Blog do Milton Neves

Santa publicidade

Até na top Rede Globo um jornalista vai assumir o alto cargo do publicitário que virou o Pelé da programação e da divisão de faturamento da emissora.

Entra Carlos Henrique Schroder e sai Octávio Frioli Florisbal, antigo companheiro de criação mesa a mesa de Edgard Soares, também publicitário e jornalista, nos tempos deles de Archote Propaganda.

Já o “bíblico” Victor Civita sempre ressaltou que “com os recursos da publicidade contrato as melhores cabeças e tenho como sempre manter a independência das publicações e a ampla, total e irrestrita liberdade de expressão em minhas redações”.

Sem nenhuma ínfima pretensão de escala comparativa de valor, marca e prestigio em relação às pessoas citadas, fiz da dobradinha jornalismo e publicidade, em 40 anos, uma feliz ferramenta de sustentação profissional com boa resposta envolvendo família, educação, lazer, patrimônio, empresas e empregos.

Empregos aqui, lá e acolá, para estes e aqueles.

Mas, por militar simultaneamente nos campos do jornalismo e da publicidade – algo que me ensinou Osmar Santos – tenho tido algumas sortes profissionais e humanitárias.

A garantia, divulgada em sete de minhas tribunas, que Ganso já era do São Paulo no início da tarde de quinta-feira, só foi possível porque José Domingos Barral, ex-diretor do Assaí Atacado e hoje presidente contratado do Sonda Supermercados, parceiro comercial de quase 20 anos, me passou a informação.

Ela que foi a notícia mais lida do UOL por “secular” período, naquele dia.

Ganharam o torcedor, o jornalismo e os veículos que me contratam.

Mas outros já ganharam com essa “sorte publicitária”.

Graças ao cliente “chuveiros Lorenzetti”, Alberto Helena Junior trocou a “Folha” pelo “Diário Popular”, nos anos 90.

Por outro lado, também na mesma época, a dramática operação de um veterano comentarista pelo cardiologista Enio Búffolo, do então hospital Duprat, só foi possível por generosa e enorme permuta publicitária solicitada a mim por Antônio Augusto Amaral  de Carvalho, da Jovem Pan.

E a operação do então desesperado fotógrafo esportivo Theófilo Pereira no hospital São Luiz, via Rádio Bandeirantes?

Já as bondades de décadas de empresas de cerveja, colchão, tênis, sapato, geladeira, pneu, ar condicionado, restaurantes, móveis, ferramentas e medicamentos chegaram a minorar certas carências de ex-craques, colegas e familiares.

Além das internações do saudoso Benê em Campinas, do ex-goleiro João Marcos em Mogi das Cruzes, os enterros destes e daqueles, os presentes para os “malucos”, “divinos”, “macalés”, “marinhos”, “clodoaldos”, “agnaldos”, “sorrisos”, para o “Papel”, repórteres “ligeirinhos”, “filés de borboleta” e até para a viúva e filhos do pelezinho da Lusa que foi tão cedo para o céu.

O então gordinho Neto, desempregado, teve também merecida e sempre reconhecida ajuda.

E Milton Leite, hoje tão bom narrador esportivo de TV, hein?

Como foi duro convencer o “Seo Tuta” da Jovem Pan para que ele pudesse fazer três testemunhais diários de meus clientes Giorgio Nicoli, Rede Copel e Orthocrin, no “Show da Manhã”!

E, “mandrake”, a pedido do próprio e aflito jornalista, consegui que ele fosse garoto-propaganda de três colchões concorrentes (!!!) TODO DIA e por meses.

Era imperioso, sob pena daquele então meu amigo tão grato, digamos, “se empepinar” em seus relacionamentos.

Bem, isso deixo pra ele contar melhor.

Mas, por essas, outras e mais aquelas – e bota “aquelas” nisso -, é que digo OBRIGADO, SANTA PUBLICIDADE, a ferramenta que move a economia do mundo!

E com direito a pitadinhas, minimamente, de ajudas ao próximo.

Compartilhe:
Comentários

126 respostas para “Santa publicidade”

  1. οmе coiѕas realmente nіce neste ѕite, eu gosto.

  2. Edivalmir Antonio Massa disse:

    Milton Neves!

    As coisas para os lados do Brinco de Ouro não muda nada e quero alertá-lo para ajudar o Guarani colocando as coisas que acontecem com a Administração do Guarani Futebol Clube. Quando você falou que conheceu o Mengoni e que ele é um moço bom, simpático, eu não duvido que seja e nem tenho direito de dizer que não é, mas esse moço simpático e bom que você falou e conheceu na Catedral do Chopp dá mostras que não trabalha em prol do Clube, veja abaixo o que aconteceu recentemente no Guarani e que a Administração não dá explicações, ao contrário, a cada questionamento da Imprensa Esportiva Campineira, ele só fala que os salários dos jogadores e funcionários estão em dia e esquece que estão em dia os salários de Jan/12 até agora, mas os 5 meses atrasados não foram pagos, então os salários não estão em dia:

    1 – O Ex-Presidente do Guarani o Sr. José Luiz Lorenzetti, foi inquirido pela Justiça sobre a administração temerária, feita por ele no Guarani e no dia da Audiência a Administração do Guarani não escalou ninguém para representar o clube e fazer a Sustentação Oral e com essa falha o Débito em que foi condenado o Ex-Presidente a devolver aos cofres do clube que era algo em torno de R$ 3.600.000,00, foi reduzido para R$ 500.000,00, um dano ao patrimônio do Guarani em R$ 3.100.000,00, se ele iria pagar ou não isso é outra discussão, o que o Gestor tem que fazer é proteger o Patrimônio da Entidade que ele dirige, certo?
    2 – Tem um Ex-Jogador do Guarani o Argentino Leonel Andres Liberman, que ingressou na justiça e o processo vem rolando, no dia 02 de agosto de 2012, estava marcada a Audiência, pois no dia da bendita Audiência o Guarani não se fez representar na 8ª Vara do Trabalho, nº PROCESSO: 00630-2004-009-15-0, sob a presidência do Exmo. Juiz do Trabalho, Dr. RAFAEL MOREIRA DE ABREU, diante da falta do Inquirido (Guarani Futebol Clube) o juiz proferiu a seguinte sentença:
    “Diante da ausência do executado, aplico-lhe pena de 10% sobre o valor da execução, em razão da caracterização de atitude atentatória da dignidade da justiça. Homologo os cálculos apresentados pelo reclamante às fls. 643/644, em que já considerada a dedução dos depósitos realizados em 02/05/2012 e 18/03/2012 (fls. 650 e636, respectivamente). O valor da dívida com o acréscimo da multa é de R$ 1.760.000,00.”
    Outro emblemático tema é a Base do Guarani Futebol Clube, ninguém responde nada, não sabemos quem é quem e a quem pertence e quanto é esse percentual de cada Jogador das categorias de Base, corre boatos que nessa mensagem me reservo o direito de não falar. Segundo a NBC T 10.13 determina que todas as Despesas desprendidas com as categorias de Base devem ser Contabilizadas no Ativo Imobilizado (Investimento), mas no Guarani são registradas tudo em Contas de Resultado ou seja, cai numa conta que ao final do ano é confrontada com as Receitas e somem. Qual o motivo que é feito dessa forma? Confira com um Contador de preferência o seu, e passe essa informação a ele e pergunte a ele quais as implicações societárias, que verá que a gestão é temerária, e não imputo somente ao Mengoni, isso vem de longa data, só que ele teve a grande chance de mudar esse status e não está com interesse nenhum. Vem a grande questão: A QUEM PERTENCE OS DIREITOS FEDERATIVOS DOS JOGADORES DA BASE DO GUARANI FUTEBOL CLUBE E QUAIS OS PERCENTUAIS QUE O GUARANI TEM? Nos últimos meses houve uma revoada de jogadores, e não ficamos sabendo quantos $$$$ ficaram nos cofres do Guarani, primeiro foi o Fabinho que numa negociação obscura com o Cruzeiro, falou-se muita coisa e não aconteceu nada além da saída do jogador e o Cruzeiro não mandou nenhum jogador n suposta troca, o Leo Citadini, também da base desligou-se do clube de uma forma que ninguém ficou entendendo, tem 3 jogadores que o São Paulo levou para a base dele e não se sabe que negociação é essa e o Bruno Mendes é a ultima confusão, pois há boatos que o atleta buscou a justiça, e o que falam sobre o tema é que o Guarani perdera os direitos, por conta de falta de pagamento. Fica nesse “embrólho” é o Guarani Futebol Clube, que a cada administração é quem fica com o Ônus de todas as Administrações Temerárias.

    Meu caro, se fizermos uma conta rapidinha encontramos nessas duas falhas, erros ou desleixo administrativo um prejuízo de R$ 3.400.000,00, estamos errados quando criticamos a forma que o Guarani é Administrado? Qual o motivo que fez o Diretor Jurídico não ir a audiência ou indicar um auxiliar para representá-lo? É desleixo ou má fé para com o Guarani? Por quanto tempo o Guarani irá conviver com Dirigentes relapso e com isso acumular prejuízos? São Perguntas que precisam ser respondidas para toda a Comunidade Bugrina e Sociedade em Geral, afinal de contas, o Guarani recebe em alguns projetos Recursos que vem dos nossos preciosos Impostos.

