publicidade

Blog do Milton Neves

Alemanha balança, não cai e ainda eliminará o Brasil!

Foto: Dean Mouhtaropoulos/Getty Images

Alemanha 2 x 1 Suécia

É, meus amigos, a atual campeã do mundo correu neste sábado sério risco de ser eliminada da Copa com duas derrotas seguidas diante de adversários muito mais fracos.

Não seria como um 7 a 1 mas, convenhamos, seria para lá de humilhante.

Mas, com um segundo tempo incrível, a Alemanha conseguiu uma virada dramática, com direito a gol no último lance após uma faltinha completamente desnecessária cometida pela equipe sueca.

Já notaram quantos gols decisivos saem após essas infrações cometidas por zagueiros afobados?

Impressionante…

E essa virada alemã foi, sem dúvidas, o grande momento da Copa até aqui!

Méritos para Joachim Löw, que mesmo com um homem a menos colocou o seu time para cima e foi premiado no final.

Bom, e a Alemanha balançou, não caiu e ainda eliminará o Brasil nas oitavas.

É com dor no coração que dou este palpite, mas é o que estou sentindo.

Isso se o Brasil não pipocar diante da Sérvia, o que não é nada impossível.

Não é mesmo?

Inglaterra 6 x 1 Panamá

O Panamá bem que tentou, mas não conseguiu igualar o Brasil de Felipão.

Perdeu “apenas” por 6 a 1 da forte Inglaterra, agora já classifica.

Na próxima rodada, os ingleses encaram os belgas, que também estão “voando”.

Quem levará a melhor?

Opine!

Compartilhe:

Milagre: Argentina classificada! E o Brasil? Não sei, não…

Quando escrevi na semana passada que estava confiante com relação à seleção brasileira na Copa da Rússia, não imaginava que os comandados de Tite iriam sofrer tanto para empatar com a regular Suíça e vencer a frágil Costa Rica.

O escrete canarinho iniciou o Mundial completamente perdido, travado e assustado.

Principalmente Neymar, o “dono” do time, que visivelmente não está 100% nestes primeiros jogos, após tanto tempo se recuperando da lesão no pé.

Mas o jogo para poupá-lo era este último, contra a Costa Rica, que ainda não determinaria uma classificação ou uma eliminação.

Agora, daqui para frente, ele terá que entrar em campo mesmo “baleado”.

Depois do Mundial, com o Brasil sendo hexa ou não, os médicos devem anunciar que o craque realmente não jogou o torneio 100% fisicamente.

Se a seleção vencer, será para exaltá-lo, se perder, será para justificar o fracasso.

Mas saiba, Tite, que apesar deste início claudicante da seleção na Copa, ainda dá tempo de salvar o hexa!

Basta seguir as preciosas dicas abaixo, de Milton “Rinus Michels” Neves.

Milton “Rinus Michels” Neves com a promissora garotada de Muzambinho, na década de 60

Definitivamente, Paulinho não pode seguir como titular.

O volante foi muito bom para o Corinthians, teve seu período de sucesso no Barcelona, mas não está no nível de seus companheiros.

Ele se atrapalha na marcação, na armação e não tem mais conseguido surgir com efetividade como o decantado elemento surpresa na área do adversário.

O ideal, Tite, seria colocar o menino Arthur, do Grêmio, no lugar de Paulinho.

Mas, como você não o convocou, o jeito será escalar Fernandinho contra a Sérvia.

Willian teve uma temporada sensacional pelo Chelsea, mas não está rendendo nada na ponta-direita.

Tanto que o time melhorou muito no segundo tempo diante da Costa Rica, quando Douglas Costa entrou em seu lugar.

Pena que o jogador da Juventus, lesionado, não poderá atuar diante da Sérvia.

Mas, ele se recuperando e o Brasil se classificando, Costa tem que ser titular!

E a última e necessária troca é a de Gabriel Jesus por Firmino.

Pode ser que um dia o menino do Jardim Peri se torne um grande centroavante, mas está claro que ele ainda não está maduro para usar a camisa 9 da seleção brasileira em uma Copa.

Roberto Firmino pode não ser um Ronaldo Fenômeno, um Romário ou um Careca, mas, no momento, está muito mais preparado para ser o nosso homem-gol.

Bom, aí está, Tite!

Seguindo essas dicas, a chance de o Brasil levar o hexa pula de 5,79% para 81,53%.

Caso contrário, se você seguir com as suas teimosias, vejo que temos grandes chances de cair ainda na primeira fase, com derrota para Sérvia e com vitória da Suíça diante da eliminada Costa Rica.

E o pior: com a “larga” Argentina conseguindo um milagre, se classificando com triunfo contra a fraquíssima Nigéria e tropeço da Islândia no duelo com a Croácia.

Aí seria quase um novo 7 a 1, não é mesmo?

Bélgica 5 x 2 Tunísia

E essa poderosa geração belga, hein?

Segue voando baixo na Copa do Mundo de 2018.

Verdade que ainda não pegou nenhum adversário poderoso.

Mas, verdade seja dita, tem muita seleção tradicional tropeçando diante de equipes inexpressivas…

Bom, e vejamos como a Bélgica se sairá contra a Inglaterra, na próxima quinta-feira (28).

Dependendo do resultado, saberemos de verdade se os belgas vão mesmo brigar pela taça.

Certo?

México 2 x 1 Coréia do Sul

E outra seleção que continua 100% na Copa do Mundo é a mexicana.

Depois de bater a Alemanha, os comandados de Osorio conseguiram outra convincente vitória, desta vez diante da Coreia do Sul.

E, pelo andar da carruagem, o México acabará se classificando em primeiro em seu grupo.

Ou seja, se o Brasil ficar em segundo, enfrentará nas oitavas os embalados mexicanos.

O escrete canarinho teria chances?

Opine!

Compartilhe:

Ufa! Neymar está “baleado”, mas Brasil acorda nos acréscimos!

Foto: UOL

Brasil 2 x 0 Costa Rica.

Coutinho salvou a seleção brasileira de uma tragédia.

E Neymar, que está visivelmente “baleado”, com medo, sem ritmo e sem confiança no seu pé que claramente não está 100%, ainda assim marcou o seu.

Que seu choro no final transforme sua imagem nesta Copa.

Que a arrogância dê lugar à humildade e a alegria de jogar bola.

E que ele se recupere fisicamente, pois é claro que ainda não está recuperado. Machucou o dedinho numa “pelada” na França, em um campeonato “meia-boca” que já estava definido.

E caso o Brasil passe às oitavas, que se prepare para os beques “cavalos” que vão mirar direitinho em sua recente contusão. Aguardem!

Paulinho é muito ruim. Gabriel Jesus, o artilheiro dos gols fáceis, é outro “zero à esquerda”.

Ou seja, entrando com Neymar 30% e com os dois citados acima, o Brasil começou o jogo em desigualdade numérica.

No 2º tempo…

Tite tirou Willian, que não jogou nada, e colocou Douglas Costa.

Em poucos minutos já foi possível perceber que o time melhorou, a ponto de aos 4 minutos Gabriel Jesus mandar uma bola de cabeça na trave, após cruzamento de Fagner.

Depois, aos 10, Neymar de frente para o gol, da marca do pênalti, após cruzamento de Paulinho, chutou por cima…

Firmino, finalmente entrou aos 22. E no lugar de Paulinho! Ufa, Tite!

E o pênalti, hein?

O árbitro apontou para o cal, mas mudou de ideia. Neymar foi tão teatral que sua senhoria mudou de ideia.

E o gol, aos trancos e barrancos, saiu nos acréscimos, com Philippe Coutinho.

Pois é, temos um Coutinho para nos salvar.

Não é tão bom quanto o melhor Coutinho de todos os tempos, da dupla com Pelé.

Mas já que nosso Pelezinho ainda não está “voando”, que este Coutinho se destaque mesmo!

E Neymar ainda fez o seu, após passe de Douglas Costa. Foi só finalizar, da pequena área, cara a cara com o goleirão Navas.

E agora, vamos engrenar?

O Brasil ainda corre riscos. A Sérvia pode complicar a trajetória brasileira.

Paulinho e Gabriel Jesus não servem!

Fagner não é um Carlos Alberto Torres, mas é melhor que Danilo e deve continuar.

DEPOIS…

Foto: UOL

Nigéria 2 x 0 Islândia (12h)

Depois de empatar com a Argentina, a Islândia pensou que teria vida fácil contra a Nigéria…

Ledo engano…

A derrota para os africanos, que poderia ter sido maior, foi um balde de água fria para os islandeses.

Mas, cá entre nós, para quem está acostumado com tanto gelo, um reles balde de água fria nem é um problema tão grande assim…

Musa (foto acima) fez os dois (belos) gols nigerianos, ambos na etapa final, resultado bom para a Argentina.

A Islândia ainda desperdiçou um pênalti, marcado com a ajuda do VAR. E o pênalti foi mesmo, nem precisava olhar na Colorado RQ, Sr. juiz!

Foto: UOL

Sérvia 1 x 2 Suíça (15h)

E depois de levar um gol logo de cara, a Suíça, conseguiu virar para cima da Sérvia, próxima adversária do Brasil…

A Sérvia abriu o placar com o grandalhão Mitrovic (foto acima), de cabeça, logo aos 5 minutos do primeiro tempo, bola sem chance para o goleiro suíço Sommer, que é a cara do Rafael Nadal.

Puxa, ele deveria ser mais parecido om o compatriota Roger Federer…

A suíça empatou com um belo gol, de fora da área, arremate de Xhaka, aos 8 minutos da etapa final. O goleiro sérvio
Stojkovic não tinha como pegar.

Aliás, ele não se parece com nenhum tenista… Lembra mais um daqueles inimigos do James Bond nos filmes do 007…

E a virada suíça aconteceu aos 44…

Shaquiri foi lançado por Xhaka, autor do gol de empate, e tocou para fazer 2 a 1.

Um golpe de canivete no time sérvio…

A vitória Suíça coloca a seleção alpina em situação muito boa, depende de um empate contra  a Costa Rica.

E o Brasil só depende de um empate para se classificar.

Mas a Sérvia virá “babando” contra o time canarinho.

Pode ser bom, pois estarão mais abertos.

Mas será tudo ou nada para eles…

O Brasil pode se classificar até perdendo, desde que a Costa Rica vença a Suíça…

Vamos ver…

OPINE!

 

Compartilhe:

Messi nota zero enterra a Argentina!

Foto: UOL

Argentina 0 x 3 Croácia.

Intenso como o Sol quando veste a camisa do Barcelona, Messi brilha “tanto” pela seleção argentina como Plutão quando visto da Terra…

É um astro esmaecido.

A distância do Messi catalão para o Messi portenho é astronômica mesmo…

Já elaboraram várias teorias para que se entenda a diferença.

Fato é que o craque não orna com a camisa da seleção de seu país.

Não sorri, não expressa raiva.

Parece um boneco de cera.

E com um time nota 6,27, a Argentina precisava do Messi “barcelônico”.

Aliás, com ele em campo, a Argentina é praticamente um time com um jogador a menos…

Em campo ele desfalca a seleção…

É um Lucas Lima piorado.

E se desgraça pouca é bobagem, acrescentem a isso a pixotada do goleiro Caballero, que tentou uma “cavadinha” e entregou o ouro ao bandido, no caso a Rebic, que chutou de voleio e abriu o placar aos 8 minutos da etapa final…

E não foi só isso.

Modric, aos 35, aplicou um arremate certeiro de fora da área, agora sem chance para goleiro Caballero.

Para “fechar a tampa do caixão”, o terceiro, de Rakitic, que parecia aqueles que acontecem nas churrascadas de fim de semana, jogo de casados contra solteiros.

Bom, para uma seleção que se classificou na “bacia das almas”, na última rodada das eliminatórias sul-americanas, este momento argentino não é nenhuma surpresa.

De qualquer forma o grupo está indefinido, mas a situação argentina bem complicada…

Não só pelo único ponto que tem, mas pela forma como está jogando.

Ou melhor, não jogando…

OPINE!

Compartilhe:

Guerrero só é bom em Mundial pelo Corinthians!

Foto: UOL

França 1 x 0 Peru.

Ausente de uma Copa do Mundo desde 1982, a seleção peruana está eliminada.

36 anos de espera para tudo se acabar após dois jogos…

Apostou suas fichas em Guerrero, que ganhou no “tapetão” o direito de disputar o Mundial na Rússia, mas viu seu artilheiro passar em branco nas duas derrotas, para a Dinamarca e, agora, para a França.

Bom, pelo menos no Mundial conquistado pelo Timão, em 2012, Guerrero marcou duas vezes, contra o Al-Ahly e na final, diante do Chelsea…

Então, ninguém poderá dizer que Guerrero não é bom de Mundial…

E Cueva também foi um fiasco…

Perdeu um pênalti contra a Dinamarca e diante dos franceses esteve apagadíssimo.

E a França, ainda que não tenha sido encantadora, já garantiu vaga às oitavas.

O gol francês, aos 34 minutos do primeiro tempo, saiu após uma bobagem na saída de bola peruana.

Guerrero tentou driblar perto da grande área e perdeu para Pobga, que tocou para Giroud, que arrematou para o gol.

A bola até entraria, após desvio na zaga, mas Mbappé na boca do gol, fuzilou para as redes.

No 2º tempo…

Gareca tirou Yotún (v0lante) e colocou Farfan (meia).

E sacou o zagueiro Rodriguez para a entrada de outro zagueiro, Santa Maria.

Ora, Santa Maria, todos sabem, só joga bem quando forma o trio com Pinta e Nina…

Brincadeira à parte, o time peruano partiu para o tudo ou nada e quase empatou aos 5 minutos, quando o volante Aquino acertou um tiro lindo na trave francesa.

E, como de praxe, aquela mesmice de sempre.

O time que está ganhando se fecha para tentar “matar” o jogo no contra-ataque e quem está perdendo se expõe.

Nem a França conseguiu marcar o segundo e nem o Peru chegou ao empate.

No jogo das 9h…

Foto: UOL

Dinamarca 1 x 1 Austrália.

A Dinamarca saiu na frente com Eriksen, logo aos 7 minutos do primeiro tempo, um belo gol.

Fez a besteira de recuar demais e deixar espaço para os australianos.

Aí, um lance polêmico, mal interpretado pelo árbitro…

A bola tocou de leve no braço de Poulsen, que não tinha como tirá-lo…

A bola iria para fora.

E, mesmo com o recurso do vídeo, o árbitro errou no julgamento…

Jedinak cobrou e deixou tudo igual. Eram 39 minutos do primeiro tempo.

E o segundo tempo…

A Austrália foi mais agressiva, teve mais chances vencer, mas o placar não foi alterado.

No “frigir dos ovos”…

A França se une a outras duas seleções classificadas: Rússia e Uruguai.

Das três, quem vai mais longe?

OPINE!

Compartilhe:

T. Silva, que tem mais fama que bola, será o capitão! Você aprova?

Foto: Lucas Figueiredo/CBF

Contra a Suíça, na estreia da seleção brasileira na Copa da Rússia, Tite escolheu como capitão o ótimo Marcelo, disparado o melhor lateral esquerdo do mundo.

Agora, seguindo com o “rodízio da braçadeira”, que já tinha sido anunciado antes do Mundial, o técnico do escrete canarinho tomou uma decisão para lá de polêmica.

Afinal, os brasileiros não morrem de amores por Thiago Silva, o zagueiro que tem mais panca/fama do que bola.

Principalmente após o papelão do defensor nas oitavas de final da Copa de 2014, quando o nosso capitão abriu o berreiro para não participar das cobranças de penalidades contra o Chile.

Ou seja, Tite realmente mais acerta do que erra, mas ele foi mal demais ao dar a braçadeira para Thiago Silva…

Seria melhor ter indicado Miranda, que, apesar da falha na estreia, é um jogador muito experiente e que conta com o respeito de todo o grupo.

E é importante ressaltar também que “rodízio de capitães” é uma das coisas mais patéticas que já vi na história da seleção brasileira.

Pô, capitão é um só!

E você, amigo internauta, o que achou da escolha de Thiago Silva como capitão na partida diante da Costa Rica?

E o que pensa sobre o tal “rodízio de capitães”?

Opine!

Compartilhe:

Fúria quase enfurece a torcida espanhola…

Foto: UOL

Irã 0 x 1 Espanha.

A Espanha “achou” um gol, foi meio na “bamba”…

Depois de um bate e rebate, o zagueiro iraniano chutou a bola no joelho de Diego Costa, aos 19 minutos da etapa final. E a bola entrou…

O time iraniano teve várias chances, perdeu um gol feito um minuto antes da Espanha marcar e fez a festa comemorando um gol (bem) anulado…

O Irã foi osso duríssimo de roer para a Fúria, que quase deixou sua torcida enfurecida.

