publicidade

Blog do Milton Neves

Categoria : 2017

Torcer para o São Paulo voltará a ser moleza!
Comentários COMENTE

Milton Neves

Foto: Rubens Chiri/São Paulo FC

Quem diria?

O São Paulo FC virou saco de pancadas.

O outrora glorioso Tricolor do Morumbi é hoje a quinta força do futebol paulista.

E um dos piores do Brasil.

Há 20 anos que não perdia tanto no Brasileirão.

Até quando resiste Rogério Ceni?

É um mito ameaçado.

“Ameaçado” com exclamação ou com interrogação?

As próximas semanas dirão.

Ou os próximos dias.

Leco precisa dar leite A de Guaxupé-MG para seu raquítico elenco.

Afinal, os conselheiros tricolores não quiseram Pimenta e o time ficou sem Abílio “Parmalat” Diniz.

E sem Abílio “Crefisa” Diniz.

Agora é aguardar e torcer.

Já Rogério Ceni, culpado ou não, lamenta não ter ovos para fazer um bom omelete.

Mas os corredores do Morumbi já gritam que ele é um cozinheiro sem sal e que sua maionese irá desandar.

Tomara que não!

E acho que não!

Ceni nasceu para ser ganhador.

Não quis fazer TV, dispensando fortunas, porque é são-paulino demais.

Foi e é muito mito como goleiro, uma dificuldade.

Fácil é ser técnico, espécie de dono de sauna, que vive do suor alheio.

Definição simplista, mas que ameaça a imagem do segundo maior jogador da história do São Paulo FC.

O primeiro é Roberto Dias (1943 – 2007).

Incrível como “Robertão” Dias, como narrava Geraldo José de Almeida, não tenha disputado uma Copa do Mundo sequer.

Ele é o Ademir da Guia do Morumbi.

74 “não vale” para o Divino, um dos 10 maiores e melhores jogadores da história.

Humilde, calado e superior a Cruyff, mas esqueceu de avisar.

O mundo não soube de Ademir da Guia.

Só que o Vale do Silício deu um jeito e os geniais Roberto Dias e Ademir da Guia “ganharam a Copa de 66”.

Com a criatividade sem fim dos milagrosos meninos da Califórnia-EUA, nasceu outro dia o “Computador de Deus”.

Nele você escolhe e digita a “sua” seleção brasileira, desde 1930, e fica sabendo em segundos em que lugar ficou ou ficaria o Brasil sem os erros de Píndaro de Carvalho, Luís Augusto Vinhaes, Ademar Pimenta, Flávio Costa, Zezé Moreira, Feola-66, Zagallo, Parreira, Coutinho, Felipão 7 a 1 e Dunga.

Fiz isso e “constatei”.

O Brasil foi campeão mundial de 1966 na Inglaterra jogando com Valdir Joaquim de Moraes; Carlos Alberto Torres, Djalma Dias, Roberto Dias e Lima Curinga; Dino Sani, Ademir da Guia e Rivellino; Tostão, Pelé e Edu.

Esse time não marcava ninguém porque o adversário não pegava na bola.

Ganhamos todos os jogos por 4 a 1 e a final foi contra a Argentina.

Edu, o maior 11 da história, maravilhou o mundo e ofuscou Pelé.

Roberto Dias e Ademir da Guia foram definidos como “perfeitos”!

Assim, obrigado ao “Computador de Deus” por fazer justiça a dois gênios esquecidos do São Paulo e do Palmeiras.

Ah, digitei também nesta mágica máquina do passado e do futuro a hashtag #RogérioCeniTreinador.

Saiu: “Campeão Brasileiro de 2017”!

No vídeo abaixo, comento os principais pontos deste texto. Confira!

 

Opine!


O Timão segue imparável, enquanto a arbitragem brasileira continua lamentável!
Comentários COMENTE

Milton Neves

Corinthians 3 x 0 Bahia

O jogo não foi lá dos mais emocionantes, sejamos honestos.

