publicidade

Blog do Milton Neves

A Fifa precisa aprender com a natação e com o atletismo: se um atleta está dopado, todos da equipe são punidos! No futebol tinha que ser assim: com um dopado, o time perde os pontos. Concorda?

Milton Neves

nadador

A notícia pegou a todos de surpresa nesta semana.

João Gomes Junior, nadador que participou da ótima campanha brasileira no Mundial de Piscina Curta em dezembro do ano passado, foi flagrado em exame antidoping durante a disputa da competição.

Caso o doping seja confirmado, o Brasil perderá as medalhas de ouro das provas 4×50 m medley, 4x100m medley e 4x50m medley misto.

Ou seja, toda a equipe brasileira será punida por conta disso.

E, para mim, a Fifa tinha que seguir este exemplo.

Assim como nas provas de revezamento da natação e do atletismo, se um jogador for flagrado no exame antidoping, o time todo deve ser punido, perdendo pontos ou o título conquistado, caso seja em uma final.

A pena não pode ser individual, como acontece hoje.

Afinal, isso faria com que os atletas do futebol passassem a pensar ainda mais antes de ingerir alguma substância ilegal.

E você, o que pensa sobre o assunto?

Opine!

Compartilhe: