publicidade

Blog do Milton Neves

Categoria : 2016


Impressionante, Kashima pressiona o Real Madrid, mas a camisa pesa e o título fica com os europeus

f_373161

Hoje vimos o que só o mata-mata pode proporcionar, a emoção no futebol.

O contagiante Kashima, que surpreendeu o mundo ao bater ao Atlético Nacional, deu muito trabalho ao Real Madrid.

Durante o tempo regulamentar, quando o jogo acabou em 2 x 2, os japoneses deram um show.

Mas aí brilhou a estrela de Cristiano Ronaldo, o melhor jogador do mundo da última temporada.

Com três gols marcados, o camisa 7 do Real decidiu a parada.

Na prorrogação, o estoque de milagres do Kashima acabou e o Real venceu por 4 x 2.

Que final, hein?

Cz9fAeHXgAAWy4i

O Real Madrid corintianizou no Japão com apito amigo protegendo Sergio Ramos.

É nisso que sempre dá quando escalam árbitro de país folclórico da bola!

Viva o mata-mata, viva a zebra no futebol, viva o Kashima, viva o Atlético Nacional (campeão mundial da paz).

3° lugar

Mais cedo tivemos a disputa do 3° lugar e o Atlético Nacional venceu o América do México nos pênaltis, depois de um intenso 2 x 2.


W.O. duplo, “apito corintiano” e rebaixamento histórico. Final do Brasileirão teve de tudo, menos a nossa querida Chape!

A ferida ainda está aberta e vai demorar fechar, prova disto foram as emocionantes homenagens prestadas ao grandioso time da Chapecoense.

E no embalo coletivo do #FORÇACHAPE, a última rodada do Campeonato Brasileiro chegou ao seu final.

No Mineirão, ele tinha que dar as caras, né?

Mas não adiantou nada o “Apito Amigo” alvinegro entrar em campo, porque o gol mal anulado e o pênalti escandaloso não fizeram falta para o Cruzeiro.

Que apesar de ter passado um certo sufoco, virou a partida para 3 a 2 com o inspirado Robinho.

“Jogou demais da conta o moço, sô”!

Assim, o sonho do Timão de classificação para a Libertadores foi adiado.

E o torcedor vai ter que se contentar com a Sul-Americana e uma reformulação imediata do elenco.

Não é mesmo, corintiano?

Porém, isso não pode ser comparado com a esperança colorada que afundou em um mar de lágrimas.

Prevaleceu a lógica!

Fluminense não perderia para o desesperado Internacional, Sport Recife venceria o já rebaixado Figueirense e o Vitória contaria com a sorte, pois contra o poderoso Palmeiras, seria derrota na certa.

Já o São Paulo, foi resolver jogar bola justo nas últimas rodadas do campeonato?

Com atacante argentino “brucutu” Chavez em um dia anormal, o Tricolor goleou o meu Santinha por 5 a 0.

Ponte Preta não deu chances para o Coritiba e William Pottker foi mais uma vez o destaque, Macaca 2 a 0.

Estaria ele merecendo uma convocação?

A bem da verdade, quem vai ter que fazer uma convocação, vão ser os dirigentes do Botafogo.

Pois o time da Estrela Solitária bateu o Grêmio por 1 a 0 fora de casa e se classificou para a Libertadores.

Alô, torcida do Fogão, vamos lotar o estádio em 2017!

E por sua vez, o duelo pelo vice ficou mesmo com o Time da Vila.

O Santos venceu o América-MG por 1 a 0 e o Flamengo, que tanto vendeu perfume, vai ter guardar no estoque o precioso “cheirinho”.

Porque contra o Furacão, o duelo não saiu do zero.

OPINE!!!


Fernando Carvalho se justifica no “Domingo Esportivo”! Ouça e opine!

fernando carvalho

Em uma semana tão triste e dolorosa, o dirigente Fernando Carvalho, do Internacional, acabou bombardeado pela opinião pública por conta da seguinte declaração:

“Adiar a rodada final do Campeonato Brasileiro por conta do acidente com o elenco da Chapecoense prejudicaria o Internacional, que está vivendo sua tragédia particular”.

Pois no “Domingo Esportivo” de hoje, o cartola teve a oportunidade de se explicar.

Disse que errou ao usar a palavra “tragédia”, mas que a edição de sua entrevista foi tendenciosa.

Carvalho afirmou também que o Inter não tentará virar a mesa: “Temos de tratar de cair com dignidade”.

Ouça abaixo a entrevista na íntegra e deixe a sua opinião:


Avião desceu, Chapecoense subiu e o Nacional é Prêmio Nobel

chapecoeneseee

Não foi uma descida, mas uma caída.

Faltou combustível, um absurdo.