    As informações que chegam a Imprensa Esportiva Campineira é distorcida e não reflete a verdadeira situação que passa o clube, precisamos da Imprensa e da Justiça para colocarmos o Guarani no lugar que é seu por direito e que os administradores que passaram pelo Brinco de Ouro tiraram isso do clube.

    Lembrem-se que o GUARANI FUTEBOL CLUBE é o único Campeão Brasileiro do Interior do Brasil, que revelou Careca, Neto, Amoroso e tantos outros!!!

    Abraços

    Edivalmir Antonio Massa
    Diretor Técnico
    GNEC – Brasil
    Grupo Esacol Contabilidade
    Site: http://www.esacol.com.br
    Site Prof.: http://www.edivalmir.pro.br

  3. Carlos Batista disse:

    Grande Milton,

    O Beto Zini não ouviu porque na hora do programa ele estava no culto evangélico mas, disse que o telefone dele tocou o dia inteiro com pessoas falando sobre o programa. Ligou até um amigo do Beto que comandou a campanha do Lula Presidente da República e que está fazendo a campanha do PT em São Paulo. O Beto ficou muito agradecido pela lembrança. Passei o seu celular para ele. Sucesso total!!!

    Abraços

    Batista

  4. Adonis Alonso disse:

    RIDÍCULO. “DERAM” O TIME JAPONÊS PARA O SANTOS ANO PASSADO E ELE QUASE NÃO CHEGOU À VERGONHA CONTRA O BARCELONA.

  5. José Renato Santiago disse:

    Milton,

    Segue meu novo artigo: ” Canhoteiro, 80 anos.”

    Coroatá é uma pequena cidade maranhense fundada em 1920.
    O nome da cidade se originou de uma planta existente na região, que veio do México, e conhecida pelos índios locais por Croatá-Açú.
    Doze anos depois, exatamente em 24 de setembro de 1932, no entanto, aconteceria o nascimento de José Ribamar de Oliveira, o que faria com que Coroatá passasse para a história como a cidade de Canhoteiro.
    Um dos mais fabulosos jogadores da história do futebol brasileiro, Canhoteiro associava uma velocidade descomunal a uma grande habilidade para controlar a bola e dar dribles desconcertantes em seus adversários.
    Um fenômeno!!!
    Segundo seus colegas, Canhoteiro era o único que conseguia correr por uma longa distância com a bola, praticamente, colada junto ao seu pé.
    Sua carreira foi iniciada em 1949 no pequeno América de Fortaleza, de onde saiu para o São Paulo em 1954.
    No São Paulo jogou 415 partidas e marcou 103 gols.
    Quando chegou ao São Paulo, em 1957, o magistral Zizinho não se conformava que, a apenas 400 quilômetros de distância do Rio de Janeiro, pudesse existir um fenômeno desconhecido como o ponta-esquerda Canhoteiro.
    Nas palavras do próprio Zizinho, Canhoteiro foi “melhor que o próprio Garrincha”.
    Em campo, levava à loucura os marcadores da época, como o corintiano Idário ou o palmeirense Djalma Santos.
    Certa vez, contra o Corinthians, em uma só jogada ele fintou seu marcador 14 vezes.
    Campeão Paulista em 1957, foi convocado para a Copa do Mundo de 1958, mas acabou cortado.
    Motivo?
    Muito embora o técnico da seleção brasileira, Vicente Feola, tivesse sido seu técnico no São Paulo, isto não serviu de argumento para evitar seu corte, uma vez que sua vida boemia falou mais alto.
    Segundo alguns historiadores, o corte teria sido provocado pelo fato de Canhoteiro ter chegado de madrugada na concentração da seleção brasileira justamente por saber que teria que viajar de avião até a Suécia, onde a Copa seria realizada.
    Seu pavor em andar de avião era estrondoso.
    Para o seu lugar foi chamado Zagallo.
    Anos depois, o grande Chico Buarque de Holanda desabafou sobre este fato: “Canhoteiro, cuja camisa Zagallo usurpou na Copa de 58, privando o Planeta de ver o que só eu via”.
    Jamais voltaria a jogar pela seleção.
    No entanto, de qualquer forma, no ataque dos sonhos de qualquer torcedor brasileiro daqueles tempos, sua presença, juntamente com a de Garrincha era mais do que mandatório.
    Aliás, coube ao próprio Chico Buarque escrever este ataque dos sonhos na música “O futebol” com Mané, Didi, Pagão, Pelé e Canhoteiro.
    Canhoteiro se foi em 16 de agosto de 1974.