Jô abriu o placar para o líder do Brasileiro aos 24 minutos do primeiro tempo, e depois o Timão passou a esperar o Bahia em seu campo de defesa para explorar o contra-ataque.

No início da etapa complementar, os lances mais polêmicos do duelo.

O primeiro, aos 11 minutos, quando o corintiano Gabriel foi expulso após um lance completamente normal.

Depois, aos 15, o juizão compensou um erro com outro e mostrou cartão vermelho para Renê Júnior depois de uma jogada totalmente limpa com Fagner.

Por isso estou adorando a novidade do árbitro de vídeo na Copa das Confederações.

Que essa modernidade chegue logo ao futebol brasileiro…

Não é mesmo?

Bom, mesmo depois de toda confusão, ainda sobrou tempo para Balbuena e Marquinhos Gabriel garantirem o ótimo triunfo do Timão no Itaquerão.

Que coisa esse Corinthians, hein?

E aí, quem poderá parar o líder do campeonato?

Ponte Preta 1 x 0 Cruzeiro

Que fase da Raposa, hein?

Será que vai acabar sobrando para Mano Menezes?

Grêmio 2 x 0 Coritiba

E o Grêmio não deixa o Timão escapar!

Venceu mais uma, desta vez contra o Coritiba.

E domingo tem confronto direto, em Porto Alegre.

Estou achando que o Tricolor vai assumir a ponta, hein?

Flamengo 5 x 1 Chapecoense

O Flamengo tirou a barriga da miséria contra a Chape: 5 a 1.

Agora o Rubro-Negro engrena?

Opine!


Árbitro de vídeo: o grande protagonista da Copa das Confederações! Você aprova?
Comentários COMENTE

Milton Neves

Foto: Divulgação/FIFA

Claro que você, amante do bom futebol, tem acompanhado na tela da Band todas as emoções da Copa das Confederações da Rússia.

E é óbvio que tem percebido também as constantes interferências do árbitro de vídeo nas partidas.

Inclusive, não é exagero dizer que o VAR (vídeo assistant referee) tem sido o grande protagonista da competição.

Para mim, um avanço que chega com atraso de “trocentos” anos.

Mas, é claro, tem muita gente criticando essa novidade.

Alegam que a demora para sair a decisão sobre determinado lance deixa o jogo menos dinâmico.

Mas não é melhor um veredicto lento e correto do que um rápido e equivocado?

Enfim, esse assunto ainda vai dar muito pano para a manga…

Mas, e você, o que pensa sobre o assunto?

Tem gostado do uso da tecnologia nos jogos da Copa das Confederações?

Ou você faz parte do time do genial Nelson Rodrigues, que dizia: “A arbitragem normal e honesta confere às partidas um tédio profundo, uma mediocridade irremediável. Só o juiz gatuno, o juiz larápio dá ao futebol uma dimensão nova e, se me permitem, shakesperiana. O espetáculo deixa de se resolver em termos chatamente técnicos, táticos e esportivos”?

Opine!


Quem é o grande responsável pela má fase do São Paulo?
Comentários COMENTE

Milton Neves

Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net

Não é de hoje que o São Paulo vive um momento conturbado.

Afinal, neste primeiro semestre de 2017, o Tricolor ficou pelo caminho em três competições (Paulista, Copa do Brasil e Sul-Americana) e ainda não conseguiu embalar no Brasileirão.

E, não sei se vocês se recordam, mas, no começo da temporada, muita gente apostava suas fichas no time do Morumbi.

Principalmente por conta do bom momento vivido por Cueva no final do ano passado e pelas chegadas do sempre vencedor Rogério Ceni e do goleador Lucas Pratto.

É, meus amigos, como diz o sempre original Denilson Show, “o futebol é uma caixinha de surpresas”…

Mas, afinal, quem é o grande responsável pela má fase do São Paulo?