Fez me lembrar de meus tempos de mocinho em que andava de carona em carros de filhos dos ricos em Muzambinho.

Meu primo Humberto tinha uma Rural Willys do Tio Celino.

O “Marcelinho do Alípio” dirigia um rabo de peixe do pai Alípio Martins de Oliveira.

Os amigos “João Mula” e o Toninho “Boquinha” se revezavam ao volante de um impensável Itamaraty com placas de São Pedro da União-MG, terra de “Boquinha”, estudante em Muzambinho.

O negócio era rodar pela Avenida Dr. Américo Luz exibindo os carrões para impressionar as moças.

Éramos uns 10 a 12 espremidos.

De vez em quando, claro, parava-se no “Posto do Toninho Carnevali” e logo vinha o “põe 10 aí”!

Carona tem que ter bico fechado, mas sempre dizia: “Só 10? Logo acaba”!

A resposta era sempre a mesma: “Só 10, é só para chegar”.

Algumas vezes, nas “ruas de baixo” ou no trevo, o carro pifava, não chegava.

Sem gasolina!

Guardadas as proporções, foi o que fez o irresponsável do dono-piloto da tal LaMia no fatídico “Voo da Chapecoense”.

“Botou 10” no tanque porque dava para chegar.

Não deu e morreram 71!

Quis viajar no laço, no talo, no limite, para… economizar!

Maldito!

E pilotando uma “charrete voadora com rodas coladas com Super Bonder e amarradas com esparadrapo”.

Mas há o outro lado também, sempre considerando a óbvia certeza de que “todo avião que sobe, desce”!

E não é só avião pobre que cai, não.

Gol, LATAM, Air France, American, United, Avianca, Emirates e tantas empresas gigantes do mundo já caíram em desastres bem maiores.

E muitos ainda irão cair, infelizmente.

Mas o avião é por demais seguro e sua segurança goleia o carro e o sapato por 20.000 a 1.

Podendo, vá sempre de avião, mas não custa escolher uma companhia de lastro evitando voos lotéricos de empresas de fundo de quintal.

E deu no que deu!

Agora é seguir lamentando, lembrando, rezando e saudando a Chapecoense e o Atlético Nacional de Medellín da Colômbia.

A Chapecoense que, doídamente colocou Chapecó e Santa Catarina no mapa do mundo, ganhou na imprensa internacional em dois dias mais citações do que os nomes “Fidel” e “Trump”.

Mas para mim o grande herói foi o Clube Atlético Nacional de Medellín!

Clube solidário, organizado, educado e capaz de realizar o evento-missa mais lindo da história na última quarta-feira.

Tanto que considero: “O Atlético Nacional trocou um título pela grandeza. O Internacional quer trocar a grandeza por uma vaga na Série A”.

Prêmio Nobel da Paz de 2016 já para o Atlético Nacional de Medellín!


O mundo chora pela Chapecoense e aplaude o Atlético Nacional e seus torcedores!

atletico nacional

Por mais que digam “bola para frente” ou “vida que segue”, está difícil para a gente seguir com a rotina sem se emocionar com a tragédia que levou grande parte do time da Chapecoense e queridos amigos da imprensa.

O mundo segue chorando por essa fatalidade.

Bom, mas devemos tirar o chapéu para a solidariedade de todos os clubes do Brasil e do mundo nestes dias de muita dor.

E, mais do que tirar o chapéu, nós devemos aplaudir de pé a postura do Atlético Nacional e de sua torcida.

Além de o clube colombiano ter pedido para que a CONMEBOL declare a Chape campeã da Sul-Americana, veja no vídeo abaixo a manifestação dos torcedores de Medellín na noite da última terça-feira.

“Que se escute
Em todo o continente
Sempre recordaremos
A campeã Chapecoense…”.

Sem palavras…

E não bastasse esta homenagem, o Atlético Nacional e seus torcedores, na hora em que a partida contra a Chapecoense deveria ser disputada, emocionaram o mundo.

Entenda assistindo ao vídeo abaixo:


#ForçaChape

aviao chape

Do UOL, em São Paulo (SP)

O avião que transportava a delegação da Chapecoense, para Medellín, local do primeiro jogo da decisão da Copa Sul-Americana, desapareceu do radar e sofreu um acidente em Cerro Gordo, nas cercanias da cidade de La Unión. As informações foram confirmadas pelo próprio aeroporto da cidade colombiana.

Quatro ambulâncias se deslocaram para o local, e habitantes também auxiliaram nos primeiros socorros. De acordo com comunicado emitido por volta das 4h30 (de Brasília) pelo Aeroporto José Maria Córdova, seis pessoas foram resgatadas até o momento.

As ambulâncias com os primeiros feridos chegaram ao Hospital San Juan de Dios de La Ceja por volta das 5h (de Brasília). O trabalho de resgate foi suspenso por volta das 6h (de Brasília) por causa das condições meteorológicas adversas, já que chove muita na região.

O primeiro sobrevivente a ser atendido no hospital foi o lateral esquerdo Alan Ruschel, que chegou consciente ao local e conversando com os funcionários do local. Posteriormente, hospitais da região informaram que os goleiros Danilo e Follmann também estão sendo atendidos e estão entre os sobreviventes.

“Há alguns jogadores que sobreviveram. Machucados, mas sobreviveram. Trabalho agora é de superar as dificuldades do caminho para trazê-los aqui”, disse Kaleth Gutierrez, capitão do Corpo de Bombeiros. “São muitos sobreviventes”, destacou, em entrevista à Rádio 730.

“Lamentável. estamos acompanhando as equipes de resgate. A informação é que tem sobreviventes, a prioridade é de salvar vidas. Toda solidariedade a todos”, disse o prefeito de Medellín, Federico Gutiérrez Zuluaga.

Os bombeiros do local transportaram 15 feridos até o momento – os encontrados em pior estado e dos quais conseguiram acesso. A região do acidente é isolada, o terreno montanhoso e as péssimas condições do tempo dificultam o trabalho de resgate.

O avião de matrícula CP2933 * transportava 81 pessoas; entre tripulação, jogadores, comissão técnica, diretoria e jornalistas. A delegação brasileira viajava rumo a Medellín, cidade na qual a Chapecoense iniciaria nesta quarta-feira a briga pelo primeiro título continental diante do Atlético Nacional.

A Aerocivil colombiana também se pronunciou sobre o acidente. “Uma aeronave procedente da Bolívia, da empresa Lamia e com matrícula SP2933 RJ 80, se acidentou em Cerro El Gordo (…), com 72 passageiros, da equipe Chapecoense (Brasil), e 9 tripulantes a bordo”, emitiu, em nota, a organização.

“Os organismos atendem neste momento a situação e procedem o traslado dos feridos a diferentes centros assistenciais da região. Pessoas da Aeronáutica Civil já instalou um Posto de Mando Unificado no Centro de Operações Aéreas no Aeroporto José Maria Córdová de Rionegro para atender a situação”, acrescenta, a nota.

Autoridade local, o Coronel da Aeronáutica Civil colombiana Fredy Bonilla prefere manter a cautela ao falar sobre o assunto. “Não podemos falar em mortes. E há a confiança de que podemos resgatar pessoas com vida.”

A diretoria da Chapecoense teve a mesma postura em relação ao acidente. De acordo com o ice-presidente Ivan Tozzo, o clube irá aguardar informações oficiais para se pronunciar.

“Em função do desencontro das notícias que chegam das mais diversas fontes jornalisticas, dando conta de um acidente com a aeronave que transportava a delegação da Chapecoense, a Associação Chapecoense de Futebol, através de seu vice-presidente Ivan Tozzo, reserva-se o direito de aguardar o pronunciamento oficial da autoridade aérea colombiana, a fim de emitir qualquer nota oficial sobre o acidente. Que Deus esteja com nossos atletas, dirigentes, jornalistas e demais convidados que estão junto com a delegação”, disse o clube.

O avião da Chapecoense saiu de Santa Cruz de La Sierra, na Bolívia, rumo a Medellín na noite desta segunda-feira. Informações da imprensa colombiana apontam a falta de combustível como motivo para o acidente.

O Atlético Nacional se pronunciou sobre o acidente ainda na madrugada desta quarta-feira. “Atlético Nacional lamenta profundamente e se solidariza com a Chapecoense pelo acidente ocorrido e espera as informações das autoridades”, escreveu o clube na conta oficial do Twitter.

A Conmebol anunciou o cancelamento da final da Copa Sul-Americana, que teria o primeiro jogo disputado nesta quarta-feira.


Rogério voltou! Marcelo Oliveira caiu! Os cartolas do SP e do Atlético-MG acertaram?

marcelo olviera e rogerio

Um dia após demitir Ricardo Gomes, o São Paulo, por meio de um vídeo postado em suas redes sociais, anunciou que Rogério Ceni assumirá o comando técnico do São Paulo.

Bom, que o M1to voltaria ao Tricolor como treinador era óbvio.

Mas, será que não é muito cedo para isso?

Afinal, ele pendurou as chuteiras no ano passado…

Não seria melhor começar essa nova trajetória nas categorias de base ou em algum clube menor?

Vamos ver no que vai dar…

E quase na mesma hora do anúncio de Ceni, o Atlético-MG comunicou a todos que Marcelo Oliveira, após o vexame de ontem, não é mais treinador do clube.

Bom, também estava na cara que ele sairia do Galo.

Mas, faltando o jogo de volta da final da Copa do Brasil, ele não merecia um voto de confiança?

Opine!


Atlético foi patético no Mineirão e agora depende de um verdadeiro milagre em Porto Alegre!

renato e marcelo

Atlético-MG 1 x 3 Grêmio

No Mineirão, Renato Gaúcho viveu uma noite de Tite.

Enquanto isso, Marcelo Oliveira viveu uma noite digna de Felipão.

Afinal, incrível como o Grêmio, mesmo fora de casa, fez o que quis com o Atlético-MG no primeiro jogo da final Copa do Brasil.

O Tricolor ainda quase se perdeu na partida, após a juvenil expulsão do herói-vilão Pedro Rocha, e também do gol de Gabriel, em um lance lotérico.

Mas, de resto, dominou completamente o duelo e podia até ter aplicado uma goleada histórica no Galo.

Bom, e a gente sabe que não se pode duvidar do Clube Atlético Mineiro, que já reverteu placares praticamente impossíveis em mata-mata.

Mas, agora, o milagre precisa ser mais ou menos do tamanho da fé da Massa Atleticana.

Será que ainda dá?

Chapecoense 0 x 0 San Lorenzo

E o futebol brasileiro tem um motivo e tanto para comemorar nesta noite.

Afinal, a Chapecoense, exemplo de gestão para todos os times “grandes” do Brasil, está nada menos que na final da Copa Sul-Americana!

Espetacular!

E a classificação veio de forma emocionante, após um empate em 0 a 0 com os argentinos na Arena Condá.

Agora, a Linguiça Atômica espera Cerro Porteño ou Atlético Nacional para a decisão do torneio.

Eu sou mais a Chape, hein?

Opine!


Estava na cara: Ricardo Gomes já era! Vem aí Rogério Ceni!

ricardo gomes

Ao demitir Ricardo Gomes, o São Paulo tornou oficial no início da tarde de hoje o que já estava na cara há tempos.

Afinal, não tinha como o correto treinador se manter no cargo com péssimos resultados e com o ídolo Rogério Ceni dando sopa por aí…

Agora, é só questão de tempo para que o M1to assuma o comando técnico do Tricolor.

Enquanto isso, Pintado “quebrará o galho” lá no Morumbi nas últimas rodadas do Campeonato Brasileiro.

E como o mundo dá voltas, não é mesmo?

O Botafogo, “mandado embora” por Ricardo Gomes quando da proposta do São Paulo, está agora voando sob o comando de Jair Ventura.

Inclusive, deve se classificar para a Libertadores.

Coisas da vida e do futebol…

Opine!


Neymar, gênio da bola, segue sofrendo na Justiça espanhola!

neymar-lamenta-em-jogo-contra-malaga-1479581894911_615x300

AFP PHOTO / LLUIS GENE

MP espanhol e DIS pedem a prisão de Neymar por corrupção

Do UOL, em São Paulo

O fundo de investimento DIS apresentou nesta quarta-feira à Justiça espanhola acusação contra Neymar e família, além de dirigentes e ex-dirigentes de Santos e Barcelona. Segundo os jornais Marca e Ás, a empresa quer que todos envolvidos fiquem inabilitados de prestarem serviços no futebol durante o processo, inclusive Neymar.

A DIS alega que a família Neymar agiu de forma corrupta, crime que estabeleceria cinco anos de prisão ao atleta.

A família de Neymar é acusada pelo fundo de investimentos de omitir o valor verdadeiro da transação do atleta para o time espanhol, ocorrida em 2013.

Oficialmente, a venda foi firmada em 17,1 milhões de euros. A DIS detinha 40% dos direitos do craque. O Santos possuía 55%, e Teísa possuía 5%.

Paralelamente ao acordo, o Barcelona pagou 40 milhões de euros diretamente para a empresa N&N, dos pais do jogador. No processo que tramita na Espanha, a DIS entende que essa quantia fazia parte da negociação e que, portanto, deveria ser repartida entre os então detentores dos direitos.

Neymar pai rebate, informando que esse valor se referia a “direito de preferência”, que em nada estaria atrelado ao acordo formalizado entre Barcelona e Santos. Neymar Júnior teria passe livre do Santos em 2014. O pai do craque justifica que vendeu a preferência de negociação ao Barça para quando o atacante ficasse livre e com os direitos em mãos.

O pai de Neymar diz que o Barça se antecipou e decidiu fazer acordo com o Santos um ano antes, em 2013, quando já havia pagado à N&N o “direito de preferência”.

E você, amigo internauta, o que pensa sobre o assunto?

Opine!!!