publicidade

Blog do Milton Neves

Categoria : Copa do Mundo 2014

A grande e irrefutável novidade da CBF é o ex-goleiro e ex-agente Gilmar Rinaldi como coordenador! Morreu Armando Marques, que não soube contar até cinco em 1973!
Comentários COMENTE

Milton Neves

1Foto: Revista Placar

A dupla José Maria Marin e Marco Polo Del Nero apresentou como a novidade irrefutável o ex-goleiro e ex-agente Fifa , Gilmar Rinaldi,  como o coordenador da seleção brasileira.

Bom, após os setes gols levado da Alemanha, chamaram um ex-arqueiro para segurar a bronca.

E ele também  cuidou da carreira de Adriano Imperador, quando este jogou e bem.

E a escola gaúcha se mantém na seleção brasileira, após Dunga, Felipão e agora Rinaldi.

A prévia da coletiva com o Gallo foi insuportavelmente chata e o ex-volante repetiu quatro vezes a palavra “Gap”.

Segundo o novo homem do presidente da CBF, o novo comandante do escrete canarinho sairá até terça-feira (22.07.2014) e será brasileiro.

No chutômetro, Marin, ligado ao São Paulo, Gilmar, ex-jogador do Tricolor paulista, então o técnico pode ser …. Muricy, não é lógico?

A ex-função de empresário de jogador causará muitas dores de cabeça para Rinaldi na imprensa esportiva.

O mundo errou dizendo que o “homem da CBF” seria Leonardo, eu acreditava que seria Falcão e veio o ex-atleta do Inter, São Paulo e Flamengo!

A grande pergunta é: Gilmar será “boi de piranha” desta fase nebulosa da seleção brasileira?

Aliás, Gilmar Rinaldi é natural da terra do comentarista Neto, Erechim!

Clique aqui e conheça a página de Gilmar Rinaldi na seção “Que Fim Levou?”

E ainda nesta manhã o futebol brasileiro perdeu Armando Marques, ex-árbitro.

Grande conhecedor das regras do futebol, mas com erros lamentáveis em sua trajetória.

Em 1971, anulou um gol legítimo do palmeirense Leivinha e assim entregou o título paulista de bandeja para o São Paulo.

E o maior de todos foi em 1973,  quando Marques não contou até cinco na disputa de penalidades máximas e fez Santos e Portuguesa dividirem o título do Paulistão.

Veja a notícia da morte de Armando Marques

Na seção “Que fim levou?”, a vida e as fotos do ex-árbitro clique aqui e veja

E você torcedor? Gostou de Gilmar Rinaldi na coordenação técnica da Seleção Brasileira? Ele é melhor que os favoritos Falcão e o internacional, Leonardo?


Pelo jeito, a CBF teve bom senso e Felipão não é mais treinador do Brasil. Agora, quem deve assumir a seleção? Os dirigente já veem com bons olhos a contratação de um estrangeiro…
Comentários COMENTE

Milton Neves

caiu

A CBF ainda não confirmou, mas vários veículos já dão como certa a saída de Felipão da seleção brasileira.

José Maria Marin teria tomado a decisão após a derrota brasileira para o Holanda, por 3 a 0, que garantiu o terceiro lugar da Copa do Mundo para a Laranja Mecânica.

“Após do jogo Marin e Del Nero tomaram a decisão. Não houve um anúncio formal para as federações, mas os presidentes já sabem”, afirmou Delfim Peixoto, vice-presidente eleito da CBF, conforme publica o portal UOL, em matéria assinada pelos jornalistas Paulo Passos, Pedro Ivo Almeida, Ricardo Perrone e Rodrigo Mattos.

Carlos Alberto Parreira, assim como toda a comissão técnica, também teriam sido desligados.

Agora, a CBF corre atrás de um novo técnico.

Entre os brasileiros, Tite seria o favorito.

Entretanto, os dirigente já veem com bons olhos a contratação de um treinador estrangeiro.

Seria a solução?

Opine!


Argentina nadou, nadou, nadou… e morreu na praia! Mas pelo menos não fez papelão diante da Alemanha, viu, Scolari?
Comentários COMENTE

Milton Neves

charge final

placar final

Com extremo merecimento, a Alemanha levou o título da Copa do Mundo do Brasil, a Copa das Copas.