Veja as opções abaixo e deixe a sua opinião:

Diretoria: “não se faz omelete sem ovos”, já dizia Otto Glória. E, claro, não se faz um bom time sem jogadores. Por isso, passou da hora de a diretoria se mexer e contratar reforços de peso para o elenco são-paulino.

 


Rogério Ceni:
o treinador começou o ano muito bem. O time, completamente ofensivo, sofria na defesa, mas compensava no ataque com muitos gols. Depois, a tática parou de funcionar, Rogério mudou sua filosofia e o Tricolor passou a colecionar péssimos resultados.

 

Zaga: a defesa não conseguiu se encontrar neste ano. A situação do Tricolor seria diferente se o setor passasse por uma fase melhor!

 

 

E aí, torcedor, o que você me diz?

Opine!


Empate sem graça! Santos tenta, mas não “enterra” a “morta” Ponte Preta!
Comentários COMENTE

Milton Neves

Antes de tudo, quero destacar a bela atuação da arbitragem.

Foi perfeita no lance do gol da Ponte Preta, quando anulou a jogada.

Portanto, NADA de “Apito Amigo”!

Quanto ao duelo, mais um partidaço de Vanderlei!

O ótimo desempenho do goleiro santista, só reforça os pedidos por sua convocação à Seleção.

Tá passando da hora, não é mesmo Tite?

Aranha também foi muito bem, evitou a derrota da Macaca.

E o Lucas Lima, hein?

Jogou demais, quase deu a vitória ao Peixe!

No entanto, apesar de ter sido um jogo bastante movimentado, o placar não saiu do zero, uma pena…

O Santos até que tentou, mas não conseguiu “enterrar” na tabela a “morta” Ponte Preta”!

Vasco 1 x 0 Avaí – o duelo teve de tudo, apagão e muita confusão. O futebol foi fraco, mas o Cruzmaltino fez o dever de casa.

Atlético-GO 0 x 1 Atlético-PR – o Furacão acordou! Venceu a segunda fora de casa. E olha, aí tem o dedo de Eduardo Baptista, hein? Será que foi uma boa demiti-lo, Palmeiras?

OPINE!!!


Levir estreia com o pé direito, enquanto Cuca continua com o pé esquerdo! E quem conseguirá parar o Timão?
Comentários COMENTE

Milton Neves

Santos 1 x 0 Palmeiras

Que boa estreia do Levir Culpi no Santos, não é mesmo?

Afinal, uma vitória sobre o milionário Palmeiras é para encher o Peixe, que vinha em queda livre, de moral.

Mas, convenhamos, a vitória só foi possível graças ao goleiro Vanderlei.

Foram pelo menos seis defesas dificílimas do “Buffon da Vila”, que merece não apenas ser convocado para a seleção, como ser titular do time de Tite.

E também é preciso admitir que, no final do duelo, Edu Dracena sofreu claríssimo pênalti ao tentar igualar o marcador.

Mas, pela fase que vive, era bem provável que Vanderlei não deixasse a bola entrar na meta santista.

Ah, e o gol de Kayke foi completamente legal, viu?

Não houve falta!

Concordam?

E enquanto Levir começou com o pé direito na Vila, o supersticioso Cuca continua com o pé esquerdo no Palmeiras.

O que está acontecendo?

Vejamos se o Verdão conseguirá embalar pelo menos para a fase decisiva da Libertadores!

Corinthians 1 x 0 Cruzeiro

Mas o técnico que vive melhor fase hoje no futebol brasileiro é, sem sombra de dúvidas, Fábio Carille.

Com um elenco limitadíssimo, o jovem treinador está operando verdadeiros milagres com o Corinthians.

Nesta rodada, mais uma vitória do Timão, desta vez sobre o Cruzeiro, no Itaquerão.

Resultado que manteve a equipe do Parque São Jorge na liderança isolada do Brasileiro.

Incrível!

Mas, assim como na Vila, houve pênalti claríssimo para o Cruzeiro ignorado pela arbitragem no final do duelo.

Bom, fazer o que, né?

Mas e aí, quem vai conseguir parar o embaladíssimo Corinthians de Fábio Carille?

Chapecoense 2 x 1 Vasco

Mais uma importante vitória da brava Chapecoense.

E o Vasco, hein?

Vai “perigar” nesse ano de novo?

Flamengo 2 x 0 Ponte Preta

E o Flamengo se deu bem na inauguração da Ilha do Urubu: 2 a 0 na Ponte Preta, que faz boa campanha no Brasileirão.

Pode respirar, Zé Ricardo.

Mas, e agora, o Mengão vai engrenar?

Abaixo, os confrontos das oitavas de final da Libertadores, sorteados pela Conmebol nesta noite:

A – Guaraní x River Plate

H – Wilstermann x Atlético-MG

D – Emelec x San Lorenzo

E – Strongest x Lanús

Lado 2:

B – Atlético-PR x Santos

G – Barcelona x Palmeiras

C – Nacional-URU x Botafogo

F – Godoy Cruz x Grêmio

E aí, alguém terá vida fácil?

Opine!


São Paulo segue com o “freio de mão puxado” e apenas empata com o Sport!
Comentários COMENTE

Milton Neves

Sport 0 x 0 São Paulo

A Ilha do Retiro presenciou nesta noite um grande encontro.

De um lado, o Sport do experiente e vitorioso Luxemburgo; do outro, o São Paulo do iniciante e promissor Rogério Ceni.

Mas, no fim das contas, ninguém levou a melhor.

O São Paulo, de elenco tão limitado, segue com o “freio de mão puxado” no Brasileirão.

E Ceni, com o que tem em mãos, não conseguirá fazer milagres.

Pobre são-paulino…

Pelo andar da carruagem, terá que rezar muito para que o time do Morumbi fique longe da zona de rebaixamento neste ano.

E o Sport também precisa abrir bem os olhos.

Mas tenho certeza que o professor Luxa fará esse bom time embalar em breve.

Aguardem!

Atlético-MG 0 x 1 Atlético-PR

Xiiiiii…

A coisa anda feia lá pelos lados do Atlético-MG.

Afinal, o Galo conseguiu, em casa, perder para o seu genérico do Paraná, lanterna da competição.

Aí não dá, não é mesmo?

É, não sei, não, mas estou achando que Roger não conseguirá se manter no cargo por muito tempo.

Apesar da boa campanha na Libertadores.

Uma pena!

Dorival vem aí?

Vitória 2 x 2 Botafogo

Em Salvador, o Botafogo deixou escapar um bom triunfo diante do Vitória.

Afinal, vencia por 2 a 0 e conseguiu levar o empate.

O Fogão precisa reagir, hein?

Atlético-GO 3 x 1 Avaí

O Dragão embalou com Doriva, hein?

Opine!


Brasil não faz mais do que a sua obrigação e goleia a Austrália
Comentários COMENTE

Milton Neves

Foto: Divulgação/CBF

Austrália 0 x 4 Brasil

No primeiro tempo, a seleção brasileira não ajudou a espantar o sono do torcedor que acordou bem cedinho para acompanhar o amistoso contra a Austrália.

Aliás, muita gente deve ter embalado um belo cochilo durante a primeira etapa do duelo, realizado em Melbourne.

Mas, pelo menos no começo, a sensação era de que muitos gols sairiam logo no primeiro tempo.

Afinal, Diego Souza abriu o placar logo aos 10 segundos de jogo.

Isso mesmo, 10 segundos, o gol mais rápido da história da seleção brasileira!

Depois disso, a partida ficou para lá de sonolenta, com poucos ataques do Brasil e quase nenhuma investida dos australianos.

Na etapa complementar, o jogo teve uma considerável melhora.

O gol de Thiago Silva, é verdade, saiu em uma jogada lotérica, após um escanteio.

Mas o tento anotado por Taison aconteceu após uma linda troca de passes dentro da área do time local.

E, nos acréscimos, ainda deu tempo de Diego Souza marcar o seu segundo gol no amistoso.

No fim das contas, pelo que o time brasileiro apresentou e diante da fragilidade do adversário, 4 a 0 ficou de bom tamanho.

E quem melhor aproveitou este teste diante da Austrália?

Para mim, Diego Souza, autor de dois dos quatro gols do Brasil.

Thiago Silva também foi muito bem e já pode voltar a sonhar com a titularidade.

Basta manter a humildade, não é mesmo?

Mas e aí, o que você achou do amistoso contra a Austrália?

Opine!


Se a diretoria não colaborar, Rogério Ceni seguirá se queimando!
Comentários COMENTE

Milton Neves

Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net

O querido Otto Glória, que hoje mora no céu, já dizia: “Não se faz omelete sem ovos”.

E, da mesma forma, é impossível montar um time competitivo sem bons jogadores.

Não é verdade?

Por isso, insisto: se a diretoria são-paulina não colaborar, Rogério Ceni seguirá se queimando no comando técnico da equipe do Morumbi.

O triste é que ele nasceu com estrela, nasceu para vencer!

Não merecia começar sua promissora carreira como técnico contando com um elenco tão limitado.

Então, Leco, passou da hora de acordar e ajudar o M1to a engrenar como treinador!

E não é só contratar, viu?

Também tem que parar de vender a ótima molecada de Cotia antes da hora!

Opine!


Corinthians dá golpe de misericórdia em Rogério Ceni!
Comentários COMENTE

Milton Neves

Corinthians 3 x 2 São Paulo

Em Itaquera, um Majestoso para lá de emocionante.

No começo da partida, a sensação era de que o Corinthians não teria dificuldades para bater o São Paulo.

Ainda mais depois do gol de Romero, que saiu aos seis minutos do primeiro tempo.

Mas, 11 minutos mais tarde, Gilberto deixou tudo igual.

Maaaaas… o atacante estava completamente impedido!

Pode isso?

Mas a equipe da casa ainda foi para o intervalo em vantagem, já que Gabriel marcou após uma falha ridícula de Maicon.

E bota ridícula nisso!

No segundo tempo, o Timão ampliou, de pênalti (bem marcado), com Jadson.

E, no finzinho da partida, Wellington Nem diminuiu e chegou a dar esperanças ao torcedor são-paulino.

Mas não teve jeito.

Agora, o Corinthians segue com tudo na liderança.

Mas, não sei, acredito que o estoque de milagres de Carille está para acabar.

Já o São Paulo segue devendo MUITO nesta temporada.

Inclusive, é bem provável que o Timão tenha dado hoje o golpe de misericórdia em Rogério Ceni.

Concordam?

Avaí 1 x 1 Flamengo

E, assim como o São Paulo, o Flamengo também está devendo muito futebol.

Nesta rodada, um empatezinho no sufoco diante do fraco Avaí.

E contando com lambança da arbitragem.

Afinal, essa de marcar pênalti e voltar atrás…

Sei não!

Enfim, vejamos se Zé Ricardo se manterá no cargo após mais este tropeço.

Vitória 2 x 0 Atlético-MG

E tem MAIS GENTE devendo futebol.

Não é mesmo, Galo?

Já passou da hora de o Atlético-MG “entrar para valer” no Brasileirão.

Afinal, esses pontos perdidos no início do campeonato farão muita falta mais para frente!

Ponte Preta 3 x 2 Chapecoense

E a querida Chapecoense parece que perdeu mesmo a força.

Mais uma derrota nesta rodada, desta vez para a Ponte Preta, e a liderança cada vez mais distante.

Mas, bola para frente que ainda tem muito campeonato!

Cruzeiro 2 x 0 Atlético-GO

No Mineirão, deu Raposa contra o Atlético-GO.

Será que agora o Cruzeiro vai embalar?

Opine!