publicidade

Blog do Milton Neves

Categoria : 2014


Com enorme ajuda do apito, Cruzeiro bate o Goiás e garante o título Brasileiro; no San-São, Tricolor vence mesmo atuando com reservas; empate com o Fla decreta a queda do Criciúma; Flu fica ainda mais longe da Libertadores-2015; Figueirense fica na Série A; Palmeiras e Bota se aproximam da Série B; e Corinthians supera o Grêmio

Everton ribeiro ttt

Foto retirada do portal UOL

Cruzeiro 2 x 1 Goiás

O título do Cruzeiro é incontestável!

Dominou o campeonato inteiro e há meses sabemos que a taça iria mesmo para a equipe celeste.

Mas, honestamente, precisar de uma ajudinha do apito para bater o Goiás e garantir o caneco do Brasileirão-2014 foi vergonhoso, não é mesmo?

Afinal, o que dizer do lance em que Henrique, dentro da área, usou a MÃO para desarmar o ataque dos visitantes?

A partida, naquele momento, estava empatada em 1 a 1, e mais um gol do Esmeraldino mudaria completamente o jogo.

Mesmo assim, parabenizo a equipe celeste e principalmente Marcelo Oliveira, o verdadeiro responsável pelo tetra da Raposa.

E mando um recado aos cruzeirenses: aproveitem o momento e comemorem muito este título do Brasileirão.

Pois na quarta-feira o “golpe” será duríssimo…

Ah, e só para não perder o costume: VOLTA, MATA-MATA!!!

Santos 0 x 1 São Paulo

No San-São, o Tricolor levou a melhor sobre o Peixe, mesmo escalando praticamente seu time reserva.

E isso serve para vermos como a coisa anda feia para o lado da equipe da Vila Belmiro, não é verdade?

No entanto, o triunfo tricolor não serviu para muita coisa, já que o Cruzeiro garantiu a taça do Brasileirão em BH.

Mas, ao menos, dá ao SPFC moral para seguir buscando o título da Sul-Americana.

E Rogério Ceni merece muito encerrar a carreira erguendo um troféu, não é mesmo?

Flamengo 1 x 1 Criciúma

Jogando no estádio Castelão, em São Luís-MA, Flamengo e Criciúma ficaram no empate por 1 a 1.

A igualdade decretou o rebaixamento da equipe catarinense, que segue como lanterna do Brasileirão.

Para o Flamengo, que já projeta 2015, nada mudou.

Sport 2 x 2 Fluminense

Outro empate da rodada aconteceu na Arena Pernambuco, entre Sport e Fluminense.

E o resultado complicou a vida do Tricolor, que agora depende de um milagre para garantir uma vaga na Libertadores-2015.

Já o Sport segue exatamente no meio da tabela, em 10º lugar.

Figueirense 2 x 0 Vitória

Enquanto alguns catarinenses choram, outros estão rindo à toa.

Afinal, com o triunfo sobre o Vitória, o Figueirense garantiu a permanência na Série A.

Já o time baiano se complicou e é bem provável que dispute a segunda divisão no ano que vem.

Às 19h30…

Coritiba 2 x 0 Palmeiras

Após a derrota para o Sport na inauguração do Allianz Parque, eu avisei que o Palmeiras corria um SÉRIO risco de voltar à Série B em 2015.

E a lógica é a seguinte: se a equipe não conseguiu se motivar nem com a estreia de uma arena linda como aquela, vai se motivar com o quê?

Agora, após a derrota por 2 a 0 para o Coxa, as coisas ficaram ainda mais complicadas.

O Verdão vai para os dois jogos decisivos com o psicológico completamente abalado.

Isso não deve acabar bem…

E como é duro ver o maior vencedor do século XX em uma situação como essa no ano de seu centenário, né?

Que um milagre aconteça e o Palmeiras consiga se salvar!

Corinthians 1 x 0 Grêmio

Em situação oposta a de seu maior rival, o Corinthians deve garantir uma vaga na Libertadores-2015 já na próxima rodada.

