publicidade

Blog do Milton Neves

Impressionante, Kashima pressiona o Real Madrid, mas a camisa pesa e o título fica com os europeus

Milton Neves

f_373161

Hoje vimos o que só o mata-mata pode proporcionar, a emoção no futebol.

O contagiante Kashima, que surpreendeu o mundo ao bater ao Atlético Nacional, deu muito trabalho ao Real Madrid.

Durante o tempo regulamentar, quando o jogo acabou em 2 x 2, os japoneses deram um show.

Mas aí brilhou a estrela de Cristiano Ronaldo, o melhor jogador do mundo da última temporada.

Com três gols marcados, o camisa 7 do Real decidiu a parada.

Na prorrogação, o estoque de milagres do Kashima acabou e o Real venceu por 4 x 2.

Que final, hein?

Cz9fAeHXgAAWy4i

O Real Madrid corintianizou no Japão com apito amigo protegendo Sergio Ramos.

É nisso que sempre dá quando escalam árbitro de país folclórico da bola!

Viva o mata-mata, viva a zebra no futebol, viva o Kashima, viva o Atlético Nacional (campeão mundial da paz).

3° lugar

Mais cedo tivemos a disputa do 3° lugar e o Atlético Nacional venceu o América do México nos pênaltis, depois de um intenso 2 x 2.

Compartilhe: