publicidade

Blog do Milton Neves

Corinthians tem apagão, mas “Apito Amigo” dá uma “forcinha” contra o Figueirense!

Cristovao

Dentro do Itaquerão, o Corinthians mostrou sua real intenção no campeonato diante o Figueirense.

Ficou claro que a segunda colocação está de ótimo tamanho, mesmo quando teria motivos de sobra para ultrapassar o principal rival, que por sinal, vem fazendo uma belíssima campanha.

É que o Timão deixou a desejar e muito nesse duelo, sendo pobre, irregular e ruim.

Isso sem contar com a ajuda do “Apito Amigo”, que sempre dá as caras.

Ou alguém tem dúvida de que o “carateca” Cássio não merecia a expulsão?

No entanto, o 1 a 1 teve gosto de derrota para os comandados do técnico Argel, que estão se acostumando a jogar bem contra os paulistas fora de casa.

A bem da verdade, quem quer ser campeão, não pode dar esses apagões.

E nos poucos ataques que se encaixaram, brilhou a estrela do goleiro Thiago Rodrigues.

Porém, Danilo mais uma vez, livrou o Timão da derrota.

Com o empate nada agradável, o Alvinegro só somou dois pontos nas duas últimas partidas e jogando nos seus domínios.

Justo no momento em que a Fiel dá adeus ao Itaquerão, que receberá 10 jogos das Olimpíadas Rio 2016.

Agora, o sonho de encostar no líder Palmeiras ficou um pouco distante.

Mas e você torcedor, acredita que foi apenas um dia ruim?

Ou teria o Corinthians perdido o pique junto com Tite?

Santa Cruz 0 x 1 Coritiba (às 16:30)

Pela primeira vez fora de casa, o Coxa conseguiu três pontos. E foi sobre o embalo Santinha, hein?

O Tricolor pressionou mais e teve a maior posse de bola, porém, não obteve sucesso nos arremates.

E como quem não faz toma, logo o Coritiba se soltou na partida e Kleber tratou de fazer o gol que definiu o jogo.

Destaque do duelo, o Gladiador ainda poderia ter aumento para os paranaenses, mas desperdiçou a penalidade.

OPINE!!!

Compartilhe:

[COMENTE] Comentários


Ouro olímpico no futebol: agora ou nunca!

MedalhaRio

Pelé nunca esteve em uma Olimpíada.

Não podia.

Jogador profissional era proibido, vetado, proscrito.

Só “atleta amador” podia ser escalado pelo “treinador” Pierre de Coubertin.

Uma hipocrisia protetora aos discípulos de Marx.

Ou uma grande bobagem.

Aí o Brasil só ia com a “molecada ainda amadora” e perdia.

Por isso, os jogadores do Leste Europeu, comunistas e ditos amadores, eram os mesmos que atuavam em suas seleções principais e viviam ganhando o ouro olímpico no futebol.

Ou seja, a seleção olímpica dos comunistas era a própria seleção principal do país!

Tanto que, por anos, com “velhos” enfrentando “garotos”, perguntava-se: “o que a Maria leva?”.

O Brasil só levava chumbo como outros países de futebol “não amador”.

Agora, a molecada joga normalmente, mesmo já “milionários” como Gabriel Jesus e Gabigol, ao lado de pelo menos três veteranos de idade livre e de outros profissionais quaisquer abaixo dos 23 anos.

Na verdade, antes e agora, o COI inventou ou teve que inventar essas restrições porque a Fifa sempre viu o futebol olímpico como concorrente das Copas do Mundo.

“Fosse diferente, teríamos Copa do Mundo de dois em dois anos e o Mundial viraria carne de vaca”, sempre defenderam João Havelange e outros cartolas anteriores ao brasileiro.

Mas tudo passou e agora é a hora de o Brasil ficar livre de seu “Complexo Olímpico de Vira-Lata”, diria Nelson Rodrigues.

De novo em casa, e reforçado pelas ausências de Felipão-7 a 1 e de Felipão-10 a 1, nossa seleção joga novamente no Brasil com os fatores campo e torcida e com um ótimo time “do goleiro ao ponta esquerda”, além já do dedo invisível da unanimidade Tite.

E mais: vamos pegar seleções fracas ou mais ou menos com alguns desfalques by zika.

Então “é impossível” não pintar o primeiro ouro olímpico do futebol com Prass, Marquinhos, o bom Zeca (inventado em 100% por Dorival Jr.), Renato Augusto, Rodrigo Caio, Gabigol, Gabriel “que todo mundo quer” Jesus e… Neymar!

O nosso Neymar que não tem mais o direito de “fracassar” vestindo amarelo.

Sacaneado burramente por Dunga em 2010, “aleijado” pelo cavalo Zúñiga em 2014, ausente da Copa América-2016 e derrotado em outras competições, Neymar precisa tanto do ouro olímpico-2016 quanto nossa própria seleção.

Afinal, seu horroroso e recente “péssimo nono lugar” no ranking dos melhores jogadores da última temporada europeia foi um oportuno puxão em suas ricas e nobres orelhas.

E tenho certeza que isso será para ele um belo “há males que vêm para o bem”.

O bem para ele e para nosso finalmente ouro olímpico do futebol.

Mas se não der agora, é melhor desistir.

OPINE!!!

Compartilhe:

[COMENTE] Comentários


Bolão do Miltão: Figueirense repete resultado da inauguração do Itaquerão e vence o Timão!

Bolao-GIF-600

Corinthians 0 x 1 Figueirense. Assim como na inauguração do Itaquerão, vitória do Figueirense! E o autor do gol será o mesmo! Agora jogando pelo Timão,  Giovanni Augusto vai marcar contra, após cobrança de escanteio!

Santa Cruz 3 x 2 Coritiba. A torcida cobra-coral vai sofrer mas ficará feliz no final!

Palmeiras 0 x 3 Atlético-MG. O Galo vai passear no Allianz Parque!

Ponte Preta 2 x 0 Internacional. O Colorado vai melhorar, mas não será nesta rodada…

Cruzeiro 1 x 4 Sport. A Raposa seguirá firme perto da lanterna…

Grêmio 2 x 0 São Paulo. O São Paulo, que já perdeu decisão de Brasileirão para o Imortal (em 81, não é mesmo Baltazar, “Artilheiro de Deus”?), é favorito. Ganha fácil, um gol em cada etapa!

Atlético-PR 0 x 1 Fluminense. O Furacão faz bela campanha mas tropeçará em casa contra o Flu…

Chapecoense 1 x 1 Botafogo. Campanhas parecidas, empate é o resultado mais óbvio mesmo…

Vitória 3 x 0 Santos. O Peixe, desfalcadíssimo, com três na seleção olímpica, perde no Barradão…

Flamengo 0 x 2 América-MG. A maior zebra da rodada acontecerá no jogo de segunda-feira…

COLOQUE SEU E-MAIL NA MENSAGEM PARA CONTATO, OK? SOMENTE SERÃO VÁLIDOS PALPITES COM O E-MAIL, POIS DO CONTRÁRIO NÃO TEREMOS COMO NOS COMUNICAR COM O VENCEDOR. ASSIM, PALPITES SEM E-MAIL SERÃO DESCONSIDERADOS.

Os palpites postados serão válidos até 16h (horário de Brasília) deste sábado (23/07/2016).

Apenas um prognóstico por participante, um único IP, ok?. Aqueles que enviarem mais de um prognóstico não serão considerados. Favor escrever os nomes dos times do jeito que eu fiz, pois fica fácil na hora de conferir. Portanto, não valerão palpites com abreviaturas, apelidos e sem acentos. Vencerá aquele (a) que acertar mais jogos, mas em caso de empate, o ganhador será definido por sorteio.

O vencedor ganha um par de calçado Rafarillo (não necessariamente igual ao da foto), pois a remessa depende dos modelos disponíveis no estoque do fabricante, OK?

