publicidade

Blog do Milton Neves

Palmeiras: ainda não foi o ideal mas valeu a vitória

Milton Neves

Foto: Daniel Vorley/AGIF

Palmeiras 1 x 0 Internacional

Para o exigente torcedor do Palmeiras, e pelos investimentos do time, ainda não foi o futebol dos sonhos, mas a vitória valeu.

Lucas Lima começou de novo como titular e parece que Roger Machado vai nadar contra todos, embora não tenha feito o mesmo com Thiago Martins, substituído por Edu Dracena.

Ponto contra Roger, já que Antonio Carlos falhou duas vezes e ficou no time e a saída de Thiago pode ter colocado o jogador como culpado do empate contra o Botafogo.

O Verdão começou bem nervoso e não fosse o grande Jaílson, em dois lances de William Pottker poderia ter saído atrás no marcador.

Quando se acertou começou a levar perigo e só não fez 1 a 0 porque Borja perdeu um gol de cabeça que eu fazia em meus tempos de Muzambinho.

E aí ao 39 minutos o Diogo Barbosa cruzou e o baixinho Dudu, de 1m66, se antecipou ao grandalhão Klaus, de 1m87, e fez 1 x 0.

No segundo tempo veio o sufoco do Inter mas o Palmeiras se segurou e Lucas Lima, quem diria, chegou na área gaúcha e até mandou uma bola na trave.

E até poderia ter tido um resultado pior se a arbitragem não tivesse anulado um gol de Leandro Damião, que recebeu na mesma linha do Diogo Barbosa, num lance muito difícil.

Foi no sufoco, mas a vitória pode dar confiança ao Palmeiras, que ainda é um dos favoritos.

Ceará 0 x 0 São Paulo

Depois de uma eliminação no meio de semana para o Furacão, não dava para esperar uma grande atuação do São Paulo, mas não precisava exagerar.

Mesmo a estréia do decantado Ewerton não serviu para o tricolor melhorar.

Mas o Vozão também não veio pra Série A com um time de primeira divisão.

O jogo foi muito chato e no primeiro tempo só teve um chute a gol, exatamente de Ewerton.

No segundo tempo Diego Aguirre ainda tentou voltar com Nenê e deixar o time mais técnico mas nem isso resolveu.

Mesmo assim o único chute a gol tricolor no segundo tempo foi de Nenê, em bela defesa de Emerson.

E olha que poderia ter sido pior, se Sidão não defendesse o chute de Felipe Azevedo num contra-ataque.

Não foi um novo vexame, mas o torcedor tricolor não vê uma luz no fim do túnel.

Chapecoense 1 x 1 Vasco

Bom, errei que seria o único 0 a 0 da rodada.

Mas acertei na igualdade, são dois times que não vão muito longe no campeonato.

O interminável Wellington Paulista abriu o marcador e Andrés Rios empatou.

Ficou nisso.

Atlético Mineiro 2 x 1 Vitória

Não foi o passeio que eu esperava mas o Galo fez o dever de casa.

E o Ricardo Oliveira?

Parece que cada vez fica melhor.

O rebelde Roger Guedes fez o seu e praticamente garantiu a vitória.

O time baiano ainda diminuiu, com Alex, mas tem que se cuidar.

Fluminense 1 x 0 Cruzeiro

O time do Abelão fez o que eu esperava.

O Cruzeiro está caindo demais e Mano Menezes vai ter trabalho com o time.

Mesmo com a infantil expulsão do Gilberto, com 15 minutos, o Fluzão foi melhor.

Pedro marcou logo no início do segundo tempo e foi só.

Opine!