publicidade

Blog do Milton Neves

Categoria : Corinthians

Deu o óbvio no Itaquerão: Corinthians perde a cabeça, é derrotado novamente pelo fraquíssimo Guaraní e está fora da Libertadores. Mas, se serve de consolo, ninguém tira o troféu “Cavalo Paraguaio-2015” do Parque São Jorge! Galo luta, mas perde do Inter no Beira-Rio!
Comentários COMENTE

Milton Neves

cavalo

Corinthians 0 x 1 Guaraní

Corintianos, sejamos francos: ninguém esperava que o Corinthians pudesse reverter a vantagem do Guaraní-PAR e avançar na Libertadores.

Por isso, podemos dizer que deu o óbvio no Itaquerão, com a equipe visitante saindo com a classificação.

Mas todos esperavam que o Timão pelo menos conseguisse dar um pouco de esperança ao seu torcedor, marcando um ou outro golzinho e sufocando o adversário.

Nada disso…

O Corinthians, desde o primeiro minuto de partida, esteve completamente perdido em campo, atacando de forma desordenada e cometendo faltas completamente desnecessárias.

Infrações tão desnecessárias que Fábio Santos e Jadson, dois dos jogadores mais experientes da equipe, acabaram expulsos de campo.

Vergonhoso…

Por conta de todo esse descontrole, o Timão não conseguiu balançar as redes paraguaias e ainda acabou levando um gol nos acréscimos, anotado por Fernando Fernández, que martelou o último prego no caixão alvinegro.

Mas, não fiquem tristes, corintianos.

Se serve de consolo, saibam que ninguém será capaz de tirar o troféu “Cavalo Paraguaio-2015” do Parque São Jorge.

Internacional 3 x 1 Atlético-MG

E se no Itaquerão deu o óbvio, a zebra fez questão de passear no Beira-Rio.

O Inter, contando com uma sorte de outro mundo, conseguiu bater o Galo pelo placar de 3 a 1 e avançou às quartas da Libertadores.

Tem hora que o santo cansa de fazer milagres, né?

Mas bola para frente, atleticanos.

A equipe é boa e tem muita chance de levar esse Brasileirão, que só conta com time fraquinho fraquinho…

Opine!


Boicote da Globo e da CBF ao Allianz Parque deve complicar ainda mais a vida do Corinthians. Afinal, quem vai querer batizar o Itaquerão sabendo que terá seu nome constantemente censurado pela emissora e pela entidade?
Comentários COMENTE

Milton Neves

allianz

Foto: Guilherme Palenzuela/UOL

O assunto bombou durante o final de semana.

Antes da partida entre Palmeiras e Atlético-MG, uma empresa contratada pela CBF, sem mais nem menos, cobriu a placa que mostrava o nome do estádio palmeirense, o Allianz Parque.

Entendo que foi um belo tiro no pé, pois a censura acabou dando ainda mais visibilidade para a marca que batizou a arena verde.

No entanto, vejo que tal atitude, somada ao boicote da Globo, que insiste em chamar o estádio de Arena Palmeiras, pode dificultar ainda mais a vida do Corinthians, que tenta há “séculos” vender os naming rights do Itaquerão.

Afinal, a censura da emissora e da entidade que comanda o futebol brasileiro, por mais que cause muita repercussão, passa a impressão de que o patrocínio se dá de uma maneira ilegal.

Isso deve afugentar ainda mais as empresas que tinham a intenção de batizar o Itaquerão.

Pobre Corinthians…

Cada dia que passa, o sonho da casa própria vai se tornando um mico ainda maior para o Alvinegro.

Era melhor ter arrendado o Pacaembu e, com 25% do dinheiro enterrado na zona leste, teria um estádio igual ao do exemplar Allianz Parque do Palmeiras.

Agora é tarde…

Opine!


Aleluia! Corinthians bate o time B do Cruzeiro e finalmente desempaca! São Paulo vence o Fla no Morumbi; Furacão atropela o Internacional; e Sport passa pelo Figueirense!
Comentários COMENTE

Milton Neves

marcelo oliveiraaa

Cruzeiro 0 x 1 Corinthians

Aleluia!!!

Finalmente o “cavalo paraguaio” do Timão decidiu desempacar!

Na estreia do Brasileiro, o Corinthians venceu o atual campeão Cruzeiro pelo placar de 1 a 0 em uma partida que poderia muito bem ter o seu VT vendido nas farmácias do país como um eficiente sonífero.

O gol do duelo foi marcado por Romero, já na etapa complementar.

E é bom o Corinthians já começar a priorizar o Brasileirão, viu?

Porque nem um milagre fará com que o Timão passe paras as quartas de final da Libertadores da América.

Já o Cruzeiro, pelo jeito, não será tri como o São Paulo em 2006, 2007 e 2008.

Culpa da diretoria, que vendeu os principais jogadores da equipe bi campeã em 2013 e 2014.

São Paulo 2 x 1 Flamengo

Também com a cabeça na Libertadores, o São Paulo venceu o Flamengo por 2 a 1 no Morumbi em seu primeiro jogo no Brasileirão

Luis Fabiano e Pato marcaram para o Tricolor, enquanto Everton descontou para o Rubro-Negro.

E agora, o São Paulo, que tempos atrás andava tão desacreditado, chega com tudo para a decisão contra o Cruzeiro, no Mineirão.

Eu acho que a Raposa não vai conseguir reverter a vantagem da equipe paulista, viu?

Atlético-PR 3 x 0 Internacional

Na Arena da Baixada, o Internacional sofreu a primeira derrota para um Atlético nesta semana.

A segunda, sem dúvida, vira na quarta-feira, no Beira-Rio.

Placar de 3 a 0 para o Furacão, com belíssima atuação do gordinho Walter, que até deixou a sua marca.

Será que o Atlético brigará na parte de cima da tabela neste ano?

E o Inter, sempre favorito, vai decepcionar de novo?

Sport 4 x 1 Figueirense

E o Sport, que montou um bom time para a disputa do Brasileirão deste ano, atropelou o Figueirense jogando em casa: 4 a 1.

Diego Souza, que marcou dois gols, foi o destaque da partida.

Avaí 1 x 1 Santos

Na Ressacada, o Santos estreou no Brasileirão com um empate diante do Avaí: 1 a 1.

Robinho marcou pelo Peixe, enquanto Marquinhos empatou para os donos da casa.

Vasco 0 x 0 Goiás

Opine!


Já pode fechar o caixão alvinegro? Guaraní do Paraguai vence com autoridade o legítimo “Cavalo Paraguaio” desta temporada e encaminha classificação para as quartas da Libertadores! Mas, afinal, o que aconteceu com o “melhor time do Brasil”? São Paulo larga na frente do Cruzeiro; e Galo arranca empate heroico contra o Inter!
Comentários COMENTE

Milton Neves

caixao

Guaraní 2 x 0 Corinthians

Azedou a maionese, hein, torcedor corintiano?

Com direito a atuação horrorosa de Cássio, que falhou nos dois gols sofridos pelo clube do Parque São Jorge, o Guaraní do Paraguai conseguiu uma belíssima vitória sobre o legítimo “Cavalo Paraguaio” desta temporada e deixou a sua classificação para as quartas de final da Libertadores muito bem encaminhada.

E se o Timão for par o jogo de volta, no Itaquerão, com a mesma “fome” apresentada no duelo de ida, já podemos fechar o caixão alvinegro!

Como o futebol é dinâmico, né?

O Corinthians, que até menos de um mês atrás era considerado o melhor time do Brasil, acabou sendo eliminado do Paulista pelo Palmeiras, perdeu bovinamente para São Paulo e agora está virtualmente fora da Libertadores da América.

E o pior é que agora nem dá para colocar a culpa no cansaço, já que o time teve duas semanas para se preparar para a partida, e nem na ausência de Guerrero, que já pôde atuar diante do Guaraní.

Para mim, está cada dia mais claro que o que está causando esta queda brusca do Corinthians é o bom e velho salto alto.

Concordam?

São Paulo 1 x 0 Cruzeiro

No Morumbi milagrosamente lotado, o São Paulo fez a sua parte e saiu na frente do Cruzeiro na briga por uma vaga nas quartas de final da Libertadores: 1 a 0.

E o gol são-paulino foi marcado pelo argentino Centurión, que, com a ausência de Michel Bastos, assumiu o protagonismo do time e resolveu o jogo para o Tricolor.

Agora, no duelo de volta, o São Paulo se classifica com um empate ou, dependendo do placar, até com uma derrota.

Para a Raposa, não resta outra opção: vencer ou vencer!

Atlético-MG 2 x 2 Internacional

Não, meus amigos.

Não chegou ao fim a cota de milagres do Atlético-MG.

Diante do Inter, em duelo válido pelas oitavas de final da Libertadores da América, o Galo perdia o jogo por 2 a 1 até o último lance da partida.

Após bate-rebate na área, o zagueiro Leonardo Silva mandou a bola para o fundo das redes e recolocou o time de Minas na briga pela vaga nas quartas de final.

E olha que no Beira-Rio vai dar Galo, hein?

Copa do Brasil

Maringá 2 x 2 Santos

E o Santos na Copa do Brasil, hein?

Ainda de ressaca por conta do título paulista conquistado no último domingo, “dormiu” diante do Maringá após abrir 2 a 0 de vantagem sobre o time da casa e acabou levando o empate.

Com isso, a classificação para a próxima fase será decidida na Vila Belmiro, no dia 14 de maio.

Opine!


Badalado Corinthians tem dívida milionária com ex-atletas! Parte da culpa é do Itaquerão, que está deixando de ser motivo de orgulho e se tornando um tormento alvinegro! Uma saída seria vender os naming rights do estádio, mas está difícil…
Comentários COMENTE

Milton Neves

TOMENTAO

Saiu no caderno de esportes da Folha de S. Paulo desta quarta-feira, em matéria assinada pelo repórter Marcel Rizzo.

O Corinthians, tão badalado e bem remunerado, está devendo aproximadamente R$ 17 milhões para ex-atletas do clube.

Entre eles, Alexandre Pato (R$ 6 milhões), Anderson Martins (R$ 2,9 milhões), Souza (R$2,5 milhões), Elton (R$ 1,5 milhão), Rodriguinho (R$ 860 mil), Lodeiro (R$ 634 mil), além do técnico Mano Menezes (R$ 2,5 milhões).

Ora, uma dívida escandalosa para um clube que fatura tanto com bilheteria, patrocinadores e cota de TV, não é verdade?

E o ralo por onde escoa toda essa dinheirama, pelo visto, está localizado no simpático bairro de Itaquera.

O custo operacional e as dívidas de construção do Itaquerão começaram a interferir no também no poder técnico do time.

Afinal, além das pendências com ex-atletas citadas acima, o Timão também tem pisado na bola no pagamento dos jogadores de seu elenco, o que pode dizer muito sobre a queda de rendimento da equipe comandada por Tite.

Uma saída, claro, seria vender PARA ONTEM os naming rights do estádio, mas está bem difícil…

Outra seria conseguir sediar alguns shows importantes na capital paulista, mas, pelo visto, os artistas têm preferido o lindíssimo Allianz Parque (eu também iria preferir).

Quem diria, mas o Itaquerão está deixando de ser motivo de orgulho e se tornando um grande tormento alvinegro.

Um pena!

Opine!


Corinthians: cavalo paraguaio ou um dos grandes favoritos ao título da Libertadores? Afinal, o que devemos esperar do Timão na fase decisiva do torneio continental?
Comentários COMENTE

Milton Neves

Cavalo-PAR

Há menos de um mês, muitos, inclusive eu, colocavam o Corinthians como o melhor time do Brasil e como o grande favorito para vencer a Copa Libertadores da América.

Alguns, inclusive, tanto se encantaram com o início avassalador de temporada da equipe de Tite que disseram que o Timão poderia estar disputando as semifinais da Liga dos Campeões da Europa, ao lado do Barça de Messi, do Real de Cristiano Ronaldo, do Bayern de Guardiola e da Juventus de Tévez.

Mas como o futebol é dinâmico, né?

Bastaram dois duros golpes na semana passada, um aplicado pelo Palmeiras, no Paulistão, e o outro pelo São Paulo, na Libertadores, que as opiniões mudaram drasticamente.

Agora, grande parte da crônica esportiva e dos torcedores rivais já desdenham do Timão, o chamando até de “cavalo paraguaio”.

Mas, afinal, o que levou o Corinthians a ter uma queda de rendimento tão brusca?

O desgaste do grupo?

Os adversários decifrando o esquema de Tite?

Ou a terrível dengue que tirou de combate Guerrero, peça-chave do Alvinegro?

E agora, qual Corinthians irá disputar a fase decisiva da Libertadores: aquele que encantou a todos no início da temporada, ou o Timão que empacou diante do Palmeiras e do São Paulo?

Opine!


O apito amigo, quem diria, opera o Corinthians e classifica o São Paulo na Libertadores! Ou será que o Timão fez corpo mole para não enfrentar o Galo nas oitavas? Atlético e Inter também avançam e se enfrentam na próxima fase!
Comentários COMENTE

Milton Neves

milton cru

São Paulo 2 x 0 Corinthians

E não é que o feitiço pode virar contra o feiticeiro?

Afinal, quem poderia imaginar que o apito amigo fosse capaz de operar com tanta crueldade o seu inventor, o Sport Club Corinthians Paulista?

Que horrenda a arbitragem de Sandro Meira Ricci no Majestoso disputado na noite desta quarta-feira no Morumbi.

Deu um empurrãozinho fundamental para a classificação do São Paulo para as oitavas de final da Libertadores da América.

Afinal, Emerson Sheik merecia, no máximo, um cartãozinho amarelo pelo totó dado no calcanhar de Toloi.

O mesmo serve para Mendonza, que nem acertou Luis Fabiano, que também acabou expulso (ele, com certa justiça).

Mas a verdade é que Sandro Meira Ricci, além de tudo, estragou um grande clássico no Morumbi.

Um pena!

Mas tem gente dizendo também que o Corinthians teria perdido de propósito para pegar o fraco Guaraní, do Paraguai, na próxima fase, escapando assim do fortíssimo Atlético-MG!

Como o pessoal é maldoso, né?

E enquanto o Timão pega uma “baba” nas oitavas, o São Paulo enfrenta nada menos que o Cruzeiro, atual bicampeão brasileiro.

Que parada dura, não?

Atlético-MG 2 x 0 Colo-Colo

Será que ainda existe alguém que duvide do Atlético-MG?

Nesta noite, no estádio Independência, de tantos milagres atleticanos, o Galo conseguiu operar mais um ao vencer o competente time do Colo-Colo por 2 a 0, exatamente o que precisava para avançar às oitavas da Libertadores.

Mas o jogo, como não poderia deixar de ser com o Maior de Minas em campo, não foi NADA tranquilo.

O Galo abriu o placar com Lucas Pratto no começo da partida.

Na etapa complementar, o segundo tento atleticano teimava em não sair, até que o árbitro marcou uma penalidade máxima para o time da casa.

Mas Guilherme acabou batendo mal e o goleiro Garcés defendeu a cobrança.

Aí, quando parecia que a vaca ia mesmo para o brejo, Rafael Carioca acertou um lindo chute de fora da área para ampliar o placar e para classificar o Atlético!

Espetacular!

Agora, na próxima fase, o Galo enfrenta o Inter, que também venceu a sua partida em casa e também avançou para as oitavas.

Promessa de um verdadeiro jogaço!

Abaixo, veja como ficaram os confrontos da fase oitavas de final da Libertadores:

River Plate x Boca Juniors

São Paulo x Cruzeiro

Guaraní-PAR x Corinthians

Montevideo x Racing

Universitario Sucre x Tigres-MEX

Internacional x Atlético-MG

Atlético Nacional x Emelec

Santa Fé x Estudiantes

E aí, quais times vão se classificar para as quartas de final?

Opine!


Corinthians tropeça na Libertadores, mas garante o primeiro lugar do grupo. Inter atropela Universidad de Chile
Comentários COMENTE

Milton Neves

7UPuOkpoW_2rOb-eD7wkQIjcyUK0xcODwa7lOQw75dI

Em um jogo equilibrado, o Timão empatou em  0 x 0 com o San Lorenzo pela fase de grupos da Copa Libertadores.

A primeira etapa foi  fraca tecnicamente. O atacante Vagner Love teve pelo menos duas chances claras de abrir o placar, mas se embananou com a bola.

O segundo tempo não foi diferente, parece que o 0 x 0 foi bom para as duas equipes.

Se o Corinthians vencer o São Paulo na última rodada, bastará uma vitória simples para o San Lorenzo conseguir a classificação. Foi um jogo “muy amigo”?

O Corinthians não mostrou a mesma raça dos outros jogos e muito menos a técnica.

Nem a torcida dos são-paulinos ajudou o Timão a vencer.

Faltou motivação?

Se jogar essa bolinha contra o embalado Palmeiras, será eliminado do Paulistão no domingo.

Internacional x Universidad de Chile

Em uma grande falha do nosso conhecido Johnny Herrera, Nilmar abriu o placar antes dos 10 minutos. Logo depois Eduardo Sasha ampliou o marcador. Ainda na primeira etapa, Nilmar marcou novamente. Valdivia (o que joga sempre) anotou o dele no segundo tempo.

Outros jogos da Libertadores:

Boca Juniors 2 x 0 Montevideo

Zamora 0 x 4 Palestino

Jogos de volta da Copa do Brasil:

Bragantino (classificado) 1 x 0 Lajeadense

Bahia (classificado) 3 x 2 Nacional-AM

Sport (classificado) 4 x 1 Cene

Fortaleza (classificado) 2 x 1 River-PI

Imagem: Lucas Micheletti


Corinthians joga por apenas 45 minutos e vence Ponte Preta com ajuda do “Apito Amigo”. São Paulo sofre no início, mas corta as asas do surpreendente Red Bull com um imponente 3 a 0
Comentários COMENTE

Milton Neves

11115979_832448296826372_1146328523_n

Corinthians 1 x 0 Ponte Preta

Em clima de decisão, Corinthians e Ponte Preta iniciaram a partida em meio a uma charmosa névoa de fumaça formada pela Fiel, que fazia grande festa.

A festa continuava nas arquibancadas quando ainda no início do jogo, Elias deu uma entrada criminosa no “muso” Rildo, jogada que ficou apenas no cartão amarelo. APITO AMIGO!

Fágner iniciou uma boa troca de passes aos dez minutos de jogo que quase terminou em um gol de Elias.

O bom Renato Cajá também mostrou o ar de sua graça e, por pouco, não terminou em gol o passe que deu a Biro Biro.

O primeiro tempose estendeu com as duas equipes jogando de forma aberta, mas estranhamente não se viu o costumeiro domínio corintiano na Arena Corinthians.

Prova disso foi o gol marcado pela Macaca aos 37 minutos, mas foi anulado. Falha GRAVÍSSIMA da arbitragem.

Mesmo após o lance, a ponte não se abateu e só não abriu o placar, novamente, porque Cássio fez mais um de seus milagres.

As equipes voltaram para o segundo tempo com as mesmas posturas, mas era fácil nota que a Ponte Preta começou a perder força.

Aos dez minutos, após uma belíssima troca de passes, Renato Augusto fez o primeiro gol da partida.

Era o que o Corinthians necessitava para enfim sentir-se em casa. Mas não por muito tempo.

Nos últimos minutos de jogo a Ponte voltou a pressionar e mesmo sem garantir a vaga mostrou que pode fazer um bom Campeonato Brasileiro.

A partida do Corinthians não foi ruim, mas os comandados de Tite começam a mostrar deficiências que há pouco tempo não eram visíveis.

São Paulo 3 x 0 Red Bull Brasil

Ainda abalado com a saída de Muricy, o São Paulo entrou em campo contra o Red Bull disposto a espantar qualquer possibilidade de agravar ainda mais a situação do clube, que terá pela frente algumas decisões nas próximas semanas.

O bom trabalho feito pelo jovem técnico Maurício Barbieri era evidenciado pelo bom posicionamento da equipe de Campinas. Bom desarmes e contra-ataques levaram perigo ao Tricolor por algumas vezes.

Mas é nesse tipo de jogo que os grandes jogadores fazem a diferença, e dessa forma ninguém melhor que Rogério Ceni para abrir o placar, em falta cobrada com perfeição.

A partir daí o jogo ficou nas mãos do clube do Morumbi, que sem muitas dificuldades ampliou o placar, com gol de Alexandre Pato.

Dez minutos depois foi a vez de Ganso marcar o seu e comemorar de forma misteriosa.

Foi apenas questão de tempo para o apito final e a confirmação da vaga nas semifinais, jogo em que o novo técnico já deverá estar a frente da equipe.

E para você, torcedor, o futebol mostrado hoje é suficiente para tirar o favoritismo do Alvinegro de Itaquera?

A invencibilidade irá cair,ou o título invicto acontecerá como em 2009?

O bom resultado deixa o São Paulo com moral para conseguir arrancar para o título?

OPINE!