publicidade

Blog do Milton Neves

Desta vez o Palmeiras não pode culpar a arbitragem!

Milton Neves

Foto: MIGUEL SCHINCARIOL/AFP (Via UOL)

Palmeiras 1 x 1 Boca Juniors

O jogo não foi lá essas coisas.

E posso falar com propriedade, já que estive lá no belíssimo Allianz Parque durante boa parte do duelo para o lançamento do meu “Show do Esporte”, que estreia no próximo domingo na tela da Band (clique aqui e saiba mais detalhes).

O Palmeiras, ainda um pouco aéreo por tudo que aconteceu na final diante do Corinthians, não se encontrou em campo e poucas chances criou durante os 90 minutos.

O Boca Juniors, jogando fora de casa, se encolheu, mas de vez em quando arriscava alguns contra-ataques que chegavam a dar calafrios nos palestrinos.

E, aos 44 minutos da etapa final, quando o jogo se encaminhava para um sonolento 0 a 0, a zaga argentina se embananou toda, Guerra (que não pode ser reserva) acertou um lindo cruzamento e Keno abriu o placar.

Festa no Allianz Parque e três pontos garantidos, certo?

Errado!

Isso porque Carlitos Tévez, que deitava e rolava diante do Verdão quando defendia o Corinthians, apareceu para igualar o marcador dois minutos mais tarde.

Que fase a do Palmeiras, hein?

E verdade seja dita: o zagueiro Antônio Carlos tem futuro, mas enterrou o Alviverde no domingo e na quart-feira.

A direção do Verdão precisa buscar no mercado um defensor mais experiente para fazer dupla com o excelente Thiago Martins, não é verdade?

Outra coisa: Lucas Lima não dá mais!

Incrível a má vontade do ex-santista durante as partidas…

Bom, ao menos este amargo empate não muda em nada a situação do Palmeiras, que segue líder do grupo 8 da Libertadores.

Pelo menos até o dia 25 deste mês, quando enfrenta novamente o Boca Juniors, na Bombonera.

Opine!