 

 

Milton Rafarillo red

2

Esta é a vascaína Ana Alycia, residente na cidade de Milagres, no Ceará. Ela venceu o “Bolão” na rodada de 25 e 26 de maio de 2016 e nos enviou a foto.

Andre Froes

Este é o Dr. André Froes, advogado em Belo Horizonte, com seu belo Rafarillo

Compartilhe:

[COMENTE] Comentários


Por que não tem nenhum brasileiro na final da Libertadores pelo terceiro ano seguido? Na Copa do Brasil, Vasco e Cruzeiro avançaram, e o Santos tropeçou

choro

É, meus amigos, por mais que muita gente não aceite isso, o futebol brasileiro está mesmo na Série B do esporte mais popular do mundo!

Afinal, hoje, dia de decisão da Libertadores da América, nós tivemos que chupar o dedo e assistir quietinhos ao duelo entre Independiente Del Valle e Atlético Nacional, que terminou empatado em 1 a 1 (o jogo de volta será na semana que vem, em Medellín).

Isso porque, pelo terceiro ano consecutivo, nenhum brasileiro chegou à decisão do torneio continental.

Sim, o último foi o Atlético-MG, em 2013, ano em que o Galo conquistou a América.

Vergonhoso, não é mesmo?

Isso que temos o direito de mandar CINCO equipes para a Libertadores…

É triste, mas que essa situação se reverta logo e que o futebol brasileiro volte a ser protagonista no mundo da bola!

Mas o que você acha?

Por que não temos brasileiros na final da Libertadores pelo terceiro ano consecutivo?

Copa do Brasil

Gama 0 x 0 Santos

E enquanto rolava a final da Libertadores, aqui no Brasil aconteciam jogos da ainda não empolgante Copa do Brasil.

O Santos, já sem alguns de seus principais destaques, que estão com a seleção olímpica, visitou o Gama e ficou no empate em 0 a 0.

É, o Peixe vai sofrer muito sem os atletas que foram para a Rio-2016.

Esse é o preço que se paga por revelar tantos craques.

E é uma pena, já que a equipe da Baixada estava engrenando no Brasileirão e tinha chances até de brigar pela ponta.

Paciência…

Santa Cruz 2 x 3 Vasco da Gama

E não deu para o valente Santinha…

Mesmo jogando no Arruda, o Santa Cruz foi derrotado pelo Vasco da Gama e está fora da Copa do Brasil.

Mas que o torcedor pernambucano não se abale.

É bom mesmo que a equipe fique focada neste momento apenas no Brasileirão, para garantir que, em 2017, o Santinha siga na Série A.

E mais para frente ainda tem a Sul-Americana!

Cruzeiro 2 x 1 Vitória

E outra equipe nordestina se despediu da Copa do Brasil nesta noite.

Foi o Vitória, que visitou o Cruzeiro e perdeu pelo mesmo placar do jogo na Bahia: 2 a 1.

Será que a Raposa conseguirá ir longe no torneio?

Bom, com toda a certeza é a única chance que o Cruzeiro tem de conquistar um título neste ano.

Só precisa torcer para não encontrar o Galo na final…

Opine!

Foto retirada do portal UOL

Compartilhe:

[COMENTE] Comentários


Com argentinos chegando, o São Paulo se torna um dos favoritos ao título do Brasileirão? E o que esperar de Diego no Fla?

reforcos

O São Paulo não demorou a buscar reforços após perder os importantes Ganso, Calleri e Kardec na última semana.

Na noite da última terça-feira (19), o Tricolor anunciou em seu site oficial a contratação do atacante argentino Andrés Chávez, do Boca Juniors.

E agora, o clube do Morumbi aguarda apenas o aval da Fifa para confirmar a chegada do também argentino Julio Buffarini, que joga como lateral-direito e como volante.

Com essas reposições e com as atenções voltadas somente ao Brasileirão, será que o São Paulo terá forças para brigar com o Palmeiras pelo título?

Vale lembrar que, ainda sem esses reforços, o Tricolor teve belíssima atuação no Majestoso, mesmo jogando fora de casa e logo depois do duro golpe que foi a queda da Libertadores.

