publicidade

Blog do Milton Neves

O que o São Paulo está esperando para aceitar a ajuda de Muricy?

Milton Neves

Foto: Reinaldo Canato/UOL

Nesta altura do campeonato, não adianta nada o São Paulo trocar de técnico.

Até porque não existe no mercado um comandante melhor do que o competente Dorival Júnior.

Mas, na situação em que o Tricolor se encontra, todo tipo de ajuda é bem-vinda, claro!

Ainda mais quando ela vem de um cara que sabe “um pouquinho” de futebol.

É que na noite da última segunda-feira, durante o programa “Bem, Amigos”, do SporTV, Muricy Ramalho (!!!) se colocou à disposição do São Paulo.

E sem contrapartida!

“Gostaria de ajudar sem ganhar nada. Eu queria ajudar de alguma maneira, dando uma palavra ao time, ou para o próprio (Dorival) Júnior. Ajudar de alguma maneira. Eu nasci no São Paulo, eu fui criado lá dentro. Fui criado também como treinador da base e depois do profissional. Eu tive todas as chances nesse clube. Então, eu sou muito grato e tenho um carinho enorme da torcida”, explicou o corretíssimo ex-treinador.

Alô, Leco!

Está esperando o quê?

O São Paulo assumir a lanterna do Brasileiro?

Ligue urgentemente para Muricy, aceite a sua ajuda e tire o São Paulo desta constrangedora situação!

E palmas para Muricy Ramalho, que sabe muito bem que a gratidão é a primeira virtude do homem e base de todas as demais.

Atualização:

Em contato com o jornalista Roberto Gozzi, do Portal Terceiro Tempo, Dorival Júnior afirmou que aceita a ajuda de Muricy.

“Sem problema algum”, disse o comandante tricolor.

No CT da Barra Funda, o diretor-executivo de futebol Vinicius Pinotti também falou sobre a possibilidade.

“Tomamos conhecimento das declarações do Muricy, inclusive já tínhamos tido algumas conversas. Então, a gente sabe que ele tem um contrato (comentarista do SporTV) e é um cara honesto e que cumpre os seus compromissos. Muito difícil de vir oficialmente, mas nada impede que nos ajude informalmente com a são-paulinidade dele, a bagagem dele, que são muito importantes para o São Paulo”, comentou Pinotti.

Agora é com você, Leco!

Opine!