publicidade

Blog do Milton Neves

O “se” é um Pelé melhorado em 1 bilhão%!

Já imaginaram se o “se” sumisse do mundo do futebol?

Acabaria a discussão do torcedor pós-jogo sobre aquele lance nas rodas de amigos lá na “firma”, no churrasco, no restaurante, na mídia e até no elevador.

“O que teria acontecido se os jogadores, os técnicos ou os juízes tivessem chutado, escalado ou agido diferente? Essa pergunta sem resposta é o oxigênio do futebol”, João Havelange (1916 – 2016).

E é verdade!

Santo “se”!

Sem o “se” não teríamos como “garantir” que com Nilton Santos de lateral-esquerdo em 50, Luizinho Pequeno Polegar em 54, Carlos Alberto Torres, Roberto Dias, Dino Sani, Ademir da Guia e Rivellino em 66, Pelé em 74, Falcão em 78, Leão em 82, Neto em 90 e com Neymar, Ganso e Adriano em 2010, o Brasil seria hoje campeão mundial por… 13 vezes!

Viva o “se”!

Sem ele acabariam de imediato as “mesas-redondas”!

Aliás, nem teriam nascido desde a “Grande Resenha Facit” do Rio de Janeiro.

O “Terceiro Tempo”, por exemplo, o Waldemar de Brito de minha vida, não teria existido.

Eu seria quinta divisão, mas pelo menos nem tanto invejado e patrulhado pela turma do lobby ou dos “sem talento”.

E os jornais esportivos, colunistas e comentaristas de toda a mídia?

Ia faltar assunto…

E sumiriam os “chutes” também.

Como os meus de 1966, 2010, 2014 e 2018.

Na Copa da Inglaterra, “se” Feola tivesse escalado Valdir Joaquim de Moraes; Carlos Alberto Torres, Djalma Dias, Roberto Dias e Lima Curinga; Dino Sani, Ademir da Guia e Rivellino; Tostão Pelé e Edu, o tri estaria no papo com Jonas Eduardo Américo, Edu, virando um Neymar sem frescuras perante o mundo.

Já na África do Sul, em 2010, “se” Dunga tivesse levado Adriano, Ganso e a já espetacular surpresa Neymar, o título era nosso lá na terra de Nelson Mandela.

Ah, e em 2014?

“Se” Felipão, que foi nota -7,1, não tivesse “tirado” o cargo de Mano Menezes nota 6,47, teríamos ganho a Copa em casa e o vexame dos 10 a 1 da Alemanha e da Holanda teria sido algo tão possível quanto termos no Brasil todos os políticos honestos em 100% para todo o sempre a partir de hoje.

E agora em 2018, “se” Tite tivesse me ouvido nem levaria o péssimo Paulinho, poria Gabriel Jesus no banco tanto quanto Taison, teria levado Arthur e, contra a Bélgica, ganharia fácil “se” tivesse escalado Ederson (ou o milagroso Cássio); Marquinhos, Thiago Silva, Miranda e Filipe Luís; Geromel (sim, senhores!), Renato Augusto e Philippe Coutinho; Douglas Costa, Firmino e Neymar.

“Se” escalado, esse time eliminaria Bélgica e França e o Brasil teria sido hexa na final contra a Croácia.

Viram?

Com o “se” nada é impossível de se imaginar, “garantir”, chutar ou se enganar na tristeza das derrotas em nossas Copas.

E o “se” é tão maravilhoso e infalível porque ele joga só depois da partida encerrada e não há como contrariá-lo.

Só Deus poderia, mas Ele não fala porque tem bilhões de coisas mais importantes para fazer e tentar consertar, coitado.

Mas, só por Ele ter inventado o Pelé, já está muito bom.

Opine!

Compartilhe:

Bolão do Miltão: São Paulo, embalado, ganha do Timão!

Bolao-GIF-600

CAMPEONATO BRASILEIRO – SÉRIE A – 14ª RODADA

Flamengo 2 x 0 Botafogo. O Mengo precisa vencer para continuar na liderança. E conseguirá isso no clássico carioca!

São Paulo 1 x 0 Corinthians. A vitória do Timão foi ilusória… Cássio (melhor que Allison) estava inspiradíssimo, mas não conseguirá evitar o gol tricolor…

Paraná 1 x 1 América-MG. O Paraná seguirá na zona da degola é o Coelho perto dela…

Bahia 1 x 1 Vitória. Normalmente o Bahia ganha o clássico contra o rival, mas zebras acontecem de vez em quando…

Vasco 0 x 2 Grêmio. O Imortal está chegando…

Sport 1 x 1 Fluminense. Disputa de meio da tabela normalmente acaba empatada…

Palmeiras 2 x 0 Atlético-MG. Com dor no coração vi na minha bola de cristal a vitória esmeraldina…

Cruzeiro 2 x 0 Atlético-PR. A Raposa está querendo entrar na briga pelo topo da tabela… Quem “paga” a conta desta vez é o Furacão…

Chapecoense 1 x 1 Santos. Depois do heroico empate contra o Verdão, o Peixe só consegue mais um pontinho em Chapecó…

Internacional 2 x 0 Ceará. Aqui, tudo tranquilo para o Colorado, no top-5 do Brasileirão.

Os palpites postados serão válidos até às 19h00 deste sábado (21.07.2018).

ATENÇÃO: Apenas um prognóstico (com os respectivos placares completos) por participante, um único IP, ok?. Aqueles que enviarem mais de um prognóstico não serão considerados. Favor escrever os nomes dos times do jeito que eu fiz, pois fica fácil na hora de conferir. Portanto, não valerão palpites com abreviaturas, apelidos e sem acentos. Também só serão considerados palpites em uma única mensagem, ou seja, não valem palpites em duas mensagens (uma com alguns jogos e outra com outros). Vencerá aquele (a) que acertar mais jogos, mas em caso de empate, o ganhador será definido por sorteio. Valem os resultados com bola rolando (incluindo a prorrogação).

BRINDE

Neste “Bolão”, o felizardo (ou felizarda), vai ganhar uma camisa de time de futebol, de uma destas equipes mencionadas no post, da Série A do Brasileirão, que o próprio vencedor escolherá. O modelo da camisa (e o tamanho) dependem da disponibilidade do nosso fornecedor, portanto não é necessariamente igual ao das imagens ilustrativas abaixo, ok?

Este é o Gustavo Lima da Silva, vencedor do “Bolão” da rodada de 09 e 10 de junho de 2018, com a camisa do Corinthians, que recebeu em casa, autografada por Milton Neves!

Compartilhe:

Falta “sangue no olho” ao Palmeiras! Falta qualidade ao Santos!

Foto: Daniel Vorley/AGIF

Santos 1 x 1 Palmeiras

No Pacaembu, um “Clássico da Saudade” para lá de movimentado pelo Brasileirão.

O Peixe, com todas as suas limitações, ficou em situação complicadíssima ao sofrer um gol-relâmpago de Lucas Lima (!) aos cinco minutos de jogo.

Bom, só mesmo o Santos para ressuscitar Lucas Lima…

Mas a equipe da Baixada foi guerreira, se jogou para cima do Verdão, mesmo que de uma forma um tanto quanto afobada, e foi premiada com o empate no segundo tempo, com o zagueiro Gustavo Henrique.

Depois disso, o time comandado por Roger Machado pressionou, meteu bola na trave, mas não conseguiu balançar as redes de Vanderlei e os times terminaram mesmo empatados.

Bom, com o resultado, o Verdão chegou aos 20 pontos, na sétima colocação do Brasileiro.

Convenhamos, muito pouco para o melhor elenco do Brasil, não é mesmo?

Parece que falta aos palmeirenses o que chamamos no Sul de Minas de “sangue no olho”!

Já o Santos soma 14 pontos, na 15ª colocação (bem perto do Z-4).

E é melhor abrir bem os olhos, porque agora não tem mais parada nenhuma daqui até o final do Brasileirão.

Vasco 1 x 1 Fluminense

Outro 1 a 1 da rodada aconteceu em São Januário.

E que fase a do Vasco, hein?

Acabou cedendo o empate para o Fluminense aos 44 do segundo tempo!

E como é triste ver dois gigantes do nosso futebol fazendo uma partida tão feia!

Cruzeiro 3 x 1 América-MG

Injustiça no Mineirão!

Afinal, o América merecia melhor sorte no clássico contra o terceiro time de Minas Gerais.

Mas, tudo bem…

O Coelho dará a volta por cima na próxima rodada, contra o Paraná!

Chapecoense 1 x 1 Bahia

No duelo de ameaçados, Chapecoense e Bahia terminaram empatados em 1 a 1.

E com um joguinho bem morno…

As duas equipes precisam reagir!

E logo!

Atlético-PR 2 x 2 Internacional

Tivemos jogo movimentado também na Arena da Baixada.

Empate justo entre o Atlético-PR e o Internacional.

Mas, honestamente, talvez seja um pouco tarde para uma reação do Furacão!

Opine!

Compartilhe:

Cássio prova que é MUITO melhor que Alisson!

Foto: BRUNO ULIVIERI/ESTADÃO CONTEÚDO (via UOL)

Corinthians 2 x 0 Botafogo

Ainda de ressaca após a Copa do Mundo, o Brasileirão voltou nesta quarta-feira com excelentes jogos.

No Itaquerão, deu Corinthians contra o Botafogo, mas o placar de 2 a 0 foi para lá de enganoso.

Isso porque o Fogão, que levou um gol-relâmpago de Rodriguinho aos três minutos de jogo, passou o restante do duelo “martelando”, tentando de todo jeito o tento de empate.

E só não conseguiu porque no gol corintiano estava o iluminado Cássio.

O arqueiro alvinegro só faltou fazer chover nesta noite em Itaquera.

Inclusive, ele provou nesta partida que é MUITO melhor que Alisson “Leite Moça”: bateu, tomou!

Alô, Tite, que você tenha visto essa espetacular apresentação de Cássio e o coloque como titular já no próximo compromisso da seleção!

Bom, e, no fim das contas, o Timão ainda conseguiu achar mais um golzinho nos minutos finais, com Romero.

Mas, repito, o placar foi completamente enganoso.

O Timão certamente teria sido derrotado em casa não fosse pelas espetaculares defesas do gigante Cássio!

Flamengo 0 x 1 São Paulo

E tão espetacular quanto a atuação de Cássio no Itaquerão foi a vitória do São Paulo diante do Flamengo no Maracanã.

Vitória que faz com que o Tricolor passe a sonhar até mesmo com o título!

Isso mesmo, com o título!

Afinal, o time do Morumbi agora está apenas um ponto atrás do Fla.

Se vencer o Timão no final de semana (e vai vencer) e o Rubro-Negro não triunfar no clássico contra o Botafogo, a equipe comandada por Diego Aguirre assumirá a ponta do Brasileirão.

Sensacional, não é mesmo?

Destaques da partida: Sidão (foi quase um Cássio), Éverton e Nenê!

E parabéns ao treinador Aguirre, que conseguiu fazer o São Paulo jogar novamente com alma!

Grêmio 2 x 0 Atlético-MG

Em Porto Alegre, deu Grêmio para cima do Atlético-MG.

Mas se trata de uma derrota completamente aceitável do Galo.

Afinal, o Grêmio é, há tempos, o melhor time da América do Sul.

E o Maior de Minas dará a volta por cima na próxima rodada, contra o Palmeiras!

Podem anotar e me cobrar!

Vitória 1 x 0 Paraná

O Vitória não merecia, mas acabou saindo com três pontos do duelo contra o Paraná.

Mas o Leão que se cuide, pois o time é muito fraco e o risco de cair para a Série B ainda é muito grande!

Ceará 1 x 0 Sport

Enfim, o Vozão conseguiu vencer a primeira no Brasileirão.

Agora o Ceará vai embalar e vai conseguir se salvar do Z-4!

Opine!

Compartilhe:

Bolão do Miltão: Brasileirão volta com Mengo mais líder e Timão em desmanche empatando…

Bolao-GIF-600

CAMPEONATO BRASILEIRO – SÉRIE A – 13ª RODADA

Ceará 1 x 1 Sport. Lanterna do Brasileirão, o Vozão só consegue um pontinho jogando em casa… Ceará 1 x 0 Sport.

Vitória 2 x 1 Paraná. De virada o Vitória passa pelo Paraná! Vitória 1 x 0 Paraná.

Flamengo 2 x 0 São Paulo. Sigam o líder! O Mengo marca um em cada etapa e chega aos 30 pontos! Falando no confronto… Clique aqui e veja na seção “Que Fim Levou?” a página de um zagueiro que defendeu o Rubro-negro e o Tricolor. Polêmico, ele era muito bom de bola e foi titular da seleção brasileira na Copa de 1998. Flamengo 0 x 1 São Paulo.

Corinthians 1 x 1 Botafogo. O Timão, que durante a Copa do Mundo sofreu um desmanche considerável,  com as saídas de Maycon, Sidcley e Balbuena, vai perdendo o força no campeonato… Logo estará “cabeça a cabeça” com a turma da degola… Corinthians 2 x 0 Botafogo.

Grêmio 1 x 1 Atlético-MG. O Galo volta com importante ponto de Porto Alegre! Grêmio 2 x 0 Atlético-MG.

Cruzeiro 2 x 1 América-MG. A Raposa será mais esperta e bate o Coelho… Cruzeiro 3 x 1 América-MG.

Chapecoense 1 x 1 Bahia. O Bahia precisa ganhar para deixar a zona da degola, mas só consegue empatar em Santa Catarina. Chapecoense 1 x 1 Bahia.

Vasco 1 x 0 Fluminense. No clássico carioca, melhor para o Vascão! Vasco 1 x 1 Fluminense.

Santos 0 x 2 Palmeiras. O Verdão deveria estar na parte de cima da tabela. Mas,  no comparativo, está melhor que o meu Peixe… Santos 1 x 1 Palmeiras.

Atlético-PR 1 x 2 Internacional. Com a vitória o Colorado assume a vice-liderança do Brasileiro! Atlético-PR 2 x 2 Internacional.

Os palpites postados serão válidos até às 19h30 desta quarta-feira (18.07.2018).

ATENÇÃO: Apenas um prognóstico (com os respectivos placares completos) por participante, um único IP, ok?. Aqueles que enviarem mais de um prognóstico não serão considerados. Favor escrever os nomes dos times do jeito que eu fiz, pois fica fácil na hora de conferir. Portanto, não valerão palpites com abreviaturas, apelidos e sem acentos. Também só serão considerados palpites em uma única mensagem, ou seja, não valem palpites em duas mensagens (uma com alguns jogos e outra com outros). Vencerá aquele (a) que acertar mais jogos, mas em caso de empate, o ganhador será definido por sorteio. Valem os resultados com bola rolando (incluindo a prorrogação).

E o felizardo (ou felizarda) vai receber em casa um par de calçado da calçados online (www.calcadosonline.com.br).

O modelo depende da disponibilidade do fornecedor, que fará o envio ao (a) vencedor (a).