E o Diego, hein?

Depois de 12 anos de sua ida para a Europa, o meia está de volta ao futebol brasileiro.

Mas o que esperar do ex-parceiro de Robinho, que não conseguiu se destacar em seus últimos clubes?

Será ele mais um caso de bananeira que já deu cacho?

Ou o meia ainda tem lenha para queimar no Rubro-Negro?

Opine!
 

Compartilhe:

[COMENTE] Comentários


A Olimpíada de 2016 para Neymar é o que foi a Copa de 70 para Pelé: reafirmação!

neymar-se-lamenta-no-jogo-do-brasil-contra-o-uruguai-1458959473875_615x300

Foto: UOL

Depois de um apagado Mundial em 1966, Pelé foi para a disputa da Copa no México sob muitos olhares de desconfiança.

Eusébio, o “Pantera Negra”, ameaçava desbancar o Rei de seu trono, após a bela jornada na Copa da Inglaterra. Mas não houve confronto em terras mexicanas porque Portugal não se classificou.

Até a miopia do Rei foi colocada como entrave pelo “oftalmologista” João Saldanha, às vésperas da Copa de 70.

Zagallo, seu substituto, felizmente deu de ombros ao diagnóstico e o que aconteceu todos sabem…

Neymar pode ter no Rio de Janeiro a melhor chance de se reafirmar, assim como aconteceu com Pelé.

Explico:

Neymar está fora da lista da UEFA dos dez melhores jogadores da Europa. Até dois goleiros estão na lista: Neuer e Buffon. Ótimos, aliás. Mas perder para goleiros? Neymar ficou em um apagadíssimo 19º lugar…

Neymar vive altos e baixos dentro de campo, com atuações primorosas, boas e regulares.

Às vezes é excepcional. Em outras, comum.

E, possivelmente, aquilo que está atrapalhando seu desempenho em campo, que o impediu de estar no top-10, seja a excessiva exposição em baladas amplamente replicadas nas redes sociais.

Cada passo que ele dá, cada abraço e beijo do craque do Barcelona é escancarado instantaneamente.

Nada contra que ele se divirta em baladas nababescas, mas que saiba se preservar mais.

Além disso, as pernas ficam mais pesadas… E atrapalha até o lado publicitário, óbvio!

Então, que a Olimpíada do Rio de Janeiro seja o pontapé inicial para sua reafirmação como craque, uma “prova de fogo” para seu futebol e imagem.

E, voltando à lista dos dez melhores da Europa, podem anotar:

Cristiano Ronaldo será o primeiro, Bale ficará em segundo e um tristonho Messi terá de contentar-se com o terceiro lugar…

OPINE!

Compartilhe:

[COMENTE] Comentários


SP merecia a vitória, e o Timão começa a dar sinais de que não passa de um “Cavalo Paraguaio”; e o Palmeiras dá mais um importante passo para o eneacampeonato!

cuca cristo novo

Corinthians 1 x 1 São Paulo

Crise?

Que crise?

O São Paulo parece não ter se abalado com eliminação da Libertadores na última quarta-feira.

Afinal, jogando em Itaquera contra o Corinthians, o time de Bauza fez belíssima partida e por muito pouco não conseguiu sua primeira vitória no estádio do rival.

Será que o Tricolor vai conseguir crescer no campeonato e surpreender os líderes?

Já o Corinthians, que vinha de quatro vitórias, teve uma atuação desanimadora diante de seus torcedores.

Torcedores que deixaram o Itaquerão na bronca com Cristóvão Borges.

Para a Fiel, o treinador errou em sua última alteração, quando sacou Marquinhos Gabriel e colocou em seu lugar Rildo, enquanto o veterano Danilo se arrastava em campo.

Sobrou até vaias para o técnico…

Mas a verdade é que a única coisa que deu certo para o Timão na partida foi o lance lotérico do gol de empate, anotado por Bruno Henrique (Cueva abriu o placar para o São Paulo, de pênalti).

E agora, será que o Corinthians, que chegou a assustar o líder Palmeiras, na verdade não passava de um cavalo paraguaio?

Internacional 0 x 1 Palmeiras

E por falar em Palmeiras, o Verdão conseguiu nesta rodada uma vitória para animar até o seu torcedor mais “pé no chão”.

Afinal, bater o Inter, no Beira-Rio, em dia de estreia de técnico, é para time campeão, não é mesmo?

E a equipe de Cuca usou em Porto Alegre a mesma receita que já tinha dado certo em muitos jogos deste Brasileirão: pressionou no começo do duelo, abriu o placar e depois segurou o resultado.

Olha, não sei não, mas estou achando que ninguém tira o eneacampeonato do Palmeiras, viu?

Fluminense 2 x 0 Cruzeiro

No Rio, o Fluminense não precisou fazer muita força para bater o Cruzeiro por 2 a 0.

Com o resultado, a Raposa voltou ao Z-4.

Será que esse ano o segundo time de Minas vai para a Série B?

E o Flu, será que ainda consegue brigar na parte de cima?

Após o jogo, um fato lamentável.

O atacante Riascos, em entrevista, chamou o Cruzeiro de “m***” e acabou dispensado pela Raposa.

Pô, quer sair? Que converse com a diretoria, não precisa chegar a esse ponto, não é mesmo?

Atlético-PR 1 x 1 Vitória

E, jogando em casa, o Atlético-PR tropeçou no Vitória e perdeu a chance de voltar a colar no G-4.

O time de Paulo Autuori vai conseguir incomodar os líderes novamente?

Sport 4 x 2 Grêmio

Na ilha do Retiro, o jogo mais eletrizante do domingo.

Mas, no final, o Sport levou a melhor sobre o Grêmio.

E o Tricolor gaúcho ficará mais um ano sem um título importante, hein?

Opine!

Compartilhe:

[COMENTE] Comentários


O Brasil não merecia Pelé

pele

Outro dia Pelé ligou pessoal e espontaneamente para a Rádio Bandeirantes.

Foi para o “Na Geral” do Lélio, do Zé Paulo e do Beto Hora.

O Rei adora os três.

E calhou que eu também estava no estúdio, já à espera de meu “Concentração”.

Dei uma palhinha e ponderei sobre o recente leilão de suas relíquias em Londres.

“Sabia que se especulou no mundo que você leiloou tudo porque está quebrado?”.

Irritado, o Rei respondeu que essa foi mais uma sacanagem com ele e que procurou os ingleses só para perpetuar e distribuir nos quatro cantos do mundo suas lembranças, troféus e conquistas e para fazer doação em dinheiro para o Hospital Pequeno Príncipe de Curitiba, a quem patrocina desde a fundação.

Mas tem outra sacanagem com Pelé: a oportunista e maldosa comparação dele com Muhammad Ali!

Eu explico.

Sim, duas lendas, dois gênios, dois negros icônicos do planeta.

É que Ali infelizmente morreu e muito se falou que ele foi o “Pelé do boxe” e que Pelé é o “Ali do futebol”.

Até aí tudo bem, normal, verdadeiro, grandes e merecidas homenagens aos dois.

Mas também muito se usou disso para o mal e denegrindo nosso Pelé na base do “Pelé não serve nem para engraxar o sapato de Ali”, “Pelé é o Bizu do Ali”, “Pelé não chega aos pés de Ali”, “Pelé é o quarto goleiro reserva de Ali” ou “Pelé joga na quinta divisão no campeonato em que Ali é o campeão da Série A”, além de outras bobagens expelidas pelo fígado.

Ora, entendam, só porque morreu Ali podemos escolher Pelé como comparativo negativo ou inferior ao se analisar duas figuras épicas?

Foi certo, justo ou racional pinçar Pelé, quietinho em seu canto cuidando de sua preocupante saúde, só para diminuí-lo, mesmo sendo ele a pessoa melhor dotada por Deus em todos os tempos para uma atividade específica?

Então, quando morrer outro negro ou não, mas genial, Pelé servirá de novo de cobaia para tão perversa e inconsequente comparação?

Como que se Pelé fosse “rival” de Ali, de Tyson, de Michael Jordan, de LeBron James, de Magic Johnson, de Tiger Woods, de Usain Bolt, de Roger Federer, de Novak Djokovic, de Serena Williams, de Michael Phelps, ou de Björn Borg.

Querem comparar Pelé com mortos de ocasião, gênios de outros esportes, como hoje se compara Messi com Cristiano Ronaldo!

Ora, cada um é cada um, podem ser comparados e elogiados, mas não humilhados por uma análise covarde, indevida, oportunista e maldosa.

Afinal, alguém já ouviu Pelé pedindo para ser lembrado mais do que qualquer um desses gênios da história?

Ele lá precisa de algo tão óbvio sendo o maior e melhor de todos e de todos os tempos?

É mais ou menos como aquela outra asneira que surge toda vez que alguém consegue fazer um gol do meio do campo: “Fulano fez o gol que Pelé nunca conseguiu!”.

Como que isso o incomodasse ou que Pelé não dormisse sempre desesperado porque aquela bola da Copa de 70 não entrou no gol do goleiro Viktor da Tchecoslováquia no Mundial do México.

Assim, aguardemos, infelizmente, a próxima morte de uma figura mundialmente famosa para, de novo, surgirem novas imbecilidades do tipo: “Esse sim foi fantástico, coisa que Pelé não conseguiu”.

O Brasil não merecia que Pelé tivesse nascido aqui.

BRASILEIRÃO

Santos 3 x 1 Ponte Preta

Pelo Brasileirão, o Santos recebeu a Ponte Preta na Vila e não teve dó!

3 a 1 para cima do time de Campinas, resultado que recolocou o Peixe no G-4.

Olha, se a diretoria santista conseguir segurar a meninada, pode ser que o Palmeiras tenha uma “surpresinha” em breve, hein?

Já a Ponte segue no honroso sétimo lugar.

Botafogo 3 x 3 Flamengo

E que bom clássico fizeram Botafogo e Flamengo, hein?

Três gols para cada lado, mas quem se deu mal foi o Fla, que chegou a estar vencendo por 3 a 1.

Será que o Zé Ricardo aguenta por muito tempo no cargo?

E o Fogão, volta para o Z-4?

Opine!

Compartilhe:

[COMENTE] Comentários


Bolão do Miltão: São Paulo, mesmo combalido pela eliminação na Libertadores, vence o Timão em Itaquera!

Bolao-GIF-600

Corinthians 0 x 1 São Paulo. Tudo indica uma vitória retumbante do Timão… Como a lógica no futebol não é tão lógica assim… E lá vai o Tricolor, combalido pela desclassificação contra o Atlético Nacional, em busca de uma vaga no G-4 para se garantir na Libertadores do ano que vem. Puxa, o São Paulo só pensa na Libertadores? Corinthians 1 x 1 São Paulo.

Botafogo 0 x 2 Flamengo. O Mengo segue perseguindo um lugarzinho entre os quatro primeiros. Botafogo 3 x 3 Flamengo.

Santos 2 x 1 Ponte Preta. O Peixe segue firme na briga!  Santos 3 x 1 Ponte Preta.

América-MG 0 x 1 Santa Cruz. Já passou da hora do Santinha deixar o Z-4! América-MG 0 x 1 Santa Cruz.

Internacional 2 x 1 Palmeiras. É difícil um time trazer um novo técnico e perder. Assim, vitória do Colorado de Paulo Roberto Falcão! Internacional 0 x 1 Palmeiras.

Fluminense 2 x 1 Cruzeiro. Depois da “traulitada” que levou em casa do Furacão, mais uma derrota da Raposa… Aproveitando o encontro entre os dois times, um dos maiores ídolos do Cruzeiro teve curta passagem pelas Laranjeiras. Clique aqui e veja sua página na seção “Que Fim Levou?” Fluminense 2 x 1 Cruzeiro.

Atlético-PR 2 x 0 Vitória. O Furacão mantém o vento a favor. Gostaram do trocadilho? Atlético-PR 1 x 1 Vitória.

