publicidade

Blog do Milton Neves

“Apito Amigo” e sorte evitam vexame histórico do Timão!

Milton Neves

Brusque 0 (4) x (5) 0 Corinthians

Inacreditável!

Uma semana após a incrível vitória sobre o fortíssimo Palmeiras, o Corinthians por pouco não viveu nesta quarta-feira um dos maiores vexames de sua história.

Afinal, o Timão tinha OBRIGAÇÃO de golear o Brusque e avançar com tranquilidade na Copa do Brasil.

Não o fez e só conseguiu empatar em 0 a 0 graças ao melhor jogador corintiano de todos os tempos: o bom e velho “Apito Amigo”.

Afinal, pênalti claríssimo de Pablo em Jonatas Belusso não marcado pela arbitragem.

Até quando, hein?

Se Pericles Bassols tivesse assinalado a penalidade, a história seria muito diferente…

Aí, na decisão por pênaltis, que sorte deu o Timão!

O Brusque tinha tudo para sacramentar a sua classificação, mas João Carlos acertou o travessão.

Aí, Carlos Alberto (aquele, ex-Corinthians e Figueirense) também desperdiçou, e Romero garantiu o Alvinegro na próxima fase da Copa do Brasil.

Que pena…

Pena porque, pelo que jogou, o time do Brusque merecia 146 vezes mais a vaga do que a equipe paulista.

E vamos abrir o olho, arbitragem!

Quando o lance é duvidoso, por que vocês sempre correm para o lado do Corinthians?

Opine!