E, se quase ficou enfurecida, com certeza ficou com uma pulga atrás da orelha, pois perdeu para CR7 e suou sangue para ganhar do Irã.

E coitadinho do Irã…

Todo time/seleção mais fraco/fraca, não deveria ter gol anulado por impedimento…

Brincadeira à parte, realmente foi uma judiação…

Já estavam esfuziantes comemorando o empate!

E a Espanha?

Vai longe esta Fúria?

No jogo do meio-dia…

Uruguai 1 x 0 Arábia Saudita.

Para quem esperava que o Uruguai fizesse da Arábia Saudita o mesmo “saco de pancadas” feito pela Rússia, caiu do cavalo…

Um único golzinho, feito por Suárez aos 22 minutos do primeiro tempo, e olhe lá…

De qualquer forma, o resultado carimbou os passaportes dos uruguaios e dos russos às oitavas de final, definindo os classificados do Grupo A.

Sobre o jogo, candidato forte ao top-3 dos mais ruins até agora na Copa da Rússia…

Sobre o Uruguai, que tem dois bons beques e dois atacantes acima da média (e só), será uma gigantesca surpresa se conseguir ir muito longe.

OPINE!

Compartilhe:

Ninguém segura CR7… Repertório do português parece ser tão variado quanto o de Fernando Pessoa com seus heterônimos!

Foto: UOL

Portugal 1 x 0 Marrocos.

E Cristiano Ronaldo novamente foi decisivo para que Portugal vencesse pela primeira vez na Copa da Rússia.

Marcou logo aos 4 minutos do primeiro tempo, mergulhando de cabeça, da entrada da pequena área, após cobrança de escanteio em dois toques.

Marrocos bem que tentou, Portugal se retraiu, mas os africanos do norte não conseguiram um golzinho para empatar. Incompetentes demais para finalizar e já estão fora da Copa.

O moço, cinco vezes eleito o melhor jogador do mundo, marca gol de tudo que é jeito…

De cabeça, de fora da área, de falta, de sem pulo, com a direita, a esquerda, de bicicleta, de pênalti (certo, Messi?).

Não é de ficar simulando falta e reclamando da arbitragem e olhando para ela com desdém (certo, Neymar?).

Tem um repertório tão variado que, guardadas as devidas proporções, pode ser comparado ao genial Fernando Pessoa com seus maravilhosos heterônimos.

Às vezes é simples e objetivo como Alberto Caeiro e em outras é tão inquieto quanto Álvaro de Campos.

Literatura à parte, afinal tem alguns que preferem Camões, espécie de Eusébio dos gramados, Portugal tem uma “Cristianodependência” evidente e preocupante.

Uma jornada apagada dele pode resultar na desclassificação lusa.

Ao contrário, a continuar navegando com a precisão de Cabral, vai ancorar sua nau na final da Copa…

Concorda?

Veja mais…

Narrador português crava: “É gol do maior”

Imprensa mundial enlouquece com o decisivo CR7

Notas: Cristiano Ronaldo e Rui Patrício salvam Portugal 

OPINE!

Compartilhe:

Rússia pega outra “baba” e está quase classificada. Salah é bom mas não é CR7…

Foto: UOL

Rússia 3 x 1 Egito.

Depois de estrear goleando por 5 a 0 a fraquíssima seleção da Arábia Saudita, os donos da casa pegaram outra “baba” na abertura da segunda rodada: o fraco time egípcio.

O primeiro tempo foi um show de horrores, mas o time russo voltou com apetite após o intervalo para definir sua sorte em menos de 20 minutos: Fathi (contra); Cheryshev e Dziuba.

GOL DE HONRA DO EGITO: SALAH

De pênalti, bem assinalado com ajuda do VAR (aliás, nem precisava, o juizão já deveria ter marcado “de cara”), Salah bateu sem chances para o goleiro Akinfeev.

Se Cristiano Ronaldo resolve praticamente sozinho para a seleção portuguesa, o craque Salah não conseguiu o mesmo pela seleção egípcia, embora já tenha feito mais do que Messi até agora, pois ao contrário do “Ratinho gripado” não desperdiçou o pênalti no gol de honra que fez para o seu time.

Verdade seja dita, a companhia de CR7 no time luso é bem mais qualificada…

E a Rússia, nos contra-ataques, até poderia ter feito mais.

O Egito, por sua vez, nem que tivesse a seu favor uma praga de gafanhotos atacando o time russo conseguiria igualar o placar…

A Rússia está com sua vaga à próxima fase muito bem encaminhada, com seis pontos e um robusto saldo de gols.

Bom, para quem achava que a Rússia seria uma anfitriã coadjuvante, é bom ficar esperto…

OPINE!

Compartilhe:

Mesmo com goleiro “meia-boca”, como de hábito, Japão ganha da eterna promessa Colômbia…

Foto: Reprodução/UOL

Colômbia 1 x 2 Japão.

As seleções japonesas são sempre muito competitivas, obedientes taticamente, com jogadores velozes e alguns muito habilidosos. Mas em matéria de goleiros… Eles não conseguem escolher pelo menos um que seja nota 7,0…

Ainda assim, contando com a Colômbia (a eterna promessa) tendo um homem a menos desde o começo, o Japão faturou três pontos em sua estreia na Rússia.

Logo aos 3 minutos do primeiro tempo, pênalti para o Japão. Carlos Sanchez evitou o gol nipônico tocando a mão na bola e acabou expulso.

Kagawa chutou quase no meio do gol. Ospina saltou para o canto direito e 1 a 0 para o Japão!

Mesmo com um homem a menos e com James Rodriguez no banco, a Colômbia foi buscar o empate.

E o tento também aconteceu de bola parada, Quintero chutou rasteiro, por baixo da barreira, e o goleiro japonês Kawashima aceitou…

Encaixou a bola depois da linha e ainda reclamou que ela não tinha entrado…

Foi tão claro o gol que nem precisava do alerta eletrônico!

No segundo tempo, o “inventor” técnico argentino, José Pékerman, fez o óbvio e colocou James Rodríguez no lugar de Quintero.

Mas foi o Japão que voltou a comandar o placar. Depois de cobrança de escanteio pela esquerda, um dos baixinhos japoneses (Osako) apareceu no meio da zaga colombiana e fez de cabeça.

A Colômbia pressionou, pressionou, mas no final o saquê superou o café…

Os nipônicos dão um passo importante no grupo que ainda tem Polônia e Senegal.

Aliás, único dos grupos da Copa da Rússia sem nenhum campeão mundial.

Será que a Colômbia não avança à próxima fase?

Vai ficar pelo caminho, apesar de mais uma vez ter bons jogadores?

NA OUTRA PARTIDA DO GRUPO H…

Espectador privilegiado, Lewandowski assiste do gramado a derrota da sua Polônia para o Senegal…

Foto: UOL

Polônia 1 x 2 Senegal.

Lewandowski não é Cristiano Ronaldo, claro.

Ainda assim esperava-se mais do polaco do Bayern de Munique.

Ele foi um espectador privilegiado no gramado do Otkrytiye Arena, em Moscou.

Assistiu de pertinho sua Polônia perder para o Senegal por 2 a 1.

Não que Senegal tenha feito um jogo de encher os olhos, seu craque Sadio Mané também esteve apagadíssimo, mas a baixíssima qualidade técnica do time polonês acabou sendo determinante para a vitória dos africanos.

O brasileiro naturalizado polonês Thiago Cionek marcou contra no primeiro tempo, e Niang fez o segundo tento, na etapa final, aproveitando um recuo de bola sem qualquer destreza de Krychowiak.

A Polônia ainda descontou, quando restavam cinco minutos para o fim, bela cabeçada de Krychowiak, que havia feito a lambança no segundo gol senegalês.

Houve uma certa dúvida sobre a posição do polonês, o árbitro fez uma onda mas acabou confirmando o gol.

E assim terminou o confronto, com o mesmo placar do outro jogo do grupo (Japão 2 x 1 Colômbia).

Será que o Senegal pode ser a melhor das seleções africanas na Copa da Rússia?

E a Polônia?

Lewandowski pode “acordar” e levar seu time mais para frente?

“Bão” mesmo era o carequinha Lato, artilheiro da Copa de 74, que também disputou os mundiais de 78 e 82!

OPINE!

Compartilhe: