publicidade

Blog do Milton Neves

Timão soma mais um ponto e vai contando as rodadas para confirmar o óbvio título! Já o São Paulo, cada vez mais parecido com o Inter/2016, perde para o Flu e segue seu calvário…

Milton Neves

 

Corinthians 0 x 0 Grêmio.

Seria bom que os dois primeiros colocados tivessem disputado uma final na Arena de Itaquera…

Mata-mata, sabem?

Mas, enfim, continuamos com esse longo e insosso Brasileirão por pontos corridos….

Então, para o Corinthians, é uma questão de ir levando em “banho-maria” depois daquele 1º turno arrasador.

E foi assim no confronto do Alvinegro com o Imortal.

Ambos tiveram chances mas o empate sem gols acabou sendo melhor para o líder, que conta nos dedos o número de rodadas restantes para comemorar o óbvio título.

E Renato Gaúcho, que poderia ter levado seu time mais perto do Timão, se não tivesse poupado tanto seu elenco, vai ter que engolir aquela conversa de que o time de Carille despencaria.

O rendimento piorou, é verdade, mas continua na liderança…

Fluminense 3 x 1 São Paulo.

No Maracanã, dois gols no primeiro tempo, ambos do Fluminense.

Um pênalti infantil, bobo, ridículo de Junior Tavares, que tocou o braço na bola sem necessidade alguma.

Henrique Dourado, que não perde pênalti, ampliou sua marca na artilharia e colocou o Flu na frente.

Nem deu tempo para o São Paulo respirar e veio o segundo.

Gustavo Scarpa ganhou de Rodrigo Caio na direita, livrou-se da marcação na grande área e tocou redondinha, adocicada para Junior Sornoza fuzilar a meta de Sidão. 2 a 0 para o time das Laranjeiras.

Os são-paulinos reclamaram de falta de Scarpa em Rodrigo Caio.

Rodrigo Caio foi mole, “condominiou” e o adversário ganhou na boa.

Se fosse Lugano, com uma perna amarrada, tirava a bola do adversário e o deixava no chão!

De qualquer forma, olhando bem, parece mesmo que Scarpa deslocou o zagueiro são-paulino.

Mas, repito: se Rodrigo Caio tivesse tido mais disposição, não perderia o lance.

Se 2 a 0 já não bastassem, o terceiro aconteceu no apagar das luzes.

Robinho sofreu pênalti claro de Arboleda e e ele mesmo bateu, pois Henrique Dourado havia sido subsituído: 3 a 0.

O São Paulo descontou aos 44, na sorte, quando Shaylon tentou cruzar, a bola desviou em Gum e morreu no canto esquerdo alto de Cavalieri.

Não tem jeito esse time do São Paulo, que não consegue engrenar duas vitórias consecutivas.

Se o São Paulo escapar do rebaixamento (ainda acho que escapa) será na “bacia das almas”, na última rodada, um teste para cardíacos.

Hoje o São Paulo não “Scarpou” de mais uma derrota… Gostaram do trocadilho?

Foi a 13º derrota do time do Morumbi no Brasileirão, na 29ª rodada, lembrando que no ano passado o Inter caiu com 17 derrotas, após as 38 rodadas…

E, dependendo dos jogos de 5ª feira, caso Sport, Vitória e Ponte vençam, volta à zona do rebaixamento, um ambiente já bastante conhecido do outrora soberano São Paulo Futebol Clube…

Lamentável…

Atlético-MG 2 x 3 Chapecoense.

No Independência, logo aos 3 minutos de bola rolando, um belo gol do Galo, quando Robinho tocou de calcanhar para Valdivia chutou muito bem, um golaço!

Mas, ainda na primeira etapa, Wellington Paulista recebeu na grande área e empatou para a Chapecoense.

Tudo caminhava para que os 45 minutos iniciais terminassem em igualdade, mas a Chape queria mais e virou…

Canteros, aos 41, dominou na grande área e fez o segundo da equipe de Santa Catarina.

O Galo foi para o vestiário em desvantagem e só empatou aos 22 da etapa derradeira, Fred, de cabeça.

Mas jogo bom é jogo com muitos gols, e a Chape voltou a comandar o placar com Luiz Antonio, aos 34.

E ficou nisso, vitória da Chape na casa atleticana.

Bela escalada do time verde na tabela e o Galo volta a enxergar o fantasma do rebaixamento…

Avaí 1 x 1 Botafogo.

Na Ressacada, Marquinhos, de pênalti, marcou o primeiro gol do jogo, muito importante para o Avaí, mas o Botafogo empatou no finalzinho, para desespero dos catarinenses, que já contavam com esses três pontos para ficar em um “razoável” 17º lugar.

Coritiba 1 x 0 Cruzeiro.

No Couto Pereira, precisando vencer, o Coxa foi um pouco melhor em um jogo fraco marcando seu único gol na primeira etapa.

Para isso, contou com a ajuda celeste, pois foi Diogo Barbosa, contra, o autor do tento a favor do time paranaense.

O Coritiba ainda está na zona da degola, mas a vitória dá fôlego para tentar escapar de mais um rebaixamento.

O Cruzeiro, por sua vez, que sonhou em alcançar o Timão, segue na quinta colocação.

Atlético-GO 0 x 1 Vasco.

No Serra Dourada, praticamente com seu passaporte carimbado para a Série B, o time goiano perdeu mais uma, desta vez para o Vasco, que parece ter engrenado de vez, com três vitórias consecutivas.

E assim como em Curitiba, o gol do vencedor foi contra, no caso, de Jonathan Lemos.

Com 42 pontos, perto do G-7, o Vasco sonha com uma vaguinha na Libertadores do ano que vem.

Ufa…

Foi uma rodada com muitos jogos e agora é sua vez de fazer sua avaliação.

Tá tudo bem mesmo para o Corinthians, que empatou com o Grêmio?

E o São Paulo? Vai escapar?

OPINE!!!