    um abraço,
    José Renato Santiago
    http://www.memoriafutebol.com.br
    https://www.facebook.com/memoriafutebol
    http://twitter.com/memoriafutebol

  6. Sr Joaci Busto disse:

    Neymar R$ 4.5 m mês 10 mmeses R$45 milhões,Lucas SPFC R$30 m pelo seu passe. Pergunte na próxima ao diretor do SFC qto o clube irá receber até 2014 com Neymar. abraços!!!

  7. Pedro Luis do Prado Celeste disse:

    Achei a negociação entre Santos e São Paulo Normal , o Santos Não queria vender, portanto ele só sairia pela multa e o São Paulo chegou no valor da multa do contrario não iria efetuar a compra , tudo nomal .

  8. Edivaldo Felicio disse:

    O Ganso falava que tinha sonho de jogar na Europa será que ele não vai querer ser negociado logo?

  9. Hildo de Souza Campos disse:

    na sua opinião o ganço vai ser o mesmo do santos, na minha opinião não, na cidade as informações eh que ele não tem mas as mesmas condições, voces não sabem nem dez por cento o caso do ganço no santos, foi muito serio. O presidente do santos esta na europa eh corre noticias em trazer Kaka. Obrigado.

  10. Jessé Lima Congo disse:

    Ouvindo os comentários a respeito do posicionamento de Ganso e Jadson, gostaria de compartilhar aquilo o que considero interessante para a escalação da seleção. Imaginando que todos estejam bem no início de 2013 (meio para frente): ralf, paulinho, oscar e ganso. Para o ataque: neymar e lucas, ambos flutuando pelos dois lados do campo, contando com a chega do oscar como homem surpresa. Forte abraço!

  11. Wesley Lima disse:

    Realmente você deve agradecer muito.
    Não é fácil fazer um programa como o Terceiro Tempo sem as ações promocionais.

  12. Donizete Bezerra disse:

    Não entendo como alguém não percebe isso, Milton
    É óbvio que o mercado do marketing e da publicidade que movimenta o mundo.

  13. Ricardo Bittencourt disse:

    Inegávelmente é a publicidade que faz isso tudo girar.
    Sem ela, nós continuariámos a puxar mulheres pelos cabelos e caçar os animais na idade da pedra.

  14. Gustavo Hill disse:

    Concordo quando você critica a falta de respeito e de gratidão.
    Nada mais justo que saber reconhecer as oportunidades.

  15. Paulo Gonçalves disse:

    Milton “NICOLAU” Neves, bom dia tudo certinho, sou Corintiano pra caramba, mas esse texto escrito pelo Mauro “CARECA” Beting é demais, me diga onde eu posso baixá-lo para mostrar para meu sobrinho e a irmão dele que são Palmeirenses pra caramba eles vão adorar… Cabeção bom trabalho…dá-lhe Portuguesa…

  16. WANDERLEI disse:

    MILTON NEVES SOU SEU FÃ… SOU ZELADOR DO PREDIO DA FGV EM SANTOS….MAS SOU CORINTHIANO!!!

  17. moises silva disse:

    po meu vai ficar chorando ai toda hora com essa ladainha poetica,a primeira vez é legal mas depois de 50 vezes enjoa mru….o Palmeiras já ganhou do morto do figueira, o Gansso é do meu amado Tricolor ….para de chorar,,,,

  18. CLODOALDO CAMPOS disse:

    MILTON NEVES CABEÇÃO,A DIRETORIA DO SANTOS NÃO PÕE A CARA P/BATER COMO FAZ A DO PALMEIRAS,CORINTHIANS,SÃO PAULO,A DIRETORIA DO SANTOS É COVARDI E FROXA,SÓ APARESCE NA MIDIA QUANDO ESTA GANHANDO TITULOS,SÃO UM BANDO DE FROXOS, A GLOBO E CBF,GANÇO,SONDAS TRIPUDIA COM O SANTOS E A DIRETORIA SE ACOVARDA, QUERIA QUE FOSSE COM O KALIU DO GALO P/VER, ELE SIM É MACHO E DEFENDE SEU CLUB.

  19. J Rodrigues disse:

    Milton, essa estória do Teófilo Pereira e o Big Mac é verdadeira? ou seria outro Pereira, pois conheço o mesmo ele éstá muito bem de sáude.