CLIQUE AQUI E ACESSE O SITE DA CALÇADOS ON LINE

ABAIXO, IMAGENS MERAMENTE ILUSTRATIVAS. O CALÇADO PARA QUEM VENCER O BOLÃO DEPENDE DA DISPONIBILIDADE DO FORNECEDOR, PODENDO SER OUTRO MODELO E DE OUTRO FABRICANTE QUE ESTEJA NO SITE www.calcadosonline.com.br

Compartilhe:

Ouça! Em 99 eu já defendia na Pan o que hoje se chama VAR! Flávio Prado foi contra!

A relíquia acima, garimpada pelo pessoal do canal FUTNÁTICO e pelo jornalista Rodrigo Linhares, é um trecho de um “Terceiro Tempo” da Rádio Jovem Pan em 1999.

Reparem como, naquela época, eu já defendia o que hoje se chama VAR (video assistant referee ou árbitro assistente de vídeo).

Flávio Prado, meu então companheiro de bancada, discordou frontalmente, dizendo que isso “seria o fim do futebol”.

Ouça os argumentos e opine!

Compartilhe:

Neymar renascerá após puxão de orelha mundial!

Foto: Lucas Figueiredo/CBF

Nunca um jogador foi tão ridicularizado em uma Copa quanto Neymar no Mundial da Rússia.

Mas, creiam, isso será ótimo para ele e para o futebol brasileiro!

E eu explico.

Após a eliminação do escrete canarinho da Copa, o craque do PSG levou o maior “puxão de orelha” da sua vida.

Um “puxão de orelha” de verdade, que ele jamais tinha levado de seu pai ou dos profissionais que gerenciam a sua carreira.

O susto foi tão grande que tenho certeza que Neymar deixará de lado os tais “parças”, diminuirá a sua exposição nas redes sociais, parará de xingar bandeirinhas, árbitros e zagueiros e esquecerá de vez essa história de simular faltas.

Daqui para frente, aposto, restará apenas um Neymar “puro”, ainda com 26 anos, com um futebol espetacular em seus pés e com muita vontade de vencer com a seleção brasileira.

Certo?

Bom, e o primeiro passo para a redenção do eterno Menino da Vila será “mandar embora” o PSG e voltar para um grande time do futebol mundial.

Aí, podem acreditar que as coisas vão acontecer naturalmente e Neymar calará muitas bocas mundo afora.

Inclusive as nossas!

Opine!

Compartilhe:

Superior, com VAR e “Apité Amigué”, França levanta o caneco na Rússia!

Foto: UOL

França 4 x 2 Croácia.

Pois é…

Apesar da torcida do “mundo”, não deu para a Croácia.

Estava tão na cara que a França venceria sua segunda Copa do Mundo, mas tão na cara, que venceu mesmo!

Superior à Croácia, o time de Didier Deschamps “sobrou” nesta final.

Com o VAR (correto no segundo gol) mas também com ajuda enorme de um “apité amigué”, pois a falta que originou o primeiro gol francês não existiu…

Griezmann cavou a falta perto da entrada da grande área croata e o árbitro “caiu” na encenação.

O mesmo Griezmann levantou e Mandzukic jogou contra o patrimônio, de cabeça.

E não foi apenas o erro em ter marcado a falta, pois Pogba estava impedido disputando a bola com Mandzukic, atrapalhando o jogador que fez contra…

Ou seja, erro duplo na arbitragem do argentino Néstor Pitana, que favoreceu a França aos 18 minutos do 1º tempo

E só dava Croácia…

Mas a justiça se fez…

Perisic, nove minutos depois, fez um golaço e deixou tudo igual!

E poderia ter virado, se Néstor Pitana tivesse dado pênalti em Mandzukic. Faltou veemência aos croatas para pedirem o VAR, que aceitaram a não marcação “bovinamente”.

E no meio do caminho croata tinha um VAR, tinha um VAR no meio do caminho…

O mesmo Perisic tocou a mão na bola dentro da área, lance que foi reclamado pelos franceses e o árbitro recebeu o aviso de revisão.

Infração constatada, Griezmann bateu sem chances para o bom goleiro Subacic, que joga de verde…

Pois é, jogando de verde é difícil conseguir ganhar um Mundial…

E Pogba, aos 13 minutos do 2º tempo, ampliou, após contra-ataque puxado por Mbappé e passe de Griezmann.

E a fatura foi liquidada quando Mbappé, aos 19, arriscou de fora da área e Subacic parecia desanimado para nem tentar a defesa…

Mas a Croácia ainda foi valente, aproveitando falha de Lloris, que saiu jogando errado e Mandzukic com seu faro de tubarão, como nosso saudoso Vavá, aproveitou para diminuir.

E a França conseguiu ser campeã mesmo com um centroavante que não fez gol…

Se nós tivemos o Gabriel Jesus, eles jogaram com o “Gabriel Giroud”…

Esta Copa da Rússia estava fácil demais para o Brasil ganhar…

Não fosse a teimosia de Tite, com Paulinho titular e o marcador de beques Gabriel “Jejum”, poderíamos ter disputado esta final.

Sem falar em Taison entre os 23 e Arthur fora dos relacionados pelo treinador, tão bom nas eliminatórias e tão decepcionante na Copa.

Tite, em seus intermináveis discursos “pastorais” e de auto-ajuda falou muito em gratidão…

Ora bolas, se quis ser tão grato a Paulinho, por exemplo, por que não colocou Cássio no gol, um dos principais responsáveis pela conquista da Libertadores e do Mundial em 2012?

Mas, voltando à “vaca fria”, 20 anos depois a França volta a ganhar uma Copa do Mundo.

Ganhou mesmo a melhor seleção?

Quem foi o melhor jogador desta Copa?

A Fifa elegeu o croata Luka Modric.

OPINE!

Compartilhe:

Vavá croata: o faro do tubarão Mandzukic

CLIQUE AQUI E CONHEÇA A HISTÓRIA DE VAVÁ NA SEÇÃO “QUE FIM LEVOU?”Mario Mandzukic foi Vavá quando do segundo gol croata contra os ingleses

Nunca vi Vavá (1934 – 2002), o que disputou duas Copas e ganhou as duas.

Nem nas tradicionais, maravilhosas, eternas e emocionantes festas dos veteranos do Palmeiras.

Ou ele não foi quando fui, ou não fui quando ele foi.

Em 1999, no Palestra Itália: Vavá é o segundo, da esquerda para a direita. Hélio Burini é o quarto e Ademar o quinto. Sentados estão Bentivegna e sua esposa

Uma pena, cresci ouvindo “Vavá” no rádio.

Vavá e Pagão, os nomes que mais me marcaram.

Pelé não vale.

Nunca entrevistei Vavá.

Nem no rádio.

Mas estava no estúdio da Jovem Pan quando o repórter Luís Carlos Quartarollo colocou no ar entrevista sua gravada com o “Leão da Copa” ou o “Peito de Aço” (bem antes de Dadá Maravilha).

Mesmo que nem toda gravação no ar mereça a atenção devida por parte de nós, sete ou oito tagarelas de estúdio, coloquei o fone porque queria saber como era a voz do pernambucano das seleções de 58 e de 62, do Atlético de Madrid e do Palmeiras.

Amistoso entre Botafogo e Atlético de Madrid: Garrincha, Vavá e Didi

“Centroavante na área é como um tubarão no mar: tem que ter faro, come o que aparece, vive de resto e sobrou uma bola mete a ‘chanca’ (chuteira) nela e a enfia na rede”, foi direto.

Ah, claro, reprisei no “Plantão de Domingo” e no “Terceiro Tempo” várias vezes e arquivei a entrevista no esquecimento.

Também, são 50 anos de microfone e quantas entrevistas, sô.

Ah, se soubesse que um dia ia existir essa tal de internet…

Mas naquele Croácia 2 x 1 Inglaterra, desta última quarta-feira, Vavá renasceu, reavivou minha memória cansada e abarrotada de amor pelo jogador de ontem e Vavá voltou a… jogar!

Mario Mandzukic foi Vavá na prorrogação quando do segundo gol croata!

A bola “pererecou” (criação do jornalista Mauro Beting) na pequena área inglesa em mais um ataque da esfalfada Croácia.

A defesa inglesa “conjurou” (Fiori Gigliotti) o perigo e a bola sumiu da TV por milésimos de segundo.

Aí todos vimos os dois aliviados zagueiros ingleses já saindo da pequena área ao lado de Mario “Vavá” Mandzukic, com os três olhando para frente, de costas para o gol.

Mas, de repente, com enorme felicidade e tecnologia, a TV pega a bola voltando para a pequena área com os zagueiros ingleses de raciocínio lerdo ou normal no contrapé e um Mandzukic, de reflexo e faro de tubarão ou de Vavá, já girando em posição contrária de seus marcadores.

Quando os beques da Rainha acordaram, Mandzukic já estava virando o corpo, preparando o chute e seu pé esquerdo para, sem olhar para o gol ou para o goleiro, enfiar a bola na rede.

Reflexo puro de matador, de predador da área!

Gol de centroavante ou de “centravante” (é assim no interior de Minas Gerais), viu, Tite?

“Centravante” é marcador de gol e não “marcador tático”!

Golaço de Mario Mandzukic!

Golaço de… Vavá!

Vavá, o sábio e imparável artilheiro que explodiu no Vasco.

Vavá vestiu o manto cruzmaltino de 1952 a 1958

Bélgica 2 x 0 Inglaterra

Disputa de terceiro lugar de Copa do Mundo é sempre tão emocionante quanto dançar de rosto colado com a mãe ao som de “Sentimental Demais” na voz do saudoso Altemar Dutra.

E, no Mundial da Rússia, claro, não foi diferente…

Joguinho bem morno que terminou com vitória da “ótima geração belga” diante dos ingleses.

Que Copa “baba”, meus amigos!

Ah, se tivéssemos um centroavante “marcador de gol” e não “marcador tático”…

Ah, se Tite não tivesse insistido tanto no atrapalhado Paulinho…

Bom, agora é tarde!

Que venha 2022!

Opine!

Compartilhe:

Saudades de Pelé e Garrincha! E na Copa perdemos até no apito!

A foto acima, publicada pelo Rei Pelé em seu perfil no Twitter, é emocionante!

Ela mostra Garrincha, com a camisa 16, marcando, de falta, o seu último gol pela seleção brasileira.

Foi na vitória brasileira por 2 a 0 diante da Bulgária, pela Copa de 1966.

O goleirão Naidenov (1931 – 1970) bem que tentou, mas não conseguiu alcançar a bola.

E, convenhamos, ele armou mal demais a barreira…

Essa, inclusive, foi a última vez em que Pelé e Garrincha jogaram juntos pela seleção.

Vale lembrar que o Brasil nunca perdeu com essa maravilhosa dupla em campo.

E, no post em que divulgou a foto, Pelé deixou a seguinte pergunta:

“Como você acha que nos sairíamos se jogássemos juntos atualmente?”

Ora, Pelé, eu tenho certeza que vocês seguiriam invictos e aterrorizando zagueiros mundo afora!

E, na Copa de 2018, o Brasil já foi eliminado faz tempo, é verdade.

Mas ainda estávamos na torcida para que o corretíssimo brasileiro Sandro Meira Ricci fosse escolhido para apitar a final entre França e Croácia, no próximo domingo.

Só que acabamos “perdendo” até no apito!

E para a Argentina!

O “hermano” Néstor Pitana, o “Daronco Argentino”, comandará a decisão do Mundial.

Boa sorte a ele e que, em breve, tenhamos novamente muitos brasileiros em campo em finais de Copa!

Opine!

Compartilhe: