publicidade

Blog do Milton Neves

Timão breca o Fla e ajuda o Verdão, que vence e já começa a ensaiar grito de campeão! Gre-Nal acaba sem gols, sem graça; e Cruzeiro respira ao bater o Vitória!

Milton Neves

A volta ao Maracanã poderia ter sido perfeita. Poderia…

Infelizmente, antes do jogo as torcidas se estranharam e nós presenciamos cenas lamentáveis. Gente, mais paz, mais amor!

No entanto, dentro de campo o que vimos foi um jogaço digno desses dois gigantes.

E eu que apostei na vitória certa do Flamengo, me enganei.

Não é que o Corinthians ajudou e muito o arquirrival Palmeiras? Seria já o olhar clínico de Oswaldo de Oliveira?

Os dois gols alvinegros fizeram os palmeirenses comemorarem a quilômetros de distância e dentro do Allianz Parque.

Algo raro de se acontecer…

Porém, mais raro foi o “Apito Amigo” que agiu contra o Timão, não é mesmo?

Guerrero, que nada tem a ver com isso fez logo dois.

O primeiro, impedido, teve um sabor especial, pois era assim que marcava seus gols pelo Corinthians. Doce veneno?

A bem da verdade, o Flamengo teve todas as chances para virar, mas Walter estava lá. Sem dúvidas o grande destaque. Jogando desse jeito, o Cássio não volta mais!

Mas e agora?

Como é que vai ficar a situação dos cariocas?

Após esta rodada, a distância para o líder aumentou para seis pontos.

Será que o Fla ainda tem gás para buscar uma reação e ser o grande campeão? Ficou difícil!

Palmeiras 2 x 1 Sport

O líder do campeonato deu um importante passo para a consagração que tanto busca.

A vitória sobre o Sport, injusta, deixa o Verdão um pouco mais perto do título.

É que o árbitro deixou de anotar um pênalti claríssimo do zagueiro Mina.

Se os pernambucanos venceriam ou não, é outra história, pois o Palmeiras fazia uma grande partida. Mas a não marcação da penalidade os prejudicaram muito.

Grêmio 0 x 0 Internacional

O Gre-Nal teve quase tudo que caracteriza o duelo entre as equipes, só faltou o principal.

A falta do gol foi o reflexo do clássico, que teve como foco o sangue esquentado dos jogadores.

Ao invés de jogar bola, se preocuparam mais em bater do que vencer e conquistar os três pontos.

Só não esteve pior, porque o segundo tempo teve algumas boas chances, mas sempre seguida da tensão, o que tirou a graça do duelo.

Vitória 0 x 1 Cruzeiro

Parece que os ares lá na Toca da Raposa estão mudando.

A ótima vitória sobre o Rubro-Negro baiano se deve graças ao excelente goleiro Rafael, que além de importantes defesas, pegou um pênalti.

E o gol de Ariel Cabral deu ânimo ao time, que entrou em campo com muitas mudanças.

Esse Mano Maneses, viu? E vocês o criticavam tanto na Seleção Brasileira!

Coritiba 1 x 1 Fluminense

O duelo foi disputadíssimo, ainda mais pela forma que foi construído.

A expulsão-relâmpago de Kléber prejudicou o Coritiba, que sofreu durante todo o jogo com um jogador a menos.

Gum saiu da zaga e fez abriu o placar. O zagueiro se redimiu da falha contra o São Paulo e fez uma bela partida, diferente da dupla de ataque que foi muito mal.

Porém, o Coxa mostrou sua força dentro de casa e arrancou o empate.

Atlético-MG 3 x 0 Figueirense

A boa vitória sobre o Figueirense manteve o Atlético-MG na terceira colocação, mas a próxima rodada pegará fogo.

O Galo que está a dois pontos do Flamengo, receberá o Rubro-Negro, fazendo um duelo de seis pontos.

Agora ficou realmente difícil para os cariocas, que tendem a cair na tabela.

Chapecoense 0 x 1 Santos

O Santos vem comendo pelas beiradas e hoje não foi diferente.

A verdade é que o Peixe não jogou bem, mas conseguiu vencer a Chapecoense fora de casa.

Na partida, o time da Vila Belmiro contou com uma lambança dos anfitriões e Lucas Lima não desperdiçou a chance.

Porque após isso, foi rezar e se segurar. O mais justo seria no mínimo o empate, mas o goleiro Vanderlei fechou o gol.

OPINE!!!