cotas iguais na TV

Mauricio Stycer
Crítico do UOL

Os números consolidados do Ibope da final da Copa São Paulo de juniores, divulgados nesta terça-feira (26), confirmam a audiência extraordinária registrada pela Globo com a transmissão de Corinthians e Flamengo.

Em São Paulo, a emissora marcou 15 pontos, um crescimento de 8 pontos (ou 114%) em relação à média no horário nas últimas quatro segundas-feiras. No Rio, o jogo deu 14 pontos, um aumento de 4 pontos (ou 40%) em relação à audiência do horário (“Bem Estar”, “Encontro com Fátima Bernardes” e parte do noticiário local).

O fato de a partida envolver os times com maior torcida no país certamente contribuiu para esta audiência. Em 2014, exibindo Corinthians x Santos, a Globo registrou média de 11 pontos em São Paulo. No ano seguinte, com Corinthians x Botafogo (SP), a audiência foi de 12 pontos.

A audiência da final da Copinha coloca mais lenha numa fogueira polêmica: a divisão dos direitos de transmissão pagos pela Globo aos clubes. No momento em que vários deles reivindicam uma distribuição mais equitativa, Corinthians e Flamengo encontram no Ibope de segunda-feira um argumento em defesa da ideia de que os times que têm maior torcida e dão mais audiência merecem ganhar mais.

Desde a implosão do Clube dos 13, em 2011, a Globo passou a negociar com cada clube individualmente, e não mais em bloco, como ocorria. Esse procedimento beneficiou justamente Corinthians e Flamengo, aumentando a distância da cota que recebem dos valores dos demais.

Os contratos individuais levam em conta a audiência que os clubes proporcionam e a venda de pacotes de “pay per view” (ao adquiri-lo, o cliente revela para que time torce).

O modelo inglês é sempre citado nestas discussões. Na Premier League, a distribuição de direitos obedece a três critérios: 50% do total é igual para todos os clubes, 25% segue a colocação da equipe na temporada anterior e 25% é de acordo com a audiência.

Para diminuir a diferença que os separa de Flamengo e Corinthians, os outros clubes falam da necessidade, primeiro, de a Globo exibir as partidas de forma mais equilibrada. O blog do Rodrigo Mattos mostrou no UOL Esporte que o Palmeiras, em 2015, foi o grande clube paulista que menos teve jogos transmitidos pela Globo apesar de ter se classificado para duas finais do Paulista e da Copa do Brasil.

Se a Globo expõe menos um determinado clube, é natural que ele tenha menos audiência que outro visto com maior frequência. Por outro lado, a emissora tem números para mostrar que alguns times produzem resultados no Ibope melhores do que outros. Foi o que aconteceu, mais uma vez, na final da Copinha.
______________________________________________________________________________
O que você pensa sobre o assunto?

Opine!


Fim da novela: por empréstimo, Pato jogará em 2016 pelo Chelsea! A milionária contratação do atacante pelo Corinthians foi o maior mico da história do futebol brasileiro?
Comentários COMENTE

Milton Neves

pato che

Chegou ao fim uma das novelas mais chatas da história do futebol brasileiro.

Enfim, Chelsea e Corinthians entraram em um acordo e, por empréstimo, Alexandre Pato reforçará o time inglês até julho de 2016.

Com isso, o Timão ainda não conseguiu recuperar o valor milionário (R$ 40,5 milhões) que gastou para contratá-lo, em 2013.

Mas, só de salários, economizará quase R$ 5 milhões.

Já é alguma coisa, né?

E vale lembrar ainda que emprestando o jogador ao São Paulo, o Alvinegro recebeu o meia Jadson, que além de ter jogado muita bola, rendeu R$ 6,3 milhões ao Timão com sua venda para a China.

Levando em consideração tudo isso, responda: a milionária contratação de Alexandre Pato pelo Corinthians foi o maior mico da história do futebol brasileiro?

Opine!


O “Apitinho-Amigo” bem que tentou, mas, nos pênaltis, o Corinthians deixou escapar o título da Copinha para o Flamengo! “E o Milton Neves acertou na mosca” (Ricardo Boechat)
Comentários COMENTE

Milton Neves

cor x fla

Os cariocas roubaram a cena no aniversário de 462 anos da cidade de São Paulo!

O “Apitinho-Amigo” bem que tentou dar aquela força para o Corinthians, ao anular um gol legal do Flamengo no começo do segundo tempo.

Mas, mesmo assim, o Rubro-Negro conseguiu levar a partida para os pênaltis e, após seis cobranças de cada lado, conquistou o caneco.

E não é que eu acertei meu palpite?

Afinal, falei nos últimos dias em todas as rádios do Grupo Bandeirantes que daria Fla nas cobranças de penalidades!

E Ricardo Boechat não levou fé na minha previsão…

Tristeza para a torcida corintiana, que lotou o Pacaembu na esperança de conquistar neste ano o torneio pela 10ª vez.

Mas, honestamente, fazer essa boa molecada da base vingar no profissional valeria muito mais do que um troféu no Parque São Jorge, não é verdade?

E reza a lenda que quando o Corinthians não vence a Copinha, é sinal de que o ano também não será dos melhores para a equipe principal.

Será?

E parabéns ao Flamengo, três vezes campeão da Copa São Paulo.

Mas que também fiquem de olho na molecada, para no futuro não ter que gastar milhões para contratar um mico como Paolo Guerrero.

Afinal, não dizem na Gávea que “craque o Flamengo faz em casa”?

Opine!


Praga de corintiano? Guerrero segue sendo um grande mico no Flamengo! O que será que está acontecendo com o peruano?
Comentários COMENTE

Milton Neves

guerrero flaaaaa

Em agosto de 2015, quando o Flamengo pagou cerca de R$ 40 milhões para “roubar” Guerrero do Corinthians, o atacante era considerado o melhor centroavante em atividade na América do Sul.

Mas, de lá para cá…

Parece inacreditável, mas o jogador que balançava as redes com tanta facilidade pelo Timão anotou apenas quatro tentos em 20 partidas pelo Rubro-Negro.

Para piorar, a última vez que Guerrero marcou um gol foi em 23 de agosto de 2015, quando da vitória do Fla sobre o São Paulo por 2 a 1.

Na tarde deste domingo, o peruano até deu uma assistência na derrota do Flamengo para o Santa Cruz, por 3 a 1, mas nada de balançar as redes.

Será que é praga de corintiano?

Afinal, Guerrero deixou o Timão completamente pela porta dos fundos.

E tem até uma ótima piadinha rolando pelas redes sociais:

“Guerrero não mentiu quando disse que no Brasil só jogava pelo Corinthians”.

Até agora, ele só jogou MESMO pelo Timão.

Opine!


Futebol chinês é tão indispensável quanto cinzeiro na moto
Comentários COMENTE

Milton Neves

Jadson-Renato-Augusto-UOL

Foto: UOL

Sim, é o tal “pé de meia”.

“Vou para a China que nunca mais fico pobre”, é o lema dos boleiros de hoje.

Sei disso.

Mas sei não.

Tecnicamente correm sério risco de empobrecimento.

A China é boa para os treinadores, aqueles que são como dono de sauna: “vivem do suor alheio”.

Com ou sem mercado por aqui, eles também descobriram o novo Eldorado.

Só que alguns boleiros voltarão mais cedo “porque a família não se adaptou”.

Um retorno tipo brasileiro devolvendo casa e apartamento em Orlando e Miami pela força da atual goleada do dólar no real.

Lá nos EUA, o país líder também no crédito, tudo parece tão simples e fácil de comprar.

Mas você precisa em seu país ter base, estrutura e disponibilidade financeiras para se precaver.

Sem isso, tem muito “brazuca” atualmente perdendo a entrada e devolvendo o seu imóvel comprado na planta na Flórida.

Sugiro, mais uma vez quando de compras, o lema-padrão de meus amigos judeus: “Nada de prazo, prazo não presta porque prazo vence! Exija desconto!”.

Mas está rolando sim muito dinheiro na rica China.

Só que a bola dos chineses sempre será murcha.

Se mudar, será lá pelos anos 2.824 ou 2.917.

Jogasse ou treinasse, também iria, deixemos de hipocrisia.

Mas, talvez, numa daquela do sujeito que tinha uma espingarda de cano torto “para matar veado além da curva”, no velho jargão do mato, tenho um outro prisma de olhar para este tsunami chinês no futebol brasileiro.

Jogadores e treinadores ricos de repente e dirigentes esportivos brasileiros tão pobres na competência!

Sim, esse é o legado chinês que escancarou a verdade de nosso futebol: bom no campo e arcaico na direção.

Ficou claro, na prática, o tanto que o cartola brasileiro está desantenado com o futebol moderno e profissional mundo afora.

Com multas contratuais baixas, talvez por força do pagamento de salários proporcionais, dirigentes como Roberto de Andrade do Corinthians foram pegos no contrapé.

Desde Pedro Álvares Cabral que a imprensa critica os políticos de todos os cleros e os cartolas esportivos.

Mas agora, com os chineses invadindo o Brasil, eles estão a descoberto e sendo fulminados pelo lema dos “comunistas financeiros” de Pequim: “Se a multa é baixa, a gente leva!”.

Acordem, cartolas!

Vamos fazer Madureza, Mobral Esportivo ou aprendizado a distância, cartolas brasileiros!

Fossem profissionais e não simplórios ou deslumbrados, mesmo apaixonados, Dinamite, Eurico, Laor, Odílio, Patrícia Amorim, Mário Gobbi, Carlos Miguel Aidar e outros teriam produzido muito mais à frente de seus clubes de coração.

Agora é se reciclar e não ser pego mais de calças curtas.

Afinal, não é todo mundo que tem a grana verde de Paulo Nobre, que compra quem quer e não vende ninguém.

Nem para a China, o cemitério da bola!

Mas, quando a bolha chinesa passar, não fará falta.

Como cinzeiro a bordo nas motocicletas do mundo.

OPINE!!!


Tite prova que consegue tirar mais leite de pedra no Timão; São Paulo mostra nova postura diante do Cerro; e Palmeiras, pelo visto, brigará por muitos títulos em 2016!
Comentários COMENTE

Milton Neves

blog amist

Corinthians 3 x 2 Shakhtar

Xiiii… Será que os chineses agora vão querer também tirar o Romero do Corinthians?

Afinal, o paraguaio fez uma ótima partida diante do Shakhtar, da Ucrânia, em duelo válido pela Flórida Cup e vencido pelos paulistas pelo placar de 3 a 2.

Mas, brincadeiras à parte, ninguém esperava essa até que bela apresentação do desfalcadíssimo Timão diante dos europeus, não é verdade?

É a prova de que Tite ainda vai conseguir tirar mais um pouco de leite de pedra na equipe do Parque São Jorge.

Mas uma hora essa pedra vai secar, não é mesmo?

Então é bom que a diretoria também colabore e traga nomes de peso para que o técnico possa fazer o time render pelo menos perto do que rendeu no ano passado.

Caso contrário, ficará muito difícil…

São Paulo 1 x 0 Cerro Porteño

No Paraguai, o São Paulo realizou amistoso diante do Cerro Porteño e causou boa impressão.

E isso não só pelo golaço da vitória, marcado por Thiago Mendes após um belo chute de fora da área.

Mas também pela garra apresentada em campo, algo tão cobrado pelos torcedores são-paulinos há tempos.

Diego Lugano não jogou, mas deve ter ficado feliz com a entrega de seus companheiros.

Já será o “Efeito Bauza”?

Palmeiras 2 x 0 Libertad

E o Palmeiras foi outro que causou uma ótima impressão em sua primeira partida do ano, que aconteceu no Uruguai, diante do Libertad-PAR, em duelo válido por torneio que ainda conta com os locais Nacional e Peñarol.

O Verdão pode não ter começado bem o jogo,o que é completamente normal, tendo em vista que eram os primeiros minutos de bola rolando dos atletas palestrinos em 2016.

Mas, no segundo tempo, Marcelo Oliveira mexeu na equipe e se deu muito bem.

Os reservas Allione e Moisés acabaram marcando os gols do triunfo alviverde.

E é exatamente isso que faz do ano palmeirense promissor: além de ter um time competente, o Palmeiras tem ainda peças no banco que podem entrar e resolver.

O time de Marcelo Oliveira vai dar o que falar!

Opine!


Viva a zebra, o combustível da paixão pelo futebol!
Comentários COMENTE

Milton Neves

Goiano's Wendell Lira of Brazil reacts after receiving the Puskas Award for Best Goal during the FIFA Ballon d'Or 2015 ceremony in Zurich, Switzerland, January 11, 2016. REUTERS/Arnd Wiegmann

Você conhece a origem da expressão “deu zebra”?

Explica o professor Ari Riboldi, em seu livro “O Bode Expiatório”, que o nome do simpático animal virou sinônimo de um resultado inesperado no popular Jogo do Bicho.

Isso pelo fato de a zebra não fazer parte do grupo de 25 animais que emprestam seus nomes a essa loteria ilegal.

Logo, quando de uma surpresa no sorteio do Bicho, os apostadores costumavam comentar: “Xiii, deu zebra…”.

E não é que a tal zebra decidiu passear por Zurique, maior cidade da Suíça, durante a cerimônia de entrega da Bola de Ouro da Fifa?

No anúncio do “Prêmio Puskas”, que é entregue ao autor do gol mais bonito do ano, foi sensacional ver a cara de espanto da “gringaiada” ao ouvir que o vencedor era o desconhecido brasileiro Wendell Lira, e não Lionel Messi, sempre favoritíssimo em tudo que concorre.

Só não foi mais sensacional do que o discurso do modesto jogador, agora do Vila Nova-GO.

E como ver e não chorar com a vitória, com o sotaque caipira, com o teor e com a perfeita analogia da mensagem de Wendell ao receber seu merecido prêmio?

E vocês repararam no olhar de carinho, emoção, torcida e orgulho de Kaká enquanto o goiano fazia seu doce agradecimento?

Definitivamente, foi um dos dias mais marcantes do futebol mundial nos últimos tempos, apesar de ser um acontecimento extracampo.

Isso pelo fato de a zebra, grande motivo de o esporte bretão ser tão apaixonante, estar sendo extinta do mundo da bola pelos detestáveis “pontozzz corridozzz”.

Então, quando o imponderável aparece, algo raro hoje em dia, mesmo que em uma premiação, acaba chamando a atenção de torcedores mundo afora.

Pena que os nossos cartolas ainda não sacaram isso e seguem insistindo no insosso sistema de pontos corridos, que é completamente blindado contra ataques de zebras.

Paciência…

E por falar em zebra, o Corinthians, tão temido no final do ano passado, mas que agora se tornou um verdadeiro leão banguela por conta do desmanche em seu elenco, entra em campo domingo (17) contra o Galo, pela Flórida Cup, como grande azarão.

O Atlético, que já enfiou uma “sacolada” no Schalke 04 lá nos Estados Unidos, tem tudo para devolver aquela dolorosa derrota para Timão no segundo turno do Brasileirão-2015.

E com juros e correção monetária, hein?

Desta vez a zebra, o grande combustível da paixão pelo futebol, não dará as caras.

Aposto em 5 a 1 para o Galo de Diego Aguirre, que ainda vai pedir para o time tirar o pé no segundo tempo.

Podem anotar!

Foto: UOL


Há 16 anos, o Corinthians ganhava o seu primeiro “meio” Mundial de Clubes. Convidado por sua força de ibope e de torcida, acabou vencendo pela metade seu primeiro grande título internacional. E viva o Corinthians, 1,5 vezes campeão mundial de futebol!
Comentários COMENTE

Milton Neves

Rincon

Foto: Revista Placar

Hoje faz 16 anos que o Sport Club Corinthians Paulista conquistou o seu primeiro “meio” Mundial de Clubes da Fifa.

E digo isso, claro, porque o Timão não merecia minimamente ter participado daquela competição, realizada em 2000.

Em campo, ganhou na bola, é verdade!

Mas e a Libertadores da América, requisito para ingressar em todas as edições anteriores do Mundial?

O Timão foi convidado pela Fifa pela sua força de ibope e de torcida. E só!

Aquele papo de “a entidade chamou o atual campeão do país sede” é balela.

O Palmeiras, que conquistou a Libertadores de 1999, era quem merecia ter participado da competição ao lado do Vasco (campeão da Libertadores-98), do Real Madrid (campeão da Liga dos Campeões-97/98), do Manchester United (campeão da Liga dos Campeões-98/99), do Al-Nassr (campeão da Supercopa da Ásia-98), do Raja Casablanca (campeão da Liga dos Campeões da CAF-99), do Necaxa (campeão da Liga dos Campeões da CONCACAF-98/99) e do South Melbourne (campeão da Liga dos Campeões da OFC-98/99).

E outra, onde já se viu uma decisão de Mundial com… DOIS TIMES DO MESMO PAÍS???

Por essas e outras, corintianos, não continuem dizendo de peito aberto por aí que vocês são bi-mundiais.

O Timão é, no máximo, uma vez e meia campeão mundial de futebol.

Opine!


Corinthians sofre, mas bate o Guarani e avança na Copinha! E qual jogador Tite poderia promover para a desfalcada equipe principal do Timão?
Comentários COMENTE

Milton Neves

post timaozinho

Corinthians 2 x 1 Guarani

Em Limeira, pela deliciosa Copinha, o Timão sofreu, mas conseguiu passar pelo Guarani e enfrentará o Internacional na próxima fase do tradicional torneio de juniores.

O Corinthians começou o jogo de maneira arrasadora, abrindo 2 a 0 com 26 minutos de partida, com gols de Léo Santos e Maycon.

Mas, no fim da etapa inicial, o Bugre diminuiu com João Vittor e jogou pressão para cima da equipe do Parque São Jorge.

Mas o “Timãozinho” conseguiu segurar o resultado no segundo tempo e garantiu a classificação.

Mas, e aí, que jogador Tite poderia aproveitar para o time principal do Corinthians, tão desfalcado pelos chineses?

Léo Jaba, Léo Príncipe, Gustavo Tocantins, Maycon e Matheus Pereira são bons nomes, concordam?

Opine!