E isso graças a boa vitória alvinegra sobre o Grêmio, no Itaquerão.

E é incrível como o Tricolor gaúcho é o imortal que mais morre no mundo, né?

Também, insistindo em “mortos-vivos” como Felipão, não poderia acontecer algo diferente.

Chapecoense 2 x 0 Botafogo

Mas tem gente em situação pior que a do Palmeiras.

O Botafogo teve nesta rodada o penúltimo prego de seu caixão martelado pela equipe da Chapecoense.

Agora, só um MILAGRE, mas um MILAGRE MESMO, salva o Glorioso.

Enquanto isso, a equipe de Chapecó, a cidade que mais mata porco no mundo, segue subindo…

Opine!


Cruzeiro fica ainda mais perto do título do segundo campeonato mais importante do futebol brasileiro; Chapecoense humilha o Flu e complica o Palmeiras!

everton ri

Foto: Ramiro Furquim/AGIF – Retirada do portal UOL

Grêmio 1 x 2 Cruzeiro

Como digo há tempos, o Cruzeiro já levou o Brasileirão.

Ninguém mais, nem mesmo o São Paulo, conseguirá tirar da Raposa o título do atualmente segundo campeonato mais importante do Brasil.

Afinal, em 2014, a Copa do Brasil, disputada pelo sistema MATA-MATA, está valendo umas 77 vezes mais do que esse modorrento Campeonato Brasileiro de pontozzz corridozzz.

E a Copa do Brasil, meus amigos, nem precisam se preocupar: é do Galo Mais Lindo do Mundo.

Quanto ao jogo entre Grêmio e Cruzeiro, vale destacar o ótimo segundo tempo da Raposa em Porto Alegre.

Virou o placar para cima da equipe de Felipão na bola e com muita raça.

Agora, uma vitória domingo, diante do Goiás, garante o caneco para o segundo time de Minas.

O duro será ter a faixa carimbada pelo seu maior rival logo na quarta-feira seguinte, né?

Fluminense 1 x 4 Chapecoense

E não é que as coisas ficaram ainda piores para o Palmeiras?

Afinal, a Chapecoense HUMILHOU o Flu no Maracanã e agora o Z4 está a apenas um ponto do Verdão.

E, para complicar ainda mais, o Alviverde só enfrentará pedreiras nas últimas rodadas do Brasileirão.

Será que a equipe do Allianz Parque conseguirá se salvar?

E viva a valente Chapecoense, que após golear Inter e Flu neste Brasileirão não merece cair nem que a vaca tussa.

Opine!


Com mãozinha do apito, Brasil sofre para ganhar da “poderosa” Áustria! Só o golaço do jovem Firmino salvou! E, substituído no segundo tempo, Neymar passa a braçadeira de capitão para… Thiago Silva!

ney fir

Foto: Bruno Domingos/MowaPress – retirada do portal UOL

Extra! Extra! Extra!

Finalmente nos apresentaram algo tão sonolento quanto o Campeonato Brasileiro por pontos corridos.

Afinal, assistir ao amistoso entre Brasil e Áustria foi tão penoso quanto acompanhar o Brasileirão atualmente, não é mesmo?

Bom, o escrete canarinho venceu, é verdade.

Mas com um sofrimento danado e uma boa ajuda do apito amigo.

A falta cometida por David Luiz antes de marcar o primeiro gol brasileiro foi claríssima.

E o gol marcado pelo desconhecido Roberto Firmino, que deu a vitória ao time de Dunga, foi uma verdadeira pintura.

Um fato curioso do jogo foi que Neymar, ao ser substituído no segundo tempo, passou a braçadeira de capitão a… THIAGO SILVA!

Será que fizeram as pazes ou o craque do Barça “arregou” para o zagueirão do PSG?

Bom, isso eu não, mas sei é que não dá para ver o Brasil passar sufoco contra a “poderosa” Áustria, não é mesmo?

Opine!


O dono do mais belo e moderno estádio do Brasil não pode correr o risco de cair para a Série B! Ainda mais no ano de seu centenário, né, Verdão? E o que está havendo com o soberbo Thiago Silva?

Allianz

allian 2

Allian 3

As fotos acima são do Allianz Parque, o estádio mais belo e moderno do Brasil, que será inaugurado nesta semana.

Deem mais uma olhada nas imagens e percebam o banho que o novo estádio do Palmeiras dá no Itaquerão, feito às pressas para a Copa do Mundo.

Mas, honestamente, o dono do estádio mais incrível do país não pode correr o risco de cair para a Série B.

Afinal, o que ocorreu com o Verdão, que algumas rodadas atrás já dava o assunto “rebaixamento” como encerrado?

Salto alto?

Que o lindo Allianz Parque, que será inaugurado nesta semana no jogo entre Palmeiras e Sport, ajude o Alviverde a se livrar de vez desse fantasma.

E o que está havendo com o soberbo Thiago Silva?

O zagueiro do PSG anda chateado com Dunga e com Neymar.

Com o treinador por não ser mais titular da equipe – vale destacar que, desde a volta de Dunga, a seleção não tomou gols.

Já com Neymar o motivo é que o craque do Barça não lhe deu satisfações após ter “roubado” a sua braçadeira de capitão.

Ora, e por acaso a escolha foi dele?

Entenda, Thiago Silva, que você é sim bom zagueiro, mas também não é nenhum  Beckenbauer.

E, caso insista nessa birrinhas, é bem provável que Dunga nunca mais te chame para seleção, viu?

Opine!

Fotos: Divulgação


Mesmo jogando mal, Fluminense vence o clássico contra o Botafogo e afunda ainda mais o rival. Em Santa Catarina, Grêmio bate Criciúma e se garante no G4. Os dois tricolores vão conseguir a classificação para a Libertadores???

chargeplacar

Fluminense x Botafogo

Em outros tempos, este seria um clássico recheado de estrelas em campo e com as arquibancadas lotadas. Hoje, não vimos nem uma coisa, nem outra.

Mesmo com um time muito superior ao do adversário, o Fluminense não conseguiu criar grandes oportunidades, tanto que a melhor chance do primeiro tempo foi do Botafogo.

Carlos Alberto, aquele mesmo, que uma vez foi anunciado por José Mourinho como um dos melhores jogadores do mundo, ficou sozinho com Diego Cavalieri, mas não conseguiu concluir em gol.

Assim, o Tricolor das Laranjeiras forçou o famoso “chuveirinho” na área. Após mais de 20 tentativas, Edson conseguiu balançar as redes e deixar o Fluminense na frente.

Sem poder de reação, o Fogão perdeu mais uma no campeonato. Agora, o time da Estrela Solitária está em uma situação ainda mais dramática, já que pode perder mais uma posição amanhã. Enquanto isso, o Tricolor segue na cola do G4 com 57 pontos.

Criciúma x Grêmio

Ambos os times precisavam desesperadamente da vitória, mas por motivos diferentes. O Criciúma é o lanterna do Brasileirão e ainda tem esperanças de ficar na primeira divisão. Por outro lado, o Grêmio só queria saber dos três pontos para se manter entre os líderes.

Em pouco tempo, ficou claro que o Tricolor gaúcho não teria grandes dificuldades na partida. Antes do intervalo, o time Imortal já estava vencendo por 2 a 0.

Na segunda etapa, os comandados do técnico Felipão ainda fizeram mais um gol para fechar o caixão do Tigre.

Com apenas 30 pontos, o Criciúma vive situação complicada no Campeonato Brasileiro, está cada vez mais difícil ver uma luz no fim do túnel. Já o Grêmio está cada vez mais perto da Libertadores. Com 60 pontos, o Tricolor está na terceira colocação.

OPINE!!!


Atlético com a mão na taça, Cruzeiro decadente e o “Caso Lusa”

seco

Escrevo de Maceió-AL.

Não conhecia ainda o segundo menor Estado brasileiro, mas um dos maiores em beleza e um dos melhores na simpatia e na acolhida aos visitantes.

Aqui fiz evento corporativo e palestra sobre a mídia brasileira e o marketing esportivo.

Foi no Anfiteatro Ruth Cardoso do Centro de Exposições da capital alagoana.

secos

Maceió e Alagoas felizes com o CRB que subiu da Série C para a B, mas o CSA hoje é um time sem série.

Mas todos do Estado têm muito orgulho de terem inventado Zagallo, Dida-58 do Flamengo e mais recentemente Pepe do Real Madrid e Firmino, hoje na seleção de Dunga.

“E o Deco saiu para o mundo aqui de Maceió”, dizem com orgulho, mas reconhecendo: “Marcelo Oliveira, do Cruzeiro, foi mandado embora do CRB até na base de pedradas por ser incoerente, só que hoje vimos que erramos da mesma forma que acertamos com Felipão, que estreou como técnico no Trapichão”.

Mas e o Galo, hein?

É o virtual campeão da Copa do Brasil com muita raça, técnica e boa vontade do apito.

“Isso para o Cruzeiro aprender a não operar tão seguidamente o Criciúma”, ouvi de colega de BH em entrevista sexta-feira por telefone.

E é um absurdo o que está jogando o atleticano Luan.

Moderno, incansável e decisivo, já merece até uma chance na seleção de Dunga.

Dátolo e Tardelli também assumiram a responsabilidade após a saída de Ronaldinho Gaúcho e estão indo bem demais.

Levir Culpi terá que trocar de nome e a partir de 2015 se chamará “Levir Copa”.

Afinal, “vai ser copeiro assim lá longe, sô”, brincam os felizes atleticanos.

Já os cruzeirenses não estão nada contentes.

Na reta final da temporada, a Raposa segue decadente, cansada, burocrática e ainda corre sério risco de perder o Brasileirão caso o São Paulo surpreenda nos últimos jogos.

Resumindo: começou a temporada como o Barcelona e está terminando como a Lusa.

E por falar na Portuguesa, que bomba a suspeita do Ministério Público de São Paulo, hein?

Mas, se de fato funcionários do time do Canindé receberam, quem foi que pagou?

Para que o futebol brasileiro não perca o pouco que sobrou de sua credibilidade, tudo isso precisa ser esclarecido “para ontem”!

E, claro, que os envolvidos sejam severamente punidos e o caso não acabe em pizza sabor portuguesa, a “favorita” de Mauro Alexandre Zioni Beting.


Ministério Público conclui que a Lusa recebeu para escalar Hérveton. Ou seja: segundo o MP, representantes da Lusa venderam a vaga do clube na Série A! Mas, quem pagou? E, se o caso for confirmado, o que deve acontecer com o corruptor?

lusa

O imbróglio Lusa-STJD-Héverton voltou com força total ao noticiário esportivo.

Isso porque o Ministério Público de São Paulo concluiu na noite da última terça-feira, 11,  que a Portuguesa escalou de forma irregular o meia Héverton premeditadamente.

Em troca, funcionários do clube teriam recebido vantagens financeiras.

Traduzindo: segundo o MP paulista, representantes da Lusa VENDERAM a vaga do clube na Série A do Brasileirão.

Caso os indícios sejam confirmados, o tradicional time paulista, recém-rebaixado para a Série C, pode se complicar ainda mais.

Mas, afinal, quem subornou a Portuguesa?

E o que deverá acontecer com o corruptor?

Opine!


Com o Cruzeiro Campeão, na bola e no apito como contra o Criciúma, segue a novela mata-mata. Confira aqui uma outra fórmula mágica do jornalista Tom Moisés!

Uma ideia polêmica com a proposta de trazer mais emoção na disputa do Campeonato Brasileiro

Por Tom Moisés

A disputa pelo título de Campeão Brasileiro de futebol, bem como a classificação das equipes para disputar a Taça Libertadores da América envolve interesses dos clubes, Federações Estaduais, patrocinadores, imprensa, e, principalmente, a paixão dos torcedores.

Na disputa pelo título, o sistema de pontos corridos é, sem dúvida, o mais justo, pois valoriza o trabalho das melhores equipes e com o melhor planejamento. Mas este sistema só beneficia times ricos, com maior estrutura, que têm condições de investir em elenco, contratar mais atletas de qualidade, investir em pré-temporada e treinamento. Além disso, faz tempo que o campeonato deixou de ter emoção, pois o melhor time se isola na dianteira da competição, deixando os “endividados” para trás. E isso vem prejudicando o interesse do torcedor e sua presença nos estádios. Grandes times, com grandes torcidas estão ficado pequenos diante deste cenário.

O sistema mata-mata pode parecer injusto, mas, efetivamente é o que traz mais emoção e enche os estádios, pois mesmo um time considerado pequeno ou de qualidade inferior pode, num único jogo ou numa única jogada, finalizar e vencer a partida.

Diante desta infindável discussão e de tantas opiniões divididas, Tom Moisés, jornalista editor do Jornal Popular de Barueri, SP, apresenta uma ideia polêmica, mas que pode agradar a gregos e troianos, bem como mineiros, paulistas, cariocas e torcedores de todo o país.

A proposta de Tom Moisés é que o campeonato brasileiro seja disputado, ano a ano, em sistema alternado. Num ano o campeonato é disputado por pontos corridos. No ano seguinte por mata mata. Em ano ímpar disputa-se o campeonato em pontos corridos e em ano par, a começar em 2016, no sistema mata mata.

Desta forma os gestores, investidores e amantes do futebol irão prestigiar o melhor planejamento, mas também darão chance para os times pequenos e para termos mais emoção no futebol.


São Paulo bate Vitória e pressiona líder; no clássico gaúcho, Grêmio goleia Inter; Sport arranca empate contra Fla; Figueirense vence Chapecoense; Cruzeiro leva susto, mas vira sobre o Criciúma; Timão derrota Santos; e Goiás afunda Bahia!

grenal

O jogo começou bom e caiu bruscamente de qualidade, tudo devido ao medo de perder que as duas equipes entraram em campo.

A bem da verdade, só foi o São Paulo abrir o placar para o ritmo inicial desaparecer.

E se o Vitória fosse um pouquinho melhor, teria ao menos, feito um gol e assustado pra valer o Tricolor.

Após o intervalo, aquele toque rápido e constante, característico desse time são-paulino, passou a funcionar.

Por outro lado, os baianos tomaram ânimo de energia e colocaram fogo na partida.

Pobre Rogério Ceni…

Sagrou-se em diversos lances com defesas mais do que espetaculares, mas não segurou o petardo de Kadu.

Que chute, hein? Golaço!

Mas algo me diz que o time do Morumbi está com sorte de campeão.

Kaká entrou, ampliou e conseguiu finalmente estufar as redes do goleiro Wilson, que resolveu pegar tudo.

Te cuida Cruzeiro!

placar_09_11 (1)

A Arena do Grêmio foi palco de mais um clássico Gre-Nal.

E quem estava lá, presenciou a goleada do Tricolor sobre o Colorado, que pareceu não estar em campo.

Felipão resolveu incorporar o técnico Joachim Löw e transformou o Grêmio em Alemanha.

Carrasco do Internacional, Alán Ruiz esteve em campo poucos minutos, mas o suficiente para fazer dois gols e arrancar a irritação do rival, que perdeu vaga no G-4.

Já o Flamengo, começou a partida não se importando com o fato de ser visitante na Arena Pernambuco.

Ofensivo, o time do técnico Vanderlei Luxemburgo tomou conta da partida e rapidamente abriu 2 a 0.

Entretanto, ainda traumatizado pela eliminação da Copa do Brasil, o Rubro-Negro voltou a sofrer gols no fim e deixou escapar uma vitória que parecia certa contra o Sport.

E teve golaço no Orlando Scarpelli, também. De letra, Marcão decretou a vitória do Figueirense.

A vitória no clássico catarinense contra a Chapecoense afastou o Figueira da zona da degola e transferiu a pressão para o rival.

Agora, a “Linguiça Atômica” vai ter que suar a camisa e jogar muito mais se quiser ficar na elite do Brasileirão.

Na partida das 19:30…

Mais uma vez Bruno Uvivi falhou e contribuiu para uma nova derrota do Peixe. Na Arena Corinthians, o Timão contou com o azar do zagueiro santista e com a boa fase de Guerrero para vencer o clássico.

Já o Cruzeiro passou apertado contra o Criciúma, jogando em pleno Mineirão. De virada, os mineiros suaram para vencer o Tigre e manter a vantagem sobre o vice colocado.

E o Goiás não tomou conhecimento do meu “Bahêa”. O garoto Erik foi o jogador mais incisivo do Esmeraldino e ainda fez os gols que definiram o placar no Serra Dourada.

Opine!


Mesmo com reservas, Galo continua voando e bate o Palmeiras em pleno Pacaembu. Em Curitiba, com gol de Jael, Coxa vence o Flu e sai da zona de rebaixamento. O Palmeiras ainda corre risco de cair???

charge

pla

Palmeiras x Atlético-MG

Na despedida do Pacaembu, o Palmeiras não conseguiu segurar o time reserva do Atlético-MG, acabou derrotado por 2 a 0 e teve sua sequência de três jogos invictos quebrada.

O Galo continua vivendo um grande momento. Levir Culpi preferiu poupar os titulares para a decisão da Copa do Brasil e os reservas mostraram que também são bons.

Destaque para o menino Dodô, que deu uma assistência e ainda marcou um lindo gol. Será que ele pode ser uma surpresa de Levir para os jogos contra o Cruzeiro?

O Palmeiras, que na próxima partida como mandante vai estrear sua nova Arena, terá que melhorar muito para ficar no mesmo nível do belo estádio.

Com a derrota, o Alviverde ficou estagnado na 13ª colocação do Campeonato Brasileiro. Enquanto isso, o Galo pulou duas posições e está em terceiro, será que ainda tem tempo de ultrapassar o Cruzeiro?

Coritiba x Fluminense

Precisando da vitória para fugir da zona de rebaixamento, o Coritba não desapontou sua torcida e conseguiu bater o Fluminense por 1 a 0.

Joel, “O Cruel”, aquele mesmo que brilhou contra o São Paulo, mais uma vez deu os três pontos ao Coxa.

Vale destacar que o veterano Alex não atuou e o Tricolor das Laranjeiras estava completo.

Com esta vitória, o Alviverde deixou a zona de rebaixamento e está em 14º. Por outro lado, o Fluminense saiu do G4 e pode perder ainda mais posições com os resultados de amanhã.

Botafogo x Atlético-PR

É, a situação do Botafogo segue complicada. Mesmo jogando no Rio de Janeiro, o time carioca perdeu para o Atlético-PR e se complicou ainda mais na competição.

Ainda no primeiro tempo, impedido, o atacante Cléo saiu cara a cara com o goleiro Jefferson e abriu o placar para o Furação.

Buscando o empate a todo custo, o Fogão começou a se desorganizar em campo. Até que Junior Cesar deu uma cotovelada no adversário e foi expulso, deixando o time carioca com um a menos.

Já nos acréscimos, Cléo apareceu outra vez para fechar o caixão do Botafogo e decretar a vitória do Atlético-PR por 2 a 0.

Com o triunfo, o Furacão fugiu matematicamente da segunda divisão e confirmou sua permanência na Série A em 2015. Com o revés, o Fogão permanece na 18ª colocação do campeonato.

OPINE!