Figueirense 0 x 1 Chapecoense. No clássico catarinense, melhor sorte para o time de Chapecó! Figueirense 1 x 1 Chapecoense.

Sport 1  x 1 Grêmio. Somente um empate na rodada. Será este, na Ilha do Retiro! Sport 4 x 2 Grêmio.

Atlético-MG 3  x 1 Coritiba. Vitória boa a importante do Galo. O Coxa segue patinando… Atlético-MG 2 x 1 Coritiba.

COLOQUE SEU E-MAIL NA MENSAGEM PARA CONTATO, OK? SOMENTE SERÃO VÁLIDOS PALPITES COM O E-MAIL, POIS DO CONTRÁRIO NÃO TEREMOS COMO NOS COMUNICAR COM O VENCEDOR. ASSIM, PALPITES SEM E-MAIL SERÃO DESCONSIDERADOS.

Os palpites postados serão válidos até 16h (horário de Brasília) deste sábado (16/07/2016).

Apenas um prognóstico por participante, um único IP, ok?. Aqueles que enviarem mais de um prognóstico não serão considerados. Favor escrever os nomes dos times do jeito que eu fiz, pois fica fácil na hora de conferir. Portanto, não valerão palpites com abreviaturas, apelidos e sem acentos. Vencerá aquele (a) que acertar mais jogos, mas em caso de empate, o ganhador será definido por sorteio.

O vencedor ganha um par de calçado Rafarillo (não necessariamente igual ao da foto), pois a remessa depende dos modelos disponíveis no estoque do fabricante, OK?

 

 

Milton Rafarillo red

2

Esta é a vascaína Ana Alycia, residente na cidade de Milagres, no Ceará. Ela venceu o “Bolão” na rodada de 25 e 26 de maio de 2016 e nos enviou a foto.

Andre Froes

Este é o Dr. André Froes, advogado em Belo Horizonte, com seu belo Rafarillo

Compartilhe:

[COMENTE] Comentários


Vergonhoso! Apito impede milagre são-paulino na Colômbia!

bauza charge ganso

Atlético Nacional 2 x 1 São Paulo

A situação do São Paulo para a decisão contra o Atlético Nacional já era complicadíssima.

Jogando contra 12, então…

Exatamente, contra 12!

Afinal, o que foi a atuação da equipe de arbitragem liderada pelo chileno Patrício Polic?

O escandaloso pênalti em Hudson no final da primeira etapa, não assinalado pelo “Homem de Preto”, mudaria completamente a partida, que já estava empatada em 1 a 1.

E vale lembrar que, apesar de ter sido infantil, Maicon foi injustamente expulso no primeiro duelo entre brasileiros e colombianos, no Morumbi.

Por isso, não é exagero algum afirmar que o Tricolor só está fora da Libertadores por causa da incompetência dos árbitros sul-americanos.

Ah, e no final do duelo teve ainda uma penalidade para o Atlético Nacional, que definiu a eliminação são-paulina.

E foi pênalti, claro, mas o placar já estava manchado desde o primeiro tempo.

Essa mão de Carlinhos na bola veio a calhar para o juizão caseiro.

Mas veja só como são as coisas.

O São Paulo, que por muito tempo foi considerado o maior clube da América do Sul, agora não tem nem mais moral algum nos bastidores da CONMEBOL.

Afinal, não é nada normal ser “operado” nos jogos de ida e volta, não é mesmo?

Mas, bola para frente.

Uma pena que agora o ano praticamente acabou para o Tricolor paulista, oitavo colocado no Brasileirão.

E para piorar, após sofrer com o apito-amigo na Colômbia, o clube do Morumbi enfrenta agora pelo Campeonato Brasileiro o rei do apito-amigo.

Que azar, não é mesmo?

E Edgardo Bauza, hein?

Com esta eliminação, corre risco de perder o cargo no São Paulo?

E quem chegará para ocupar o lugar de Calleri?

Opine!

Compartilhe:

[COMENTE] Comentários