Na final diante da Argentina, os alemães encontraram MUITO mais dificuldade do que no jogo contra o Brasil, na última terça.

Mas, mesmo assim, sobrou em campo.

O gol do quarto título da Alemanha em Copas veio no segundo tempo da prorrogação, com o jovem Mário Gotze.

Foi a vitória da organização para cima do amadorismo.

Afinal, assim como a CBF, é lamentável o modo como a AFA conduz o futebol argentino.

Chegou à final só porque o Messi escolheu não defender a Espanha, onde aconteceu toda a sua formação.

Mas, mesmo assim, a Argentina não passou vergonha contra a Alemanha, viu, Felipão?

E a imagem abaixo explica muito do sucesso da Alemanha nesta Copa:

neuer-bastian

Opine!


“Laranja Mecânica” termina de espremer o bagaço armado por Felipão!
Comentários COMENTE

Milton Neves

charge

placar holanda

Que sorte que  a Holanda entrou bem desanimada no jogo, hein, amigos?

Caso contrário, conseguiria tranquilamente marcar na seleção brasileira a mesma quantidade de gols que a Alemanha na semifinal.

O time de Felipão foi a campo ainda grogue após o duro golpe dado pelos alemães na terça-feira.

E, aos 15 minutos, já perdia por 2 a 0.

Aí, a seleção holandesa, que para falar a verdade nem queria disputar o terceiro lugar, tirou o pé e deixou a bola com o Brasil, que não soube o que fazer com a mesma.

Assim, aos 45 minutos da etapa final, veio o golpe de misericórdia da Laranja Mecânica: 3 a 0.

E merecidas vaias vindas das arquibancadas do belíssimo estádio Mané Garrincha.

Como bem disseram por aí, este foi o duelo Laranja Mecânica x Bagaço.

Agora, que Felipão tenha o mínimo de bom senso e peça o boné.

Afinal, simplesmente NÃO DÁ!

Opine!


Felipão, um Barbosa “7 x 1” mil vezes mais culpado
Comentários COMENTE

Milton Neves

 

Felipao“Milton Neves, tá vendo? Encheram o meu saco durante 64 anos e agora tomaram de sete dentro de casa. Bem feito e agora chupem, seus ingratos e injustos”!

Este foi o teor do e-mail que “recebi” direto do céu do saudoso goleiro Barbosa, o nosso “Nelson Mandela do Gol”.

Observem que até hoje, mesmo com a comunicação à época movida a lenha, a caça dos “culpados” de 1950 parecia eterna.

Mas agora acabou.

E foram absolvidos o “frangueiro” Barbosa, o “burro” (e foi mesmo) Flávio Costa que não escalou Nilton Santos no lugar de Bigode, Juvenal, que não deu cobertura ao lateral do Flu no gol de Ghiggia, e Jair Rosa Pinto e Zizinho que achavam barbada a final contra o “freguês” Uruguai.

Mas agora não se fala mais nisso, após os inacreditáveis sete gols que tomamos da piedosa Alemanha no Mineirão.

Se não tiram o pé a coisa seria na base de 10 ou 12.

E se 1950 sai de campo começa a caça pelos fracassados e culpados de 2014.

Aguardem que muito jogador fará vazar coisa ruim em dias, semanas ou meses.

O tal jogador de “convocação arrependida” que foi crucificado publicamente por Felipão não ficará quieto.

E se 1950 durou 64 anos, 2014 já é o jogo que jamais terminará.

Mas sem um Barbosa e sim com um Felipão para eterno Cristo.

Experiente e sabendo do tamanho da bronca perante a história, convocou aquela inesquecível coletiva de imprensa na última quarta-feira.

Tão patética quanto os inacreditáveis 7 a 1.

Poupado por 96,27% de perguntas adocicadas, deve ter pensado em absolvição ao deixar a sala de imprensa com seus calados assessores e um Carlos Alberto “Dona Lúcia” Parreira incrivelmente infeliz.

Não, jamais haverá absolvição.

Perto de Felipão, Barbosa virou um “Gandula da Culpa”!

E nosso treinador-herói do Japão responderá negativamente nos compêndios esportivos da história e nos corações partidos dos brasileiros por goleada ainda maior no “confronto” Japão x Mineirão.

Merecido, Felipão, taticamente, sua deficiência maior, errou demais.

Para quem já engessou a perna do lateral Arce para enganar o técnico adversário, por que após o segundo gol alemão não mandou o Julio Cesar “se contundir” por uns cinco minutos e estancar a hemorragia?

Fosse boxe ou UFC o árbitro faria o que Felipão não fez: parar o confronto!

E a falta de coragem ou sensibilidade ao não tirar o cansado, machucado, estropiado e pendurado Neymar contra a Colômbia depois dos 2 a 0 com o gol de David Luiz?

Tivesse tirado o comum Neymar do jogo, obviamente ele não teria sido “assassinado” pelo Zúñiga.

E se não bastassem os motivos acima, havia também o fato de que Neymar jogava muito mal desde o Chile.

Parreira me disse ao vivo na Band que Neymar não saiu “porque era perigoso a Colômbia empatar ou virar” sem ele no time.

Ora, os dois sábios do panteão da bola da seleção estavam ainda com medo da Colômbia com 2 a 0 no placar, metade do segundo tempo e jogando em casa!

Zagallo, na final de 98, também pensando como carreirista, preferiu perder com Ronaldo doente do que jogar com o já escalado e inteiro Edmundo.

Por fim, ao telefone, Brito-70 e Rondinelli, o “Deus da Raça”, me disseram que Felipão, também ex-zagueiro camisa 3, ao tirar David Luiz da quarta-zaga e colocá-lo torto na direita, o fez jogar com as chuteiras trocadas: a esquerda no pé direito e a direita no pé esquerdo.

E como escrevo na sexta-feira ainda não sabia se Felipão, ex-técnico da seleção, já pediu sua demissão.

Algo inexorável.

E José Maria Marin, velha raposa política, certamente deu um tempo para poupar o treinador e depois cravar o clássico “foi exonerado a pedido”.

Mas isso é de menos.

O que será demais teve como cenário o Mineirão.

Foi o jogo dos 7 a 1 que fez Felipão perder feio para sua história com um placar negativo muito maior de 98% em 2014 a 2% de 2002!

É a vida!


Ainda existe clima para Felipão na Seleção Brasileira? Qual treinador você gostaria de ver no cargo mais importante do futebol???
Comentários COMENTE

Milton Neves

scolari

Depois da eliminação, começa a caçada pelos culpados.

E o cargo de Luiz Felipe Scolari fica exposto.

Ainda no comando da Seleção Brasileira, Felipão já deve saber seu destino.

O sete a um é impossível de apagar.

Se Felipão cair, quem deve assumir seu lugar?

– Tite;

– Muricy Ramalho;

– Mano Menezes;

– Cuca;

– Wagner Mancini;

– Vanderlei Luxemburgo;

– Emerson Leão;

– Abel Braga;

– Dunga;

– Gallo;

– Marcelo Oliveira;

– Oswaldo de Oliveira;

– Tata Martino;

– Jürgen Klopp;

– Jürgen Klissmann;

– Jorge Luis Pinto;

– Simeone;

– José Mourinho;

– Pep Guardiola;

– Louis Van Gaal;

Lembra mais algum nome bom para o cargo?

OPINE!!!


Argentina e Holanda fazem jogo tenso e goleiro “hermano” decide nas penalidades!!! Um gênio ou um time, quem vence na grande final da Copa do Mundo???
Comentários COMENTE

Milton Neves

charge

Que semifinal sofrível!

O medo de perder é, sem dúvida, o pior sentimento do futebol.

Argentina e Holanda pareciam esperar que a sorte brindasse seus times e “esqueceram” de atacar.

No tempo normal, pouquíssimas chances reais de gol.

A própria “Laranja Mecânica” só arrematou uma ou duas vezes na etapa complementar.

Um absurdo, para quem quer chegar à grande decisão da Copa do Mundo.

Messi, do outro lado, ficou escondidinho atrás da marcação holandesa.

Pouco apareceu, tanto quanto Robben ou Van Persie.

placar_

O jogo foi ruim.

Na prorrogação, muito chuveirinho e pouca emoção.

E o genial Van Gaal fez três substituições e perdeu a chance de colocar o goleiro Krull mais uma vez.

Será que o treinador “pipocou”?

A confiança e a responsabilidade caíram no colo de Cillessen.

E foi o goleiro argentino que decidiu.

Romero pegou duas penalidades e marcou seu nome na história dos Mundiais.

Messi e companhia estão na decisão da Copa do Mundo do Brasil.

E a Holanda volta a enfrentar o Brasil, desta vez  valendo o terceiro lugar.

E você, tem palpite para Argentina e Alemanha?

Um gênio ou um time?

OPINE!!!

 


Seleção brasileira de futebol (1914 – 2014)
Comentários COMENTE

Milton Neves

charge

placar alemanha

O belíssimo estádio do Mineirão viu hoje a maior vergonha da história do futebol brasileiro.

Perder para a Alemanha, meus amigos, era algo completamente normal e previsível.

Avisei aqui e também na TV, na Rádio, no jornal, no Twitter, no Facebook…

Mas levar uma goleada por 7 a 1, jogando em casa, em uma semifinal de Copa do Mundo é, sem dúvida, a página mais humilhante da história do nosso futebol.

E isso graças ao teimoso Luiz Felipe Scolari.

Teimoso porque deveria, sim, ter tirado Neymar quando o Brasil abriu 2 a 0 na Colômbia, na última sexta-feira.

Claro que não ganharíamos com o craque do Barça em campo.

Mas garanto que a humilhação seria menor.

E também por ter começado com o time tão aberto diante dos fortes alemães.

Cometeu o mesmo erro que Muricy Ramalho na final entre Santos e Barcelona, em 2011, quando o então técnico do Peixe pensou que poderia jogar de igual para igual com o time de Messi.

Logo você, Felipão, tão copeiro, quis ousar bem contra Alemanha?

Mas, pelo menos, essa derrota serviu para limpar a barra de Barbosa e cia.

Afinal, a derrota de 50 foi peixe pequeno perto da verdadeira humilhação de hoje.

O futebol brasileiro morreu no dia 8 de julho de 2014, em Belo Horizonte, no estádio do Mineirão.

Poderá ressuscitar?

Claro que sim!

Basta que dirigentes com pensamentos que já deveriam ter sido enterrados há tempos saiam de cena.

E vejam abaixo o meu comentário desta madrugada, no Jornal da Noite, onde mostrei a diferença entre Luiz Felipe Scolari e Van Gaal.


No sufoco e com futebol “pequenininho”, Argentina derrota Bélgica e arranca classificação!
Comentários COMENTE

Milton Neves

arg_charge

placar_copa

Eu sempre digo: “Seleção Argentina boa, é Seleção Argentina eliminada”!

Veja só contra a nova geração belga.

Messi deu pinta que estaria em dia inspirado. No entanto, a tal inspiração sumiu no segundo tempo, que o diga Courtois.

Méritos somente para poucos atletas comandados por Alejandro Sabella.

Quem diria que Higuaín seria o salvador da pátria?

Nossos hermanos estão longe atingir nível de uma Alemanha, Holanda e inclusive do Brasil, este, por ter realizado um primeiro tempo extraordinário contra a Colômbia.

Todavia, os argentinos sabem como jogar uma Copa do Mundo.

Mesmo com todo sufoco das investidas do ataque belga, a contestada defesa segurou o placar magro e levou o time a semifinal do Mundial, após 24 anos.

E baixa para Di Maria, que não jogou nada e ainda saiu machucado.

Dia péssimo para outro “Di”, o Alfredo Di Stéfano.

Considerado o melhor jogador do século XX, o craque argentino está em coma, após sofrer parada cardíaca.

Mas e você, torcedor? Achou que Messi foi bem?

OPINE!!!

Leia mais…

Ondas da Copa: a la mano de Higuaín

Notas da Copa: Higuaín desencanta, vai melhor que Messi, e Argentina está na semifinal

Protagonistas do Mundial: apareceu Higuaín, olê,olê,olá!

Porquê o Brasil será campeão mundial em 2014!

Rolou no Twitter: contra a Bélgica, Papa é o único argentino exaltado pelos brasileiros

Capas da Copa: imprensa destaca a volta da Argentina para as semifinais após 24 anos